Boletim 15

 

Embed or link this publication

Description

Outubro/Novembro

Popular Pages


p. 1

Ano V · Edição nº 15· Outubro/Novembro 2015 Editorial 29 DE OUTUBRO Dia Nacional da Prevenção da Lavagem de Dinheiro A lavagem de dinheiro corresponde a um delito bastante antigo nas sociedades e que se tornou mais expressivo no século XX, acompanhando o fenômeno da globalização e o crescimento das organizações criminosas, motivo pelo qual passou a ser discutido com seriedade no âmbito das relações internacionais. De fato, o combate ao delito de lavagem de dinheiro merece especial atenção dos países em razão dos prejuízos que pode ocasionar aos seus sistemas financeiros. Neste sentido, no Brasil, passou a vigorar em 1998 a Lei nº 9.613, que criminalizou a conduta e estabeleceu as primeiras medidas de caráter preventivo, repressivo e de recuperação de ativos. Atualmente é impossível saber quanto dinheiro vem sendo lavado todos os anos, contudo estimativas do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI) apontam o valor aproximado a US$ 500 bilhões, com base em cálculos feitos a partir de diversas projeções, tais como a quantidade de armas e drogas comercializadas ilicitamente. Diante da gravidade da questão que ameaça o equilíbrio dos sistemas financeiros, os governos de vários países vêm se dedicando ao planejamento e execução de medidas de combate à lavagem de dinheiro, tanto no âmbito interno quanto na forma de cooperação, por meio de acordos internacionais A união das nações interessadas em coibir a prática da lavagem de dinheiro tem provocado importantes inovações nas suas legislações, bem como nos seus procedimentos institucionais, de modo a propiciar um ataque cada vez mais efetivo aos agentes delituosos. O dia 29 de outubro é o Dia Nacional da Prevenção da Lavagem de Dinheiro, seu objetivo é chamar a atenção do setor privado e da sociedade civil para a seriedade do tema. Esta campanha faz parte de uma iniciativa regional que está sendo realizada também em outros paises da América do Sul. Para tanto, conta com o apoio da Comissão Interamericana para o Controle do Abuso de Drogas da Organização dos Estados Americanos – (CICAD/OEA) e do Grupo de Ação Financeira da América do Sul contra Lavagem de Dinheiro (GAFISUD), como forma de lembrar o compromisso das instituições para a prevenção desse crime e fomentar parcerias entre os setores público, privado e a sociedade civil nesses países. Em 2012, a Lei nº 9.613, de 1998, foi alterada pela Lei nº12.683, de 2012, que trouxe importantes avanços para a prevenção e combate à lavagem de dinheiro, tais como: A extinção do rol taxativo de crimes antecedentes, admitindo-se agora como crime antecedente da lavagem de dinheiro qualquer infração penal; A inclusão das hipóteses de alienação antecipada e outras medidas assecuratórias que garantam que os bens não sofram desvalorização ou deterioração; Inclusão de novos sujeitos obrigados tais como cartórios, profissionais que exerçam atividades de assessoria ou consultoria financeira, representantes de atletas e artistas, feiras, dentre outros; Aumento do valor máximo da multa para R$ 20 milhões. Nesta Edição Editorial Dia nacional da Prevenção da Lavagem de Dinheiro BACEN Intensifica Fiscalização PLD/CFT Stallos Tecnologia 1 2 2 2 3 4 5 6 Comportamento 6 Dicas para enfrentar a crise econômica Sustentabilidade BACEN estuda implementar normas socioambientais no Sistema Financeiro Nacional Chega de disperdícios com papel e espaço físico para arquivo morto! Sustentabilidade Receita institui declaração e-Financeira Carreira e Saúde Como administrar melhor o seu tempo Teste Você administra bem sua vida Financeira? Como se prepara para a e-Financeira Resultado do teste Novidades sobre Help Desk 7 8 ...

