Jornal Geramigos Zona Norte - Edição 96 - Agosto 2015

 

Embed or link this publication

Description

O Jornal dos Amigos Porto-Alegrenses

Popular Pages


p. 1

O caminho para a liberdade mental Transporte coletivo recebe reforço na segurança Confira na página 3 matéria interessante que nos anima a seguir em frente, a sermos livres e ao invés de dizermos: “não tenho, não posso”, termos uma visão mais adequada da verdade. Página 3 O Jornal dos Amigos Porto-Alegrenses Zona Norte Ano 12 Agosto de 2015 ◆ Edição nº 096 ◆ Tiragem 10.000 Exemplares ◆ Distribuição Gratuita Sinalização mais qualificada na Zona Norte Uma das demandas mais solicitadas pelos motoristas e cobradores das linhas Carris, que têm sofrido constantemente com assaltos recebe maior policiamento e operações de segurança Página 5 Novas placas indicativas são instaladas em principais vias da Zona Norte da Capital. Ao todo, 37 novas placas foram instaladas no acesso Norte. Página 10 Lixeiras da Capital ganham bituqueiras Medida tem por objetivo limpar a cidade das bitucas de cigarro que constantemente figuram no chão e bueiros Página 9 Prefeitura apresenta investimento de R$ 190 milhões no DrenaPOA Página 11 A situação dos moradores de rua no centro da Capital Páginas 6 e 7 Portal POAdigital é apresentado na escola de engenharia da UFRGS Página 12 Acesse notícias diárias da sua região em: Escola de futebol Info.:(51) • Av. A. J. Renner, 1580 - Segundas, Quartas e Sextas • Av. Manoel Elias, 1840 (em frente à Fapa) - Terças e Quintas Treinos: Manhã e Tarde 8473.1380 - 8306.2121 Compartilhe essa ideia! SANVICENTE & SARTORI DE SAÚ DE pa NOS ontecer! ac PLA ra ra ho istos não tem Imprev PROTEJA SU A FAMÍLIA E SEUS FUNC Stefani Óptica Aceitamos: IONÁRIOS Óculos de grau e solares - Lentes de contato - Relógios - Prata e Semi-joias Ouro 18k e 12k por encomenda. Av. Brasil,1479 - São Geraldo - Fone: 3342.8987 E-mail: stefaniotica@hotmail.com Desentupimento - Limpa Fossa Hidráulica - Elétrica Consertos em Joias e Óculos 9109-4400 Ligue: 3248-7809 9773-6580 8544-6391 ELETRICISTA www.sanvicentesartori.com.br planosdesaude.rs@live.com contato@sanvicentesartori.com.br PREDIAL (51) 3221.6844 3221.5995 3084.4720 9255.4716 WhatsApp 9255.4720 Praça Osvaldo Cruz, 15 conj. 2713 Ed. Coliseu - Centro/POA - Instalações Elétricas - Chuveiros Revisão do Sistema Elétrico - Troca para 220V Execução de Projetos Troca de Tomadas e Plugues para o sistema novo Instalação de Disjuntores DR e DPS Colocação de Fiação para Ar Condicionado e Split. Instalação de Lâmpadas e Furação em Forro de Gesso Formação Técnica Parobé e Senai (51) 9145-9394 E-mail: joao@braspesca.com.br João Alberto Assistência farmacêutica Aplicação de injetáveis Teste de glicose Aferição da pressão arterial

[close]

p. 2

2 www.geramigos.com.br Editorial Editorial Na edição do mês de agosto do jornal Geramigos Zona Norte trazemos uma matéria especial sobre a situação dos moradores de rua de Porto Alegre, e mais especificamente sobre a situação que há algumas semanas se desenhou nas imediações do viaduto da Borges de Medeiros, onde vários moradores de rua se alojaram e mais tarde foram removidos pela Brigada Militar. Até onde vai a relação entre o cidadão porto-alegrense e os moradores de rua? Que também são cidadãos, embora muitos possam não considerá-los assim. Muitos até são discriminados devido à sua condição de moradores de rua. O que podemos fazer? O que as autoridades podem fazer? Até onde podem ir na autoridade que possuem? A partir da página 6 traçamos um cenário do que tem acontecido na atualidade nas ruas e com os moradores de rua. A matéria é bem interessante. Não deixe de ler e refletir sobre as causas sociais e histórica desse fator que ocorre por todas as grandes cidades do mundo, e que muitas vezes fechamos os olhos, mas que é inevitável. Na página 3 María Damiani traz uma matéria bastante interessante e encorajadora, retratando a nossa mente e como podemos ter liberdade no campo mental e intelectual. Na página 5 trazemos até você, na coluna de economia, dicas de como economizar o seu precioso dinheiro que é obtido através de muito esforço e suor. Quando menos percebemos, R$ 100, R$ 200,00 ou mais acabam sumindo da nossa carteira. Você faz ideia como isso acontece? Tentamos desvendar esse mistério e passar algumas dicas para você economizar, ainda mais em tempos de crise. Desejamos a todos uma ótima leitura e que o conteúdo desse veículo faça realmente a diferença na vida de cada leitor. Fala leitor e internauta Entulho na calçada/via pública Na avenida Souza Melo, bairro Sarandi, Além de deixar os entulhos na rua, agora os carroceiros colocam fogo também!!! Rafael Malinowski - colab.re Buraco nas vias Na rua Dr. Freire Alemão, 402-470, bairro Mont’Serrat, há um buraco esquecido na rua Freire Alemão. Cristian Avencurt - colab.re Limpeza Urbana Na rua Affonso Sanmartim, 217, Bairro Jardim do Salso, área sempre suja com lixos e mato alto. Matheus Viezzer Bianchi - colab.re Lâmpada apagada à noite Na frente do número 779, da rua Profa Cordeiro Tofehrn, Bairro Sarandi, escuridão boa para vagabundo. Patrick Stephanou - colab.re Acesse notícias diárias da sua região em: Quer ficar sempre bem informado com o que acontece em sua região? Curta Geramigos no Facebook! Compartilhe essa ideia! /JornalGerAmigos Expositores Unisuper - Av. Benjamin Constant, 235; Placar 13 Lotéricas - Av. São Pedro, 624; Mini Mercado El Kadri - Av. Benjamin Constant, 1388; Arco Íris Loteria e Bazar - Assis Brasil, 354; Mundo Fantástico do Real - Av. Assis Brasil, 410; Farmácias Kali – Av. Assis Brasil, 626; Lotérica Volta do Guerino - Av. Assis Brasil, 1740; Tudo Fácil - Rua Domingos Rubbo, 51; Rissul – Av. Cristovão Colombo, 1271; Lotérica Floresta - Av. Cristóvão Colombo, 1396; Rissul – Av. São Pedro, 512; Unisuper - Av. São Pedro, 1177; Rissul - Av. Brasil, 1455; COPA: Circulo Operário Porto Alegrense – Av. Polônia, 625; Unisuper- Av. do Forte, 1669; Lotérica Cristo Redentor - Av. Assis Brasil, 2935; Casa Lotérica: X-O Loterias - Avenida Assis Brasil, 2324; Jogoteka Loterias - R. Vinte e Quatro de Outubro, 1728; Unisuper Big Box – Rua Bonifácio, 138 Distribuição: Hotel Ivo de Conto - 3.500; Hotel de Conto - Av Farrapos 3452; Colossi Hotel - Rua Cairu 626; Hotel Wamosy - Rua Cairú, 393; Hostel Boutique Porto Alegre - São Carlos 545 Escolas: Colégio Batista - Avenida Cristóvão Colombo, 1098; Colégio Santa Família – Av. Pará, 833; Colégio Concórdia – Av. Presidente Franklin Roosevelt, 770; Colégio São Pedro - Rua Álvaro Chaves, 625; Colégio La Salle São João - Rua Honório Silveira Dias, 645; Colégio João Paulo I - Avenida Assis Brasil, 53; Colégio João Paulo I - Rua Filadélfia, 314; Dom Bosco- Dr. Eduardo Chartier, 360; São Judas Tadeu - Rua D Diogo Souza, 100; Mesquita - Avenida do Forte, 77; Escola Nossa Senhora do Cenáculo - Viela São Brás, 17; Confeitaria Armelin - Av. Cristóvão Colombo, 2782 Todos anunciantes dessa edição também possuem exemplares. Se não encontrar sua edição mensal, faça download em: www.geramigos.com.br/edicoesanteriores Pontos de Distribuição Você fotografou alguma irregularidade no seu bairro? Quer reclamar ou sugerir melhorias? Fazer denúncias? Quer elogiar uma boa iniciativa realizada na sua comunidade? Entre em contato com o Jornal GERAmigos e participe! Nos ajude a construir o Fala Leitor e Internauta, o seu espaço para mostrar o que acontece nos bairros de Porto Alegre. Você pode entrar em contato com a nossa redação através do e-mail: redacao@geramigos.com.br ou pelo telefone (51)3026-8445. Participe! Expediente CNPJ: 11.248.576/0001-99 Av. Borges de Medeiros, 915 sala 202 Zona Norte Telefones: (51) 3026-8445 (51) 9613-6986 comercial@geramigos.com.br Jornalista Responsável: Angelica Konzen - SRTE-MTE/RS nº 17.297 Jornalista associada a: Redação e Assessoria de Imprensa, Projeto gráfico e diagramação: Josias Soria Godoy Matérias assinadas não expressam necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Tiragem: 10 mil exemplares Impressão: Grupo Sinos Periodicidade: Mensal Distribuição: Geramigos Empresa Jornalística Ltda. Locais de circulação - Bairros: Humaitá, São Geraldo, Navegantes, Floresta, Centro, Auxiliadora, São João, Passo D’Areia, Cristo Redentor, IAPI, Moinhos de Ventos, Maria Goretti, Higienópolis, Jardim Planalto e Ilhas. Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015 2

