Jornal Geramigos Zona Norte - Edição 95 - Julho 2015

 

Embed or link this publication

Description

O Jornal dos Amigos Porto-Alegrenses

Popular Pages


p. 1

Mudança climática, mudança mental Hexacentenário de Jan Hus: Entrevista com Thiago Borges de Aguiar Uma das maiores defesas que temos, por incrível que pareça, é a defesa mental. Com uma boa saúde mental, previnimos uma série de outras doenças e a forma como as encaramos. Página 3 O Jornal dos Amigos Porto-Alegrenses Zona Norte Ano 12 Nova iluminação deixa o Parcão quatro vezes mais iluminado Julho de 2015 ◆ Edição nº 095 ◆ Tiragem 10.000 Exemplares ◆ Distribuição Gratuita Confira uma entrevista bastante interessante e esclarecedora sobre Jan Hus e sua obra e influências para nossa cultura atual. Página 9 A nova iluminação do Parque Moinhos de Vento é inaugurada e traz uma série de vantagens à população. Página 4 Avança obra da nova ponte sobre o Guaíba Caso não ocorra atrasos consideráveis, obra está prevista para ser entregue em 2017. Página 10 Um dos temas, software livre e sala de aula é debatido. Página 6 Educação e robótica são destaques no Fórum do Software Livre Obras do Caís Mauá enfim sairão do papel? Páginas 6 e 7 Fórum do Software Livre contou com programações educacionais Debates e atividades voltadas para a área de programação foram alguns dos destaques. Página 12 Hotel Porto Alegre • TV à cabo - Elevador • Internet Wi- - Estacionamento • Apartamentos com ar-condicionado e frigobar Acesse notícias diárias da sua região em: Desentupimento - Limpa Fossa Hidráulica - Elétrica www.hotelportoalegre.com.br (51) 3337-8448 Informações e reservas: Av. Cairú, 340 - Navegantes - POA/RS 9109-4400 Ligue: 3248-7809 9773-6580 8544-6391 Compartilhe essa ideia! SANVICENTE & SARTORI NO hora para acontecer! PLA istos não tem Imprev PROTEJA SU A FAMÍLIA E SEUS FUNC S DE SAÚDE ELETRICISTA - PREDIAL IONÁRIOS Instalações Elétricas - Chuveiros Revisão do Sistema Elétrico - Troca para 220V Execução de Projetos Troca de Tomadas e Plugues para o sistema novo Instalação de Disjuntores DR e DPS Colocação de Fiação para Ar Condicionado e Split. Instalação de Lâmpadas e Furação em Forro de Gesso Stefani Óptica Aceitamos: Formação Técnica Parobé e Senai (51) 9145-9394 E-mail: joao@braspesca.com.br TENHA UMA RENDA EXTRA COM LUCRO DE 100% João Alberto Óculos de grau e solares - Lentes de contato - Relógios - Prata e Semi-joias Ouro 18k e 12k por encomenda. Av. Brasil,1479 - São Geraldo - Fone: 3342.8987 E-mail: stefaniotica@hotmail.com Consertos em Joias e Óculos SEJA UM REVENDEDOR(A) UP! www.sanvicentesartori.com.br planosdesaude.rs@live.com contato@sanvicentesartori.com.br (51) 3221.6844 3221.5995 3084.4720 9255.4716 WhatsApp 9255.4720 Praça Osvaldo Cruz, 15 conj. 2713 Ed. Coliseu - Centro/POA www.upessencia.com.br/433148 Empresa brasileira com expansão na América Latina (Peru). essência Contato: (51) 9394.8641 c/ Euvânia

