Jornal Via Tecnológica 17º Edição

 

Embed or link this publication

Description

Jornal Via Tecnológica 17º Edição

Popular Pages


p. 1

Faculdade de Tecnologia de Botucatu N o v o V i s u a l d o C e n t ro Pa u l a S o u z a Ano 5 n.º 17 out. 2015 Vem aí a IV Jornacitec. Desta vez, com mais novidades. Fiquem atentos à programação que será disponibilizada no site da Fatec. Reservem os dias 07, 08 e 09/10/2015 para esse importante evento. Outubro 2015 CONCURSO DE INOVAÇÕES EM USO RACIONAL DE RECURSOS HÍDRICOS E ENERGÉTICOS - FATEC/SABESP O Concurso de Inovações em uso racional de recursos hídricos e energéticos é uma iniciativa da Faculdade de Tecnologia de Botucatu – Fatec e Sabesp e irá avaliar e selecionar os melhores projetos na área de inovações em uso racional de recursos hídricos e energéticos, tema que está em evidência devido à crise hídrica atual em algumas regiões do país. Os projetos poderão abordar os seguintes temas: - Eficiência Energética - Soluções em Abastecimento e Consumo - Inovações Tecnológicas - Gestão Ambiental e Sustentabilidade O Concurso visa: • Identificar e reconhecer projetos que representem inovações ligadas ao uso racional de recursos hídricos e energéticos, seja no sistema de abastecimento de água, no consumo doméstico, agrícola ou industrial ou, ainda, no processo de tratamento de esgotos; • Incentivar a geração de projetos que visem o aumento da conscientização ambiental e social entre os alunos da Fatec; • Incentivar a geração de trabalhos acadêmicos, tecnológicos e científicos que visem o desenvolvimento de senso crítico, cidadania e de novos projetos, viáveis para execução. Poderão candidatar-se ao concurso, alunos devidamente matriculados ou formados nas Faculdades de Tecnologia do Centro Paula Souza (Fatec´s) com até um ano da data da inscrição. A autoria dos trabalhos é limitada em até dois autores podendo haver, ainda, um terceiro coautor, orientador do trabalho, sendo este, necessariamente, professor de uma Fatec. As inscrições podem ser realizadas de 03/08/2015 à 02/10/2015, pelo site: www.fatecbt.edu.br. Além dos certificados de participação, o concurso prevê premiação para os três melhores trabalhos em cerimônia que ocorrerá no mês de novembro deste ano. Use de sua criatividade! Inscreva-se! CURSO DE MANDARIM A Vice Diretoria da Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu - FCA convida alunos, docentes e professores da Fatec a participar do Curso de Mandarim (Chinês) que será realizado nas dependências da FCA na Fazenda Lageado. Alunos, professores e funcionários interessados devem procurar os coordenadores de cursos para detalhes quanto à inscrição. O investimento é de R$ 200,00 em 4 parcelas de R$ 50,00 por semestre. Caso haja adesão de mais de 20 participantes da FATEC, o curso poderá ser realizado nas nossas dependências. Mais prático e mais uma oportunidade! Aproveitem! 01

[close]