[close]

p. 3

Saúde e Bem Estar www.geramigos.com.br 3 O caminho para a liberdade mental A metafísica cristã ensina que as coisas são pensamentos. Não se muda o problema somente com um bom pensamento, mas sim se muda o senso de limitação pelo senso de infinitude; o senso de escassez pelo de abundância espiritual. Todo problema é de certa forma uma manifestação de insegurança ou de ignorância sobre o bem divino. Quantas pessoas desejam se sentir livres! O direito à liberdade pode significar muitas coisas diferentes: liberdade de amar, liberdade de escolha, liberdade de expressão, liberdade mental e física. A liberdade mental começa ao se libertar do passado e do medo, exercendo a capacidade de mudar a forma de pensar e agir. renascer. Fernando Luis Gómez, Talvez estejamos focando mais no bosque do que na ár- médico psicanalista e especialista em estudos pedagógicos na vore. É comum ouvirmos co- Colombia, declara que: “Com mentários como “não posso” e bastante frequência, a chamada “não tenho”. Mas, quão eficaz saúde mental entra em conflito seria se substituíssemos es- com a liberdade. O que é mais sas frases pelas afirmações “eu importante, a saúde mental ou a liberdade? Os psiquiatras posso”, “eu tenho!” a brotar: eu ainda tenho vida”. Uma árvore cortada que renasce e agradece por ter vida... O eucalipto é uma árvore que pode ser cortada mais de três vezes e ainda voltar a crescer. O tronco é o caminho pelo qual percorrem os nutrientes, vindos da raíz até as folhas. A parte externa do tronco não pode crescer novamente porque é matéria orgânica morta, mas a interna sim, pode em geral alegam que a saúde mental é mais importante para preservar a vida, e consideram que a liberdade, em uma sociedade democrática, civilizada e livre, é mais importante do que a chamada saúde mental”. Manter-se com ânimo receptivo nos predispõe a receber com prazer todo o bem que nos espera e nos eleva acima dos desafios. Um pensamento correto promove uma ação correta e natural. Mary Baker Eddy, ao aprofundar-se na metafísica cristã, percebeu que, quando o pensamento se move em harmonia e é dirigido pelo Amor divino, obtém-se a paz interior. Além disso, declara que: “Tudo o que escraviza o homem se opõe ao governo divino. A Verdade liberta o homem”. Então, por que limitar-se pela forma de pensar? Para cada desafio que se apresenta, existe a capacidade de enfrentá-lo; e se pode renascer, ao reconhecer as infinitas possibilidades e ideias que a Mente divina oferece a cada um. Tal renascimento proporciona uma nova experiência de vida que possibilita a compreensão da totalidade espiritual. Um versículo bíblico diz: “Serei para Israel como orvalho, ele florescerá como o lírio e lançará as suas raízes como o cedro do Líbano. Estenderse-ão os seus ramos, o seu esplendor será como o da oliveira, e sua fragrância, como a do Líbano”. É possível crescer e não desanimar. Reconhecer que Deus está em constante ação para o bem ajuda a encontrar a liberdade mental. Você se anima a tentar? María Damiani escreve sobre saúde e bem-estar do ponto de vista espiritual e é Comitê de Publicação da Ciência Cristã na Espanha. Email: Brasil@compub.org Twitter: @ComPubBrazil María Damiani Quantas vezes diante de determinadas situações as pessoas sentem limitações e acreditam que não existe saída? Podem as árvores ensinar algo sobre isso? Uma canção de Joan Manuel Serrat diz: “Porque sou como uma árvore cortada, que volta Criação e desenvolvimento de sites! Tenha um site inteiramente seu para divulgar seu negócio, marca, empreendimento e tornar-se visível na Web! Soluções completas para você e seu negócio: cuidamos da parte de registro de sites, hospedagem e mídias sociais! Em 5 etapas simples: Briefing com o cliente Criação do layout Codificação para a web Programação e banco de dados Checklist e fase de testes Utilize ferramentas de uso prático e simplificado em qualquer lugar e dispositivo! Ligue e consulte condições: (51) Com a confiança e credibilidade: 3026-8445 www.radicom.com.br Ressonância Magné�ca 1,5 Tesla Ressonância Magné�ca de Extremidades Tomografia Computadorizada Densitometria Óssea Mamografia EcografiaConsultas médicas Neurologia e Coluna MATRIZ: Av. Érico Veríssimo, 624 - Menino Deus - Porto Alegre/RS • ZONA NORTE: Rua Álvares Cabral, 65 - Cristo Redentor - Porto Alegre/RS Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015 Central de Atendimento fones 321 82 400 | 337 43 500 3

