MINOM em Arronches

 

Embed or link this publication

Description

Documento conclusivo

Popular Pages


p. 1

XXIII Jornadas sobre a Função Social do Museu MINOM Portugal Arronches, 9 e 10 de outubro de 2015 O MINOM, Movimento Internacional para uma Nova Museologia, em nome das/dos participantes nas XXIII Jornadas sobre a Função Social do Museu, realizadas em Arronches, nos dias 9 e 10 de outubro de 2015, agradece ao Município e suas/seus funcionários/as o acolhimento e as condições de trabalho proporcionadas. O MINOM reconhece o trabalho de valorização e promoção do património cultural realizado pelas entidades locais, especialmente no que se refere aos espaços museológicos concelhios e apoio concedido à investigação arqueológica. As/os participantes nas Jornadas, prosseguindo o trabalho de reflexão, em particular sobre o património do Concelho de Arronches, e tendo como propósito elevar as diversas potencialidades desses patrimónios com vista ao desenvolvimento local, sublinham a importância de um conjunto de ações, nomeadamente: 1) Documentação histórica concelhia Urge inventariar, organizar, tratar e disponibilizar. 2) Arquitetura local Moinhos de água e capelas rurais. Arquitetura tradicional, Atalaias, Passadeiras da Ribeira. Necessidade de preservar as volumetrias, materiais e pigmentos. 3) Património Arqueológico Promover a elaboração da Carta Arqueológica do Concelho. 4) Memórias e Saberes tradicionais Memória oral, lendas, contos, orações, falares, etc. 1

[close]

p. 2

Espaços-memória (Três pontes, Passeio do Vassalo e Outeiro da Forca). Urge continuar a recolher, registar e divulgar. 5) Centro Internacional da Arte Rupestre Esquemática da Serra de São Mamede (CIARES) Alargar e aprofundar os conteúdos do atual Centro Interpretativo da Identidade Local (Esperança) de forma a capacitar este património como pólo de desenvolvimento da região. 6) (vide propositura anexa) Rede de Espaços Museológicos do Concelho Ampliar a rede existente com a valorização do acervo da Torrefação do Caracolilho da Esperança. As intervenções sugeridas, como contributo para uma “Mudança pelo Património”, poderão despoletar o reconhecimento e a apropriação dos patrimónios pela população. local. As intervenções sugeridas poderão constituir-se como elementos de mudança, ao corresponderem e se identificarem com os anseios da população e por ela sejam usadas e apropriadas. Nessas intervenções e principalmente nas ações subsequentes de dinamização e utilização, deverá ser incluída a população, numa estratégia de participação. Simultaneamente, é reconhecido o potencial social, turístico e económico, resultante das intervenções acima referidas que deverão reverter para o bem-estar e desenvolvimento integral das populações. MINOM Arronches, 10 de outubro de 2015 2

[close]

p. 3

ADENDA: Centro Internacional de Arte Rupestre Esquemática da Serra de São Mamede Considerando - que na aldeia da Esperança existe um Centro de Interpretação particularmente dedicado à arte rupestre, - que na Freguesia da Esperança se concentra o maior número de abrigos com arte rupestre esquemática do sul peninsular, - que na Serra de São Mamede, tanto do lado português como do lado espanhol, existe um número significativo de abrigos com pinturas parcialmente estudados, - que em mais nenhum concelho desta serra existe um espaço inicialmente formatado para acolher um centro de interpretação de arte rupestre como o da Esperança, Propomos - que o Centro de Interpretação da Esperança, atualmente existente, alargue a sua abrangência a toda a região com arte rupestre e se transforme no “ Centro Internacional de Arte Rupestre Esquemática da Serra de S. Mamede ” onde se concentre toda a informação disponível sobre o tema e possa vir a acolher estudiosos, interessados e turistas que sobre estes temas e região se interessam; - que o Centro se possa transformar num ponto de partida para visitas e estudos sobre esta região transfronteiriça à semelhança do que acontece em Foz-Côa para a arte paleolítica; Assim, a Esperança transformar-se-ia no epicentro da arte pós-paleolítica peninsular. 3

[close]

Comments

no comments yet