Cemara Informa - Agosto 2015

 

Embed or link this publication

Description

Informativo Semestral da Cemara Loteamentos. Ano 9, Edição n°18, Julho 2015

Popular Pages


p. 1

Informativo Semestral da Cemara Loteamentos Ltda. Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 SÃO JOSÉ DO RIO PRETO PIRACICABA SUCESSO E CRESCIMENTO AGORA EM PIRACICABA E RIO PRETO! nesta edição Gestão e Desenvolvimento Cemara conquista recertificação da ISO 9001:2008 Vinhos e parque de esqui são os grandes diferenciais de São Roque Giro Regional Construir pode ser quase 200% mais barato do que comprar imóvel pronto É Bom Saber Fechamento autorizado Pode ser aberto pela ECT

[close]

p. 2

2 EDITORIAL Nesta edição do Cemara Informa, preparamos diversas matérias interessantes! Em março, passamos por mais uma auditoria de recertificação da ISO. Graças ao engajamento completo dos nossos colaboradores, foi possível manter o selo ISO 9001 e comprovar a nossa busca por melhoria contínua em nossos processos de gestão, alinhamento dos departamentos, além da satisfação de nossos clientes. Parabéns a todos os envolvidos! Nesta edição abordamos a diferença entre condomínios e loteamentos fechados, tema muito importante e de difícil compreensão, no Fique Por Dentro. Nesta mesma editoria, falamos sobre a participação da Cemara no Jantar do Empresário da ACIA, onde pudemos apresentar detalhes do Centro Empresarial e Industrial Nove de Julho. Na matéria de capa, temos detalhes especiais sobre o início das vendas de lotes no Jardim Piazza Itália, em Piracicaba, e do pré-lançamento do Residencial Vila-Lobos, em São José do Rio Preto. Em Rio Preto, inovamos, mais uma vez, com o voo cativo de balão para os interessados no loteamento. Na editoria Bom Papo, conversamos com o Guilherme Valarini, Coordenador de Projetos do Consórcio PCJ (Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), e abordamos sobre a importância das APPs (Áreas de Preservação Permanente), áreas degradadas e prevenções. Além disso, falamos sobre a preocupação constante da Cemara na realização de loteamentos sustentáveis. O Toque de Especialista desta edição foi dado pela nutricionista Heloisa Lopes, que falou sobre alimentos saudáveis, sua importância e qual sua função para manter a imunidade alta. Na coluna Planejar é Crescer, você encontrará alguns dados sobre o atual momento econômico e também sobre o mercado imobiliário. A cidade de São Roque é destaque no Giro Regional desta edição. Conhecida como cidade do vinho, São Roque possui uma rota especial para conhecer vinícolas, restaurantes, além de roteiros históricos e de aventura. Na editoria É Bom Saber, você pode encontrar informações sobre loteamentos clandestinos e a comparação de valores para construir e comprar um imóvel pronto. Boa leitura! Cemara conquista recertificação da ISO e comprova a melhoria contínua da sua gestão FIQUE POR DENTRO Equipe Cemara e a Auditora da Bureau Veritas Brasil. Auditoria foi realizada em março, pelo órgão certificador Bureau Veritas Brasil, e contou com total comprometimento dos colaboradores internos em um processo de extrema relevância para a Cemara. Após três anos da primeira certificação ISO 9001:2008, a Cemara Loteamentos passou entre os dias 16 e 20 de março por uma nova auditoria do órgão certificador Bureau Veritas Brasil, e garantiu a recertificação da empresa, comprovando que sua gestão está em constante evolução e melhoria contínua, com o alinhamento de seus departamentos e a satisfação de seus clientes. Segundo a gestora da Qualidade, Regiane Santos, a recertificação tem como objetivo assegurar o amadurecimento do sistema de gestão da qualidade e identificar a conformidade dos processos com os requisitos da norma ISO. “A Cemara conquistou em 2012 a certificação inicial e essa auditoria representa a certeza do desenvolvimento de um trabalho assertivo e direcionado junto aos nossos clientes e colaboradores. A cada três anos é preciso reforçar esse compromisso com a gestão da qualidade. Este é um processo de extrema relevância para nós e reflete a preocupação da Cemara com a melhoria contínua da qualidade na prestação de serviços”. Após receber a primeira certificação, a Cemara passou a realizar auditorias internas, para manter as ações alinhadas e se preparar para as recertificações seguintes. “Nas auditorias internas, ministramos treinamentos com os auditores e para todos os demais colaboradores, visando aperfeiçoar os conhecimentos nos requisitos da norma. É abordado o Sistema de Gestão da Qualidade e ressaltado a importância ao atendimento à Política da Qualidade, bem como a razão de ser, visão e crenças”, acrescentou. Segundo o órgão certificador, Bureau Veritas Brasil, quatro pontos fortes foram identificados na Cemara: comprometimento dos colaboradores com o Sistema de Gestão da Qualidade; presença de auditoria e auditores internos; profissionalismo da equipe do Sistema de Gestão de Qualidade; e também comprometimento da alta direção. “Este é o resultado do trabalho de todos, que se comprometem a realizar suas atividades com dedicação e profissionalismo, de acordo com os procedimentos e instruções de trabalhos estabelecidos”, finalizou Regiane. Confira algumas fotos da auditoria realizada em março: Marcos Dei Santi Diretor da Cemara Loteamentos