[close]

p. 4

4 www.geramigos.com.br Bairros História do bairro Higienópolis Localizado na zona norte da cidade, nos altos da avenida Dom Pedro II, o bairro Higienópolis foi oficializado pela lei n.º 2022 de 07/12/1959. Limita-se com os bairros Passo d’Areia, ao norte e, ao sul, com o bairro Auxiliadora. O nome do bairro, segundo o cronista Ari Veiga Sanhudo, vem do grego Higia que, na mitologia grega, é consagrada como fada da higiene, representando o que é são e exemplar em nossas vidas. Ainda segundo o cronista, o bairro representava, já em meados do século XX, um dos melhores e mais arejados locais de moradia da cidade. Há indícios dos primeiros loteamentos da região em finais do século XIX, quando a estrada da Pedreira (atual Plínio Brasil Milano) é envolvida pela malha urbana da cidade, em função dos loteamentos dos bairros Auxiliadora e Higienópolis. A denominação da estrada da Pedreira foi alterada pela lei municipal n.º 486 de 17/11/1950, em homenagem ao advogado e delegado de Polícia Plinio Brasil Milano. Outra importante via do bairro é a av. Dom Pedro II, aberta na segunda década do século XX, na administração do intendente José Montaury. A inclusão desta rua no plano de pavimentação do prefeito Alberto Bins, que implantara faixas de cimento nas vias radiais, ligando-as depois por uma cinta perimetral, tornou a Dom Pedro uma das mais importantes ruas do sistema viário da cidade. Atualmente, é trecho da III Perimetral de Porto Alegre. Nesta avenida, encontra-se a Igreja Martin Luther desde 1936 e, ao lado, o Colégio Pastor Dohms, fundado em 1931 por iniciativa de moradores do bairro, apoiados pela Comunidade Evangélica de Porto Alegre, pelo Consulado Alemão. Situa-se no bairro o maior cemitério municipal da cidade, o São João, em atividade desde agosto de 1936, numa área de aproximadamente 9,5 hectares. Localiza-se na Rua Ari Marinho, 297. O bairro Higienópolis mescla características residenciais e de serviços, pois encontra-se no bairro uma variada rede de prestação de serviços (bancos, escritórios, comércio, lazer). Os modernos edifícios residenciais e comerciais compõem a paisagem do bairro, que se caracteriza pela verticalização dos imóveis. Nas duas últimas décadas o mercado imobiliário expandiu-se na região e, hoje em dia, Higienópolis caracteriza-se como bairro de classe média de Porto Alegre. Referências bibliográficas: FRANCO, Sérgio da Costa. Porto Alegre: Guia Histórico. 2º edição. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 1992. SANHUDO, Ary Veiga. Porto Alegre: Crônicas da Minha cidade. Porto Alegre: Editora Movimento/Instituto Estadual do Livro,1975. Dados do Censo/IBGE 2000 In: http://www.portoalegre.rs. gov.br O Minha Casa, Minha Vida realizou o sonho da casa própria de mais de 9.700 famílias na capital. Já são 186 mil moradias entregues no Estado. Na saúde, 120 profissionais do Mais Médicos beneficiam 400 mil pessoas. E 380 mil recebem medicamentos gratuitos para asma, hipertensão e diabetes. Na educação, mais 1.200 vagas no ensino técnico com o câmpus Restinga. E o Pronatec beneficia, com qualificação profissional, 60 mil jovens e trabalhadores. 4 Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015

[close]

p. 5

Bairros www.geramigos.com.br 5 Acerto para compra da Arena O Grêmio deve anunciar a compra da gestão da Arena até 15 de setembro, como um presente de aniversário para a torcida, ao completar 112 anos. A mudança de negociadores do Banco do Brasil, o único dos três repassadores do financiamento do BNDES que ainda não concordava com a operação, destravou o acerto. Na última semana, uma reu- nião entre dois emissários do clube, o CEO Gustavo Zanchi e o advogado Ricardo Lupion, da consultoria Quantitas, com representantes do banco, encaminhou o acordo. Além da OAS, que entregará a gestão da Arena ao Grêmio, os bancos Santander e Banrisul, também repassadores da linha de crédito, já haviam aceitado a proposta do clube. Alguns detalhes do modelo de negócio que será implementado na Arena ainda estão em discussão, como, por exemplo, se o clube contratará os serviços de uma terceirizada, que pode ser a americana AEG, que já administra a Allianz Parque, em São Paulo, e a Arena da Baixada, em Curitiba. Além disso, os termos do contrato serão aprovados pelo Conselho Deliberativo, em sessão que deve ocorrer até o final do mês. Para comprar a gestão da Arena, o Grêmio vai assumir o pagamento dos R$ 170 milhões restantes do financiamento ao BNDES. Além disso, entregará a área do Estádio Olímpico em definitivo à OAS. Os bancos entendem que as garantias oferecidas pelo clube, como as receitas de quadro social, bilheterias e direitos de TV, são mais seguras do que os bens da construtora, que entrou recentemente em recuperação judicial em meio às denúncias da operação Lava Jato. Dicas simples para fazer seu dinheiro render, sem tirar o seu Sossego A maioria dos brasileiros possui uma rotina muito cansativa e desgastante para conseguir um salário razoável no final do mês, salário este que quase não sobra, quando sobra. Fora isso, estamos mais estressados por não conseguir fazer com que a renda da família se adeque às necessidades da vida moderna. Mas é possível ver luz no fim do túnel! Muitas vezes, somos levados a consumir por impulso, o que acaba causando danos em nosso orçamento. Não temos o hábito de registrar todos os gastos que temos ao longo dos dias. E se pararmos para analisar, veríamos que gastamos muito, por impulso e sem necessidade. Porém, existem algumas dicas simples de seguir, que podem ajudar e muito a esticar o orçamento: 1. Seja cuidadoso com suas coisas. Parece meio óbvio, mas um fator importante é que o fácil acesso a equipamentos e outros bens de consumo, acabam banalizando o uso e a manutenção. Ou seja, mais um pretexto para seu dinheiro ir embora, com a compra de novos equipamentos. 2. Temos o hábito de comprar presentes dias antes do evento, mesmo já conhecendo as datas onde é comum presentearmos pessoas queridas, como por exemplo, natal, aniversários, dia das mães, entre outras datas. Pode parecer bobeira, mas comprar um presente com antecedência pode trazer até 80% de economia no valor. 3. Quando for comprar roupas, dê preferência às peças básicas, que combinam com tudo. 4. A menos que você more sozinho e tenha um consumo muito reduzido, evite comprar alimentos congelados prontos, por exemplo, lasanhas congeladas e outros produtos do tipo. Além de serem mais caros, não são muito saudáveis. É muito mais econômico você preparar o seu próprio alimento. Sempre que possível, evite alimentos prontos e congelados. 5. No mercado atacado, normalmente conseguimos produtos com melhor preço. Aproveite os preços destes mercados para comprar produtos que você consome em quantidade, como por exemplo: papel higiênico, escovas de dente, absorventes higiênicos, escovas de cabelo, e outros produtos não perecíveis. 6. Se você faz parte da massa que trabalha fora de casa todos os dias, com certeza outro fator que consome seu salário são as refeições feitas em restaurantes, pelo menos cinco vezes na semana. Já fez os cálculos de qual o seu gasto com estas refeições no dia a dia? Se seus gastos chegam a R$10,00 por dia, levando a tradicional marmita, você poderá economizar até R$200,00 por mês, sem contar que a refeição será muito mais saudável. 7. O piquenique, opção super agradável, relaxante, que estimula o convívio social e o contato com a natureza, é super válido quando o assunto é economia! Que tal ao invés de ir à algum restaurante ou lanchonete, mudar a rota, reunir amigos e fazer um piquenique no parque ao entardecer? Com certeza seu bolso vai agradecer! 8. Todo esforço realizado em prol de sua saúde financeira, pode ser recompensado. Até mesmo para que você se sinta motivado a seguir adiante! Trace metas de economia no início de cada mês. Sempre que conseguir economizar, atingindo sua meta, compre algo do seu interesse no fim do mês, como forma de recompensa. Assim você mesmo vai se incentivar para economizar no mês. Coluna de Economia Transporte coletivo recebe reforço na segurança do, embora ainda em caráter experimental no 20º Batalhão de Polícia Militar, a patrulha especial para trabalhar ações no transporte coletivo. O destacamento, formado com efetivo do 20º Batalhão de Polícia Militar, começou a atuar nas regiões do 20º, 19º e 11º BPM, zona Leste de Porto Alegre. Ainda de acordo com os militares, atuando desta forma os policiais podem adentrar o território de batalhões vizinhos, alternando pontos e locais de realização de barreiras e blitze. Os integrantes da patrulha especial são destacados para realizar abordagens e atender exclusivamente as ocorrências relacionadas ao transporte coletivo, conquistando, assim, mais efetividade nas ações. O grupo fez ao representante do Poder Judiciário a solicitação de reunião no Tribunal de Justiça, para levar ao conhecimento do poder a preocupação com aquilo que chamaram “prende-solta”, ou seja, o rápido retorno às ruas de grande parte dos assaltantes que são, efetivamente, identificados e presos pela Polícia. Outra medida celebrada no encontro foi o aumento do número de operações policiais nesta mesma região, no eixo das avenidas Antônio de Carvalho, Protásio Alves e Ipiranga. A ação refletiu-se em redução de 50% no número de assaltos no início de agosto, em relação ao mesmo período do mês anterior, nos ônibus da Carris. Cada um dos consórcios e a Carris fizeram ainda a apresentação dos relatórios de ocorrências de assaltos em ônibus, com troca de informações. Com o objetivo de trocar informações e planejar ações acerca da segurança no transporte coletivo de forma colaborativa, a Carris participou de mais um encontro do grupo Transporte Seguro no último dia 13. Os encontros ocorrem mensalmente. Estiveram reunidos Brigada Militar, Tribunal de Justiça, Carris, Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), representantes dos consórcios de empresas de ônibus e Sindicato dos Rodoviários na sede 1º Batalhão de Polícia Militar. A Brigada Militar afirmou no encontro que já está operan- ALMIR SARMENTO & FILHOS A D V O C A C I A • Direito do Trabalho CONSULTA • Direito Previdenciário GRATUITA • Direito de Família • Revisionais LIGUE - MARQUE HORA • Dano Moral AGENDE R. dos Andradas, 1.444, Centro, POA - RS (51)3013-1928 / 3029-4095 / 9875-0370 almirsarmento@hotmail.com Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015 5