p. 2

ALUNOS DO CURSO DE LOGÍSTICA DA FATEC PARTICIPARÃO DO ENADE Alunos que terminarão o curso até dezembro de 2015 devem participar desse importante indicador da qualidade da educação superior. Para que todos possam tomar conhecimento do que é o ENADE e sua importância seguem orientações: O QUE É O ENADE? De acordo com a Portaria Normativa nº 40 de 12 de dezembro de 2007, Art. 33-D, o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), tem como objetivo aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação, e as habilidades e competências em sua formação. QUAL SUA IMPORTÂNCIA? Os resultados do ENADE, aliados às respostas do Questionário do estudante constituem insumos fundamentais para o cálculo dos indicadores de qualidade da educação superior (tanto do Curso, como da Instituição). O ENADE É OBRIGATÓRIO? Conforme disposição do art. 5º, § 5º, da Lei nº. 10.861/2004, o Enade constitui-se componente curricular obrigatório, sendo inscrita no histórico escolar do estudante somente a situação regular com relação a essa obrigação. O estudante selecionado que não comparecer ao Exame estará em situação irregular junto ao Enade. QUEM DEVERÁ FAZER O EXAME DO ENADE? Neste ano, alunos do curso de Tecnologia em Logística, que provavelmente se formarão até dezembro de 2015, ou que tenham concluído mais de 75% da carga horária. OBS.: a lista dos alunos nestas condições está disponível nos quadros de aviso do Curso de Tecnologia em Logística. QUAIS SÃO AS ETAPAS? - Obrigatório: Preenchimento de Questionário pelo aluno (disponibilizado 30 dias antes da prova, no site http://enade. inep.gov.br) - Obrigatório: Prova (22/11/2015, às 12:15 horas) Boa sorte a todos os participantes! Professores de Língua Portuguesa da região de Botucatu EXPEDIENTE Via Tecnológica é um jornal da Faculdade de Tecnologia de Botucatu. Site: www.fatecbt.edu.br Av. José Ítalo Bacchi, s/n – Jardim Aeroporto Botucatu (SP) (14)3814.3004 Diretor: Prof. Dr. Roberto Antonio Colenci Vice-Diretor: Prof. Dr. Celso Fernandes Joaquim Júnior Organizador: Prof. Esp. José Augusto Rota Diagramação: José Luis Barbosa de Souza (graduando) Colaboradores: alunos, professores e funcionários da Fatec-Botucatu. Edição Digital. Fale conosco: jornal@fatecbt.edu.br Participaram de orientação técnica realizada na Fatec no dia 01 de setembro de 2015, 35 professores de Língua Portuguesa, atuantes no ensino médio, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo – Diretoria de EnsinoRegião de Botucatu estiveram na Fatec para participar da orientação técnica intitulada “Leituras de vida: narrativas (auto) biográficas de professores do ensino médio”, ministrada pela Profª Dra. Adriane Belluci Belório de Castro, docente de Comunicação e Língua Portuguesa da Fatec-Botucatu. Tal atividade é parte das ações desenvolvidas pela docente em uma pesquisa sobre multiletramentos digitais e práticas de leitura e de escrita no ensino médio público de Botucatu, cujo objetivo é investigar habilidades linguísticas em leitura e produção de textos vivenciadas por alunos do ensino médio de Botucatu-SP, bem como descrever práticas didático-pedagógicas utilizadas por professores para a aprendizagem de leitura e de produção de textos no ensino médio. Essa pesquisa possibilitou o estabelecimento de uma parceria entre a Fatec-Botucatu e a Diretoria de Ensino (DE) – Região de Botucatu, por meio da qual são realizadas periodicamente orientações técnicas a professores de Língua Portuguesa da rede estadual de toda a região de Botucatu, abrangendo 15 cidades, entre as quais: Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Cesário Lange, Conchas, Itatinga, Laranjal Paulista, Pardinho, Pereiras, Porangaba, Pratânia, Quadra, São Manuel e Torre de Pedra. A DE supervisiona 36 unidades escolares, sendo 14 delas na cidade de Botucatu. Outras duas orientações técnicas já foram realizadas. Uma com o título “Linguagens de nosso tempo: a leitura como encontro”, em setembro de 2014 no auditório da DE; e outra, em março de 2015, no auditório da Fatec, intitulada “Multiletramentos e as práticas de leitura e de produção de textos”. A partir desta, foi criado um grupo de estudo virtual, utilizando-se a plataforma Moodle (hospedada no site Fatec), para compartilhamento de atividades desenvolvidas pelos professores, para troca de experiência como docente e, ainda, para disponibilização de artigos científicos e outros gêneros textuais sobre multiletramentos, leitura e produção de textos no ensino médio. 02

[close]

