Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS FERRAMENTAS E POLÍTICAS DE GESTÃO 59 Cases Práticas, técnicas, projetos, tecnologias, estratégias e ações para a gestão da sustentabilidade nas organizações e sociedade 1

[close]

p. 2

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS AES Uruguaiana Empreendimentos Case: Conexões Globais da Gestão de Meio Ambiente na AES Brasil Cidade: Uruguaiana Estado: RS Responsável: Demóstenes Barbosa da Silva Cargo: Diretor de Gestão de Meio Ambiente e Mercado de Carbono Resumo: A percepção de que os impactos globais no meio ambiente do planeta motivou o grupo AES no Brasil a adotar a estratégia de gestão de meio ambiente “Conexões Globais da Gestão de Meio Ambiente na AES Brasil” com o objetivo de estabelecer uma gestão de meio ambiente próativa, conectada aos esforços globais de regeneração e preservação. O documento “Conexões Globais da Gestão de Meio Ambiente na AES Brasil” apresenta cada um do referidos esforços globais, que em geral estão formalizados em Tratados, convenções e protocolos internacionais, e apresenta também a estratégia e metas estabelecidas pela AES na gestão de Meio Ambiente. Edição 2006 Associação de Assistência à Criança Deficiente Case: Programa de Captação Teleton/11 Cidade: São Paulo Estado: SP 2

[close]

p. 3

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS Responsável: Marcel Seco Cargo: Coordenador de marketing Resumo: O programa televisivo tem como objetivo arrecadar recursos para construir novas unidades, ampliar os atendimentos a centenas de deficientes físicos, além de mostrar o investimento realizado com as doações recebidas, as vitórias e superações dos seus pacientes, quebrando os paradigmas de que a deficiência física é algo feio e que não possa ser associado a marcas tradicionais. Edição 2012 AGCO DO BRASIL Comércio e Indústria Case: Gestão Corporativa de Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional Cidade: Canoas Estado: RS Responsável: Liana Sampaio Goron Cargo: Assessora de Meio Ambiente Resumo: Um fator relevante foi a diretriz traçada pela Diretoria da empresa no sentido da integração entre as unidades. No entanto isso não passaria de uma meta caso as equipes locais não comprassem esta idéia. Então podese dizer que o destaque deste trabalho foi o esforço da gestão e de cada uma das equipes das unidades em caminhar rumo a um mesmo objetivo, o que possibilitou 3

[close]

p. 4

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS que este trabalho se realizasse e fosse bem sucedido. Cabe salientar que no caso da AGCO estamos falando de unidades presentes em diferentes estados e regiões do Brasil. Algumas das fábricas eram empresas familiares e esta passagem para um grupo multinacional foi recebida de diferentes formas nas diferentes unidades. Culturalmente as equipes dos Setores de Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional são formadas por um grupo bem diversificado, sendo que as raízes locais eram muito fortes. Gerenciar estes grupos, gerenciar os preconceitos naturais existentes, gerenciar esta diversidade de comportamentos sem desrespeitá-los certamente foi, e ainda é, o maior dos desafios diários a ser superado em prol de um bom desempenho na execução das tarefas traçadas pelo sistema de gestão.Edição 2010 Alcoa Alumínio Case: Projeto de Expansão da Linha III Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Aljan Machado Cargo: SSMA Resumo: A diferença fundamental é que o ambiente de um canteiro de obras pode ser considerado muito mais propício para a ocorrência de acidentes, se forem levadas em 4

[close]

p. 5

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS consideração a diversidade de empresas contratadas e suas diferentes e divergentes culturas em EHS, o baixo grau de escolaridade de sua mão-de-obra terceirizada e a mudança constante dos tipos de risco conforme avanço do empreendimento. Em junho de 2004, iniciou o Projeto de Ampliação da Unidade de Redução (Linha III) para instalação de mais 100 novos fornos nos prédios 105 e 106, ao sul do Eixo 52, com o objetivo de aumentar a produção de alumínio em 63.000 Mtpa. A obra, de grande porte, necessitou da implementação de um sistema de Saúde, Segurança e Meio Ambiente, com soluções diferenciadas para atender ambos os requisitos legais e os da empresa. Como resultado do sistema de gestão de EHS implantado, até junho de 2005, foram acumuladas 1,5 milhão de horas/homem trabalhadas, sem registro de acidente com afastamento, e um Total Recordable Rate (TRR) menor que 0,19. Edição 2006 Alcoa Alumínio Case: Gerenciamento Ambiental nas obras do projeto ALREF U2 Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Aljan de Abreu Machado Cargo: EHS 5