[close]

p. 6

6 www.geramigos.com.br Reportagem Especial A situação dos moradores de rua no centro da Marcantônio, ficou sabendo do que estava ocorrendo por outros moradores em situação de rua. “O que os moradores falaram para nós é que estavam fazendo uma limpeza nas paredes [do viaduto]. Então tiraram o pessoal de um lado, o pessoal foi para outro lado. Esse é o argumento da Brigada [para eles]”, afirma. A Brigada Militar, no entanto, relata que o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) só foi acionado quando os moradores saíram do local para limpar o que foi deixado por eles. Na denúncia, moradores da região reclamavam de “obstrução do passeio público” nas escadarias. No entanto, o Coronel Vieira disse que não pediu para que as pessoas saíssem do local. “A gente não pede que eles se retirem, a gente pede que eles mudem o comportamento. Eu não sei para onde eles foram, evidentemente que ali eles não ficaram”, disse. Ele lembrou também que os policiais disponibilizam números da FASC para auxiliar que encontrem acolhimento. O que não é fácil em Porto Alegre. Apesar de programas desenvolvidos pela prefeitura, a capital tem déficit de 2.400 vagas no sistema de albergues. O sistema está preparado para receber 20% da atual população de rua da cidade. Além disso, há pessoas que não querem ficar nos abrigos. Para o Movimento Nacional de População de Rua do Rio Grande do Sul, a rede ainda não conseguiu compreender a complexidade dos seus atendidos. “A rede de abrigados e abordagens de Porto Alegre parou no tempo. Não dá conta de que pessoas em situação de rua são seres humanos com desejos próprios. Quem usa drogas e álcool, por exemplo, é impedido de entrar. A contradição é que a Secretaria Municipal de Saúde trabalha na redução de danos, enquanto eles impõe abstinência total”, explica Richard Gomes de Campos, do Movimento Nacional da População de Rua. O Viaduto e a pressão dos moradores do Centro O Viaduto Otávio Rocha é um dos pontos de concentração de moradores em situação de rua porque é também um dos pontos onde há distribuição de alimentos. Assim como o Parque da Redenção e o Hotel Excelsior. “As pessoas, à noite, costumam ficar por ali para ganhar alimento. A gente está há mais de dois anos com restaurante popular fechado e o governo não tem jeito de reabrir. A sociedade civil faz o papel do Estado”, relata Veridiana Farias Machado, trabalhadora social e apoiadora do movimento da população de rua. Segundo ela, Porto Alegre deveria ter quatro restaurantes populares em funcionamento. Belo Horizonte, por exemplo, possui dez. Depois de encaminhar um grupo de pessoas da Praça da Matriz e outro no Parque Harmonia, a Secretaria de Direitos Créditos: Divulgação Web Quem passa pelo Viaduto Otávio Rocha, na Avenida Borges de Medeiros, todos os dias, pode ver duas Porto Alegres. Numa, a da parte de cima, carros, prédios, moradores e comerciantes convivem numa rua quase provinciana, cercada de árvores. Na outra, a parte debaixo da marquise, moradores de rua dividem espaço com seus cachorros, colchões e pedestres do Centro. A convivência entre as duas pontas do Viaduto não tem sido fácil. Entre o final da manhã e o início da tarde do dia 29 de julho, quarta-feira, a Brigada Militar conduziu uma ação no Viaduto, que terminou na retirada de todos os moradores em situação de rua que vivem no local. Perto das 13h, não havia nenhuma pessoa embaixo das marquises e nas escadarias seguiam apenas aqueles que eram revistados pelos policiais. Normalmente, há dezenas de pessoas de cada lado da rua. Segundo a Brigada, a ação não foi remoção, mas uma operação específica desencadeada por denúncias de moradores da região. “A gente vem tratando a questão do morador de rua, essas pessoas em situação de vulnerabilidade, tentando dar uma solução, vamos dizer assim, nem que seja, paliativa”, explica o Coronel Vieira, responsável pela ação e pelo comando do 9º Batalhão. “Há muitos moradores de rua e há muitos moradores, dos prédios principalmente, que não querem essas pessoas lá debaixo do seu prédio, sua marquise. Então, está dando um conflito social muito grande e a Brigada fica no meio. Ou aborda o morador de rua ou atende o morador do prédio. O que a Brigada tem que fazer nesse caso?”. Como sendo uma ação policial, nem a Fundação de Assistência Social e Cidadania (FASC), nem a Secretaria Municipal de Direitos Humanos foram notificadas. A FASC disse em nota que “enquanto gestora da política pública que visa a garantia dos direitos da população em extrema vulnerabilidade social, não detém em suas atribuições a realização de remoções”. Já o secretário municipal de Direitos Humanos, Luciano TELAS MOSQUETEIROS: Retráteis, fixas, removíveis, recolhíveis e deslizantes... Proteção e conforto para sua casa Não impede a passagem do ar e do sol. Montagem rápida e de fácil instalação. Resistente a todos os climas, lavável, anti-mofo, não desfia e não propaga fogo. Versátil, eficiente e elegante. Bloqueia a entrada de baratas, moscas, mosquitos, aranhas, morcegos, cupim, lagartixas, abelhas, formigas e vários 33711142 / 33746679 R. ADELINO MACHADO DE SOUZA 618 B. FARRAPOS - POA AGROSENNA REFRIGERAÇÃO ELDORADO Desde 1960 ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM: REFIRGERADOR - FREEZER - VISA COOLER BALCÃO REFRIGERADO CONDICIONADOR DE AR LAVA ROUPAS e SECADORAS Parcelamos em até 10x s/ juros Av. Assis Brasil, 1174 - Sta. Mª Goretti - Poa/RS Fone: (51) 3019.3075 - 9982.8983 - 9222.9725 6 Av. Ceará, 1386 - São Geraldo - POA/RS refrigeracaoeldorado@hotmail.com Fone: 3342.4003 Fax: 3342.1066 Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015