[close]

p. 2

02 Editorial BACEN intensifica fiscalização O Banco Central tem intensificado seu trabalho de supervisão e fiscalização das atividades desenvolvidas pelas instituições autorizadas a atuarem no sistema financeiro. Quando identificados indícios de crimes tipificados na Lei nº 9.613/98 e não consta nenhuma implementação de políticas, procedimentos e controles internos compatíveis com o porte e o volume de operações, destinados a prevenir sua utilização para o cometimento de infrações às disposições constantes da referida lei, ele age no rigor da lei estabelecendo o processo de intervenção ou liquidação extrajudicial da entidade. Boletim Informativo · Ano V · Edição nº 15 Monitoramento junto ao Banco Central do Brasil. Permite a criação de evidências de controle e gestão para eventual fiscalização dos órgãos governamentais. Dia 29 de outubro é o dia nacional da prevenção da lavagem de dinheiro, mas todos nós sabemos que a prevenção se faz diariamente, através de controles e métodos consistentes que geram evidências concretas para os órgãos reguladores do mercado. Portanto, não corra riscos desnecessários. Previna-se. Por William Curaça de Sousa. — Atualmente é impossível saber quanto dinheiro vem sendo lavado todos os anos, contudo estimativas do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI) apontam o valor aproximado a US$ 500 bilhões, com base em cálculos feitos a partir de diversas projeções, tais como a quantidade de armas e drogas comercializadas ilicitamente. ” Comportamento PLD/CFT Stallos Tecnologia O Sistema de Monitoramento de Cadastros e Operações de Câmbio (Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Combate ao Financiamento do Terrorismo - PLD/CFT) da Stallos Tecnologia é destinado à todas às Instituições Financeiras credenciadas pelo BACEN para operar no mercado de câmbio. A partir de um cadastro bem estruturado, todas as operações e transações de câmbio registradas devem ser monitoradas, para que se previnam possíveis situações que se prestem à lavagem de dinheiro, ilícitos cambiais e financeiros ou até mesmo financiamento do Terrorismo. O Sistema PLD Stallos procura atender a todas as normas da legislação vigente no país no que se refere à PLD/CFT. Para cumprir esta finalidade, está estruturado em três camadas – Cadastro de clientes / Operações: Análise Diária / Análise, Monitoramento e Ação – além de possuir os seguintes recursos: Cadastro Único conforme orientação do BACEN – a estrutura mais completa do mercado, atendendo plenamente a Política KYC (Know Your Customer – Conheça seu cliente). Integrações: BACEN, Receita Federal, Listas Restritivas, etc. Ficha Eletrônica que permite o registro de qualquer decisão tomada ou informação relevante que precise ser armazenada pelo “Officer Compliance’’ da Corretora e pelo Gestor responsável pelo 6 DICAS para enfrentar a cri$e econômica Não interessa qual é o perfil de negócio e nem o segmento de atuação, o momento de instabilidade econômica do país é fator de preocupação comum aos empreendedores brasileiros. O sentimento de insegurança somado às quedas nas vendas e na procura dos clientes pelos produtos e serviços ofertados gera pessimismo. E a pressão para que sejam tomadas medidas capazes de reverter a situação também pode levar muitos gestores de negócios a um colapso financeiro – um abalo que pode não apenas afetar toda a estrutura da empresa, como também sua vida pessoal. Geralmente, as micros e pequenas empresas sofrem mais do que as grandes em períodos de estagnação econômica por não terem capital para investir em novas áreas ou produtos. No entanto, os pequenos negócios são mais ágeis para se adequar ao novo cenário e implantar mudanças. Porém, tomar uma atitude diante da crise é a maior dificuldade de muitos empresários, por isso listamos seis dicas para ajudar os empresários a encarar a crise. Veja abaixo: 1° Enxugue custos: Ao notar queda nas vendas e na lucratividade, o primeiro passo deve ser enxugar os custos do negócio. Inicie cortando os gastos desnecessários, aquelas despesas que não trazem resultados diretamente atrelados aos seus produtos. Faça um planejamento eficiente acerca das suas compras, procure fazer no mínimo três orçamentos para cada compra que fizer. A economia nesse aspecto chega a 30% em relação a uma única oferta. Em algumas situações, a empresa pode e sta r e n q u a d ra d a n o re g i me d e tributação errado, pagando tributos a mais do que o necessário. 2º Renegocie dívidas: Quando a empresa já está em dificuldade financeira, umas das medidas é a renegociação das dívidas com bancos e fornecedores. O empreendedor pode conseguir condições favoráveis para pagar suas obrigações dependendo do relacionamento que mantém com seus parceiros. 3º Tenha controle sobre o negócio: Ter controle financeiro e operacional sobre o negócio ajuda a empresa a identificar problemas e a tomar decisões antes que a crise agrave a situação. Crie metas, relatórios de desempenho, como tabelas e gráficos, e acompanhe com atenção esses indicadores. 4º Invista em marketing online: Ao invés de reduzir, aumente o seu investimento nesta área, principalmente em estratégias online. O ambiente online é uma ótima forma de captação de novos clientes. Caso não tenha um site para a sua empresa, crie um. Se sua empresa já possui presença online, você pode melhorar suas estratégias de captação de leads (possíveis clientes) e isto pode ser feito, por exemplo, através do vínculo de uma loja virtual ao seu site. 02