p. 3

ESTUDO DA FATEC BOTUCATU CONFIRMA A RELAÇÃO ENTRE AS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS E OS ACIDENTES DE TRÂNSITO Estudo realizado pela Faculdade de Tecnologia de Botucatu (FATEC), instituição pública de ensino superior gratuito do Estado de São Paulo, verificou que existe relação entre a situação climática e os tipos de acidentes de trânsito observados mensalmente no município. Este estudo foi desenvolvido pela discente Paola Gabriela Fernandes, como trabalho de conclusão do curso Superior em Logística, orientado pelo professor Dr. Sergio Augusto Rodrigues. Para realização do trabalho, um histórico dos últimos 4 anos a respeito dos acidentes de trânsito foi levantado a partir dos boletins de ocorrência registrados na área urbana do município de Botucatu, além de informações climáticas fornecidas pela Estação Meteorológica da Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP Botucatu Entre os diversos resultados encontrados, destaca-se a associação da precipitação com os diferentes tipos de acidentes. O estudo indicou que os meses com maiores índices de chuva e calor, assim como uma maior quantidade de dias chuvosos, apresentaram mais acidentes sem vítimas em cruzamentos e choques com objetos fixos. Ocorre também, nestes meses, uma quantidade menor de acidentes sem vítimas nas ruas e avenidas, de atropelamentos e um número maior de condutores com menos de 30 anos por acidente com vítimas. Neste contexto, o período do ano com maior precipitação e temperaturas mais elevadas, composto pelos meses de outubro a março, apresentou uma média diária de acidentes sem vítimas em cruzamentos 16% superior ao período composto pelos meses de abril a setembro. Já o número médio de choques foi 55% superior, enquanto que o número de acidentes sem vítimas nas ruas e avenidas e o número de atropelamentos foi inferior, ambos com uma redução de 8% aproximadamente. CARACTERÍSTICAS DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO SITUAÇÃO CLIMÁTICA * Acidentes em cruzamentos sem vítimas * Precipitação e número de dias chuvosos * Choque com objetos fixos * Temperatura do ar * Número de condutores com menos de 30 anos * Evaporação * Acidentes em reta sem vítimas * Umidade Relativa * Atropelamentos Da mesma forma, os meses com menos acidentes sem vítimas em cruzamentos, menos choques com objetos, com mais acidentes sem vítimas nas ruas e avenidas, mais atropelamentos e com menos condutores de idade inferior a 30 anos envolvidos em acidentes, apresentaram também uma menor quantidade de chuva, temperaturas máximas mais baixas, além de uma maior umidade relativa do ar. No mesmo estudo, foi possível identificar também que os meses com uma menor quantidade de chuvas e menores temperaturas do ar, além de apresentarem as características comentadas anteriormente, também apresentaram uma maior quantidade de colisões, menos acidentes com vítimas fora dos cruzamentos (nas ruas e avenidas) e menos capotamentos, tombamentos e engavetamentos. Percebeu-se que o período considerado menos chuvoso e com menores temperaturas (de abril a setembro) apresentou uma quantidade média diária de colisões 23% superior ao período mais chuvoso e com maiores temperaturas (de outubro a março). Já a quantidade média diária de acidentes com vítimas nas retas (ruas e avenidas) foi 11% inferior, enquanto que o número de capotamentos, tombamentos e engavetamentos foi 33% menor, apesar da ocorrência mensal deste tipo de acidente ser muito pequena no município. SITUAÇÃO CLIMÁTICA * Precipitação e número de dias chuvosos * Temperatura do ar * Umidade Relativa CARACTERÍSTICAS DOS ACIDENTES DE TRÂNSITO * Colisões ou abalroamento * Acidentes em reta sem vítimas * Outros tipos de acidentes (capotamento, tombamento e engavetamento) Considerando apenas o ano de 2013, observam-se pouco mais de 1400 acidentes registrados, sendo que aproximadamente 36% são de acidentes com vítimas e 64% de acidentes sem vítimas. Entre os acidentes com vítimas, 82% são colisões, 9% atropelamentos, 3% de choques com objetos fixos e 6% de outros acidentes (capotamentos, tombamentos e engavetamentos). Já em 2014 foram registrados aproximadamente 1200 acidentes (redução de 16% em relação ao ano anterior), com praticamente a mesma distribuição em relação aos tipos de acidentes. Estudos com o intuito de entender as causas dos acidentes de trânsito são importantes para elaboração de políticas públicas de conscientização de motoristas, motociclistas e pedestres. Entender o comportamento das variáveis envolvidas com o trânsito, bem como suas possíveis associações, pode contribuir com a mobilidade urbana dos municípios, visto que os acidentes podem comprometer o trânsito, gerando congestionamentos, além possibilitar redução dos custos relacionados com a saúde pública, pois geram atendimentos médico-hospitalares e são causas de uma boa parcela dos óbitos entre jovens. 03