[close]

p. 7

Reportagem Especial www.geramigos.com.br 7 Capital Humanos disse que irá trabalhar com os moradores do Viaduto da Borges. A proposta é encaminhar as pessoas para abrigos ou aluguel social. O que é questionado por moradores e pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores. “É uma política de maquiagem. Trata de tirar dos olhos vistos da população, sem encontrar lugar para essas pessoas. Isso é o que a gente chama de higienização social”, afirma a vereadora Fernanda Melchionna, presidente da Comissão. Segundo Richard, o próprio movimento também debate a questão. “A gente tem debatido a situação da cidade como um todo, não da Borges especificamente. Temos posicionamento claro de que quando essas remoções acontecem, quando é feito esse tipo de serviço, está sendo imposto um modelo de cidade onde a gente não tem lugar”. Enquanto a polícia reafirma que não pode generalizar sobre Créditos: Divulgação Web os moradores de rua, moradores de prédios do Centro contam que “ficaram sabendo que a maioria têm ficha na polícia, conforme [informações que] a Brigada passa”. Um deles, Person Iser, que também é proprietário de um café, depois de ter sido assaltado em abril resolveu convocar um grupo de discussão em parceria com a Brigada Militar. “Eu não quero excluir ninguém, só quero que a FASC, que as pessoas tenham de fato espaço nos abrigos”, declarou para depois completar: “Os que estão ali não é porque caíram ali, eles escolheram esse caminho. Não vem dizer que foram excluídos. Isso é papo furado”. A presidente da Associação Comunitária do Centro Histórico, Ana Maria Engers Leite, reconhece que não há nenhum fato que ligue os assaltos aos moradores que ocupam o Viaduto. “Nós não associamos, não podemos dizer isso. A gente não tem informações para dizer isso com segurança”. Engers também é delegada do Fórum de Segurança, onde moradores do bairro se reúnem todos os meses com a Brigada e representantes da prefeitura para expôr suas demandas. “Na última reunião do Fórum de Segurança, as demandas foram exatamente essas: a retirada da população de rua do Viaduto e da Praça da Matriz, que já foi feito, limpeza das áreas adjacentes e atenção à distribuição de alimentos. São demandas do Fórum e da Associação”, conta. Mas a ligação imediata dos moradores de rua com os números de crimes cometidos não é exclusividade do Centro. “A sociedade tem tendência a associar a criminalidade à população de rua. É a criminalização da pobreza”, analisa Veridiana. “Essa população só é visível quando está deitada na calçada, quando o dono da loja quer abrir o estabelecimento, quando o advogado que tem escritório ali diz ‘tira daqui que eu pago imposto’”. Para onde vai As histórias de quem vive na rua têm as mais diversas origens. Uma parte significativa dos jovens terminou ali depois de completar 18 anos e serem expulsos de abrigos. Outros são excluídos dos programas habitacionais. Há aqueles sem acesso ao tratamento de álcool e drogas. E os egressos do sistema prisional, muitos deles sem dinheiro para voltar às suas cida- des e sem oportunidades. “Qual o suporte que tem essas pessoas? A sociedade oferece trabalho para essas pessoas? O sistema penitenciário reabilita alguém para trabalhar? Não dá para criminalizar o indivíduo que está ali, vindo destas condições”, defende Veridiana. Essa relação também faz com que os contatos com a polícia carreguem desconfiança. “A abordagem social tem outro caráter, não pode ser feita com polícia, não pode fazer com segurança pública. Isso não é adequado. O Estado é o maior violador de direitos para essas pessoas”, diz ela. Por isso, a Secretaria de Direitos Humanos afirma que não participa de ações da Brigada. A BM, no entanto, confirma que já participou de outras ações como “apoio” da Secretaria. Luciano Marcantônio disse ainda que os moradores do Viaduto já estão cadastrados para programas de aluguel social ou abrigos da prefeitura. Sobre a retirada desta quarta, salientou que “não é a primeira vez que isso acontece”. Já o Coronel Vieira diz que a situação é um problema de toda a capital. “É um problema social a questão de falta de moradia, só que está criando um problema de segurança pública, onde diversas pessoas, com diversas passagens policiais, ficam obstruindo o passeio público”, relata Vieira. “As pessoas se sentem incomodadas”. A questão do Acampamen- to Farroupilha Ao mesmo tempo em que a Brigada conduzia sua ação policial na Borges de Medeiros, o secretário Marcantônio estava em outra ação envolvendo moradores de rua. Desta vez, no Parque Harmonia. O grupo que vive lá terá de deixar o local para a montagem do Acampamento Farroupilha. “Já é cultural isso. Eles sabem que no dia 31 já começam a montar o Acampamento. Só que, pela primeira vez, vão ter uma alternativa de moradia digna quando saírem do parque”, garantiu ele. Segundo a vereadora Fernanda Melchionna, que acompanhou a situação no local, há que se evitar que aconteça com as famílias do Parque o que ocorreu com moradores que estavam na Praça da Matriz. Onde primeiro eles tiveram de deixar o local e só depois foram encaminhados ao aluguel social. A crítica do Movimento de moradores de rua é outra. Para eles, no caso dos moradores que estão no Parque Harmonia, a prefeitura – tanto a FASC, quanto a Secretaria de Direitos Humanos – está “barganhando” aluguel social para que as famílias deixem o local. Segundo Veridiana Machado, enquanto o aluguel social de famílias que já estão no programa é de R$300, para os moradores no Harmonia está sendo oferecido R$500. “Só o aluguel social não basta, uma casa precisa de estrutura, isso não está sendo oferecido”, aponta ela. Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015 7

[close]

