A Senda - Outubro de 2015 - FEEES

 

Embed or link this publication

Description

A Senda - Outubro de 2015 - FEEES

Popular Pages


p. 1

A Senda federação espírita do estado do espírito santo ANO 93 No 172 OUTUBRO 2015 foto: divulgação Feees Confraternização e profundas reflexões sobre a vida e a morte no grande evento capixaba A sala de visitas foi a novidade deste Congresso - páginas 4, 5 e 8 AMEEES e FEEES colaboram em Apoio a Dependentes Químicos página 3 Encontro Estadual da Área de Atendimento Espiritual página 7 Encontro Estadual da Área de Estudos página 3 8º CONGRESSO ESPÍRITA MUNDIAL página 7 Reunião do CFE - diretoria da FEEES e representantes dos CREs estão convocados página 6 • SENDA JOVEM • Encontro de Mocidades no sul do estado página 3 • OUTUBRO - HOMENAGEM AO CODIFICADOR •

[close]

p. 2

Editorial EXPEDIENTE A SENDA Tributo a Allan Kardec TODO ESPÍRITA DEVE: Comprometer-se com a educação da humanidade, a começar pela própria, reconhecendo que, para desfrutarmos de uma paz duradoura e de uma vida social produtiva e justa, é imperiosa a contribuição pessoal, competente e digna, no concerto das relações humanas desde o ninho familiar, passando pelas experiências na casa espírita, no local de trabalho e no amplo ambiente social. Oportuna lição a respeito da reciprocidade que nos compete na vida temos na fala de Espírito Nobre, Matilde, que encontramos no capítulo III do livro Libertação, da lavra de André Luiz/Francisco Cândido Xavier, quando ensina: “[...] os dons divinos descem sobre nós, dentro de justas condicionais. O Senhor nos enriquece para que enriqueçamos a outrem, dá-nos alguma coisa para ensaiarmos a distribuição de benefícios que Lhe pertencem, ajuda-nos a fim de que auxiliemos, por nossa vez, os mais necessitados. Mais recolhe quem mais ama.”. (Grifo nosso) Participar de ações sociais, em que o assistencialismo não seja a tônica dominante, mas a educação. Esse cuidado, aliás, já merecera especial atenção dos Homens do Caminho capitaneados por Pedro, na recuada época do Cristianismo nascente. No livro Paulo e Estêvão, registra Emmanuel, no capítulo III: “A casa dos apóstolos apresentava um movimento de socorro aos necessitados cada vez maior, requerendo vasto coeficiente de carinho e educação. [...] A assistência aos pobres não dava tréguas ao labor das ideias evangélicas. Foi quando João considerou irrazoável que os discípulos do Senhor menosprezassem a sementeira da palavra divina e despendessem todas as possibilidades de tempo no serviço de refeitório e das enfermarias...” E Divaldo Franco, sobre o assunto, considera: “A prática da caridade por todos os meios e métodos possíveis ao alcance da Entidade. Quando nos referimos à prática da caridade, damos uma abrangência muito ampla. Caridade, que não se restringe apenas ao atendimento das necessidades corporais, fisiológicas, emocionais imediatas, mas, e principalmente, àquela caridade mais profunda, a da libertação da consciência pelo estudo, pela educação do neófito, pela orientação, para que ele adquira bons hábitos e desenvolva os propósitos superiores, exercitando essa aprendizagem no labor de socorro ao próximo.” 