Balaio dos Prazeres 003

 

Embed or link this publication

Description

Balaio dos Prazeres 003

Popular Pages


p. 1

T URISMO • RESTAURANTES • SNACK BAR S • COMPRA S • SERVIÇOS • HOTÉIS Publicação da Revista Figuras&Negócios | Ano 1 - Nº3 - Setembro 2015 Turismo e Hotelaria CONSTRUÇÃO DE NOVOS HOTÉIS EM VELOCIDADE CRUZEIRO CRISGUNZA INAUGURA AGÊNCIA DE VIAGENS HOTELEIROS CRIAM ASSOCIAÇÃO PROFISSIONAL SAIBA ONDE COMER DA E BEBER EM CABIN

[close]

p. 2

 5ZGQNHFÝÜTIF7J[NXYF+NLZWFX3JLçHNTX BALAIO•ACTUALIDADE 2&.8-49¿.85&7&45&Ã8 O projecto vai alargar a oferta e promover o fluxo de turistas nacionais e estrangeiros. O consórcio Banco de Poupança e Credito(BPC) e a empresa Angola Business Corporation (ABC)assinou em Luanda, no início de Setembro, um protocolo de cooperação com a inglesa Golden Peaks Capital Holding para o financiamento da construção de 170 hotéis de 2 e 3 estrelas nas 18 províncias do País em três anos. O projecto, na modalidade chave na mão, prevê três fases e arrancou este ano estando prevista a construção de 40 hotéis, dos quais 28 de 2 estrelas e 12 de 3 estrelas, num investimento de 284.8 milhões de dólares. A segunda fase, com início previsto para 2016, suportará outros 40 hotéis dos quais 32 de duas estrelas e oito de 3 estrelas, cujo investimento é de 287.3 milhões de dólares. Em 2017 é concretizada a terceira fase, com a construção de 90 hotéis de duas estrelas sendo o investimento estimado em 693.3 milhões de dólares. No total, o investimento é de 1,2 mil milhões de dólares. Na oportunidade, o ministro da Hotelaria e turismo, Pedro Mutinde, que assinou a licença de BARES construção dos hotéis, reconheceu que o projecto representa uma renovação de esperança, salientando que as 170 unidades hoteleiras, cada uma com 50 quartos, vai alargar a oferta e promover o fluxo de turistas nacionais e estrangeiros. O Banco BPC vai apenas funcionar no negócio como intermediário financeiro, pois os recursos são da inglesa Golden Peaks Capital Holding, como financiadora. “Nós vamos intermediar porque Angola vai assumir a responsabilidade de reembolsar o valor do financiamento num período de vinte anos” - referiu o PCA de uma das maiores instituições bancárias de Angola, o BPC. Por seu turno, o Presidente do consórcio BPC/ABC, João Paulo Tomás lembrou que a implementação do projecto surge num momento crucial para o País que precisa de diversificar a sua economia. Viana e Cacuaco, segundo ele, receberão os primeiros hotéis e o critério da escolha da zona tem a ver com o potencial de afluência de turistas e capacidade de taxa de ocupação.” HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS COMPRAS SERVIÇOS R E S TA U RA N T E S

[close]