[close]

p. 3

Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 3 Loteamentos clandestinos: FIQUE ATENTO! É BOM SABER Comprar um lote requer muita atenção, já que existem muitos casos de loteamentos irregulares, sem aprovações necessárias, tornando-se clandestinos no mercado imobiliário. O consumidor pode perder muito dinheiro se não ficar atento aos detalhes. Segundo a Fundação Procon-SP, alguns cuidados devem ser tomados, como: 4 5 Verificar na Prefeitura se o loteamento está aprovado; Tratando-se de chácaras, sítios, frações ideais, em zona rural, procure a Delegacia Regional do INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), pois é este órgão que autoriza o desmembramento de área, desde que obedecida a fração mínima de parcelamento definida para a região; Outra verificação antes da compra é checar no Cartório de Registro de Imóveis da cidade se o loteamento está devidamente registrado. Solicite uma certidão de propriedade com negativa de ônus e alienações. Isto prova que o imóvel está regularizado em nome do proprietário. 1 2 Visitar o local para conhecer exatamente o imóvel que será comprado; Verificar se existe infraestrutura e serviços, como: ruas abertas, demarcação de lote, rede de água, de esgoto e de energia elétrica, entre outros; Solicitar a planta do loteamento, para verificar a aprovação da Prefeitura e se o terreno realmente consta no projeto; Na hora de concretizar a compra, o consumidor assinará uma proposta de aquisição, onde o corretor de imóveis costuma pedir um sinal, que vale como parte da entrada. Neste documento deverão constar: a indicação do lote e da quadra, de acordo com a planta aprovada pela Prefeitura, o valor total do terreno e do sinal dado, o modo de pagamento, a forma e índice de reajuste, a promessa de firmar contrato e o prazo para aceitação da proposta, entre outras condições necessárias para preservar os direitos, responsabilidades e obrigações do Vendedor e do Comprador. Fique atento a todos os detalhes no momento de escolher o seu loteamento, que será seu futuro bairro de moradia ou investimento. Desconfie de promessas verbais, especialmente quando se refere às promessas de futura regularização de documentos, aprovações municipais e somente concretize a compra quando você tiver certeza de que o terreno é legalizado e possui todas as autorizações necessárias. Só assim será uma compra completa. 6 3

[close]