[close]

p. 4

VII Sintagro - SIMPÓSIO NACIONAL DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO Sustentabilidade e Inovação - Os desafios contemporâneos do agronegócio. O evento buscará discutir importantes temas e os desafios do agronegócio brasileiro e características importantes como inovação tecnológica e uso dos recursos hídricos no agronegócio em busca da produção sustentável. Público-alvo: Estudantes de graduação, pós-graduação e de cursos técnicos. Professores, pesquisadores, profissionais e empresários do agronegócio, além de produtores rurais INSTRUÇÕES PARA O SINTAGRO 2015 Instrução para submissão A submissão de trabalhos – somente pela Internet - para apresentação no SINTAGRO 2015 poderá ser realizada até a meia-noite (horário oficial de Brasília) do dia 12 de soutubro de 2015. Regras gerais de submissão 1) Os trabalhos serão submetidos pelo e-mail: trabalhos.sintagro@fatecmococa.com.br 2) Após a divulgação do resultado das avaliações dos trabalhos será disponibilizada na página do evento a lista dos trabalhos aprovados. 3) Os trabalhos que não estejam de acordo com os critérios estabelecidos pela comissão científica do simpósio não terão sua submissão aceita. 4) Somente serão aceitos trabalhos submetidos em português. 5) Somente serão aceitos trabalhos com redação e ortografia adequadas, pois a versão enviada será definitiva. 6) Em hipótese alguma será aceita a inclusão de autor após a submissão. 7) Antes de realizar o upload de trabalhos, o autor deve certificar-se que os arquivos não estejam infectados com vírus, examinando-os cuidadosamente antes. Trabalhos que não atendam a essa exigência serão excluídos e reprovados. 8) Somente serão aceitos trabalhos em arquivos do Microsoft Word. 9) Cabe ao autor, no momento da inscrição, informar sobre o ineditismo do manuscrito. Não serão aceitos trabalhos já publicados em periódicos, livros ou outros eventos. Regras para a submissão dos trabalhos Os autores que tiverem trabalhos selecionados deverão fazer upload dos trabalhos completos até a meia noite (horário de Brasília) do dia 12 de soutubro de 2015. A apresentação dos trabalhos completos deverá contemplar os seguintes elementos: 1) Primeira página – deverá conter o título do trabalho (em caixa alta), nome e filiação institucional dos autores, resumo do trabalho contendo até 250 palavras em língua portuguesa e palavras-chave (entre 3 e 5 palavras chave); na sequência o Abstract em língua inglesa e as keywords. Na sequência, deverá iniciar-se o texto na própria página. 2) Formatação: a. Papel tamanho A4, orientação retrato e margens superior e esquerda com 3 cm e inferior e direita com 2 cm. b. Formato do arquivo: Editor de texto Microsoft Word 2003 ou posterior. c. Espaçamento simples e texto justificado. d. Texto em fonte Arial tamanho 12 e citações diretas em tamanho 10 e recuo de 4 cm. e. Paginação no canto superior direito. f. Eventuais notas deverão ser apresentadas no rodapé. g. Elementos gráficos: todas as representações utilizadas deverão ser nomeadas de tabelas ou figuras, considerandose as seguintes definições: 1) tabelas – representações que geralmente mostram valores numéricos exatos, dispostos em linhas e colunas a fim de se facilitar a comparação e 2) figuras – qualquer outro tipo de ilustração que não se classifique como tabela, por exemplo quadro, gráfico, fotografia, desenho ou outra forma de representação. h. Citações e referências deverão ser inseridas no corpo do texto. Incluindo sobrenome do autor, ano da publicação e número de página (se for o caso), em consonância com as normas da ABNT. i. Tamanho máximo desejado de (15) quinze laudas. 04

[close]