1 (Grifo nosso) Evitar a idolatria mediúnica. Uma vez que todos somos médiuns, ou seja, temos a natural faculdade de captar e intermediar pensamentos, sentimentos e emoções de outrem, encarnados ou não, nenhum motivo razoável para nos permitir tal atitude, que afronta as lições lúcidas da Doutrina Espírita, sob pena de nos enquadrarmos na moldura de IDIÓLATRAS – aqueles que adoram a si mesmos. “Dedicação sem fanatismo. Discernimento sem preconceito. Organização sem autoritarismo. [...] Depois da caridade, o bom senso é o nosso principal parâmetro, a fim de estabelecermos o equilíbrio em nossas tarefas de intercâmbio”. 2 Eis a lição que precisamos atender. Considerar Kardec o mestre digno de ser estudado e seguido, e não dogmatizado. O Venerável Bezerra de Menezes, invariavelmente, realça a personalidade singular do Codificador na construção e consolidação do Ideário Espírita na terra brasileira e no mundo inteiro. Daí, leciona o Benfeitor: “Allan Kardec, nos estudos, nas cogitações, nas atividades, nas obras, a fim de que a nossa fé não faça hipnose, pela qual o domínio da sombra se estabelece sobre as mentes mais fracas, acorrentando-as a séculos de ilusão e sofrimento”. 3 Não há Espiritismo sem Kardec, é preciso que fique bem claro. Distanciarmonos da fidelidade ao pensamento kardequiano é risco perfeitamente dispensável, quando não de declarado desapreço por quantos de nós que assumimos, espontaneamente, compromissos para com o estudo, a prática e a difusão da Doutrina dos Espíritos. Façamos nosso, aqui, o canto suave e doce de Cruz e Souza quando, na psicografia de Francisco Cândido Xavier, poetiza sentida homenagem, Falando a Kardec Apóstolo da luz ditosa e bela, Quando desceste da divina altura, Surgia a Terra desolada e escura Por agressiva e torva cidadela. Qual sublime nau que se desmantela, Naufragava na sombra a fé mais pura E envolvia-se o templo da cultura No turbilhão de indômita procela... Mas trouxeste equilíbrio ao caos nefando, E O Livro dos Espíritos, brilhando, Rompe a noite mental, espessa e fria! Ante o sol da verdade a que te elevas, Revelaste Jesus ao mundo em trevas, E acendeste o clarão do Novo Dia! DIRETORIA DA FEEES PARA O TRIÊNIO 2013/2016 Presidente Dalva Silva Souza Vice-Presidente de Administração Valmir Gomes do Nascimento Vice-Presidente de Doutrina Maria Lúcia Resende Dias Faria Vice-Presidente de Unificação Rose Mary de Souza Thiengo Vice-Presidente de Educação Luciana Teles de Moura Conselho Fiscal: Maria de Lourdes Neves Geraldo Teixeira da Costa Eliomar Borgo Cypriano Suplentes Roberto José Damaceno José Guido Nascimento Filho DEPARTAMENTOS Comunicação Social Rodrigo Salatiel Brasileiro Orientação Mediúnica Cristina Soneghet Simon Atendimento Espiritual Eliana Schmidt Castelani Estudo Sistematizado José Ricardo do Canto Lírio Infância e Juventude Edmar Reis Thiengo Assistência e Promoção Social Solange de Oliveira Nascimento ÓRGÃO INFORMATIVO DA FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO ESPÍRITO SANTO C.N.P.J. 28.150.936/0001-18 Insc. Estadual 081.162.73.1 Rua Álvaro Sarlo, 35 - Ilha de Santa Maria Vitória/ES - CEP 29051-100 Tel: (27) 3222-2117 / 3222-7551 Fax: (27) 3222-6509 e-mail: feees@feees.org.br www.feees.org.br Projeto Gráfico Studio Rodrigo Resende Edição Renata Guizzardi Diagramação JMBCoutinho Revisão Dalva Silva Souza Impressão Gráfica Comercial - 27 3722-0566 - Colatina-ES www.graficacomercial.art.br 1. Diálogo aos Dirigentes e Trabalhadores Espíritas. USE/SP 2. Mediunidade e libertação. Espírito Augusto/Clayton Levy. Ed. Allan Kardec.Campinas.SP. 2007 3. Orientações aos Órgãos de Unificação. Cap. III. Pág. 36 – FEB. 2010 2