p. 4

4 por Michel de Carvalho Em momentos de crise econômica, o que fazer? Somente para contextualizar, o momento que estamos passando foi ocasionado por exageros do governo nos últimos oito anos. Gastos exagerados, controle em preços administrados, descontrole nos gastos públicos e falta de controle fiscal. A inflação começou a incomodar e o governo subiu a taxa de juros, Selic, de 7,25% para 13,75% ao ano para controlar o consumo e captar recursos internacionais. Então vivemos um momento complicado com inflação, juros altos e baixo crescimento. Nestas condições da economia, é importante no momento da compra de algum bem acompanhar se os preços deles estão estáveis ou reduziram. Se os preços estão estáveis, quer dizer que ficarão iguais, pois a oferta e a demanda estão equilibradas. E a redução dos preços vai perdurar até atingir este equilíbrio, passando a partir deste ponto a ficar estável. Normalmente durante os períodos de instabilidade, quem deseja comprar algum bem ou fazer investimentos tem a opção de aplicar dinheiro em renda fixa ou adquirir um imóvel, pois ultrapassada a crise, os preços dos bens tenderão a subir, ajustando com o aumento do custo e o preço de mercado. Todo mundo falava em bolha no mercado imobiliário, mas não é isso que vemos na prática. Os preços nas regiões metropolitanas não subiram como antes, mas também não caíram, apenas se estabilizaram. Os descontos que se vê nas propagandas são para imóveis mal localizados, apartamentos em andares muito baixos ou com vista comprometida. Os imóveis bons, bem localizados e de qualidade, não caíram de preço porque sempre tem alguém querendo comprar. Mas como há menos pessoas dispostas a investir nestes períodos de ajustes, você pode comprar imóvel com vantagens adicionais, um melhor parcelamento, uma entrada menor, o que não ocorre com frequência nos períodos de economia aquecida. Assim, há oportunidades em fazer bons negócios! Importante mencionar que, com os juros altos, a poupança perde cada vez mais atratividade. Hoje, ela é configurada como a pior opção de investimento. Antes, ela atraía os investidores, agora tem seu rendimento afetado pela alta da inflação. Condomínios x Loteamentos Fechados: Você sabe a diferença? FIQUE POR DENTRO Assessor de Investimentos MAXICAPITAL, assessoria e educação financeira, investimentos e previdência privada. 19 3645.0800 maxicapital.com.br Agente da XP Investimentos Quando o assunto é loteamento fechado e condomínio, muitas pessoas confundem sua concepção ou até mesmo acreditam ser a mesma coisa. Mas, na realidade, as duas expressões são bem distintas. Segundo a AELO (Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano), no condomínio adquire-se a residência já pronta, incluindo o terreno e toda infraestrutura das áreas comuns implantadas. Já no loteamento, originalmente o comprador adquire apenas o terreno, para depois realizar a construção do seu imóvel a qualquer tempo. A opção da compra também demonstra a diferença no perfil dos compradores. Nos loteamentos, por exemplo, seja ele fechado ou aberto, áreas comuns são públicas e empresas comercializam apenas o terreno e, uma das vantagens, é poder elaborar um projeto personalizado de construção e também ter a liberdade de construir quando desejar. Já nos condomínios horizontal e vertical, toda a área é privada. Ordenados pela lei 4.591/64, cada proprietário é dono, além do seu lote/apartamento, de uma fração ideal das áreas comuns do terreno, que é proporcional à metragem de sua propriedade em relação ao todo. A Cemara Loteamentos realiza somente loteamentos fechados, porque acredita que eles possuem mais vantagens para os clientes, já que une as melhores características dos condomínios, como segurança e lazer, além das facilidades dos loteamentos: possibilidade de construir de acordo com o interesse e com o projeto sonhado pelo cliente.

[close]

p. 5

Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 5 Cemara patrocina Jantar do Empresário da ACIA Fotos: Alisson Roberto Imagens do evento. É BOM SABER O tradicional Jantar do Empresário é um evento conceituado, realizado com o intuito de promover grandes empresas que contribuem para o crescimento de Americana. Dessa forma, a Cemara decidiu marcar presença nesta iniciativa, dada a importância dos eventos sólidos promovidos pela ACIA, que trabalha continuamente com foco no desenvolvimento do comércio e das indústrias de Americana, proporcionando aos empresários da região uma oportunidade para fomentar a discussão de novas ideias, o networking e a troca de experiências. Durante o cerimonial do jantar, o diretor Marcos Dei Santi apresentou um vídeo sobre o Centro Empresarial e Industrial Nove de Julho e explicou os diferenciais do empreendimento. “Queríamos aproveitar este momento oportuno com os associados da ACIA para reforçar a importância deste loteamento para o desenvolvimento econômico e comercial da cidade e que a Cemara sempre busca proporcionar melhor infraestrutura e localização para as empresas de diferentes perfis”, disse Dei Santi. O CEI Nove de Julho vem se destacando junto aos associados da ACIA, pois é um bairro empresarial adequado para diferentes perfis de negócios. Mais de 100 empresas já adquiriram terrenos e aguardam a conclusão das obras para se instalarem no Centro Empresarial. As empresas serão dos segmentos de metalurgia, alimentos, e-commerce, plástico, têxtil, consultorias, distribuidoras, construção civil, refrigeração, agronegócio, empreendimentos imobiliários, recrutamento e seleção e também sistemas de informação. O que demonstra a diversificação e interação entre os diferentes setores no mesmo bairro. “Temos percebido que empresas do segmento de prestação de serviços e escritórios têm comprado no CEI Nove de Julho, deixando os bairros abertos, porque não necessitam de vitrine para demonstrar seus produtos ou serviços. Normalmente, seus clientes são outras empresas ou de relacionamento e indicação. E, em contrapartida, ganham no quesito segurança, serviços e qualidade de vida aos seus colaboradores, fornecedores e clientes”, finalizou Dei Santi.

