Jornal CristoRei.ComVocê Ano 4 Nº 42 - Outubro/2015

 

Embed or link this publication

Description

Missões e aprendizados de vida

Popular Pages


p. 1

cristorei.comvocê Ano IV - nº 42 - Outubro 2015 www.cristoreisp.org.br PARÓQUIA CRISTO REI Arquidiocese de São Paulo Missões e aprendizados de vida

[close]

p. 2

EDITORIAL VIAGEM DE FÉ Criança: campo de missão Como é bom ser criança! Muitos adultos gostariam de voltar a esse tempo. Tempo de brincadeiras, tempo de descobertas, tempo de aprendizado e tempo de muita alegria. Pelo menos é assim que me lembro do meu tempo de criança. Será que as crianças de hoje terão saudades deste tempo? O mundo mudou e o processo de aceleração da vida parece não parar. Pelo contrário, o relógio corre muito e nós corremos contra o tempo. Fico triste porque as crianças de hoje estão perdendo o melhor tempo de suas vidas, ou pior, estão pulando esse tempo (infância). Não permitam que roube de nossas crianças o direito de ser criança! O mundo globalizado impõe às crianças um crescimento precoce, a erotização da vida, as relações superficiais e a banalização do ser. E nós cristãos o que podemos oferecer às crianças? O que temos de melhor: a fé. É missão de todos nós, transmitirmos a fé às novas gerações. A fé como resposta do nosso encantamento por Jesus Cristo e o seu Reino. A fé como caminho de vida nova. A fé repleta de esperança num tempo de vida para todos. A fé concretizada no amor que humaniza as pessoas. Mas é uma missão desafiadora, pois não depende só da Igreja. É preciso que as famílias se conscientizem disso. O que as famílias oferecem hoje as suas crianças? O que os pais e mães podem dar de melhor aos seus filhos que não seja um estilo de vida marcado pelo seguimento a Jesus Cristo? Jesus disse: quem acolhe em meu nome uma destas crianças, a mim acolhe! Portanto é missão-responsabilidade de todos cuidar de nossas crianças e assim quem sabe poderemos ouvir novamente a cantiga: “Criança feliz, feliz a cantar. Alegre a embalar seu sonho infantil...... Padre Marcelo M. Quadro 2 Minha viagem a Santiago de Compostela Acompanhada dos pais, a jovem Carolina Rossi Cedano visitou a catedral em 2014 Tenho dez anos, vou à missa todos os domingos e gosto muito de ajudar nas celebrações. Eu era bem pequena e ouvia a conversa do meu pai e da minha mãe. É que ele, antes de casar com minha mãe, fez o "Caminho de Santiago". Meu tio também fez o percurso, mas eles não foram juntos. Meu pai foi primeiro, em 1998 e meu tio foi antes de eu nascer, em 2003. Meu pai gostou tanto que repetiu a experiência em 2011. Gosto de saber como foi essa viagem, não sabia que era a pé e que demorava quase um mês. Meu pai e meu tio contaram que o caminho deixa as pessas leves e que vão fazendo amizades, todos com muita vontade de chegar à Catedral de Santiago de Compostela, na Espanha. Eu não fiz o caminho a pé, mas meu pai e minha mãe me levaram na Igreja de Santiago. Foi no ano passado e aí eu pude viver a emoção de estar naquele lugar, ver o "botafumeiro", um incensário gigantesco que necessita de um grupo de oito homens para ser movido. Esses homens são conhecidos como "tiraboleiros" e se vestem de roxo. Todas as pessoas querem chegar bem perto. A praça é cheia de pessoas que chegam e rezam agradecendo a chegada, muitas chorando de tanta emoção. Meu pai disse que essas pessoas são os peregrinos, ansiosos para a missa do peregrino e o encerramento da celebração eucarística com a passagem do "botafumeiro". Eu tive a alegria de estar nessa missa, ao meio dia de um domingo de sol. Gostei muito de Santiago de Compostela e um dia vou fazer o que meu pai e meu padrinho fizeram. Eu vou ser uma peregrina. Expediente: Informativo da Paróquia Cristo Rei – Outubro/2015 Rua Maria Eugênia, 104 – Tatuapé/São Paulo. Telefone (11) 2295-1685 Textos e Fotos: Pastoral da Comunicação