[close]

p. 6

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS Resumo: O Projeto ALREF U2 representa a maior expansão de refinaria de produção de alumina do mundo, um mega projeto de construção civil pesada e montagem industrial, trabalhando atualmente com cerca de 7 mil colaboradores das mais diversas culturas, etnias, raças, sexos e previsão de no pico da construção empregar mais de 9 mil pessoas. O Gerenciamento Ambiental nas obras do projeto ALREF U2, constitui-se em uma ferramenta fundamental para a minimização dos impactos ambientais inerentes a construção, atendimento da legislação aplicável, redução da geração, segregação, tratamento e destinação final dos resíduos sólidos, na economia de recursos naturais, economia de energia, evitar o desperdício de água e no tratamento e destinação de efluentes. Além disso, propicia a realização de ações na garantia da sustentabilidade e principalmente para a conscientização de todos os envolvidos com a construção. Edição 2007 Alcoa Alumínio Case: Guia de Sustentabilidade Para Projetos Hidrelétricos no Brasil Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Juliano Cargo: Gerente de Meio Ambiente 6

[close]

p. 7

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS Resumo: O Guia de Sustentabilidade oferece elementos que apóiem os profissionais que atuam no ciclo de vida das plantas de geração de energia para: Encarar e resolver questões que a experiência mostrou serem de importância significativa; Tornar a gestão de seu negócio mais transparente e socialmente responsável; Apontar caminhos que podem melhorar seu relacionamento com as comunidades do entorno e outras partes interessadas; Indicar ações para reduzir os riscos financeiros e sócioambientais; Construir um plano de gestão sustentável para os seus projetos, que contribua efetivamente para o desenvolvimento da região; Iniciar um processo de gestão que incorpore a sustentabilidade aos processos, políticas e práticas da empresa. Edição 2009 APAE – Xaxim Case: Projeto Lixo Útil, Lixo Que Não é Lixo Cidade: Xaxim Estado: SC Responsável: Anne Margareth Knapp Faé Cargo: Diretora Resumo: O programa de Reciclagem de Lixo Útil, desenvolvido pela APAE de Xaxim, da ênfase a geração de emprego e renda, sendo considerada e reconhecida nacionalmente como uma proposta inovadora com pessoas 7

[close]

p. 8

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS portadoras de deficiência mental, utilizando a educação aliada com a preservação do meio ambiente. Para a redução das desigualdades sociais, trabalhamos com o foco da inclusão de deficiente no mercado de trabalho, bem como de seus familiares e/ou excluídos da sociedade por serem analfabetos ou por não conseguir oportunidades formais de trabalho, etc. Buscamos a melhoria, a excelência e a dignidade das pessoas portadoras de deficiência mental e de todos os envolvidos/beneficiados pelo programa. Muito já se alcançou, mas temos grande obstáculo para vencer, a motivação dá-se continuamente, pelo retorno que esta clientela traz, pequenos progresso significam muito esforço, porém todos tem muita importância, a conseqüência também se faz no reconhecimento público da comunidade e o aplauso pelo trabalho de qualidade desenvolvido neste programa. Edição 2004 Associação Vale Para o Desenvolvimento Sustentável Case: 2 anos de Ações pela Conservação dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local - deixando um legado positivo para as próximas gerações. Cidade: Rio de Janeiro Estado: RJ Responsável: Mirela Sandrini 8