p. 8

8 www.geramigos.com.br Religião O Melhor Advogado Pr. Bruno T. Seitz E-mail: btseitz@terra.com.br No dia 11 de agosto foi celebrado o “dia do advogado”, para homenagear esses profissionais qualificados e esforçados. Estendemos a eles o nosso abraço também. Quando uma pessoa é acusada de um delito ou quebra da lei, precisa comparecer perante o juiz para provar a sua inocência ou receber a pena merecida. Nesse ato, deve ir acompanhada de um advogado, que fará a defesa, baseando-se na lei. Bons advogados estudam muito e conhecem as leis, sempre encontrando “brechas” que poderão ser utilizadas para defender e favorecer seus clientes mesmo quando culpados. A Bíblia nos fala de um julgamento pelo qual todos nós havemos de passar ao terminarmos a nossa vida terrena. “Pois todos compareceremos diante do tribunal de Deus” (Romanos 14.10). Todos os nossos atos e palavras serão postos diante de nós e de Deus. Não haverá como negar o que fizemos ou dissemos, pois tudo está registrado (Apocalipse 20.12; Mateus 12.26). O apóstolo João nos instrui que “se confessarmos os nossos pecados, Deus é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1João 1.9). Nossos advogados humanos, por melhores que sejam, podem não conseguir a nossa absolvição, mas, diante de Deus, isso será possível, pois João continua, dizendo: “Eu vos escrevo estas coisas para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo. Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo mundo” (1João 2.1). O que Jesus faz, que os nossos advogados não fazem, é pagar o preço da condenação. Se “o salário do pecado é a morte”, como diz Paulo (Romanos 6.23), Jesus sofreu a morte para nos propiciar a vida, como um presente seu para nós, sem que nada mereçamos. Na lei de Deus não há brechas que possam nos absolver, como “falta de provas”, “álibi”, leis contraditórias, etc. A lei do Senhor é perfeita e justa e Deus é um Juiz justo. Nós não podemos escapar da condenação por nossos méritos ou por prestar serviços comunitários. Só temos Jesus Cristo, o Melhor Advogado, para nos defender diante de Deus. Basta crer nele. Então, preste atenção às palavras de Jesus: “Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante de meu Pai, que está no céu. Mas aquele que me negar diante dos homens, eu também o negarei diante de meu Pai, que está no céu” (Mateus 10.32-33). LBV expande atendimentos e benefícios no Brasil Na Perspectiva da Eternidade Pr. Eliseu Teichmann E-mail: eliseu@comcristo.com.br Convite * Venha participar de nossas reuniões, nos seguintes dias e horários: Domingos: Terças: Quartas: 10h00-11h30 – Escola Bíblica Dominical. 19h30-20h30 – Culto de adoração a Deus. 14h30-16h30 – Oficina de Artesanato e Música. 19h30 - 20h30 – Reunião de Oração e Estudo Bíblico. * A participação nos cultos é livre, é para todos; por isso és nosso convidado especial! * Também te convidamos para as Oficinas de Artesanato e Música (pintura em tecido, costura, crochê, tricô, canto, piano e violão), todas as terças-feiras, das 14h30 às 16h30, sem cobrança de taxa de inscrição e mensalidades. IGREJA BATISTA GAÚCHA Av. Amazonas, 620 (esquina Av. Maranhão) – São Geraldo 90240-541 – Porto Alegre, RS Tel.: (051): 9961-1083 (pr. Bruno Seitz) btseitz@terra.com.br 8 Em 2014, a Legião da Boa Vontade (LBV) prestou 11.881.419 atendimentos e benefícios a crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos e famílias em situação de vulnerabilidade social em todo o Brasil. A expressiva marca consta do balanço social da Instituição, que é analisado e aprovado pela Walter Heuer, auditores externos independentes, há mais de duas décadas, em uma iniciativa de José de Paiva Netto, diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, muito antes de a legislação que exige essa medida entrar em vigor. Os números apresentam um crescimento de 7% em relação a 2013. No ano passado, o trabalho da LBV impactou mais de 231 mil pessoas pelas campanhas e nos Centros Comunitários de Assistência Social, lares para idosos e escolas da Instituição. No total, a Legião da Boa Vontade promoveu 3.882.708 palestras, atividades e oficinas sobre cultura, meio ambiente, saúde, cidadania etc. a crianças, adolescentes e jovens; entregou 16.058 kits escolares e pedagógicos a estudantes; e entregou 50.856 cestas de alimentos a famílias de baixa renda. Para os idosos, foram 75.025 ações diversas que melhoraram a autonomia, a socialização e a felicidade deles. Com o apoio da população, a LBV tem ampliado o número de unidades, aprimorado a infraestrutura e modernizado os equipamentos, de modo a oferecer, cada vez mais, atendimento de excelência com valores espirituais, éticos e ecumênicos. A seguir, alguns dos programas sociais realizados para transformar a vida das pessoas: - Cidadão-Bebê ; - Criança: Futuro no Presente!; - Jovem: Futuro no Presente!; - Capacitação e Inclusão Produtiva; - Vivência Solidária; - Vida Plena; Saiba mais a respeito do trabalho da Legião da Boa Vontade, acessando o site www.lbv.org. Todo dia nasce e morre muita gente. O nascimento produz alegria e encantamento. Já a morte produz tristeza e leva a pensar na dureza da vida. Assim perguntamos: Qual o valor da vida? Como viver de maneira proveitosa? O texto bíblico do salmo 90 (leia!) fala sobre a dura realidade da vida humana e nos apresenta uma nova perspectiva. A vida é passageira. O curso natural é nascer, crescer e morrer. A morte não é surpresa para ninguém, apenas pode ser surpresa o dia e a forma como vem. E a vida é breve: “é como um sopro, como um conto; é como a erva do campo que é cortada, murcha, seca...”. Alguns alcançam os 80 anos, mas é um tempo cheio de cansaço, fragilidades, limitações. Todos experimentamos que a vida tem muitos dias difíceis (Eclesiastes 11.8), com inquietações (Jó 14.1) e trabalho pesado (Gênesis 3.19), para, no fim, voltarmos a ser pó (Gênesis 3.19). Que incômoda esta realidade humana! A realidade de Deus contrasta radicalmente com a condição humana. No homem há mortalidade; em Deus há eternidade: “De eternidade a eternidade tu és Deus” (Salmo 90.2). Eterno quer dizer que não teve começo e não terá fim. Existe acima e fora do tempo: para ele “mil anos são como um dia e um dia como mil anos” (2Pedro 3.8). Deus simplesmente é: “Eu sou” (Êxodo 3.14). E assim, permanece para sempre. Ele é estável, permanente, inabalável. Também o seu amor é eterno (Jeremias 31.3). Que maravilhosa esta realidade de Deus! Diante da realidade humana, que é tão incômoda, e diante da realidade de Deus, que é tão maravilhosa, muitas vezes Deus é questionado e acusado: Por que é assim se Deus é bom e todo-poderoso? As pessoas esquecem que o mal não procede de Deus, mas delas mesmas! Também, às vezes, muitos pensam: Nossa vida não é nada! Não tem saída! Já que é assim temos que aproveitar de qualquer jeito! Então vivem simplesmente para o que é terreno e material, deixando o egoísmo e o prazer dominar a sua vida. O Deus Eterno quer algo maior para nós. Diante da realidade humana, ELE é REFÚGIO. Deus não nos criou para a morte (1Tessalonicenses 5.9-10). Deus nos criou para a felicidade, para a vida, para a eternidade. E ele nos oferece a chance de viver essa nova realidade. Através de seu Filho Jesus Cristo, ele nos dá uma nova vida. Quem está em Cristo tem a vida eterna e pode viver, desde já, uma nova realidade com fé, esperança e amor. Convite A Comunidade Cristo valoriza muito a convivência fraterna e amiga, bem como o apoio mútuo. Os cultos e demais encontros proporcionam essas oportunidades. Visite-nos! Cultos são celebrados aos domingos às 10hs; nas segundas-feiras às 20hs e no 1º domingo do mês às 19hs, na Av. Pres. Franklin D. Roosevelt, 730. Visite nosso site: www. comcristo.org.br Ou contate-nos pelo telefone 3342-1408. Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015