[close]

p. 3

AGENDA Padroeira – A Cristo Rei preparou duas atividades para celebrar a Festa da Padroeira do Brasil, que acontece no próximo dia 12. Às 8h30 será realizada a tradicional reza do terço, seguida de missa com coroação de Nossa Senhora. Novena – Após a missa das 19h30 de 26 de outubro será iniciada a Novena de Natal da Cristo Rei. Os livrinhos dos encontros estarão disponíveis na secretaria da paróquia a partir do próximo dia 15. Participe! Santos e santas infanto-juvenis Para nós, santo é uma pessoa na qual não há pecado, imperfeição moral ou de caráter. Esquece-se que santo, como lembra a liturgia, é a pessoa que em vida amou a Deus e aos irmãos como Jesus. Confiou sua fraqueza à misericórdia de Deus. Nas tribulações se entrega confiante a Deus-Pai. Confia e espera no Senhor. João Pereira Coutinho, em seu artigo na Folha de S. Paulo, de 22 de setembro último, comentando a escritora Julie Lythcott-Haims que diz: "Antigamente, os pais preparavam os filhos para a vida; hoje, os progenitores preferem proteger os filhos da vida". Fala de uma geração de insones, deprimidos, ansiosos, incapazes de tomarem uma decisão. Tudo ameaça. Não aprenderam a voar. As asas "foram destruídas pelo amor sufocante dos pais durante anos e anos de gaiolas douradas". Pois é, alguns dos santos e santas juvenis que cito receberam uma educação mais próxima da realidade do ciclo da natureza. Adolescência e juventude era o período de passagem para a fase adulta. Havia todo um processo de educação e iniciação para a fase adulta. É bom lembrar que é o despertar da fase reprodutiva da natureza humana, da sexualidade. Por isso as crianças eram iniciadas para enfrentar a vida. Santo Estêvão Santa Inês Santa Bibiana Santa Bárbara Nos primeiros séculos da Igreja, durante a perseguição, temos jovens que testemunham convicção e coragem, encorajam adultos. Santo Estêvão, que consta nos Atos, era jovem. Santa Inês tinha 12 anos quando foi posta à prova e decapitada. Santas Bibiana e Bárbara eram jovens, provavelmente 15 e 16 anos. São Tarcísio, um adolescente. No Japão, sob o governo do Imperador Hideyoshi, na cidade de Nagasaki, em 1597, foram condenados à morte na cruz vários cristãos, entre eles Luís Ibaraki(11), Antônio(13) e Tomaz Kosaki(14), que com coragem e serenidade entoavam o Salmo: Meninos louvem ao Senhor... Mais próximos de nosso tempo, temos o testemunho de fé e oração de Francisco Marto (11) e Jacinta Marto (9), videntes de Fátima. Aluno de São João Bosco, Domingos Sávio (15) testemunhou sua fé, vida de oração e caridade desde criança. Enfermo, após a visita do médico, pediu ao pai que rezasse com ele. Despediu-se do pai dizendo que estava tendo uma visão muito linda. Texto: Padre Kiyoharu Ojima ENTREGUES TODO TERCEIRO DOMINGO DO MÊS. 3 AJUDE AS FAMÍLIAS CARENTES DO BAIRRO DOANDO ALIMENTOS PARA O GRUPO DE VICENTINOS. AS DOAÇÕES DEVEM SER COLABORE