[close]

p. 9

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS Cargo: Gerente do Fundo Vale Resumo: Criada em 2009, a organização transformou em metodologia sua Missão: integrar, transformar e desenvolver. Os elementos que tangibilizam esta metodologia são:Visão de longo prazo; Opção por iniciativas estratégicas estruturantes; Atuação pró-ativa, participativa (visitas de campo, fóruns, encontros de parceiros, cursos de capacitação); Seleção e apoio a projetos de parceiros qualificados. Com esta metodologia o FV opera em duas dimensões: os projetos têm um importante impacto geopolítico no território e a rede de parceiros tem importância fundamental para influenciar políticas públicas de base local. Edição 2011 AstraZeneca do Brasil Case: Projeto Integrando a gestão ambiental ao gerenciamento organizacional. Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Ana P. T. Benatti Cargo: SSMA Resumo: Em Dezembro de 2001 iniciou-se uma série de ações visando a redução de impactos ambientais dos processos industriais e administrativos. Visando reduzir o consumo de recursos naturais a empresa implantou um 9

[close]

p. 10

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS Comitê de Otimização do Consumo de Água e Energia. Dentre as oportunidades identificadas destacou-se a lavagem de frutas, legumes e verduras no restaurante que além de consumir água em excesso causava uma diluição do efluente enviado para a ETE, reduzindo sua eficiência. As diversas ações resultaram em uma redução no consumo de água de 3659 m3/mês para 2450 m3/mês, isto é, 33%. Neste mesmo período, a produção aumentou de 1826635 unidades/mês para 1930866 unidades/mês. Edição 2004 Avon Cosméticos Case: Projeto Viva o Amanhã Cidade: Osasco Estado: SP Responsável: Waltencyr Peixoto Cargo: Gerente Sr. EHS LAS Resumo: Redução de quilometragem rodada da frota. Foi possível conseguir o seguinte resultado: 1) Redução de 4.148.503km, 8.2%, do total de quilometragem rodada no final do projeto - Resultado alcançado em Julho/2008 - Redução de 1.491.173 Km; 2) Redução de emissão de CO2 da frota utilizada nos transportes. - Estimativa final do projeto: Redução de 12.706,69 kg de CO2. - Redução já alcançada em Julho/08: 10

[close]

p. 11

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS 4574,41 kg CO2; 3)Redução de Custo: Redução de 1.7% das despesas com custo de Frete. Edição 2008 Bandeirante Energia Case: Inclusão de áreas de proteção ambiental no SIT sistema de Informações Técnicas, em base cartográfica digital Cidade: São Paulo Estado: SP Responsável: Pedro Vicente Iacovino Cargo: Gerente de Meio Ambiente Resumo: A empresa em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente de São Paulo, a Empresa desenvolveu mecanismos para a identificação das Áreas Ambientalmente Protegidas de Uso Restrito e Uso Sustentável, nos âmbitos Federal e Estadual presentes em sua área de atuação. Baseado no Sistema de Informações Técnicas – SIT, implantado desde 2003 na empresa, que possui a base cartográfica georeferenciada de toda a área de concessão da empresa, foram inseridos dados referentes às Áreas Ambientalmente Protegidas fornecidos pela própria Secretaria de Estado de Meio Ambiente de São Paulo. A utilização desta ferramenta permitiu a rápida identificação das possíveis intervenções decorrentes dos novos projetos de extensão de redes de distribuição junto 11

[close]

p. 12

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS às áreas protegidas, bem como ressaltou a necessidade de maior interação entre as ações da empresa para com os órgãos ambientais (licenciamento) e para com seus clientes. Edição 2006 BASF Case: WMT - prevenção e redução de resíduos trazem ganhos financeiros para a BASF Cidade: Guaratinguetá Estado: SP Responsável: Odilon Ern Cargo: Superintendente Resumo: A BASF desenvolveu a ferramenta WMT – Waste Minimization Tool (ferramenta para a minimização de resíduos), que auxilia na prevenção da poluição e na redução de resíduos gerados nos processos produtivos das empresas do Grupo. A WMT considera todos os aspectos do gerenciamento de resíduos, com alocação de custos diretos e indiretos, de forma a constituir um modelo preciso e eficiente do gerenciamento ambiental em determinado processo produtivo. Nenhum investimento foi alocado diretamente para a implementação da ferramenta. Após a análise, com a apresentação do plano de ação, quando necessários são especificados os investimentos. Edição 2004 12