[close]

p. 3

Boletim Informativo · Ano V · Edição nº 15 03 Comportamento 5º Diversifique a sua atuação (encontre nichos relacionados): Amplie o seu campo de atuação, busque outras oportunidades que sejam relacionadas com o seu negócio. Digamos que seu serviço seja consultoria empresarial em outro estado, você poderia criar um curso online para atingir todo o Brasil, aumentando o seu posicionamento e seus resultados financeiros. Ao diversificar seu serviço, você consegue vender mais de uma vez para o mesmo público. 6º Mantenha o foco! Fique atento aos sinais do mercado. Mantenha o foco no negócio e nas perspectivas de .................................................................................................................................................................. NOTÍCIAS SISBACEN crescimento, independentemente do cenário. Sustentabilidade BACEN estuda implementar normas socioambientais no Sistema Financeiro Nacional Durante a Conferência Mundial do Meio Ambiente (Rio+20), promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2012, o BCB debateu a incorporação, de forma equilibrada, de objetivos sociais, econômicos e ambientais nas tomadas de decisão no SFN, em face do relevante papel exercido pelas instituições desse sistema como canalizadoras de recursos e indutoras de boas práticas socioambientais na economia. O BCB colocou em audiência pública duas propostas de atos normativos sobre o tema. A primeira estabelece a obrigatoriedade de as instituições financeiras adotarem política de responsabilidade socioambiental compatível com seu porte e com a complexidade de seus produtos e serviços, alinhada a suas políticas estratégicas. Segundo a proposta, nessa política devem constar os impactos socioambientais dos produtos e serviços ofertados, bem como a adequação dos produtos às necessidades dos clientes e usuários e o gerenciamento do risco socioambiental. A segunda proposta obriga as instituições financeiras a divulgarem anualmente relatório sobre as práticas adotadas no âmbito de sua política de responsabilidade socioambiental. Pela proposta, o relatório deve ser elaborado de acordo com os melhores padrões internacionais. O objetivo é mostrar à sociedade como está sendo implementada a política de responsabilidade socioambiental e como se pode avaliar a relação da instituição com as partes interessadas. As sugestões recebidas de organizações da sociedade civil, instituições financeiras, entidades de classe, meio acadêmico e cidadãos constituem subsídio para o BCB estabelecer, em breve, um plano de regulação mais adequado às características do SFN. 03

[close]

p. 4

04 Boletim Informativo · Ano V · Edição nº 15 Chega de desperdício com papel e espaços físicos para arquivo morto! ANTECIPE-SE ÀS NORMAS SOCIOAMBIENTAIS no Sistema Financeiro Nacional com os Sistemas Stallos. Conheça o AGILLOS da Stallos Tecnologia SISTEMA DE ASSINATURA DE CONTRATOS DE CÂMBIO Esta ferramenta tem como objetivo se tornar um instrumento estratégico de apoio operacional às atividades das Corretoras de Câmbio, permitindo às mesmas, agilidade em seus processos, redução de custos e aumento da produtividade. ! Redução de custos operacionais – Economia com mão-de-obra, Veja as Principais vantagens: manuseio e transporte de contratos (motoboys). Redução de risco com extravio de documentos. ! Aumento da produtividade – Os contratos podem ser assinados em lote e sem perda de tempo. ! Economia de espaço – Os contratos assinados digitalmente são arquivados em meios eletrônicos facilitando a organização dos documentos, redução do arquivo morto, melhor utilização do espaço físico e agilidade na hora da consulta-los. ! Preservação do meio ambiente – Redução significativa de consumo de papel. Conheça também o Real Image SISTEMA DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE IMAGENS Real RealImage Image for Exchange Gostaria de diminuir o volume de documentos? Consulte-nos: (11) 4712-2823 Além de reduzir o consumo de papel e gerar economia para a Corretora, evita o excesso de arquivos físicos, agilizando a localização de qualquer documento, que vão desde aqueles que compõem a contratação cambial e cadastros até os documentos de outros departamentos (RH, Contas a Pagar, a Receber, Expedição, etc). Economize tempo e dinheiro e contribua para a preservação do meio ambiente. 04