[close]

p. 4

Projeto Missionário da CNBB enfrenta desafios na Amazônia Neste mês missionário, nada melhor que recordar a atitude do Papa Francisco, que tem motivado os católicos a formar uma "Igreja em saída", ou seja, que se abre para o mundo e que é enviada para todos os lugares, priorizando sempre as chamadas "periferias existenciais". O Brasil é um vasto campo de missão onde existem realidades que necessitam, urgentemente, de discípulos missionários para a evangelização. Em 1994 foi criado o Projeto da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) Sul 1 – Norte 1. Na Assembleia Geral em Itaici, os bispos do Estado de São Paulo (Sul 1) decidiram elaborar um projeto de comunhão e de colaboração com as igrejas na Amazônia (Norte 1). Desde então, foram enviados missionários de São Paulo, que passaram a doar Desafios enfrentados pelos missionários: a questão indígena (reconhecimento do direito à terra); o avanço rápido das comunidades evangélicas nos rincões mais afastados; as migrações frequentes que levam a perder as raízes culturais e a fragmentação de valores; a exploração descontrolada da Amazônia e a cobiça de organizações estrangeiras; uma igreja com poucos recursos humanos e financeiros para desenvolver suas atividades. pelo menos três anos de suas vidas para a missão na Igreja da Amazônia. Entre padres, religiosas e leigas, o projeto já destacou mais de 70 representantes para aquela região do país. Além disso, há também a preparação por meio de um curso no Centro Cultural Missionário em Brasília, instituição mantida pela CNBB. Com uma extensão de 3.58.189 Km2 – quase metade do território nacional –, a Amazônia continua em estado de terra de Missão. O povo espera pelo pão da Palavra, da Eucaristia e da justiça social. O apoio à missão pode ser espiritual pela oração e divulgação da proposta; trabalho temporário como serviço missionário em alguma comunidade; abraçar a ação missionária como um projeto de vida. Outra forma é depositar qualquer quantia na seguinte conta: Banco do Brasil / agência: 69140 / conta corrente: 40381-4 / Crédito: CNBB – Regional Sul 1. E lembre-se: "Quem ajuda um missionário terá a recompensa de um missionário". Em 21 anos, mais de 70 missionários já foram enviados para ajudar no processo de evangelização Anuncie no Informativo da Paróquia Cristo Rei 99869-9318 (Caetano) 4

[close]

p. 5

POR DENTRO DA IGREJA Dicas para Missa Chegue sempre pontualmente, se possível um pouco antes de a santa missa começar. Com isso, poderemos nos preparar espitirualmente em oração, fazendo nossa oração pessoal, e ver antecipadamente as leituras no folheto da celebração. Quando as leituras do dia são lidas antes da missa, o coração se prepara melhor para ouvir o que o Senhor quer nos dizer e entender melhor a homilia. Confirmado – O Papa Francisco confirmou o cardeal Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo, como membro da Pontifícia Comissão para a América Latina para mais cinco anos. A decisão foi comunicada pelo presidente do organismo, cardeal Marc Ouellet. Dom Odilo é membro da comissão desde 2009, quando foi nomeado pelo Papa Bento XVI. Incansável – Ao chegar ao Vaticano no último dia 28, depois da viagem a Cuba e aos Estados Unidos, o Papa Francisco comentou vários assuntos polêmicos. No avião de volta da Filadélfia, ele se disse surpreso com o calor dos americanos. Condenou os muros que são erguidos para barrar imigrantes. “Acabam caindo, não são uma solução”, disse o pontífice, que pediu diálogo. O papa também explicou que as mudanças que fez recentemente para facilitar a nulidade dos casamentos, não são uma espécie de divórcio católico, mas servem para evitar o divórcio. Vigília – Um ‘abraço coletivo’ formado por 3 mil fiéis. Esse é o público que deve se reunir no entorno do Santuário Nacional de Aparecida na manhã do próximo dia 11, no encerramento da Vigília da Juventude. A iniciativa é uma atividade inédita na programação em preparação à Festa da Padroeira, que acontece no dia 12. Só duas vezes – Já que o assunto são as viagens do Papa, vale lembrar que São Paulo recebeu um pontífice apenas duas vezes. João Paulo II visitou a cidade em 1980, na primeira das três viagens que fez ao Brasil, e Bento XVI veio para cá em 2007. Por ocasião da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o Papa Francisco limitou sua primeira vaiagem ao nosso país, em 2013, ao Rio de Janeiro e Aparecida. FORMAÇÃO DE PERITOS LTDA. *Cursos de Especialização *Perícias Contábeis e Financeiras *Avaliação de Empresas Prof. Remo Dalla Zonna (MS) Sócio Gerente: Contador e Economista Rua Santa Catarina, 418 - Pq. São Jorge Cep 03086-025 - São Paulo - SP Fone: (11) 2942.0806 e-mail: rdzpericias@uol.com.br BRUNO ALEXANDRE ARAUJO (11) 3213-2629 / 94743-4023 WWW.FLYLINKVIAGENS.COM/EMAIL: AARAUJO@FLYLINKVIAGENS.COM www.rdzpericias@.com.br RUA TUIUTI, 2.403 - SALA 07-TATUAPÉ - SP 5