p. 5

VESTIBULAR FATEC BOTUCATU PROJETO VISITEC Com oferta de vagas em seis cursos atualmente, o vestibular da Faculdade de Tecnologia de Botucatu contempla, no total, 280 vagas para seus Cursos Superiores de Graduação Tecnológica. Todos eles são gratuitos e de grande qualidade, como toda faculdade pública. Cada curso oferece 40 vagas para o período noturno e um deles também é oferecido no período da manhã, sendo assim, sete turmas descritas abaixo: - Agronegócio (noturno); - Análise e Desenvolvimento de Sistemas (manhã) ou (noite); - Gestão Empresarial (ensino à distância); - Logística (noturno); - Produção Industrial (noturno); - Radiologia (integral). AÇÕES DESENVOLVIDAS Com a adesão de alguns professores junto a direção, coordenadores de cursos e coordenador do vestibular, uma verdadeira equipe foi formada e uniu-se em um esforço conjunto para realizar ações no sentido de dar ampla divulgação do vestibular da Fatec Botucatu em nossa cidade e também em toda a região. Entre as referidas ações, merecem destaque: o uso intensivo das mídias digitais, das redes sociais, as entrevistas nas rádios da cidade e região pelo diretor da unidade, propaganda na TV Globo, entrega de panfletos e cartazes, atendimento ao público no centro da cidade. As tarefas realizadas resultaram em um saldo muito positivo, pois as inscrições para o vestibular da Faculdade de Tecnologia de Botucatu cresceram, no último ano, 24% e 27%, respectivamente, no 1º. e 2º. semestre de 2015 em comparação aos mesmos períodos do ano de 2014. PROJETO VISITEC O projeto intitulado VISITEC, sigla para “Visite a Fatec”, é um instrumento de divulgação do vestibular – bem como de toda a nossa instituição – criado com a missão de trazer, até a Fatec de Botucatu, os alunos das terceiras séries do ensino médio das escolas públicas estaduais e municipais de Botucatu. Desenvolvido em duas etapas, nos meses de abril e setembro, o programa já contemplou, em suas três edições, aproximadamente 1500 (hum mil e quinhentos) alunos para conhecer um pouco da Faculdade de Tecnologia de Botucatu, onde foram recebidos no auditório pelo diretor e vice-diretor e receberam informações da faculdade e ainda assistiram a um vídeo sobre todo o Centro Paula Souza. Ainda no auditório puderam conhecer um pouco do perfil dos cursos por meio de apresentações realizadas pelos coordenadores dos respectivos cursos, que, na sequência, levaram os alunos a visitarem as instalações (prédios, salas de aulas, laboratórios e bibliotecas). Para que o programa de visitas funcionasse com sucesso, foram realizadas reuniões para a apresentação do projeto com a Diretoria de Ensino – para autorização da saída dos alunos de suas escolas – e com a Secretaria Municipal de Educação, que forneceu o transporte para os alunos da escola até a Fatec com retorno diretamente na escola. Integração HCFMB e FATEC No último sábado, dia 25, foi realizada, no piso térreo do Salão Nobre da Faculdade de Medicina de Botucatu/ Unesp (FMB), uma manhã de integração com a presença de dirigentes, docentes e monitores do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), da Faculdade de Tecnologia de Botucatu (Fatec) e da FMB. O curso de Tecnólogo em Radiologia da Fatec Botucatu – o mais procurado da instituição no Estado – possui, desde 2010, uma parceria com a FMB (responsável pela docência) e com o HCFMB, que é cenário onde são realizadas as disciplinas práticas do curso, com laboratórios, estrutura física e tecnológica, além de ceder monitores para acompanhar as atividades dos alunos, visando sempre a excelência na formação dos futuros profissionais. As disciplinas ministradas nas dependências do HCFMB são: Litotripsia, Radiologia, Tomografia, Ressonância, Radioterapia, Densitometria Óssea, Mamografia, Ultrassom, Medicina Nuclear, Radiologia Vascular e Neurorradiologia. A cada dois anos, há um evento de integração para promover as atividades e a parceria entre essas três instituições cujo convênio foi renovado em janeiro deste ano. Para a sua execução, há uma verba específica, repassada pelo Centro Paula Souza. A ideia surgiu em meados de 2005, por um desejo do Dr. Jose Morceli, docente da Radiologia, em criar um curso junto a FMB, o que não foi possível. Porém, após muito empenho do professor, a Fatec teve interesse, formatou e criou este curso, sendo aprovado pelo Centro Paula Souza, pelo Conselho Estadual de Educação de São Paulo e pelo Ministério da Educação. O grande papel do HCFMB nessa parceria está relacionado ao resultado final do profissional no mercado, pois muitos egressos do curso estão nos primeiros lugares em processos seletivos para a área de Tecnólogo Prof. Ms. Vivian dos Santos Gambaratto em Radiologia, destacando a importância da integração em várias regiões paulistas. Isso confirma o bom resultado do curso, que possui o formato de disciplina prática – ao invés de estágio – e que obteve nota 4 no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), em 2013. Mariana Andrade – Assessoria de Comunicação e Imprensa 05