[close]

p. 3

Outubro 2015 Notícias FEEES realiza encontro que reúne trabalhadores da área de estudo fotos: divulgação Feees Senda Jovem por Michelle Sales Alegre será palco de show espírita e encontro de mocidades Luciana coordena dinâmica de integração Participantes trabalham em grupo Público atento à fala de José Ricardo Dalva Silva Souza fala sobre Atualidade do conhecimento espírita e a casa espírita como polo irradiador desse conhecimento No dia 22 de agosto, representantes de várias casas espíritas localizadas em todo o estado se reuniram no Grupo da Fraternidade Espírita Jerônmo Ribeiro, em Vila Velha, para discutir o tema: A área de Estudos e a sua interface com as demais atividades da Casa Espírita. Como o título do evento indica, o objetivo do encontro foi proporcionar a efetiva integração entre as mais diversas tarefas do movimento, pois a maior parte delas realiza alguma atividade vinculada ao estudo da Doutrina Espírita. Assim, questões como a inclusão do jovem em outros grupos de estudo além do DIJ; acolhimento dos participantes do grupo de estudo nas demais atividades da casa; aliança da ciência com a religião nos grupos de estudo; como proporcionar o conhecimento da Doutrina às populações com baixo nível de escolaridade; como desenvolver uma postura crítica nos estudos espíritas; e como trabalhar dinâmicas próprias para adultos nos grupos de estudo, foram discutidas sob a coordenação dos diretores de todos os departamentos da FEEES. O clima do evento, como não poderia ser diferente, foi de integração, e os participantes saíram de lá com muitos desafios a serem pensados para estarmos trabalhando cada vez mais próximos e com sintonia de propósitos. O Encontro Regional de Mocidades Espíritas do 5º e 12º CRE acontece dia 17 de outubro, em Alegre, no Centro Espírita Amor e Caridade a partir das 8h. O tema é “Sou Mais Família”, e o evento é direcionado a jovens espíritas que frequentem grupos de mocidades em casas espíritas pertencentes ao 5º e 12º CRE. Para se inscrever procure o DIJ – Departamento de Infância e Juventude da sua casa espírita. E no mesmo dia, às 18h, os jovens – e também adultos – poderão curtir o grupo musical espírita Amadeu que apresenta o show “Novos Rumos”, no Teatro Municipal Virgínia Santos, também na cidade de Alegre. Aproveite! AMEEES e FEEES colaboram em Apoio Fraterno a Dependentes Químicos No dia 28 de novembro de 2015 a AMEEES juntamente com a FEEES estarão promovendo um Curso de Formação de Voluntários para o Trabalho no Apoio Fraterno a Dependentes Químicos e Codependentes integrado às Casas Espíritas. Este Curso será realizado pelo Dr. Edson Luís Cardoso da AME Santo Ângelo do Rio Grande do Sul que tem feito um trabalho muito interessante de capacitação e implantação deste serviço nas Casas Espíritas. O Curso será realizado no GFE Jerônymo Ribeiro num sábado no período da manhã e da tarde. Será uma oportunidade para conhecermos esta dinâmica e nos prepararmos para lidar com este grande desafio do mundo moderno. Para o ano que vem a AMEEES está organizando um Curso de Capacitação em Uso Abusivo de Drogas e Dependência Química paa os trabalhadores espíritas. 3

[close]

p. 4

A SENDA 12º CONGRESSO ESPÍRITA ESTADUAL - Mais Realizou-se, no Centro de Convenções de Vitória-ES, nos dias 18, 19 e 20 de setembro o 12º Congresso Espírita do Estado do Espírito Santo, cujo tema central foi: “Justiça Divina – 150 Anos do Livro O Céu e o Inferno”. A sessão solene de abertura teve início às 20h, no amplo auditório do Centro de Convenções, com mais de 1.000 congressistas presentes. Darlan Bastos e Renata Guizzardi, presenças já tradicionais nos Congressos do estado, conduziram a cerimônia. A apresentação do Coral Renascer da FEEES, sob a regência de Paula Gálama e com acompanhamento de músicos integrantes da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, apresentou lindas peças musicais, preparando o ambiente para o início das atividades. A novidade foi que, neste Congresso, em lugar da tradicional mesa diretora dos trabalhos, organizou-se uma confortável sala de visitas, o que gerou um clima de maior proximidade e descontração. Na abertura, Dalva Silva Souza, presidente da FEEES, deu as boas-vindas aos congressistas e destacou a importância de estar entre duas figuras importantes do movimento espírita nacional e internacional: Antônio César Perri de Carvalho, conferencista convidado, que foi presidente da Federação Espírita Brasileira até março deste ano, e Jorge Godinho Barreto Neri, atual presidente da FEB. A conferência de abertura, feita por César Perri, focalizou o tema geral do evento. No sábado, interessante programação se desenvolveu, contando com os conferencistas: Sandra Borba (RN), Carlos Augusto Abranches, Haroldo Dutra Dias e Suely Caldas Schubert. Leila Brandão, escritora do Rio de Janeiro, fez uma participação es- Vista parcial do público que lotou o auditório do Centro de Convenções 4 Da esquerda para a diereita, Renata Guizzardi, Leila Brandão, Rodrigo Brasileiro, Haroldo Dutra e Luciana Moura Coral Renascer/FEEES e Conjunto de Metais da Orquestra Sinfônica do ES: Alan Vinicius de Souza (trompa), Gladson Leone (tuba) e Fredson Monteiro (trombone)