[close]

p. 6

PALAVRA DOS FIÉIS Adalberto Gomes dos Santos, 66 anos “Estou na Cristo Rei há 20 anos, gosto muito da acolhida da comunidade e da oportunidade de servir a Deus e à paróquia com o dom que Deus me deu. Dediquei a vida ao ministério da música litúrgica, fui seminarista dos 9 aos 18 anos, comecei como organista na igreja Santo Antonio do Pari. Desde que cheguei aqui sou organista e cuido do coral da igreja". Ariovaldo Inácio Frasca, 66 anos “Frequento a paróquia desde a primeira comunhão, gosto da acolhida das pessoas e da possibilidade que é dada a todos de participar da igreja, cada um com o seu dom. Eu comecei a ter uma participação mais efetiva há 15 anos com o coral e grupo de canto. Gosto muito de cantar os salmos nas missas pois sinto a presença de Deus bem próximo de nós.” Aniversariantes de outubro 1 1 2 5 5 5 6 6 8 8 8 11 13 13 13 13 14 14 15 16 17 18 20 20 22 25 25 25 26 28 28 29 30 31 31 31 MARIA HELENA MIRANDA DA SILVA KIROCHIKIKUTI ANGELA MARIA FRANCO ANTÔNIO MARTINS KATIA APARECIDA EDNALDO SOARES SANTOS ITAMAR DONIZETE DA CUNHA MARIA DO CARMO DA CRUZ TONINHO DE MELO SENES FERNANDA M. RUSSO MARIA DOS REIS OLIVEIRA RENATO BAER CLARA MARIA PAULA DE MORAES ELISANGELA OROSO MARIA DO CARMO AGNELLO SANTOS OLINDA QUINTÃO BRIZANDA DE OLIVEIRA MELITA MARQUES NUNES JULIA MARIA DA SILVA MARCIA B. FARIA PAULA PERES FERNANDES BARBOSA ADEILDABEKESAS IRENE AFONSO LEONE ARNALDO COSTA CAMPOS MARIA BERTINATO ROBERTO TAKAKI APARECIDA MARIA DAVIDGASPAROTO MARIA MAZARETHMACARIO GERALDA APARECIDA DO AMARAL MARTA DUARTE MARIA ZELIA CARRARA ANTÔNIO PRESTELA IRACILIO PERRENOUD IDAMIS SOARES CONSALES LIDIA ISABEL CARLOS NOGUEIRA TAMYRISMUNHÕESPESSANHA Testemunho de Partilha Neusa Marchi, dizimista há 62 anos "Para mim, que frequento a Cristo Rei há 62 anos, o dízimo é um ato de amor pois precisamos agir com generosidade e este é um preceito que encontramos nos livros sagrados. Para o cristão, deve representar uma gotícula de bondade que ele pratica em um oceano de bênçãos que recebe a cada minuto de sua vida. Não estamos pagando nada a Deus, pois Ele, no seu infinito amor, nos encheu de graças e a nós cabe apenas agradecer por tudo que recebemos. Por outro lado, temos também que pensar na parte material, a Igreja tem despesas, funcionários, gastos de manutenção. O dízimo é usado para sustentar a parte física da igreja. O primeiro grande momento que me lembro ter vivido dentro da Igreja Cristo Rei foi em 22 de novembro de 1953, quando fiz a Primeira Comunhão. Espero que consiga, em todos os dias que ainda me restam, poder recordar as obras do senhor e contar tudo o que vi." CLÍNICA SANTA VIRGÍNIA RUA: SANTA VIRGÍNIA, 68 - TATUAPÉ SÃO PAULO - CEP: 03084-000 TODAS AS ESPECIALIDADES! TELEFONES: 2097-0079 / 2097-0089 6