[close]

p. 9

Bairros www.geramigos.com.br 9 Lixeiras da cidade ganham bituqueiras Porto Alegre é a Capital do país com o maior número de fumantes. São 250 mil usuários de tabaco, que geram cerca de 5 milhões de pontas de cigarro todos os dias. Boa parte deste volume acaba no chão, dificultando a limpeza da cidade pelos garis e contaminando o solo. O prefeito também acrescentou que, além de sujar a cidade, elas prejudicam o escoamento na rede pluvial. “Na Orla do Guaíba é triste ver a quantidade encravada na grama. O projeto vai ser um diferencial Centro Histórico, o projeto deve para a limpeza e para o cuidase estender por toda a cidade, to- do com a cidade”, comentou talizando 10 mil equipamentos. Fortunati, ao revelar que nunca A instalação da primeira delas, fumou. “Esta bituqueira eu não em frente ao Paço Municipal, vou inaugurar”, disse, brincando. foi acompanhada pelo prefeito A missão de descartar o primeiJosé Fortunati e o diretor-geral ro cigarro ficou para a servidora do Departamento Municipal de municipal Mara Luciane Dias. Limpeza Urbana (DMLU), An- Fumante há cinco anos, Mara dré Carús. aprovou a iniciativa, revelando constrangimento ao ter que descartar na rua. “Se colocarem no meu trajeto entre o lotação e o trabalho, eu vou usar”, garantiu. Mapa das Bituqueiras - As bituqueiras demonstrativas serão instaladas em frente ao Paço Municipal (quatro); em frente ao prédio da Prefeitura na Siqueira Campos (quatro); no entorno do Mercado Público (sete); na avenida Borges de Medeiros, entre a Prefeitura e a Esquina Democrática (11) e no calçadão da rua da Praia, entre as ruas Caldas Júnior e Vigário José Inácio (13). De acordo com o diretor-geral do DMLU, os descartes serão recolhidos e encaminhados para gerar energia na produção de cimento. Também foram distribuídas bituqueiras portáteis para automóveis ou bolsas. “O projeto faz parte do Reciclapoa, de educação ambiental. Começamos por este eixo, onde há maior concentração de pessoas”, explicou Carús. Convênio - Para viabilizar o projeto, o DMLU firmou convênio, sem custos, com a empresa Eco Prática. O departamento autorizou a instalação em qualquer lixeira do tipo bolinha, o seu recolhimento e a destinação adequada do resíduo. A empresa buscará parceiros comerciais para a manutenção da operação e equipamentos. De acordo com o proprietário da Eco Prática, Flávio Costa Leite, a empresa pretende estender o projeto para outras cidades do país. O Poa Sem Bituca é inédito no Brasil, sendo o primeiro projeto que tem como estratégia a instalação de bituqueiras em toda a cidade e o recolhimento das pontas de cigarro a partir de parceria com o poder público. Conscientizar o fumante de que ponta de cigarro é lixo e deve ser corretamente descartada é o foco do projeto Poa Sem Bituca, lançado na manhã do dia 4, uma quarta-feira, pela Prefeitura de Porto Alegre. Com a colocação das primeiras 39 bituqueiras – cilindros em forma de cigarro afixados ao lado das lixeiras - no Conheça o nosso Plano de Negócios e Gestão em petrobras.com.br/png OTIMIZAR INVESTIMENTOS. FOCAR EM RESULTADOS. SEGUIR EM FRENTE. — Continuamos avançando em direção ao futuro. Divulgamos o Plano de Negócios e Gestão 2015-2019. Diante do cenário atual da indústria mundial de óleo e gás revisamos nossas metas para gerar valor aos acionistas. Vamos investir US$ 130,3 bilhões até 2019 e chegar à produção de 2,8 milhões de barris de petróleo por dia no Brasil em 2020. Estabelecemos prioridades, otimizamos investimentos e estamos focados nos resultados. Seguir em frente é o que a gente faz. Todos os dias. Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015 9

[close]

p. 10

10 www.geramigos.com.br Bairros Sinalização mais qualificada na ZN serem utilizados. A sinalização indicativa oferece as informações necessárias para o correto posicionamento e reconhecimento espacial, mesmo em áreas desconhecidas”, afirma o técnico. A ação continuada da EPTC, de qualificação da sinalização indicativa da cidade, estão previstas, ainda para este ano, melhorias nas avenidas Brasil, Cairu, Cel. Marcos e no entorno da Arena do Grêmio. Avenida Assis Brasil - A Assis Brasil é uma via arterial de extrema importância para o município. Está entre as principais saídas e entradas da cidade, de acesso à área metropolitana e litoral. Junto com a avenida Sertório, constitui o eixo estrutural de circulação da região Nordeste da cidade. Possui uma extensão de 11,5 km, sendo uma avenida com um polo comercial e de serviços muito utilizado pela população. Inicia no bairro São João e termina junto à ponte do rio Gravataí. Percorre bairros como São João, Passo d’ Areia, Cristo Redentor e Sarandi. Roteiro Beto Carrero Beto Carrero World. Valor por pessoa: R$ 440,00 a vista. Ou 3 X de R$ 160,00 (no Saída: Toda sexta-feira cartão). Mínimo de 30 passaHorário de apresentação: geiros. 21h30min. (Obrigatório portar docuHorário de saída: 22h Local de embarque: a com- mento de identidade) binar (O roteiro poderá ser alterado para melhor aproveitamento Pacote inclui: da programação) Transporte em ônibus; - Guia de Turismo cadastrawww.bonetetur.com.br do no Cadastur; contato@bonetetur.com.br - Serviço de bordo; Fones: (51)3019.0689 / 0665 - 01 Diária em Hotel Cate- e (51)8454.5321 / 9964.7364 goria Turística, no Balneário Camboriú; - 02 cafés da manhã, 01 jantar; - Passaporte para o Parque A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) finalizou a implantação do projeto Acesso Norte de Porto Alegre pela avenida Assis Brasil. No trecho, com 2,8 Km, entre a avenida Bernardino S. Amorim e a ponte do rio Gravataí, divisa com Cachoeirinha, foram colocadas 37 novas placas de trânsito, com orientação de destino e identificação de bairros, além de placas turísticas indicativas do Sambódromo, Teatro do Sesi e Centro de Convenções da Fiergs, tradicionais pontos de atração da população. O objetivo da ação é atualizar e qualificar a orientação no acesso Norte, um dos principais da cidade. Por este acesso acontece a ligação com Cachoerinha, Gravataí, Taquara e também com o litoral, Santa Catarina e demais estados brasileiros, pela BR-101. Segundo o engenheiro Marcos Feder, da Equipe de Projetos Viários da EPTC, quando um condutor se afasta dos seus trajetos cotidianos, enfrenta situações não habituais e que requerem informações específicas. “Isto ocorre devido à falta de referências ou de conhecimento sobre os trajetos a Av. Ceará, 1877 37 7 9 - 6 9 7 7 Entorno da Arena terá ação conjunta de revitalização do Grêmio. Entre as melhorias previstas estão mutirão de limpeza, pintura de casas e pontos comerciais, plantio de mudas, instalação de mais postes de iluminação pública e asfaltamento de vias. O vice-prefeito Sebastião Melo destacou que novos encontros ocorrerão para alinhamento da estratégia e definição de ações que cada entidade ficará responsável. “Esta é a verdadeira governança: a atuação do público e do privado em conjunto para o bem de centenas de pessoas. A cidade tem muitos desafios estéticos, estruturais e de limpeza e estas ações dão mais vida às comunidades”, disse. Diretores e representantes do Grêmio fizeram uma explanação das melhorias que pretendem ajudar a promover na região. Os diretores de Responsabilidade Social do Grêmio, Alexandre Mayer e Evandro Kerbs, e o executivo de Marketing, Beto Carvalho, destacaram que a ação é, fundamentalmente, social. Também participaram da reunião o diretor-geral do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), André Carús; o secretário de Obras e Viação (Smov), Mauro Zacher; o diretor-geral do Departamento Municipal de Águas e Esgoto (Dmae), Elisandro Oliveira; o supervisor de Praças, Parques e Jardins da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smam), Léo Bulling; representantes das secretarias municipais de Governança Local (SMGL), de Planejamento Estratégico e Orçamento (Smpeo), de Urbanismo (Smurb), de Indústria e Comércio (Smic), do Departamento Municipal de Esgotos Pluviais (DEP), da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e do Centro Administrativo Regional (CAR); e Patrícia Corrêa, da Uptime. 10 Por iniciativa do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, foi realizada na manhã do dia 7 de agosto, sexta-feira, reunião no Centro Integrado de Comando (Ceic) entre órgãos da prefeitura para a realização de ação conjunta de revitalização da área do entorno da Arena. A intenção é qualificar a região compreendida entre as vias Dona Teodora, Padre Leopoldo, Voluntários da Pátria e A.J. Renner, com melhorias para três bairros: Navegantes, Farrapos e Humaitá. O início da ação entre o poder público, a iniciativa privada e as comunidades locais deve ocorrer em setembro, mês de aniversário Hotel Porto Alegre • TV à cabo - Elevador • Internet Wi- - Estacionamento • Apartamentos com ar-condicionado e frigobar www.hotelportoalegre.com.br (51) 3337-8448 Informações e reservas: Av. Cairú, 340 - Navegantes - POA/RS Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015