[close]

p. 5

Boletim Informativo · Ano V · Edição nº 15 05 Normativos financeira, for superior a R$ 2.000,00, no caso de pessoas físicas e R$ 6.000,00, no caso de pessoas jurídicas (Art. 7º). A e-Financeira deverá ser gerada diretamente por sistema próprio sob a responsabilidade do declarante, assinada digitalmente e transmitida ao ambiente do SPED por meio de webservice, seguindo leiautes específicos. Os prazos da e-Financeira seguirão, todos os anos, a mesma tratativa do DIMOF, ou seja, transmitida semestralmente conforme abaixo: Até o último dia útil do mês de fevereiro, contendo as informações relativas ao segundo semestre do ano anterior; e Até o último dia útil do mês de agosto, contendo as informações relativas ao primeiro semestre do ano em curso. É obrigatória já para fatos ocorridos a partir de 1º de dezembro de 2015. Porém para esta primeira entrega, o prazo final é até o último dia útil de maio de 2016. Fonte:www.legisweb.com.br/noticia/?id=14417 Receita institui declaração e-Financeira Primeira entrega será em maio de 2016, referente a dados de dezembro de 2015 Por meio da Instrução Normativa RFB nº 1.571/2015 – DOU 1 de 03.07.2015, a RFB instituiu a obrigatoriedade de prestação de informações relativas às operações financeiras de interesse da Secretaria da Receita Federal do Brasil, mediante apresentação da e-Financeira. Desta forma, em relação aos fatos ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2016, fica dispensado o fornecimento à RFB da Declaração de Informações sobre Movimentação Financeira (DIMOF). Ficam obrigadas a apresentar a eFinanceira as pessoas jurídicas autorizadas a estruturar e comercializar planos de benefícios de previdência complementar; autorizadas a instituir e administrar Fundos de Aposentadoria Programada Individual (FAPI); ou que tenham como atividade principal ou acessória a captação, intermediação ou aplicação de recursos financeiros próprios ou de terceiros, incluídas as operações de consórcio, em moeda nacional ou estrangeira, ou a custódia de valor de propriedade de terceiros; e as sociedades seguradoras autorizadas a estruturar e comercializar planos de seguros de pessoas. A obrigatoriedade alcança entidades supervisionadas pelo Banco Central do Brasil (Bacen), pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) e pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc). As entidades prestarão informações, dentre outras, relativas a saldos de qualquer conta de depósito, inclusive de poupança, saldo de cada aplicação financeira e aquisições de moeda estrangeira, quando o montante global movimentado ou o saldo, em cada mês, por tipo de operação Clientes STALLOS terão seus sistemas adequados 90 dias antes do prazo final estabelecido pela Receita Federal A equipe de desenvolvimento da Stallos Tecnologia já está preparando uma versão para testes até o final deste ano e em Fev/2016 pretende disponibilizá-la para o mercado, com 90 dias de antecedência. COMO SE PREPARAR PARA A E-FINANCEIRA? Comentário resumido Júlio César Zanluca – contabilista e coordenador do site Portal de contabilidade com precisão sua renda e movimentação de recursos, sob pena de ser intimado a prestar esclarecimentos à Receita Federal. Nesta nova fase do “BBB” eletrônico dos contribuintes, as empresas precisam, especialmente junto com seus contabilistas e outros profissionais da área, aperfeiçoar seus controles contábeis, para O propósito da e-financeira é conhecer a evitarem serem autuadas por falta de informações e suposição de movimentação financeira detalhada de cada omissão de receita. contribuinte brasileiro (seja pessoa jurídica e As pessoas físicas deverão adequar-se, de forma imediata, aos novos física) e assim confrontar os valores informados cruzamentos eletrônicos. A movimentação bancária, com os declarados pelo cidadão ou pelas por exemplo, precisa estar justificada por rendimentos compatíveis ou devidamente esclarecida por documentos idôneos (como empréstimos empresas (“cruzamento fiscal”). As movimentações de contas de depósito (inclusive poupança), aplicações financeiras, aquisições de moeda estrangeira e bancários). Na discrepância de dados, prevalecerá a presunção de sonegação fiscal, com a consequente atribuição da responsabilidade e penalidades. outras operações serão somadas. Obviamente que o contribuinte deverá estar atento, e declarar Fonte: boletimcontabil.com 05