p. 3

&ST3’8JYJRGWT  -TYJQFWNF J9ZWNXRT O sector angolano de hotelaria e turismo emprega presentemente 202.776 trabalhadores e tem 14 mil quartos e 18 mil camas em 185 hoteis, 88 resorts, 14 aparthotéis e seis estalagens. Esses dados foram prestados por Paulino Baptista, Secretario de Estado da Hotelaria, no encerramento do I Fórum de Formação para o Turismo, que teve lugar no início do mês em Luanda. Na oportunidade, ele anunciou a criação, até ao final do corrente ano de mais dois mil quartos com a construção de hotéis em todo Pais. Com efeito, Paulino Baptista revelou que o governo prevê nos próximos tempos a construção de seis hotéis - escola nas províncias de Luanda, O governo angolano tem intenção em viabilizar a criação de um milhão de postos de trabalho directos e indirectos. Benguela, Huíla, Huambo, Moxico e Uíge, no âmbito da aplicação das políticas estabelecidas no Plano Nacional de Desenvolvimento. Para Paulino Baptista, a formação hoteleira e turística em Angola constitui uma premissa fundamental por conferir competências técnicas, profissionais e académicas às comunidades mais jovens para levarem a qualidade à prestação dos serviços hoteleiros e turísticos, como pilares do desenvolvimento socioeconómico do Pais.” O governo angolano tem intenção de viabilizar a criação de um milhão de postos de trabalho directos e indirectos, gerar um rendimento de 4,7 mil milhões de dólares (592 mil milhões de kwanzas) e receber 4,6 milhões de turistas, entre os quais 60% de angolanos, até 2020. QUARTA IVAN ALEXEI - 21 HORAS QUINTA FRANK JOSUÉ - 21 HORAS BANDA.COM - 21 HORAS SEXTA Boa Comida E MÚSICA AO VIVO etnia comunicação Desfrute de SÁBADO NELSON FERNANDO a partir de 13 HORAS e KIZUA GOURGEL - 21 HORAS ESPAÇO LUANDA | Via 2, S/N - Edifício Escola de Hotelaria e Restauração RESERVAS: Talatona – Luanda | geral@espacoluanda.com | www.espacoluanda.com 928 314 680 ESPAÇO LUANDA | Via 2, S/N - Edifício Escola de Hotelaria e Restauração Talatona – Luanda | geral@espacoluanda.com | www.espacoluanda.com

[close]

p. 4

4 Publicação da Revista Figuras&Negócios BALAIO•soCIAL Os pais de Antónia, o casal Baltazar (Elvira e Costa). Antónia Omara de Araújo, a nova licenciada em Direito. AntóniA CAmpOs de ArAujO -42*3&,*2 5*1&+472&¾½4 |Reportagem fotográfica de Adão Tenda O título de licenciada em Direito conquistou-o com entrega, dedicação e muito estudo e por isso já ninguém o tira. Antónia Omara Castelo Baltazar Campos de Araújo, casada com Campos de Araújo, mãe de uma filha, viu o seu esforço recompensado quando recentemente recebeu o diploma que o habilita a exercer a profissão no ramo de Direito. Para assinalar o facto os seus pais, o casal Baltazar, (Elvira e Costa), abriram o seu complexo hoteleiro, nas imediações dos Ramiros, município de Belas, para um almoço comemorativo dos feitos da filha caçula, por sinal gêmea. A festa foi no dia 23 de Agosto e no local estiveram presentes centenas de pessoas, entre familiares do casal, colegas de escola e convidados e teve um serviço de catering com distinção. O ambiente proporcionou um pé de dança entre os convivas que se prolongou até altas horas da noite.

[close]

p. 5

Ano 1 - Nº3 - Setembro 2015  Antónia com o sogro. Os irmão Baltazar (Costa e Noé). Antónia e o esposo Campos de Araújo. As felicitações do irmão José Baltazar. Os irmãos gêmeos a mostrar que também sabem dançar. Omúsico Sanguito foi o animador da festa.

[close]