[close]

p. 11

Tecnologia www.geramigos.com.br 11 Prefeitura apresenta investimento de R$ 190 milhões do DrenaPOA desse trabalho quando o problema desaparece. Mas temos que pensar na segurança e na qualidade de vida do cidadão. Esse é um empreendimento fundamental não apenas para evitar transtornos naquela área, mas para evitar tragédias, para salvar vidas”, afirmou Fortunati. O diretor do DEP lembrou que, em 20 anos, quatro pessoas morreram em dias de alagamento na avenida Nilo Peçanha devido à grande quantidade de água e à velocidade que adquire naquele ponto. “Precisávamos apresentar projetos de qualidade e que justificassem o envio desses recursos a Porto Alegre. O trabalho amplo e eficiente dos nossos técnicos e o investimento da prefeitura, da ordem de R$ 2 milhões, mostraram ao governo federal que essas obras são fundamentais para a nossa cidade”, explicou Boelter. Os recursos foram conquistados pela prefeitura por meio do PAC Prevenção, do governo federal, a fundo perdido, sem necessidade de contrapartida ou financiamento. Além das obras de drenagem, os espaços públicos que receberão intervenções, como as praças que terão reservatórios tamponados subterrâneos, serão revitalizados para proporcionar melhor convívio e equipamentos de esporte e lazer à população. Os outros dois editais a serem publicados são para a ampliação do sistema de macrodrenagem da bacia hidrográfica do Arroio Moinho, no valor de R$ 40.736.197,42, e para reforma e ampliação, com colocação de geradores próprios de energia, em cinco das 13 casas de bombas do DEP, com investimento de R$ 42.403.276,01. As outras casas de bombas serão reformadas e ampliadas na segunda etapa da qualificação do sistema de proteção contra as cheias. Bacia Hidrográfica do Arroio Areia – A obra de ampliação do sistema de macrodrenagem da bacia hidrográfica do Arroio Areia, ao custo de R$ 107.255.926,86, beneficiará diretamente mais de 178 mil pessoas. Com uma abrangência de 12 quilômetros contemplará 14 bairros: Boa Vista, Chácara das Pedras, Cristo Redentor, Higienópolis, Jardim São Pedro, Passo D’Areia, Santa Maria Goretti, São João, Três Figueiras, Vila Ipiranga, Bom Jesus e Vila Jardim. Serão implantadas sete bacias de detenção e ampliados os condutos de macrodrenagem em diversos bairros e pontos. A casa de bombas Silvio Brum também passará por reformas. A expectativa é de que todo esse complexo de obras seja executado em 48 meses. Bacia Hidrográfica do Arroio Moinho – A ampliação do sistema de macrodrenagem da bacia hidrográfica do Arroio Moinho, com investimento de R$ 40.736.197,42, beneficiará diretamente mais de 98 mil moradores. A intervenção abrangerá parte dos bairros São José, Vila João Pessoa, Coronel Aparício Borges, Agronomia e Cascata. Serão implantadas duas bacias de detenção de cheias e construídas novas tubulações e galerias pluviais, que alcançarão aproximadamente 4.827 metros de extensão. Os trabalhos têm prazo estimado em 36 meses. A execução do maior conjunto de obras de drenagem em volume de recursos deve iniciar nos próximos meses na Capital. Serão R$ 190 milhões investidos no empreendimento da bacia hidrográfica do Arroio Areia e outras duas intervenções de macrodrenagem que integram o Programa de Drenagem Urbana de Porto Alegre – DrenaPOA. O prefeito José Fortunati, junto com o diretor do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), Tarso Boelter, assinou a autorização para publicação do edital de licitação na manhã do dia 30 de julho, quinta-feira, em ato no Salão Nobre do Paço dos Açorianos, que também contou com a presença do vice-prefeito Sebastião Melo. O primeiro edital será para elaboração de projeto e execução de obras contra alagamentos na bacia hidrográfica do Arroio Areia, ao custo de R$ 107.255.926,86. A ampliação do sistema de drenagem no local atenderá uma região crítica em dias de chuvas intensas. “Obras de macrodrenagem são esquecidas. São obras pesadas, complexas, que exigem muitos recursos e esforço do poder público, mas que ninguém mais lembra Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015 11

[close]

p. 12

12 www.geramigos.com.br Educação Portal POAdigital é apresentado na Escola de Engenharia da Ufrgs Adigital com uma plateia interessada no tema do empreendedorismo. Momentos como esse confirmam que estamos no caminho certo para construir uma Porto Alegre cada vez mais inteligente, conectada, colaborativa e empreendedora", afirmou. Segundo o diretor da Escola de Engenharia da Ufrgs, Luiz Carlos Silva Filho, a palestra permitiu aproximar os alunos de iniciativas importantes que estão ocorrendo na Capital. "Ter o POAdigital e a Associação Gaúcha de Startups aqui na escola serviu de estímulo para os alunos e muitos começarão a refletir sobre a possibilidade de empreender e transformar as ideias desenvolvidas dentro da academia em negócios relevantes para o mundo lá fora", concluiu. A palestra foi iniciativa do Núcleo de Interações Multidisciplinares da Escola de Engenharia e integra o projeto Sebrae Educação Empreendedora na Ufrgs. DIÁRIA LEVA - TRÁZ Lavagem e Estacionamento 3325.3050 AEROPORTO AV. CEARÁ, 128 TENHA UMA RENDA EXTRA COM LUCRO DE 100% O lançamento do Portal POAdigital foi o tema da Palestra de Abertura do 2º Semestre da Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), que ocorreu no dia 6 de agosto, nas dependências da instituição, no Centro Histórico. O coordenador do POAdigital, Thiago Ribeiro, apresentou a ferramenta e participou de um bate papo sobre empreendedorismo com os alunos. Também participaram do evento os diretores da Associa- ção Gaúcha de Startups (AGS), Layon Lopes e Tainan Caballeiro, que falaram sobre as propostas da instituição para fomentar o ecossistema de startups no Estado. Para Ribeiro, a iniciativa da Escola de Engenharia deve ser levada como exemplo por outras instituições, pois garante aos estudantes a oportunidade de conhecer projetos inovadores e ampliar suas redes de conexões. "Ficamos felizes por compartilhar o trabalho do PO- SEJA UM REVENDEDOR(A) UP! www.upessencia.com.br/433148 Empresa brasileira com expansão na América Latina (Peru). essência Contato: (51) 9394.8641 c/ Euvânia Anuncie na Revista ProcureAche e ganhe uma página no nosso Portal Online! www.procureache.geramigos.com.br Tiragem de 20.000 exemplares ZN + = 40.000 exemplares todos meses! 20.000 exemplares Extremo-Sul e Itapuã “ Pertence ao grupo: O que dizem os anunciantes? Anuncie: 12 (51) 3026-8445 (51) 9100-0440 (51) 9613-6986 (51) 8564-6451 (51) 9814-2056 (51) 8105-4796 Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 96 - Agosto de 2015 ”

[close]

Comments

no comments yet