[close]

p. 6

06 Carreira & Saúde Boletim Informativo · Ano V · Edição nº 15 É comum ouvir a frase: “Eu não tenho tempo”. Será mesmo? Saber utilizar o tempo a seu favor, principalmente no trabalho, é um grande diferencial. Além de evitar horas extras, você consegue apresentar os resultados necessários com qualidade. Segue abaixo algumas dicas para você utilizar as 24 horas do dia com qualidade de vida. Confira: Organize seu local de trabalho – mantenha sua mesa limpa e altamente organizada. Liberte-se de elementos eletrônicos que tirem o foco do trabalho, como chats, redes sociais, skype, Messenger, curiosidades. Reserve um tempo no seu dia para cuidar dos seus e-mails e relacionamentos, mas não permaneça 100% do tempo conectado. Mantenha sua agenda atualizada – faça uma lista de todas as tarefas do dia e ordene suas realizações, fazendo-as na sequência estabelecida e dando o devido foco a cada uma delas. Estar preocupados com muitas coisas faz com que não façamos nenhuma ação adequadamente. 1. 2. Aprenda a dizer não – evite se comprometer com mais do que suporta. Para parecerem produtivos, muitos profissionais acumulam várias obrigações e desejam resolver tudo. Saiba que cada um tem seu escopo de trabalho e é pago para isso. Não misture os ambientes – evite levar problemas pessoais para a empresa. Muitas vezes, isso é impossível, mas evite que eles impactem pesadamente nos resultados do trabalho para não ter retrabalho ou prejuízos muito maiores. Mantenha uma atitude otimista – se motive e faça sempre o melhor. Muitos não buscam fazer um trabalho diferenciado, criando um ciclo vicioso no qual a acomodação gera desmotivação. 3. 4. 5. Pioneira na informatização de Sistemas de Câmbio no Brasil § 65 Corretoras de Câmbio. § 214 unidades de clientes (Matriz, Filiais e correspondentes). § 640 sistemas instalados. § Clientes em 15 Estados + Distrito Federal. § 62 cidades. § Mais de 2.600 usuários trabalhando com nossos sistemas. § Mais de 168.000 contratos de Câmbio e posição própria por mês. § Mais de 126.000 boletos de câmbio turismo por mês. 06

[close]

p. 7

Boletim Informativo · Ano V · Edição nº 15 07 SIM NÃO Teste Atitudes/Hábitos 1-Você traça “metas pessoais” e as avalia frequentemente? 2-Mantém equilibrada suas receitas e despesas? 3-Tem consciência das coisas que realmente precisa e Deseja? Ou seja, sabe diferenciar “necessidades” e “desejos”? 4-Planeja com antecedência as despesas extras e sazonais, como: presentes de Natal, gastos escolares, aniversários, imposto de renda, IPTU, IPVA, etc.? 5-Você pratica regularmente o Orçamento Doméstico? 6-Anota todas as suas despesas, a fim de conhecer melhor seus hábitos de consumo? Você ADMINISTRA BEM SUA 7- Você já examinou seu registro de despesas e fez alguma mudança que julgou necessária? 8-Antes de ir as compras, prepara uma lista de tudo o que deseja adquirir? 9-Costuma pesquisar preços, fazendo a relação “custo” x “benefício”? 10-Paga suas contas pontualmente? 11-Sabe controlar-se diante de um impulso consumista? (consegue dizer “não” para compra nãoplanejada) 12-Você busca opções de lazer alternativos, para poder se divertir sem gastar muito dinheiro? 13-Consegue resistir à pressão de amigos consumistas, que vivem trocando de celular, de carro, viajando, etc? 14-Você tem uma fonte de renda alternativa? Um plano “B”. 15-Estabelece planos para sua futura segurança financeira? 16-Está habituado a ler a seção financeira de jornais e revistas? 17-Conhece a média aproximada de suas despesas mensais e anuais? VIDA FINANCEIRA? Descubra seu grau de consciência financeira e sua probabilidade de investimento. Produto Novo STRWeb Fácil A STALLOS TECNOLOGIA desenvolveu o STRWeb Fácil para viabilizar a integração de toda a movimentação de liquidação da Corretora ao seu movimento de contratos de câmbio. Através do sistema automático de efetivação de movimentos, o STRWeb Fácil permite que a Corretora faça o planejamento da movimentação de sua conta de liquidação com toda segurança Com o STRWeb Fácil a Corretora tem agilidade de controle, eficiência na conciliação e garantia de um produto já validado em Corretoras de grande porte no mercado. 18-Conhece as fontes de créditos que estão ao seu alcance? 19-Usa o crédito para consumo com sabedoria? 20-Nos últimos 03 anos, seu patrimônio aumentou? 21-Você acredita que seja possível melhorar a forma como você cuida de suas finanças? RESULTADO: Confira na página 08. STRWeb - ECONOMIA E PRODUTIVIDADE EM SEUS PROCESSOS Solicite uma demonstração! 07