[close]

p. 13

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS Cabanellos Schuh Advogados Associados Case: Tecnologia aplicada ao Direito: resultados positivos para o Meio Ambiente Cidade: Porto Alegre Estado: RS Responsável: Gabriel Moreira Cargo: Sócio-diretor Resumo: O Projeto mostra benefícios surpreendentes. Na eficiência e transparência para os clientes, na melhoria das condições de trabalho, ou mesmo, no posicionamento da EMPRESA frente ao seu segmento. Contudo nada é tão, significativo e palpável quanto seus resultados ambientais. A cada mês são produzidas, em média, 8.800 petições, que iriam gerar 70.400 folhas. Com o SIGMA, apenas a primeira página que deve ser protocolada é impressa. Logo após o encaminhamento, essa também será digitalizada. Por exigência da Justiça, peças comprobatórias e originais de um processo precisam ser arquivados fisicamente. Desde 2007, quando passou a aferir as quantidades processadas, o CEDOC processou 8.772.079 de folhas. Transformadas em metros lineares, somariam 1.122m. Que representam 93 metros cúbicos de papel, um volume de 40.790kg de papel que foram destinados à reciclagem. Mais de uma centena de árvores derrubadas que, daqui para frente, serão poupadas. Edição 2010 13

[close]

p. 14

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS Caixa Econômica Federal Case: Agenda Caixa para Sustentabilidade Cidade: Brasília Estado: DF Responsável: Jean Rodrigues Benevides Cargo: Gerente Nacional Resumo: A Agenda Corporativa para Sustentabilidade é um processo de desenvolvimento contínuo dentro da empresa. As unidades foram chamadas a aderir voluntariamente para realizarem uma reflexão sobre a situação atual de suas ações (diagnóstico) e para elaborarem um plano de trabalho com metas e prazos por exercícios, visando melhorar o que foi observado. Assim, a tendência é que o resultados sejam otimizados a cada exercício com o desenvolvimento das ações implementadas. Nesse processo, a Agenda Corporativa para Sustentabilidade foi lançada em março/2009 e após 4 meses já conta com a adesão voluntária de 64% das unidades (um total de 2.106 unidades dentre as 3.275 existentes em todo país). Observa-se na empresa uma disseminação da discussão sobre a adequação dos processos para possibilitar a melhoria dos indicadores que tragam benefícios para a sustentabilidade ambiental, social e econômica. Ainda que seja muito laborioso fazer 14

[close]

p. 15

BANCO DIGITAL DE BOAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS RESUMOS DE CASES BENCHMARKING ORGANIZADOS EM TEMÁTICAS GERENCIAIS reflexões, diagnóstico para então estabelecer metas, já há mais de 600 ações com prazos estabelecidos até dez.2010. Edição 2009 Celulose Irani Case: Inventário de emissões e sumidouros de gases de efeito estufa em uma fábrica de Celulose e Papel Cidade: Vargem Bonita Estado: SC Responsável: Leandro Alexis Farina Cargo: Gerente de Sistemas de Gestão da Qualidade e Ambiental Resumo: O inventário permite acompanhar as emissões e remoções possibilitando maior percepção para novos projetos de MDL. Principal Motivação: Conhecer e avaliar a emissão de GEE da empresa, avaliando o balanço entre emissões e remoções e as possibilidades de neutralização. Principais Resultados: As atividades da IRANI são consideradas Carbono Neutro por retirar mais carbono da atmosfera do que emite. Um aprendizado fundamental: O inventário permite acompanhar as emissões e remoções possibilitando maior percepção para novos projetos de MDL. Recomendações: Definição de fronteiras, identificação de fontes de emissão e remoção, levantamento de dados, elaboração do relatório, auditoria externa. Edição 2008 15

[close]

Comments

no comments yet