Informativo 61 set

 

Embed or link this publication

Description

Informa online 61 set

Popular Pages


p. 1

Informa online Informativo n° 61 | Setembro - 2015 Notícias Gerais JUSPREV realiza reunião dos órgãos colegiados, com eleição dos novos membros dos conselhos Deliberativo e Fiscal e apresentação do novo Diretor Jurídico e de Benefícios. Educação Financeira e Previdenciária Como aproveitar o momento e fazer um bom investimento para aposentadoria. Você sabia? Resolução CNPC 18/2015 amplia a possibilidade de adesão de participantes em planos instituídos. Sou Instituidora Associados da AMAPAR podem contar com os benefícios e as vantagens do PLANJUS. A melhor escolha para planejar seu futuro Imagens: NCA Comunicação - Zinho Gomes

[close]

p. 2

Notícias Gerais JUSPREV realiza reunião dos órgãos colegiados, com eleição dos novos membros dos conselhos Deliberativo e Fiscal e apresentação do novo Diretor Jurídico e de Benefícios. Integrantes do Colégio de Instituidoras, do Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e a Diretoria Executiva da JUSPREV se reunirem no dia 31 de agosto, na sede da Associação dos Procuradores do Estado do Paraná – APEP , em Curitiba, para discussão e deliberação acerca de assuntos de suas competências. O destaque da reunião foi a eleição dos 4 novos membros titulares e 6 suplentes para o Conselho Deliberativo e dos 3 novos membros titulares e 3 suplentes para o Conselho Fiscal. Outro destaque, foi a escolha do novo Diretor Jurídico e de Benefícios da JUSPREV – Dr. Hercules Maia Kotsifas da ANFIP (Associação Nacional dos AuditoresFiscais da Receita Federal do Brasil) que assume o cargo no lugar do Dr. Vanderley José Maçaneiro. Os demais assuntos discutidos foram a apresentação pelo Comitê de Investimentos da proposta de abertura de um fundo exclusivo com aplicação em títulos do Tesouro Direto, apresentação da Resolução CNPC n° 18 de 30/03/2015, deliberação acerca da desoneração das Instituidoras e a explanação das assets BRAM- Bradesco Asset Management e DLM Asset Management sobre o fundo JUSPREV e rentabilidade do período de janeiro a julho de 2015, bem como a análise das estratégias dos gestores realizada pela Aditus Consultoria. Homenagens No término da reunião, o momento foi dedicado à confraternização e homenagens. Como forma de agradecimento a toda dedicação e comprometimento prestados à JUSPREV, foi homenageada a Dra. Vera Grace Paranaguá Cunha que deixou o cargo de Presidente do Conselho Fiscal. A homenagem também foi recebida pelo Dr. Vanderley José Maçaneiro, no ato representado por seu colega Dr. Hercules Maia Kotsifas, Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil e indicado pela ANFIP como novo Diretor Jurídico e de Benefícios da JUSPREV. O encerramento das homenagens foi de muita emoção ao ser entregue uma placa à Diretora-Presidente da JUSPREV Dra. Maria Tereza Uille Gomes, que homenageou o Dr. Washington Epaminondas Medeiros Barra, que recentemente nos deixou, acumulando uma trajetória de força, dignidade, persistência e dedicação extrema ao aperfeiçoamento e à evolução da nossa entidade. Imagens: NCA Comunicação Zinho Gomes Dr. Jair Eduardo Santana - Diretor Administrativo Financeiro entregando a placa de homenagem para Dra. Vera Grace Paranaguá Cunha Dr. Luiz Antônio Ferreira de Araújo entregando a placa de homenagem para o Dr. Vanderley José Maçaneiro representado pelo Dr. Hercules Maia Kotsifas Dra. Maria Tereza Uille Gomes no momento da homenagem ao Dr. Washington Epaminondas Medeiros Barra

[close]