[close]

p. 8

08 Boletim Informativo · Ano V · Edição nº 15 Stallos Tecnologia - Compromisso com o sucesso do cliente Manutenção contínua Garantia de adequações do Sistema às normas regulatórias do Mercado. Manutenção e melhorias constantes. Suporte Técnico remoto e local Equipe de plantão (Suporte) em feriados municipais e locais. Horário de atendimento estendido: das 8:30h às 19:00h. Desenvolvimento sob demanda Equipe de analistas preparados para o desenvolvimento de quaisquer aplicativos. Treinamento Com foco na Reciclagem de conhecimento ou capacitação de novos funcionários. Realizado “in loco” ou por conferência remota. RESULTADO DO TESTE VOCÊ ADMINISTRA BEM SUA VIDA FINANCEIRA? NOVIDADES NO ATENDIMENTO HELP DESK Com intuito de contínua melhoria no atendimento de suas demandas, incrementamos nosso Procedimento Operacional Padrão para o seguinte formato: - Para toda necessidade do cliente será aberto um chamado por nossos profissionais de Help Desk. - Em caso de bugs (erros), o chamado é categorizado em caráter de urgência com prazo máximo de resolução em até 24 horas, com o disparo de ações imediatas sobre a situação. - Outros casos, que não sejam erros, mas que sejam urgentes serão prontamente analisados para a definição das ações a serem tomadas. - Qualquer chamado, quer seja para uma nova implementação nos sistemas, quer sejam melhorias ou novas funcionalidades, receberão o prazo de entrega até a sexta-feira da semana seguinte à abertura do chamado. Para cada resposta SIM, some 10 pontos. Bônus: some mais 20 pontos em sua pontuação, caso tenha respondido SIM para as questões 05 ou 21. PONTOS - AVALIAÇÃO 190 a 250 pontos Você é um excelente administrador financeiro, possui um Grau de Consciência Financeira elevado e compatível com suas atitudes. Parabéns, sabe o que quer e percorre pelo caminho correto da boa educação financeira. Procure garantir um futuro financeiramente seguro e estável, identifique seu perfil como investidor e o sucesso será uma consequência. 70 a 180 pontos Você tem noção do “certo e errado” dentro da educação financeira, mas em alguns momentos ainda continua agindo pelo impulso ou pela emoção. Você poderia estar bem melhor, se praticasse mais o que sabe. Palavra Chave: Planejamento e determinação. Mãos a Obra! Comece a planejar seu futuro. Dê um passo de cada vez, mas não pare nunca. Abaixo de 60 pontos Você é vítima do consumismo ou do estresse financeiro. Você está perdendo dinheiro e tem chances de se tornar um “superendividado”. Acorde! Não estamos no País das maravilhas. Antes de pensar em investir, você precisa sanear sua vida financeira. Mude seus hábitos em relação ao dinheiro, cuide do seu presente para garantir seu futuro. IMPORTANTE! - Preferencialmente qualquer chamada deve utilizar o canal do Chat Online, com acesso exclusivo no site da Stallos: www. stallos.com.br. - Das 18:00h as 19:00h serão priorizados os atendimentos referentes ao fechamento do dia perante o Banco Central. Nesses casos, o uso do Chat Online é o mais indicado para agilidade do atendimento. Boletim Informativo – Stallos Tecnologia Periódico Bimestral – Out/Nov – 2015 Av. Antonino Dias Bastos, 755 – Centro 18.130-351 São Roque/SP Resp. Boletim: William Curaçá de Sousa Diagramação: Júlio César Severino Fraga Tel.: (11) 4712-2823 / 4712-5750 E-mail: contato@stallos.com.br Visite nosso SITE: www.stallos.com.br 08

[close]

Comments

no comments yet