[close]

p. 2

2 www.geramigos.com.br Editorial Editorial Na edição do mês de julho do jornal Geramigos Zona Norte, abordamos um dos assuntos que tem movimentado a Capital ultimamente: a questão da revitalização do Cais Mauá. Esse é um tema complexo, mas, a partir da página 6, procuramos desmantelar um pouco esse assunto, o que foi feito até o momento, a situação em que se encontram as obras nessa época de transição, em que vários cenários têm se desenvolvido, licitações, propostas, discussões, etc., e o que será o futuro do Cais, que é um dos mais belos cartões postais de Porto Alegre. Esperamos que enfim as obras saiam do papel e se tornem realidade, para que todos possamos desfrutar o quanto antes de um espaço moderno e participar da história da Capital que mais uma vez vem se desenhando, mudando o jeito como vemos a cidade. Na página 3 trazemos uma matéria de María Damiani, que escreve sobre saúde e bem-estar de uma perspectiva espiritual. O tema tratado dessa vez foi a questão da nossa mente, e como ela pode afetar o funcionamento do nosso corpo diante das doenças, mais especificamente ligadas à estação do inverno. Vale à pena a leitura e serve de alerta também, pois uma mente sadia um corpo sadio. Isso é lógico e descobertas científicas têm comprovado essa dinâmica. Ao longo desta edição trazemos uma série de matérias sobre alguns marcos do 16º Fórum do Software Livre que acontece todo ano, desde 2000, aqui em Porto Alegre. Não sabia? Então vale à pena se inteirar do assunto, até para poder participar de próximas edições do evento que ocorre aqui na nossa cidade. Tudo o que pudermos nos inteirar de eventos educacionais, culturais, tecnológicos, que acontecem aqui é de grande valor para a nossa vida e a da cidade! Uma ótima leitura! Fala leitor e internauta Sobre a matéria da edição passada referente à escola Passarinho Dourado “Fomos surpreendidas com a matéria publicada no Geramigos, em circulação nesta data. Recebemos diversos telefonemas nos parabenizando. Ficamos muito felizes. A matéria retrata o reconhecimento do nosso trabalho, que além de gratificante impele a continuar com mais garra nossa caminhada. Nossa missão é de oferecer educação pública de qualidade, democrática e includente, daí estarmos sempre buscando parcerias, para qualificação não só do pedagógico, mas também no ambiente físico, pois entendemos que quanto mais rico em alternativas, em beleza e em estética, mais prazeroso e instigante fica. A relação estabelecida com as famílias e comunidade local, garante a responsabilidade mútua, e isso se dá pelo sentimento de pertencimento e acolhimento que conseguimos desenvolver em todos e em todas, quer da escola, quer do entorno. Sentimo-nos parte integrante do Bairro. A Escola hoje é pólo cultural e de discussão sobre melhorias tanto na escola como no entorno. Nossa próxima festa é dia 15 de agosto - dedicada às famílias, das 9h às 12h.” Um fraterno abraço, Zenaide Martis da Silva - Diretora Acesse notícias diárias da sua região em: Quer ficar sempre bem informado com o que acontece em sua região? Curta Geramigos no