p. 6

6 5ZGQNHFÝÜTIF7J[NXYF+NLZWFX3JLçHNTX BALAIO•soCIAL emiLiAnA KApunGA e AdiLsOn mOreirA :3.)485*14 (&8&2*394 |Reportagem fotográfica de George Nsimba Os noivos Emiliana Kapunga e Adilsom Moreira. d esde o dia 21 de Agosto, Emiliana Kapunga e Adilson Moreira deixaram de ser apenas namorados, contrairam matrimónio na Igreja São Francisco Xavier, no Bairro Martires de Kifangondo, em Luanda. A “benção festiva” do casamento ocorreu na Tenda do Hotel de Convenções de Talatona (HCTA), tendo os noivos recepcionado cerca de mil pessoas convidados para o acto. Num banquete requintado servido pelo gastrónomo Jaime Braga, a decoração da cerimónia esteve à cargo de Cavisita Lemos e a festa teve um acto cultural com a actuação de consagrados artistas do panorama musical angolano. O pé de dança que se seguiu após o jantar prolongou-se até altas horas da noite. Emiliana,licenciada em gestao, é filha do empresário e deputado Monteiro Kapunga que não se continha de satisfação pela cerimónia. Ao novo casal, Figuras &Negocios deseja muitas felicidades.

[close]

p. 7

&ST3’8JYJRGWT 7 A noiva Emiliana entra para a igreja na companhia do seu pai, Monteiro Kapunga. Com os familiares do noivo. Com os padrinhos da noiva. Os noivos com os pais de Emiliana Kapunga. COMPRAS SERVIÇOS BARES R E S TA U RA N T E S HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 8

8 Publicação da Revista Figuras&Negócios Gersy Pegado teve uma actuação musical brilhante, fazendo levantar todos os convidados para dançarem. A actuação do músico Cristo. A alegria de Monteiro Kapunga.

[close]

p. 9

Ano 1 - Nº3 - Setembro 2015 9

[close]

p. 10

 Publicação da Revista Figuras&Negócios BALAIO•ComEr & bEbEr •CAbInDA COMPRAS SERVIÇOS BARES R E S TA U RA N T E S HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 11

Ano 1 - Nº3 - Setembro 2015 &ST3’8JYJRGWT  BALAIO•rEsTAUrAnTEs •TALATonA KOOK Localizado dentro do Belas Business Park, o Kook destacase pela sua cozinha de autor a cargo do Chef Pedro Resende Pereira e pela variedade do seu cardápio onde se destaca o Sushi de muito boa qualidade. O seu forte são os deliciosos pratos do dia a preços competitivos, a rondarem os KZ 3.500,00 e a rapidez no servico. Edifício Moxico, Belas Business Park Telefone 947 336 684 PIAZZA DEL FORNO Restaurante Premium do HCTA, é considerado como o melhor lugar para um almoço de negócios em Talatona com algumas vantagens realçantes: está situado dentro do hotel, o que facilita o parqueamento e dispõe de uma sala privada para almoços mais discretos. Há um espaço reconfortante, requintado e sóbrio. A hora do almoço encontra-se quase sempre com poucos clientes. O serviço é um pouco demorado e o preço médio de uma refeição não ultrapassa facilmente os kz 10.000,00 por pessoa, se se comer uma entrada, prato principal e sobremesa. Se recorrer aos serviços da garrafeira do hotel, bastante diversificada, o preço evidentemente sobe um bocado. Hotel de Convenções de Talatona (HCTA),1.Piso Telefone.226 424 300 ZENITH Está próximo ao complexo que alberga algumas instituições governamentais, tem um ambiente trendy, descontraído, sossegado e discreto. A esplanada elevada fica localizada dentro do Complexo Zenith Towers e oferece pratos do dia que rondam os KZ 3.000,00. Serviço rápido e profissional. Complexo Zenith Towers Parqueamento gratuito limitado Telefone 932 378 073 O FAZENDEIRO Kymbu Localizado dentro do condomínio da Vila Espa é considerado por alguns frequentadores como um verdadeiro oásis em Talatona. O espaço é amplo, bastante sossegado e um dos mais bonitos da cidade. O ponto forte do restaurante são os seus almoços económicos - cerca de KZ 3.000,00, incluindo entrada, prato principal e café ou uma sobremesa. Rapidez no atendimento é imagem de marca. Avenida Pedro de Castro VanDunem, Vila Espa Telefone 945 540 888 É um dos mais novos restaurantes de Talatona, aberto desde Fevereiro do presente ano. Tem elevado requinte e sofisticação não só pela gastronomia mediterrânea que serve mas também pela beleza do espaço físico. Dispõe de um espaço interior e uma esplanada (para almoços de negócios, espaço interior é o recomendado) e está situado na fronteira entre o Morro Bento e Talatona, na Avenida Pedro de Castro Van-Dunem Loy. Recomendase as massas frescas feitas no local, o atendimento é rápido e eficaz. O preço médio por refeição ronda os KZ 7.000,00. Avenida Pedro de Castro Van-Dunem Loy Telefone 931 333 631 Parqueamento grátis COMPRAS SERVIÇOS BARES R E S TA U RA N T E S HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