p. 3

Financeira e Previdenciária Informa online Informativo n° 61 | Setembro - 2015 Educação Como aproveitar o momento e fazer um bom investimento para aposentadoria Desde outubro de 2006 não vemos os juros em patamares tão altos como agora. Hoje a taxa básica de juros esta 14,25% ao ano, possibilitando que muitas aplicações ofereçam o rendimento “mágico” tão desejado por muitos de aproximadamente 1% ao mês. Mas há bem pouco tempo a realidade era bem diferente. Em 2013 a taxa básica de juros era 7,15% ao ano e com isso o rendimento mensal era praticamente a metade do que temos hoje. Já acompanhei investidores em momentos de juros altos e juros baixos, e os últimos anos me mostraram que os investidores que souberam (e ainda sabem) garantir os retornos elevados dos momentos de juros altos conseguem maximizar seus rendimentos no futuro. Parece tão simples, e realmente é. É como aquela história de comprar na baixa para vender na alta. Só que neste caso queremos investir com os juros altos para usufruir os rendimentos altos mesmo se os juros estiverem em baixa novamente. Mas por falta de informação, falta de assessoria e talvez por insegurança, muitos investidores estão aplicando as economias da aposentadoria em títulos pós-fixados, e desta forma quando os juros voltarem a baixar poderão voltar a render apenas 7,15% ao ano, ou até menos. A ideia deste texto é muito simples: se hoje você faz aplicações pensando em resgatar ou viver de renda no momento da aposentaria (entende-se prazo de investimento de 10, 20, 30 anos), aproveite para investir em títulos que rendem inflação (IPCA) + um juro real pré-fixado e que tenham vencimentos distantes, para te garantir uma rentabilidade real, acima da inflação, suficientemente alta para cobrir suas despesas do futuro. Atualmente alguns Títulos Públicos do Tesouro Nacional cumprem esses critérios e oferecem uma segurança alta (NTN-B). Mas é fundamental que o capital investido tenha horizonte de longo prazo (acima de 10 anos). Fonte: ganhemais.infomoney.com.br Relatório de Investimentos O Relatório de Investimentos completo que apresenta o desempenho do mês de agosto, já está atualizado no site www.jusprev.org.br/nossosnúmeros/rentabilidade. Abaixo, é possível visualizar o resumo dos resultados. Fundos de Investimento Bradesco FICFI Multi JUSPREV DLM JUSPREV FIC FIM Patrimônio Rentabilidade Ago. 2015 Ano (2015) R$ 50.097.922,75 R$ 49.701.339,15 99.799.261,90 0,81% 0,85% 0,83% 9,05% 7,90% 8,51% Total JUSPREV Ago. 2015 % CDI - JUSPREV Consolidado % Poupança - JUSPREV Consolidado 74,74% 120,30% Renda Fixa - 96,50% Renda Variável - 3,50% Composição Mateus Leme, nº 2018, Térreo, Centro Cívico, Curitiba – PR, CEP . 80530-010 Fone: (41) 3252-3400 CENTRAL DE RELACIONAMENTO COM O PARTICIPANTE 0800 052 34 34 www.jusprev.org.br jusprev@jusprev.org.br

[close]

p. 4

Você sabia ? Resolução CNPC 18/2015 - Ampliação da Possibilidade de Adesão de Participantes em Planos Instituídos Foi publicada, em 13/04/2015, a Resolução CNPC nº 18/2015, que trouxe significativas alterações na Resolução CGPC nº 12/2002, que trata dos planos de benefícios de instituidor. A nova Resolução ampliou consideravelmente a possibilidade de adesão de participantes em planos instituídos, prevendo a sua disponibilização não só aos associados e membros do instituidor, mas também às pessoas físicas, vinculadas direta ou indiretamente (nos termos da norma), aos instituidores. Para tal fim, o normativo considera: - como membros com vínculo direto ao instituidor: (I) os gerentes; (II) os diretores; (III) os conselheiros ocupantes de cargo eletivo e outros dirigentes dos instituidores; e - como membros com vínculo indireto ao instituidor: (I) os sócios de pessoas jurídicas vinculadas aos instituidores; (II) os empregados das pessoas jurídicas vinculadas aos instituidores e respectivos cônjuges e dependentes econômicos; (III) os próprios empregados do instituidor e seus respectivos dependentes econômicos; e (IV) os cônjuges e dependentes econômicos dos membros com vínculo direto. Ao prever a possibilidade de oferecimento dos planos instituídos aos membros do instituidor com vínculo indireto, conforme definido acima, evidencia-se o objetivo do legislador infralegal da ampliação da cobertura previdenciária complementar através dos planos instituídos. Adicionalmente, foi previsto o número mínimo de 100 (cem) associados para a Adesão ou instituição de plano de benefícios em entidade fechada de previdência complementar em funcionamento. A redação original da Resolução CGPC nº 12/2002 previa 100 associados, posteriormente alterada pela Resolução CGPC nº 11/2014, que previa um mínimo de 50 associados. Sou Instituidora AMAPAR - Associação dos Magistrados do Paraná A Associação dos Magistrados do Paraná, fundada em 11 de agosto de 1957 por um grupo de juízes liderados por Alceste Ribas de Macedo, tem por objeto a união e valorização do magistrado, o estímulo à cultura e o aprimoramento da função judicante, a prestação de auxílio e benefícios, a assistência jurídica e médico-hospitalar aos associados e seus familiares. A instituição desenvolve múltiplas atividades em departamentos, coordenadorias, núcleos e sedes regionais. A AMAPAR é também uma das 56 Associações que formam o nosso Colégio de Instituidoras. Isso garante o acesso dos seus associados na JUSPREV, uma entidade sem fins lucrativos que possui como principal diferencial o seu Colégio de Instituidoras, representando a maior união formal de Associações de Carreiras Jurídicas Públicas e de Auditoria Fiscal do Brasil, defendendo sempre o interesse comum de seus associados e familiares. Associado da AMAPAR seja um participante da JUSPREV e usufrua de uma previdência exclusiva, contando com inúmeras vantagens e benefícios que se estendem a toda sua família. A melhor escolha para planejar seu futuro

[close]

Comments

no comments yet