[close]

p. 5

Outubro 2015 Notícias s de mil pessoas no Centro de Convenções pecial no momento em que se abriu para que público formulasse perguntas a Haroldo Dutra. Os temas atraíram a atenção dos congressistas, que demonstraram, ao longo de todo o evento, bastante satisfação com tudo o que foi oferecido. Cada atividade do evento, foi antecedida por uma apresentação artística, que destacamos na página 8. A livraria da FEEES, montada ao lado do salão de conferências, foi espaço de confraternização e troca de ideias sobre os assuntos abordados e as obras ali oferecidas. Todas as atividades foram colocadas ao alcance dos internautas, pois o evento foi transmitido pela FEBTv e pela Web Rádio Fraternidade. Marcou presença também o pessoal que trabalha em Defesa da Vida, que ofereceu interessante trabalho no espaço da recepção durante todo o evento. No domingo, Suely Caldas Schubert fez importantes reflexões sobre o Código Penal da Vida Futura, momento em que contou com a participação especial da coordenadora de estudos do livro O Céu e o Inferno na FEB, Cylene Guida. Na sessão de encerramento, a presidente da FEEES comentou a importância dos Congressos como termômetros da ação federativa e afirmou que os congressistas presentes deram a toda a equipe/FEEES uma força que não se perderá. Finalizando o evento, Sandra Borba teceu considerações sobre a felicidade e Jorge Godinho Barreto Neri, presidente da FEB, em seu pronunciamento, trouxe uma mensagem de incentivo ao trabalho com Jesus e pronunciou a prece de encerramento em clima de grande emoção. Parabéns à FEEES por essa importante realização! fotos: divulgação Feees Jovens congressistas. Em primeiro plano Luciana Moura, vice-presidente/FEEES Congressistas expressam a alegria do encontro Cesar Perri, na abertura, fala sobre o tema geral do Congresso Público atento à fala de Haroldo Dutra Sandra Borba Sandra Borba, Maria Lúcia e Suely Schubert Suely fala sobre mediunidade Presidente da FEB em seu pronunciamento 5

[close]

p. 6

Agenda A SENDA Reunião Extraordinária do CFE A diretoria da FEEES e os representantes do CREs estão convocados para a reunião extraordinária que acontecerá na sede da FEEES, no dia 3 de outubro, das 8h30 às 17h00, para tratar de importantes temas: Analisar proposta para o novo estatuto da FEEES; Deliberar sobre a nova proposta para o Regimento Interno da FEEES; Deliberar sobre o Plano de Trabalho 2016-2019, entre outros assuntos. Onde as informações sobre o universo espírita são precisas e atuais. A Senda OUTUBRO-2015 • Programação de Palestras na FEEES Dia 05 - 20h00 Dia 06 - 14h30 Dia 12 - 20h00 Dia 13 - 14h30 Dia 19 - 20h00 Dia 20 - 14h30 Dia 26 - 20h00 Dia 27 - 14h30 Meu Reino não é deste Mundo No Universo do Amor FERIADO A Pedagogia de Jesus O Tesouro Escondido Pressentimentos O Bom Combate Intercessão Zanone Batista Paulo Henrique Não haverá palestra Osvaldo Viola Filho José Carlos Forido Zanone Batista Odair Porto de Araújo Afrísio Leon Programação de Palestras AMEEES - Outubro 2015 Dia 07 - 20h CURSO SAÚDE E ESPIRITISMO - 15ª aula (CRENÇA: Efeito Placebo e Nocebo) Dia 14 - 20h Caminhos a Escolher Dia 21 - 20h CURSO SAÚDE E ESPIRITISMO - 16ª aula (Desafios Bioéticos no Final da Vida) 6 Maria Cristina Alochio de Paiva Sérgio Valentim José Roberto Pereira Santos Departamento de Saúde Mental Dia 28 - 20h REUNIÃO DE ESTUDO: Autoconhecimento

[close]