p. 12

 Publicação da Revista Figuras&Negócios BALAIO•pErfIL Amândio Lima, empreendedor e proprietário da Hoteltour. hOteLtOur (438:1947.& *+472&¾½4 |por Yolanda Haitalesseni C “urGe CriAr COndições pOLítiCAs pArA tOrnAr O pAís mAis ApeLAtivO e que Os visitAntes sAibAm que AnGOLA tem pOtenCiALidAdes turístiCAs imensAs e pOrtAntO, Aqui tAmbém se fAz bOm turismO”. COMPRAS SERVIÇOS BARES om 38 anos, Amândio Lima é um jovem empreendedor que coloca o seu saber numa empresa, a Hoteltur, ligada ao recrutamento e consultoria hoteleira. Licenciado na Inglaterra em Travel Turismo e Management, ele reuniu na Hoteltur 14 profissionais nas áreas de formação, recursos humanos e gestão operacional que oferecem o suporte em processos de pré-abertura de unidades hoteleiras, formação, estudos de viabilidade na área hoteleira, restauração e pastelaria, recrutamento e selecção de pessoal. A empresa conta como clientes e parceiros, hotéis, restaurantes, empresas do sector petrolífero e entidades governamentais e, na sua carta de apresentação, é referido como missão principal, contribuir para a qualificação contínua do sector da hotelaria e turismo em Angola. “Não queremos ser apenas mais uma empresa neste sector mas sim sermos pioneiros no ramo da hotelaria e, sobretudo, empenharmonos em compreender as necessidades e objectivos dos nossos clientes” referem como princípio bíblico da sua missão. Amândio Lima que, após ter concluído a sua formação, teve uma experiencia, como primeiro negócio, na venda de materiais de escritório, decidiu-se pela aposta no domínio da formação hoteleira porque, visionário, viu e sentiu as necessidades que o País precisa para melhor explorar o potencial R E S TA U RA N T E S turístico-hoteleiro de Angola. Ele vê o sector a crescer paulatinamente, mas “ainda há muito para se fazer, pois, o turismo é uma área de negócios bastante lucrativa e o governo deveria apostar mais no sector concedendo mais apoios e abraçar os projectos do empresariado nacional. Mas, Amândio Lima não se coíbe de afirmar que Angola esta numa trajectória certíssima para se poder, muito brevemente, dar passos firmes no turismo e torná-lo como uma das maiores fontes de crescimento do PIB. “Urge criar condições políticas para tornar o País mais apelativo e que os visitantes saibam que Angola tem potencialidades turísticas imensas e portanto, aqui também se faz bom turismo. Somos um País rico, antes que a água seca e as flores murcham, urge apostar no turismo angolano, e isso passa fundamentalmente por uma boa formação de todos envolvidos nessa actividade, para além da consciencialização da sociedade sobre regras de conduta a adoptar no relacionamento com o turista, sobretudo aqueles que vêem de fora para conhecerem as nossas potencialidades e realidades sócioculturais.” HotelTur-Recrutamento e Consultoria Hoteleira Rua 2, Travessa 5, Casa 1, Município de Belas, Luanda Telf. +244 922 338 062/ 992 338 062 - Email:geral@hotelturangola.com PONTOS TURÍSTICOS HOTÉIS