[close]

p. 7

GENTE NOSSA Bons exemplos semearam bons frutos para fiel mirim Neste mês das crianças, nosso informativo destaca Beatriz de Paiva Dhein, de 12 anos, que fez catequese e primeira comunhão na Cristo Rei e atualmente participa do Grupo da Perseverança, além de atuar como coroinha nas missas dominicais. Frequentadora da paróquia há cinco anos, Bia, como é conhecida na comunidade, apoia vários projetos sociais desenvolvidos pelas pastorais. Sua colaboração vai desde visita à Casa dos Idosos e às crianças com câncer da Casa Ronald McDonald, passando por campanhas para a instituição Arsenal da Esperança e ações em prol da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Incansável, Bia também arrumou tempo e disposição para arrecadar produtos de higiene e limpeza para os refugiados da Síria. Na América Latina, o Brasil é quem mais recebe refugiados daquele país. Sensibilizada com a situação dos imigrantes, ela levou a iniciativa também para o colégio onde estuda e, com a ajuda de uma colega de classe, divulga e incentiva a participação de todos os alunos. "Gosto muito de ajudar as pessoas e tenho a esperança que, se precisar, um dia também serei ajudada", observa Bia. Esse exemplo de fazer o bem vem de berço, pois ela cresceu vendo seus dois irmãos mais velhos ajudando as pessoas. "Muitos se deixam abater pelas dificuldades, então peço que deixem que Deus seja seu antidepressivo e tenham fé", completa. Bia: incansável no apoio a projetos desenvolvidos na igreja Atendendo Pessoas de Bom Gosto o Rua Tuiuti, no n 1.164 03081-015 Rua Tuiuti, 1.164-- CEP: Tatuapé - SP Tatuapé São Paulo SP visite nosso site: www.camalchaim.com 2097-2615 ODONTOLOGIA IMPLANTE - ATM - PRÓTESE - ORTODONTIA - ENXERTO - IMPLANTE - COM CARGA IMEDIATA - CLAREAMENTO A LASER Trabalhamos com Brackets autoligado e estéticos Todas as cirurgias são realizadas pelos proprietários da clínica Rua: HenRique SeRtóRio, 457 - tatuapé - Cep 03066-065 - Sp telS.: (11) 2092-3820 / 2960 / 3953 7

[close]

p. 8

PARÓQUIA EM AÇÃO Leitura Itinerante da Bíblia reúne 50 fiéis da comunidade Parabéns! – O Padre Marcelo Maróstica completou, no dia 30 de setembro, 20 anos de ordenação sacerdotal. Apesar da importância da data, ele celebrou normalmente a missa de quarta-feira à noite na paróquia. No dia seguinte, os participantes da Escola de Espiritualidade cortaram um bolo em sua homenagem. Padre Marcelo está na Cristo Rei há seis anos. Participantes foram escolhidos para ler os dez capítulos do Livro Eclesiastes Cerca de 50 fiéis da Cristo Rei participaram, no último dia 16, da 5ª edição da Leitura Contínua e Itinerante da Palavra de Deus. A atividade, que aconte sempre em setembro por ser o mês dedicado à Bíblica, percorreu diversas igrejas do Estado de São Paulo. Na nossa paróquia, dez pessoas da comunidade foram escolhidas para ler os dez capítulos do Livro Eclesiastes, que aborda a fugacidade da vida e critica a busca da felicidade por meio do apego aos bens materiais.

[close]

Comments

no comments yet