[close]

p. 6

6 Situação das obras em junho de 2015 De olho nas obras de infraestrutura Jardim Piazza Itália Arborização Demarcação Implantação de guias e sarjetas Pavimentação Rede de coleta de esgoto Rede de distribuição de água Rede de drenagem Rede elétrica Terraplanagem Sinalização Portaria 0% 60% 0% 0% 0% 0% 16% 0% 100% 0% 0% Residencial Vila-Lobos Arborização Demarcação Implantação de guias e sarjetas Pavimentação Rede de coleta de esgoto Rede de distribuição de água Rede de drenagem Rede elétrica Terraplanagem Sinalização Portaria 0% 0% 0% 0% 0% 0% 0% 0% 0% 0% 67%

[close]

p. 7

Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 7 Residencial Pau-Brasil Arborização Demarcação Implantação de guias e sarjetas Pavimentação Rede de coleta de esgoto Rede de distribuição de água Rede de drenagem Rede elétrica Terraplanagem Sinalização Portaria 0% 0% 5% 0% 9% 55% 100% 78% 85% 99% 100% Centro Empresarial e Industrial Nove de Julho Arborização Demarcação Implantação de guias e sarjetas Pavimentação Rede de coleta de esgoto Rede de distribuição de água Rede de drenagem Rede elétrica Terraplanagem Sinalização Portaria 15% 100% 26% 99% 52% 84% 86% 98% 58% 75% 100% Confira mais fotos em: cemara.com.br /cemaraloteamento

[close]

p. 8

8 Jd. Piazza Itália e Residencial Vila-Lobos registram sucesso de vendas pela Cemara Realizar sonhos, esse é o principal objetivo da Cemara Loteamentos! Em 2015, o Jardim Piazza Itália, localizado em Piracicaba, e o Residencial Vila-Lobos, em São José do Rio Preto, começaram a ser vendidos ao público e já registraram um sucesso de vendas nas duas cidades, superando as expectativas. MATÉRIA DE CAPA Lançamento Jardim Piazza Itália. No mês de fevereiro, os moradores de Piracicaba puderam conhecer todos os detalhes do loteamento no Plantão de Vendas, com atenção especial da equipe e, já no primeiro dia, a Cemara atendeu muitos interessados, comprovando a grande aceitação dos piracicabanos. Marcos Dei Santi, diretor da Cemara, afirmou que os diferenciais do Jardim Piazza Itália foram aprovados pelo público. “A Cemara possui uma preocupação não somente com o lote, mas com o bairro todo. Planejamos proporcionar comodidade, segurança e lazer às famílias. E no Jardim Piazza Itália não é diferente. Vamos urbanizar a região, ampliar o comércio e oferecer uma infraestrutura completa para a população”. Ele ainda destacou sobre a infraestrutura. “Em mais de 36 anos de atuação, a Cemara sempre entregou 100% de suas obras de infraestrutura e nós entregaremos o bairro completo, com rede de abastecimento de água tratada, rede de energia elétrica, rede de drenagem de águas pluviais, rede coletora de esgoto, iluminação pública, além de asfalto, guias, sarjetas e arborização de vias e áreas verdes”. Em um local com vista privilegiada e em crescente valorização, com várias escolas e creches públicas, e com transporte público disponível, posto de atendimento à saúde, praças de lazer, o loteamento possui também diversas facilidades na região como o Terminal de Ônibus São Jorge, supermercados, escolas, drogarias, padarias, entre outros. Um grande diferencial em seus projetos é a construção das praças públicas. O Jardim Piazza Itália tem 03 praças públicas: Inspire-se, Integrese e Tranquilize-se, que foram criadas para trazer qualidade de vida ao dia a dia dos moradores, com objetivo de aumentar o convívio e o bem-estar social delas, através da integração com a natureza. Praça Inspire-se Praça Integre-se Praça Tranquilize-se Imagens meramente ilustrativas.

[close]