[close]

p. 13

Ano 1 - Nº3 - Setembro 2015  &3,41&348 (4389.9:*2 &884(.&¾½4)* -49¿.8 C hama-se AHRA, Associação de Hotéis e Resorts de Angola foi proclamada na última semana de Setembro, em Luanda, e tem como objectivo agir como parceiro do Governo na implementação do Plano Director do Turismo. Armindo César, um dos principais impulsionadores da Associação disse na oportunidade da constituição, que a AHRA vai actuar na base de um código de ética com vista à melhoria da prestação de serviços e o crescimento de uma indústria turística forte, capaz de criar postos de trabalho e ajudar o executivo na arrecadação de receitas fiscais. Ele afirmou mesmo que a associação vai desenvolver esforços no sentido de os seus membros terem um código de ética que assegure o respeito ao cliente e a prática de preços que sejam adequados ao nível de qualificação do serviço prestado. Assinaram o acto da constituição 300 membros mas espera-se que num tempo mais próximo, o número de membros filiados na AHRA possa crescer substancialmente, a julgar pelo crescimento que o sector de turismo e hotelaria regista no País e as atenções que se dedicam para a afirmação do turismo nacional.

[close]

p. 14

 5ZGQNHFÝÜTIF7J[NXYF+NLZWFX3JLçHNTX BALAIO•AgênCIAs DE vIAgEns Silvestre Kissari, o proprietário, saúda o Secretário de Estado do Turismo. O secretário de Estado do Turismo Alfredo Caputo na altura do corte da fita. (7.8,:3?&.3&:,:7& &,À3(.&)*;.&,*38 |por Ana Kavungo A COMPRAS SERVIÇOS BARES Crisgunza – Agência de Viagens e Turismo foi inaugurada no dia 24 de Setembro pelo secretário de Estado do Turismo, Alfredo Caputo. Localizada no bairro do Maculusso, R E S TA U RA N T E S em Luanda, a nova agência está vocacionada para a emissão de bilhetes de passagens domésticos e internacionais, tratamento de vistos e garantia de seguros de viagens. PONTOS TURÍSTICOS HOTÉIS

[close]

p. 15

&ST3’8JYJRGWT As funcionárias da Agência de Viagens e Turismo Crisgunza. O proprietário, Silvestre João Kissari, garante que a Crisgunza – Agência de Viagens, traz ao mercado nacional qualidade e inovação. Anunciou que lançarão um pacote promocional para venda de bilhetes à crédito para os clientes que pretenderem viajar para o exterior de Angola. Os interessados poderão negociar e aderirem a este serviço com o prazo de seis meses como período de pagamento, desde que tenham contas domiciliadas nos mesmos bancos que a agência Crisgunza. A Crisgunza, segundo Silvestre Kissari, pretende oferecer serviços com eficiência aos seus clientes e mostrar a cultura e a beleza de Angola ao mundo. Para o efeito, promete trabalhar com todas as companhias turísticas que operam em Angola. Nesta primeira fase ela conta com dez funcionários. A Crisgunza possui um avião executivo, um “Challenger 600”, com capacidade para 12 lugares, que aluga para viagens no exterior do País. Silvestre Kissari exibe, ante o olhar do Secretário de Estado, o certificado que habilita a Crisgunza a exercer a sua actividade. Transporte Aéreo e Serviços Protocolares Bairro Maculusso- Rua Nicolau Gomes Spencer Nº 60-62-64 Luanda- Angola Tel: 914 399 727/ 222 039 726/ 222 039 725 E-mail: crisgunza@gmail.com Site: www,crisgunza.com Foto de família com funcionários da Cirsgunza. COMPRAS SERVIÇOS BARES R E S TA U RA N T E S HOTÉIS PONTOS TURÍSTICOS

[close]

Comments

no comments yet