Facebook! Compartilhe essa ideia! /JornalGerAmigos Expositores Unisuper - Av. Benjamin Constant, 235; Placar 13 Lotéricas - Av. São Pedro, 624; Mini Mercado El Kadri - Av. Benjamin Constant, 1388; Arco Íris Loteria e Bazar - Assis Brasil, 354; Mundo Fantástico do Real - Av. Assis Brasil, 410; Farmácias Kali – Av. Assis Brasil, 626; Lotérica Volta do Guerino - Av. Assis Brasil, 1740; Tudo Fácil - Rua Domingos Rubbo, 51; Rissul – Av. Cristovão Colombo, 1271; Lotérica Floresta - Av. Cristóvão Colombo, 1396; Rissul – Av. São Pedro, 512; Unisuper - Av. São Pedro, 1177; Rissul - Av. Brasil, 1455; COPA: Circulo Operário Porto Alegrense – Av. Polônia, 625; Unisuper- Av. do Forte, 1669; Lotérica Cristo Redentor - Av. Assis Brasil, 2935; Casa Lotérica: X-O Loterias - Avenida Assis Brasil, 2324; Jogoteka Loterias - R. Vinte e Quatro de Outubro, 1728; Unisuper Big Box – Rua Bonifácio, 138 Distribuição: Hotel Ivo de Conto - 3.500; Hotel de Conto - Av Farrapos 3452; Colossi Hotel - Rua Cairu 626; Hotel Wamosy - Rua Cairú, 393; Hostel Boutique Porto Alegre - São Carlos 545 Escolas: Colégio Batista - Avenida Cristóvão Colombo, 1098; Colégio Santa Família – Av. Pará, 833; Colégio Concórdia – Av. Presidente Franklin Roosevelt, 770; Colégio São Pedro - Rua Álvaro Chaves, 625; Colégio La Salle São João - Rua Honório Silveira Dias, 645; Colégio João Paulo I - Avenida Assis Brasil, 53; Colégio João Paulo I - Rua Filadélfia, 314; Dom Bosco- Dr. Eduardo Chartier, 360; São Judas Tadeu - Rua D Diogo Souza, 100; Mesquita - Avenida do Forte, 77; Escola Nossa Senhora do Cenáculo - Viela São Brás, 17; Confeitaria Armelin - Av. Cristóvão Colombo, 2782 Todos anunciantes dessa edição também possuem exemplares. Se não encontrar sua edição mensal, faça download em: www.geramigos.com.br/edicoesanteriores Pontos de Distribuição Você fotografou alguma irregularidade no seu bairro? Quer reclamar ou sugerir melhorias? Fazer denúncias? Quer elogiar uma boa iniciativa realizada na sua comunidade? Entre em contato com o Jornal GERAmigos e participe! Nos ajude a construir o Fala Leitor e Internauta, o seu espaço para mostrar o que acontece nos bairros de Porto Alegre. Você pode entrar em contato com a nossa redação através do e-mail: redacao@geramigos.com.br ou pelo telefone (51)3026-8445. Participe! Expediente CNPJ: 11.248.576/0001-99 Av. Borges de Medeiros, 915 sala 202 Zona Norte Telefones: (51) 3026-8445 (51) 9613-6986 comercial@geramigos.com.br Jornalista Responsável: Angelica Konzen - SRTE-MTE/RS nº 17.297 Jornalista associada a: Redação e Assessoria de Imprensa, Projeto gráfico e diagramação: Josias Soria Godoy Matérias assinadas não expressam necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Tiragem: 10 mil exemplares Impressão: Grupo Sinos Periodicidade: Mensal Distribuição: Geramigos Empresa Jornalística Ltda. Locais de circulação - Bairros: Humaitá, São Geraldo, Navegantes, Floresta, Centro, Auxiliadora, São João, Passo D’Areia, Cristo Redentor, IAPI, Moinhos de Ventos, Maria Goretti, Higienópolis, Jardim Planalto e Ilhas. Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 2