p. 9

Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 9 Lançamento Residencial Vila-Lobos. comodidade e podendo usufruir dos benefícios que a Cemara oferece nos loteamentos”, disse Dei Santi. O voo cativo de balão atraiu ainda mais os interessados. Rodrigo Silva, cliente da Cemara em Rio Preto, aprovou a ação. “Foi muito interessante voar no balão, não é qualquer dia que encontramos uma atração como essa. Foi muita emoção, gostei muito de participar da experiência e meu filho também adorou”. Marcelo Mansano, da Imobiliária Gurupi, afirmou que a procura pelo Residencial Vila-Lobos foi intensa antes mesmo da pré-venda. “O Residencial Vila-Lobos está sendo muito procurado, foram muitas pessoas buscando informações sobre o loteamento, seus benefícios e como seriam as áreas públicas. A ideia do balão foi uma experiência única. Trabalho há muitos anos em Rio Preto e é a primeira vez que vimos um balão na região. Chamou muito a atenção. A Cemara é uma empresa muito séria e ter escolhido Rio Preto foi um presente pra nós”. Em uma região privilegiada e em constante valorização, próxima aos bairros Jardim Morada do Sol e Jardim Nunes, o Residencial Vila-Lobos terá facilidades ao redor como praça de esportes, campo de futebol, shopping center, supermercado, entre outros. O Residencial Vila-Lobos é um bairro planejado onde as famílias poderão ter qualidade de vida e, para isso, também contará com o novo conceito de já ser entregue com três praças públicas urbanizadas: Inspire-se, Movimente-se e Tranquilize-se, que foram criadas para inspirar o dia a dia e promover qualidade de vida aos moradores. “Estamos muito felizes com esses projetos. Os dois residenciais nos trouxeram muitas alegrias, superando nossas expectativas. Já estamos trabalhando em outros lançamentos durante este ano. Em breve teremos muitas novidades”, finalizou Dei Santi. O mês de fevereiro foi especial também para Rio Preto, com a chegada do Residencial Vila-Lobos. Além da presença de toda a equipe de vendas da Cemara, o público interessado teve uma grande surpresa, a presença de um balão, que realizou voos cativos com os interessados no loteamento, que puderam visualizar toda a área do residencial. Na fase inicial, a Cemara atendeu muitos interessados, principalmente das famílias que moram ao redor. “Registramos uma procura muito grande de moradores de bairros da região do Residencial Vila-Lobos. Muitas famílias preferem morar próximas, tendo ainda mais Praça Inspire-se Praça Tranquilize-se Praça Movimente-se Imagens meramente ilustrativas.

[close]

p. 10

10 Residencial Vitória-Régia MATÉRIA DE CAPA Piracicaba ganhará, em breve, mais um loteamento da Cemara: Residencial VitóriaRégia. Situado na estrada do Bongue, próximo ao famoso Rio Piracicaba, o empreendimento conta com uma área verde exuberante ao seu redor, com espaços onde é possível avistar belas paisagens da cidade de Piracicaba e aproveitar a natureza bem de perto. Projetado para agradar toda a família, o Residencial Vitória-Régia traz um conceito inovador, com áreas de lazer inspiradas nos quatro elementos da natureza. São quatro praças, Terra, Água, Fogo e Ar, cada uma com estrutura que remete a seu respectivo elemento. E, em cada praça, espaços especiais agradarão ao público em cada fase da sua vida, da infância à melhor idade, com parede de escalada, pista de skate, espaços para arvorismo e tirolesa, minicampo de futebol, quadra de vôlei de areia, um lago natural para relaxamento e contemplação, entre outros. Em breve, mais novidades! Imagens meramente ilustrativas.

[close]

p. 11

Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 11 Você sabe por que os loteamentos da Cemara são inovadores? Conheça algumas de nossas preocupações constantes ao planejar um bairro novo. Ser ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente aceito, são os quatro conceitos básicos que a Cemara se baseia na implantação de seus loteamentos. E, para que isso aconteça, diversas ações são consideradas antes de começar a projetar um loteamento: • Aproveitamento da declividade natural do terreno para abertura de vias, contribuindo para o escoamento das águas pluviais e diminuindo a necessidade de movimentação de terra; • Preservação da mata nativa existente na área e recuperação das áreas de APPs (Áreas de Preservação Permanente); • Integração e melhoria do entorno onde o projeto será implantado; • Planejamento cicloviário, incentivando o uso da bicicleta como meio de transporte; • Diversificação de usos para promover o acesso a comércio, serviços e equipamentos públicos sem a necessidade de veículos motorizados; • Implantação de áreas de convívio, praças urbanizadas, para promover integração, “sentimento de dono” e inclusão entre sociedade e o meio urbano projetado; • Abertura das ruas sem retirar a vegetação das quadras; • Programar os serviços de terraplanagem para os meses menos chuvosos, de forma que na época das chuvas as superfícies de solo porventura expostas já estejam devidamente protegidas; • Implantação de Ecopontos nas áreas onde existe descarte de entulho; • Avaliar as linhas de ônibus para que os bairros sejam atendidos pelo transporte público; • Programa de renováveis; incentivo a energias MATÉRIA DE CAPA • Programa de conservação de água de chuva, incentivo à “Lei das Piscininhas*”. A Cemara se preocupa também com programas sustentáveis, mas que dependem de viabilidade técnica de materiais, fornecedores, aprovação e parcerias dos órgãos públicos, como ações de implantação de energia, água, segurança e tecnologia. Nossos empreendimentos possuem: Rede de abastecimento de água tratada Rede de energia elétrica Rede de drenagem de águas pluviais Rede coletora de esgoto Iluminação pública Asfalto, guias, sarjetas e arborização de vias e áreas verdes Onde pretendemos chegar: ENERGIA**: Iluminação das vias e praças em LED ÁGUA**: Reservatórios de águas de chuva nas casas SEGURANÇA**: Câmeras de monitoramento nas praças públicas TECNOLOGIA**: Disponibilidade de infraestrutura para internet *Com base na lei nº 13.276/02, da cidade de São Paulo, as empresas ou domicílios poderão construir um reservatório para as águas coletadas por coberturas e pavimentos nos terrenos (edificados ou não), drenando o solo e facilitando a recarga de água aos mananciais. **Viabilidade técnica e econômica.