[close]

p. 6

RETORNO DE INTERCÂMBIO NO CANADÁ O aluno de Informática para Negócios da FATEC Botucatu Rodrigo Augusto Peres Velozo retorna ao Brasil após estudar durante um ano na Universidade John Abbott em Montreal - Quebec no Canadá pelo programa de Intercâmbio Ciências sem Fronteiras. Em seu relato, Rodrigo menciona que imaginava encontrar dificuldades na adaptação à nova cultura e também com a nova família a qual ficaria alojado, contudo, a similaridade encontrada no cotidiano e nos costumes do povo canadense com o brasileiro possibilitou uma adaptação mais rápida que esperava. “Até mesmo na gastronomia não haviam tantas diferenças assim. O típico arroz e feijão não era tão constante nas refeições quanto no Brasil, mas ainda assim se fazia presente semanalmente” afirma o aluno. Dentro da Universidade John Abbott Rodrigo lembra que a metodologia de ensino adotada foi bem diferente do que estava acostumado. “Basicamente havia poucas aulas com o professor explicando o conteúdo, mas diversas aulas laboratoriais, na qual era indicado o resultado esperado pelo trabalho, utilizandose tutoriais ou literaturas necessárias para se alcançar o objetivo, e desta forma, o estudo acabou sendo bastante voltada para o auto aprendizado do aluno”. As diferenças climáticas foram bastante impactantes, afinal trinta graus negativos era uma temperatura constante no inverno em Montreal segundo o intercambista. “Sugiro que, se possível, vá ao país durante o verão ou outono, assim seu corpo se adapta mais rápido às mudança de temperatura. Com as vestimentas apropriadas, é tolerável sair de casa, mas não exatamente “confortável” cita Rodrigo. Rodrigo deixa como dica para quem planeja ir ao estado de Quebec que estude e aprenda pelo menos o básico de francês. Embora a língua oficial do país seja o inglês, no estado de Quebec apenas nas proximidades da cidade de Montreal o inglês é presente. “Algumas instituições se comunicam apenas em francês, assim como muitos eventos culturais e acadêmicos são nesse idioma” afirma o aluno. Após muitos desafios e novas experiências durante um ano de intercâmbio Rodrigo deixa a seguinte mensagem para os alunos da Fatec: “Para todos que tenham oportunidade, minha recomendação é que estudem fora do país. O mesmo proporcionará grande crescimento pessoal e profissional, além de gerar recordações únicas para toda a vida. Além do aprimoramento do idioma, experiências únicas serão encontradas em um país diferente, que certamente proporcionará uma nova visão sobre o mundo para o aluno”. Além de Rodrigo, o aluno Fábio de Mello Luiz, também do curso de Informática para Negócios, retornou recentemente para o Brasil após período de um ano na Universidade de Widener nos Estados Unidos fomentado pelo mesmo programa. O coordenador institucional do programa Ciência sem Fronteiras da Fatec Botucatu é o Prof. Dr. Gustavo Kimura Montanha. “O programa é uma ótima oportunidade de intercâmbio para nossos alunos e uma importante fonte de conhecimentos e experiências a ser compartilhada em nossa instituição” afirma o professor. SARAD SARAD Doação de alunos, professores e funcionários da FATEC Conforme já divulgado no circuito interno de TV da Fatec e no Diário da Serra, edição do último dia três, o SARAD é um Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas. A instituição abriga e acompanha cerca de 40 dependentes e é gerenciada pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB). Na manhã da última terça-feira (1º), alunos e funcionários da FATEC de Botucatu doaram de aproximadamente 2 mil peças, entre roupas e sapatos, para o SARAD. “A intenção é irmos além da parte de ensino. Queremos formar profissionais competentes para mercado e humanizados para trabalhar com a sociedade”, ressalta o diretor da Fatec Botucatu, Roberto Colenci. Segundo a diretora do SARAD, Janice Lourdes Megid, a arrecadação foi fruto do “Trote Solidário” promovido por cerca de 1.500 estudantes, que cursam atualmente o segundo semestre do curso. “Não foi apenas uma doação. Durante todo o processo, fizemos uma integração com os alunos, expondo o trabalho de conscientização que fazemos na instituição e foi a parte mais satisfatória do processo”. Fonte: Diário da Serra 06

[close]

Comments

no comments yet