p. 7

Outubro 2015 Notícias fotos: divulgação Feees Chá Fraterno do G. E. Ibatiba 8º Congresso Espírita Mundial Grupo participante da FEBNova A 8ª edição do Chá Fraterno organizado pelo Grupo Espírita de Ibatiba ocorreu no dia 22 de agosto/2015 e os confrades espíritas tiveram mais uma oportunidade de confraternização com a sociedade de Ibatiba e de municípios vizinhos. No evento, o GEI proporcionou mais uma vez a integração dos trabalhadores espíritas e a divulgação da Doutrina Espírita, apresentando o resultado das obras sociais que a sociedade Ibatibense apoia em forma de colaborações financeiras, doação de roupas, alimentos, etc. Participaram mais de 300 pessoas no Cerimonial Carvalho. O local onde ocorreu o Chá Fraterno, a decoração, flores e a maioria dos quitutes foram doados pelos membros do GEI e colaboradores. Margareth, Presidente do GEI em divulgação das obras sociais A arrecadação foi de R$ 3.480,00 reais que serão revertidos para as obras sociais, evangelização infantil e mocidade, além de investimentos necessários na estrutura física da Casa Espírita. Outras importantes ações a serem destacadas foi a abertura da livraria espírita, que vendeu muitos livros e reforçou o objetivo da divulgação da Doutrina Espírita, além da participação de representantes de todas as Casas Espíritas do 12º CRE. Isso reforça a integração e o movimento de unificação do espiritismo na região. Parabéns à Presidente do GEI, Margareth Coimbra Brigatto, e a toda a equipe de trabalho. Esperamos com grande expectativa a 9ª edição para 2016. Encontro Estadual da Área de Atendimento Espiritual A Federação Espírita do Estado do Espírito Santo (FEEES) realizará, no dia 18 de outubro de 2015, o Encontro Estadual da Área de Atendimento Espiritual. O evento destina-se a trabalhadores da recepção, da exposição do evangelho, do passe, do atendimento fraterno, das visitas fraternas, do evangelho no lar, ou de outras atividades similares que têm por objetivo atender a qualquer necessitado de consolo espiritual que busque a casa espírita. O tema central “Dependências: físicas, emocionais, morais e espirituais” será analisado com a finalidade de aprimorar a atuação dos trabalhadores que participam das atividades do atendimento espiritual, para que obtenham maior eficácia e segurança no desempenho de sua ação. Para o desenvolvimento das atividades, contaremos com a participação das facilitadoras Jacira Abranches Silva Leite (pedagoga atuante no movimento espírita do CEAK e da FEEES) e Taciana Cristina Freitas de Lima (psicóloga e membro da AME-ES). O Encontro acontecerá na sede do Grupo da Fraternidade Espírita Jeronymo Ribeiro, à Rua Henrique Laranja, 54, Centro, Vila Velha, das 08h30 às 16h30. Os interessados poderão inscrever-se na Feees, pessoalmente, por e-mail (dae@fees.gov.br) ou pelo telefone (3222-7551), até o dia 09 de outubro, para que possamos organizar melhor o evento. Venha refletir conosco e vivenciar momentos preciosos! Seminário APSE-FEEES Mônica Paulino fala aos participantes Atendendo à solicitação do 7ºCRE, a Área de Promoção Social Espírita - APSE, realizou o seminário “A Atividade de Assistência e Promoção Social na Casa Espírita - Metodologias e Possibilidades”, no dia 29 de agosto das 14h às 17h30, na Fraternidade Espírita Francisco de Assis, Cidade Continental, Serra. Foi uma tarde de muito aprendizado, troca de experiências e de convivência alegre e fraterna! Estiveram presentes, além de participantes de diversas casas espíritas do município, toda a coordenação do 7º CRE e a equipe APSE - FEEES completa. O lanche proporcionou momentos de confraternização entre os presentes. Congresso Espírita Sul Americano O 3º Congresso Espírita Sul-Americano, será realizado nos dias 23, 24 e 25 de outubro, em Santiago (Chile). O evento é uma realização do movimento espírita chileno com o apoio do Conselho Espírita Internacional. Mais informações: www.3congresoespiritasudamericano.com fabiovillarraga@gmail.com Solange Oliveira Nascimento, diretora da APSE/FEEES, coordena atividade de integração 7

[close]

p. 8

Aconteceu Arte que encantou durante o 12º Congresso A SENDA fotos: divulgação Feees Mezzo soprano argentina Lorena Espina, tenor brasileiro Augusto Carusu Gomes e Paula Gálama ao piano Maria do Carmo e Armando Sinkovitz Carlos Augusto Abranches, tocou e cantou, emocionando o público José Benedito e Paula Gálama (flauta e piano) Grupo de Música do DIJ/FEEES André Pirola e Daniel Silva Grupo Musical Além das Vozes Grupo de Dança Reforma Íntima Na sessão de abertura do Congresso, a apresentação do Coral Renascer foi enriquecida pela presença de Conjunto de Metais com os músicos integrantes da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo: Alan Vinícius de Souza (trompa), Gladson Leone (tuba), Fredsom Monteiro (trombone), além do piano elétrico a cargo da maestrina Paula Galama. Na manhã de sábado, houve apresentação do Grupo de Dança Gedri e de Maria do Carmo Schneider acompanhada ao violão por Armando Sincovitz. Na parte da tarde, o Grupo Musical do DIJ cantou parte do seu repertório sobre o livro O Céu e o Inferno e André Pirola cantou com acompanhamento ao violão por Daniel Silva. Na sessão de encerramento, houve um momento de grande emoção com a apresentação da mezzo soprano argentina Lorena Espina e do tenor brasileiro Augusto Caruso Gomes, acompanhados por Paula Galama ao piano. Na saída do Centro de Convenções, a alegria foi garantida pela já tradicional apresentação do Grupo Além das Vozes da UECEL. 8

[close]

Comments

no comments yet