[close]

p. 12

12 Área de Preservação Permanente: qual sua função e por que preservá-la? Conheça a importância de manter áreas verdes e a consequência de degradações. Guilherme, qual a importância de uma APP e como reconhecê-las? As APPs possuem várias funções, como proteção do solo e dos mananciais e funcionam como corredores ecológicos, abrigo de fauna e flora, embelezam a paisagem, garantem estabilidade geológica, fixação de CO2 e mantêm a biodiversidade. Segundo o Código Florestal (Lei 12.651/2012), são as matas que se localizam ao redor de nascentes, margens dos rios, topos de morros, dentre outras localidades. A região de Americana/Piracicaba possui muitas áreas degradadas? Guilherme Amstalden Valarini Coordenador de Projetos do Consórcio PCJ (Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) BOM PAPO Quais os motivos que causam a degradação de APPs? Décadas atrás, havia estímulos para que se invadissem as APPs, visando aumentar a produção agropecuária e reduzir os riscos com doenças como a malária. Atualmente, um dos principais motivos é a desinformação. As pessoas não têm conhecimento da extrema importância que essas áreas possuem para a qualidade de vida e também desconhecem que essas áreas são protegidas por lei. Outro ponto é a falta de fiscalização pelos órgãos competentes, o que garante a impunidade nos casos de infração. O enriquecimento e reflorestamento de APPs são importantes nos dias atuais? Por quê? Diante da crise hídrica que estamos vivenciando desde 2013, em longo prazo, as APPs têm uma importantíssima função de infiltração da água no solo, propiciando a regularização da vazão dos cursos d’água. É importante o envolvimento da sociedade e de empresas na recuperação de APPs? Quando se envolve a sociedade, as pessoas começam a entender e dar o real valor para estas questões e isso desencadeia um processo de multiplicação da informação e fiscalização, o que resulta em maior preservação dos recursos hídricos e florestais. A Cemara Loteamentos tem a preocupação de levar princípios ambientais para todos seus loteamentos. Como são vistas ações como essa pelo PCJ? Somente o respeito da empresa em seus projetos frente às questões ambientais já é um grande ganho para todos, pois quando tratamos de bacia hidrográfica, toda ação ambientalmente correta num determinado local reflete em benefícios para toda região dessa bacia hidrográfica. Ter um ambiente ecologicamente equilibrado é uma busca constante em diversos países do mundo. No Brasil, por exemplo, áreas verdes devem ser preservadas por força do Código Florestal e demais leis estaduais e municipais. E é sempre tema de debate entre os setores públicos e privados, porque o desmatamento em área de proteção de rios, nascentes e córregos causa desequilíbrio no meio ambiente e escassez de água natural. Além da sua preservação, essas áreas conhecidas como APPs (Áreas de Preservação Permanente) devem ser objetos de reflorestamento, uma vez que muitas delas já estão degradadas, por ações do ser humano. Normalmente, essas degradações acontecem com crescimento demográfico desordenado (ocupações irregulares), atividades rurais ou mesmo por desconhecimento ou falta de consciência de alguns (queimadas e sujeiras). Ciente de sua responsabilidade socioambiental e sempre atendendo às normas legais vigentes, a Cemara Loteamentos preserva as árvores nas áreas de proteção ambiental em todos os seus loteamentos, e refloresta as faixas de proteção sem vegetação arbórea, o que garante a longevidade das nascentes de água no entorno. Contabilizamos mais de 65 mil mudas de árvores plantadas nos últimos dez anos nos municípios em que atua, principalmente, na cidade de Americana, onde teve maior número de loteamentos. Além do plantio, também assumimos a responsabilidade na manutenção e cuidado das árvores até que atinjam o tamanho e dimensão mínima para seu desenvolvimento. Para tirar as dúvidas sobre as APPs, o Cemara Informa conversou com Guilherme Amstalden Valarini, que é Coordenador de Projetos do Consórcio PCJ (Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí). Estas duas cidades fazem parte da bacia dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, região hidrográfica composta por 62 municípios, estimamos um déficit de 200 milhões de mudas em áreas de preservação permanente nesta bacia. Quais as consequências de não preservar APPs? Sem a preservação das APPs, ocorrem erosões do solo nas margens dos rios, aumenta-se o assoreamento (sedimentos que caem nos cursos d’água), deixa de ter a função de filtro natural (reduz o depósito de poluentes e agrotóxicos nos cursos d’água), perde-se biodiversidade (os animais ficam sem abrigo), além da redução da qualidade e quantidade de água nos rios. Como elas influenciam sobre a qualidade da água e do solo? Existem vários tipos de áreas de APPs, sendo que uma das principais são as matas ciliares. Pelo fato dos rios sempre estarem nas partes mais baixas da bacia hidrográfica, eles recebem todo lixo, poluição, esgotos das cidades e no caso da zona rural temos o arraste de agrotóxicos. As matas ciliares contribuem com os cursos d’água, pois impedem que a carga poluidora chegue aos córregos e rios. Sabia? Você Um dos principais exemplos de área enriquecida com o plantio de árvores pela Cemara Loteamentos é no bairro Nova Carioba, em Americana. A empresa plantou até hoje cerca de 3.000 mudas e pelo trabalho de manutenção e monitoramento que vem fazendo nos últimos dez anos, algumas nascentes do bairro já se recuperaram, contribuindo para o abastecimento do Rio Piracicaba, principal fonte de água da população de Americana e região. Outro exemplo de ação de plantio feito pela Cemara é na Gruta Dainese, uma área degradada e que vem sendo recuperada. Lá, apenas em 2015, já foram plantadas pela empresa 2.200 mudas de árvores nativas brasileiras.

[close]

p. 13

Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 13 Construir pode ser quase 200% mais barato do que comprar imóvel pronto Construir ou comprar o imóvel pronto? Este é um dos dilemas de quem sonha com a casa própria. Mas se a gente colocar na ponta do lápis a decisão pode ficar mais fácil. De acordo com o Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), medido pelo IBGE e pela Caixa Econômica Federal, o custo médio nacional da construção civil em abril deste ano alcançou o valor de R$ 923,58 por m². O resultado leva em consideração os custos dos materiais (R$ 502,33) e da mão de obra (R$ 421,25). Em contrapartida, segundo o índice FipeZap do mês de maio, mesmo com os preços dos imóveis prontos tendo registrado queda real no período, o valor anunciado do m² médio das 20 cidades estudadas foi de R$ 7.599. O local com o m² mais caro continua sendo o Rio de Janeiro (R$ 10.642), seguido por São Paulo (R$ 8.585). Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (R$ 3.541) e Goiânia (R$ 4.161). Ou seja, podemos concluir que, de um modo geral, construir a própria casa é mais barato do que comprar uma pronta, obviamente que dependendo do custo do terreno e dos materiais e mão de obra envolvida. A Cemara Loteamentos, por exemplo, vende lotes de 200 m² na cidade de Piracicaba, em média por R$ 80 mil. Com esta metragem de terreno, é possível construir uma casa de no mínimo 100 m² com R$ 92 mil (materiais e mão de obra), segundo dados do Sinapi, e incluindo o preço do terreno, o valor total da casa custaria R$ 172 mil. Valor bem inferior ao de uma casa pronta da mesma metragem. De acordo com dados do Secovi-SP o valor do metro quadrado diferencial, no caso de quem optou por um loteamento, é o fato de se tratar de um bairro que acaba de sair do papel, com infraestrutura nova como asfalto, rede elétrica, esgotamento sanitário e várias opções de praças públicas, entre outras. Quem for financiar a obra, antes de ir ao banco, o ideal é que construa pelo menos 20% do total, o que normalmente corresponde à fundação e início da estrutura básica. “Isso é importante porque as linhas de crédito para a construção são mais atraentes quando o financiamento não é de 100% da obra”, explica Carla Roberto, gerente de vendas da Cemara Loteamentos. Outra dica é definir as etapas da construção e os gastos necessários em cada fase antes de iniciar qualquer atividade. Os projetos arquitetônico, hidráulico e elétrico devem ser realizados com antecedência, pois assim é possível fazer uma projeção real do orçamento e do custo final, além de evitar gastos adicionais no decorrer da obra. Também é de suma importância efetuar uma cotação com empresas diferentes para a compra do material de construção, visando à busca de preços competitivos, além da contratação de empreiteiras ou pedreiros com excelente reputação no mercado. É BOM SABER médio em Piracicaba é de R$ 4.909, ou R$ 490 mil para uma casa pronta de 100 m². A diferença entre construir ou comprar, neste caso, seria de 184%. Além do preço, outra vantagem da construção é a possibilidade de se fazer uma moradia exatamente de acordo com o gosto dos proprietários. Outro

[close]

p. 14

14 Vinhos e parque de esqui são os grandes diferenciais de São Roque Clima serrano, lindas paisagens e ótima infraestrutura. GIRO REGIONAL Temperatura amena, ótimos restaurantes, melhores vinhos, natureza enriquecedora e lugares charmosos. Essas são apenas algumas características que São Roque pode oferecer aos turistas que passam pela cidade. A apenas 60 km de São Paulo, São Roque possui um clima serrano agradável, paisagens belíssimas, povo hospitaleiro, ótima infraestrutura de hotéis, restaurantes, amplo comércio e roteiros surpreendentes. Conhecida como a cidade do vinho, ela oferece um roteiro especial, com direito a degustações nas principais vinícolas da região, além de roteiros culturais, históricos, gastronômicos, meio rural, compras, lazer e roteiro de aventura, como o conhecido Ski Mountain Park, que possui estação de esqui, mountain bike e arvorismo. No roteiro de aventura, você já imaginou esquiar na “neve” no Brasil? Sim, isso é possível com o Ski Mountain Park. O parque está em uma das belas montanhas da cidade a 1.200m acima do nível do mar. O Ski oferece aos visitantes a oportunidade de desfrutar dos prazeres deste paraíso ecológico, além da linda vista panorâmica de São Roque. Os esquis e snowboards deslizam facilmente pelas pistas, dando uma perfeita sensação de esquiar na neve, em qualquer época do ano. A pista ‘Treino’ possui 100m de extensão com baixa inclinação, sendo composta por “tapetes” de polietileno de alta tecnologia, que cobrem parte da montanha. Ela é especialmente indicada para iniciantes na prática de esqui e snowboard. Para saber mais sobre o parque, acesse o site www.skipark.com.br.

[close]

p. 15

Ano 9 • Edição nº 18 • Julho 2015 15 Roteiro do Vinho é realizado pela “Estrada do Vinho” e, como o próprio nome já diz, é uma estrada que corta boa parte da cidade e que abriga, ao longo do caminho, cerca de 20 produtores de vinhos locais, adegas e empórios. Além de oferecer degustação de vinhos, todas fazem degustações de queijos, embutidos, doces e demais produtos fabricados artesanalmente. Em um final de semana, por exemplo, é possível visitar produtores, almoçar em um restaurante local e conhecer também os produtos da cidade. O roteiro pode ser seguido com um mapa, que é distribuído gratuitamente nas vinícolas, localizadas nos 10 km da estrada. Para conhecer cada uma das vinícolas, é indicado no mínimo 30 minutos, pois existem muitas coisas para serem apreciadas como: exposição de instrumentos antigos para a fabricação do vinho, parreiras, artesanatos, arquiteturas das casas, entre outros. Entre as principais vinícolas estão a Adega do Baco, Vinhos Frank, Vinhos Real D’Ouro, Vinhos Quinta Di Olivardo, Vinícola XV de Novembro, Quinta dos Moraes, Vinhos Sorocamirim, Vinhos Canguera, Vinhos Palmares, Vinhos Palmeiras e a Vinícola Góes. Para se informar sobre o roteiro, acesse www.roteirodovinho.com.br. Para quem gosta de saber toda a história e cultura da cidade, São Roque possui roteiros especiais no centro da cidade. O Roteiro Cultural compreende visita à Igreja Matriz de São Roque, Igreja de São Benedito, Centro Cultural e Educacional Brasital, Museu Darcy Penteado e Caminho das Águas (trilha ecológica) e Estação Ferroviária. Todos eles com diversas opções de restaurantes com as iguarias da cidade, como os pratos com alcachofra. Já no Roteiro Histórico, o turista pode visitar a Mata da Câmara (integra o Cinturão Verde da Cidade de São Paulo - tombado pela Unesco), o Sítio Santo Antônio - Casa Grande e Capela de Santo Antônio (tombados pelo Iphan) e também o Recanto da Cascata. Para saber mais detalhes da cidade e seus roteiros, acesse o site da Prefeitura da Estância Turística de São Roque: www.saoroque.sp.gov.br.

[close]

Comments

no comments yet