[close]

p. 3

Saúde e Bem Estar www.geramigos.com.br 3 Mudança climática, mudança mental Não necessariamente. Existe algo que sempre é válido para combater as más influências: priorizar a maneira de pensar e de viver, reconhecendo a realidade espiritual de cada um. Deve-se preservar o clima mental, não permitindo pensamentos ameaçadores, mas sim de confiança, coragem e de tranquilidade, algo vital para nossa saúde. Como aplicar isso? Não aceitando as crenças de que o clima ou a atmosfera possam afetar ou tenham o poder de causar uma doença transmissível de uma pessoa para outra. Quando se muda a crença, mudam-se os resultados. Viver cada dia com mais tranquilidade e sem medo, sem focar em doenças é uma grande defesa! Da mesma maneira que trancamos com chave nossas casas, podemos trancar a porta do nosso pensamento, ao invés de acreditar no risco de contrair doenças por causa do clima. Mary Baker Eddy, uma pioneira na relação entre saúde e pensamento, disse: “Os resfriados, a tosse e o contágio são Fuja das doenças de inverno de aglomeração de pessoas, a exemplo de cinemas e shopping. O frio chega e é a hora de tirar casacos e blusas de lã do armário, mas isso também pode ajudar o desenvolvimento de doenças. É importante que antes de utilizar as peças, elas sejam lavadas. No caso de quem já tem alergias é importante evitar roupas de crochê ou tricô e dar preferência por peças de algodão. E os edredons são mais recomendados que os cobertores de lã. Confira mais dicas para fugir dos problemas de saúde que aparecem no inverno: Fique atento às variações de temperatura. Em casa, no trabalho e em outros locais fechados, é comum sentir calor. Porém, ao sair destes ambientes, a brusca queda de temperatura pode facilitar a ocorrência de doenças. Agasalhe-se antes de sair; Use soro fisiológico para olhos e narinas, em caso de irritação; Durma em local arejado e umedecido. Podem ser utilizados umidificadores de ar, toalhas molhadas ou reservatórios com água nos quartos; Créditos: Divulgação Web María Damiani É importante para nossa saúde cuidar tanto do meio ambiente como do clima mental com coragem, confiança e tranquilidade. Muitas pessoas demonstram preocupação com doenças sazonais, como resfriados, alergias ou problemas respiratórios. Há uma tendência de culpar sempre o tempo como causador desses males. Pode o clima realmente influir na saúde? engendrados unicamente por teorias humanas. A imprensa propaga inadvertidamente muita tristeza e doença na família humana. Isso ela faz divulgando o nome as doenças e publicando longas descrições que retratam nitidamente no pensamento imagens das enfermidades.” Perceber que a natureza é essencial na criação divina, ordenada harmoniosamente pelo Criador, leva à ideia de ser imune a qualquer estação. Algo semelhante aconteceu com uma amiga, que se curou de uma forte gripe ao superar a raiva e sentir-se liberada para expressar compaixão maternal. Os bons pensamentos têm um grande alcance e são a chave para trazer felicidade para a vida. No Amor divino só pode existir harmonia e boa saúde. Nesse ambiente, você experimentará uma mudança mental e encontrará o seu verdadeiro clima. Junto com as temperaturas mais frias chegam alguns problemas de saúde, normalmente relacionados à alergias e doenças respiratórias, como resfriado, gripe, bronquite, pneumonia, asma e rinite. Asma e a rinite são as mais comuns, elas ocorrem porque o aumento do ar seco mantém mais partículas de poluição no ar. Algumas ações podem ser feitas para minimizar os problemas. Uma delas é mudar a maneira como a limpeza de casa ou local de trabalho é feita. Não use vassoura ou aspirador de pó. O indicado por especialistas é a utilização de panos úmidos, evitando quando possível o uso de produtos químicos. María Damiani escreve soManter o ambiente ventilabre saúde e bem-estar de uma do também é uma dica. Outro perspectiva espiritual e faz par- cuidado para evitar a contamite do Comitê de Publicação da nação de doenças virais, como Ciência Cristã na Espanha. gripes e resfriados, é evitar Email: brasil@compub.org ambientes fechados com gran- Material Gráfico de Qualidade! Traga a sua arte, caso você não tenha, nós fazemos para você, sem custo adicional! Cartões de Visita a partir de R$ Panfletos a partir de R$ Banners a partir de R$ 79,90 99,90 44,90 Ímãs de Geladeira a partir de R$ 149,90 Ligue e confira condições: (51)3026-8445 / (51)9613-6986 Av. Borges de Medeiros, 915 cj. 202 - Centro - Porto Alegre/RS www.radicom.com.br Ressonância Magné�ca 1,5 Tesla Ressonância Magné�ca de Extremidades Tomografia Computadorizada Densitometria Óssea Mamografia EcografiaConsultas médicas Neurologia e Coluna MATRIZ: Av. Érico Veríssimo, 624 - Menino Deus - Porto Alegre/RS • ZONA NORTE: Rua Álvares Cabral, 65 - Cristo Redentor - Porto Alegre/RS Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 Central de Atendimento fones 321 82 400 | 337 43 500 3

[close]

p. 4

4 www.geramigos.com.br Bairros A história do bairro Farrapos dois principais conjuntos habitacionais da região são o Loteamento Castelo Branco e a Vila Esperança, esta última construída pelo Demhab. A ocupação da região está ligada ao processo de crescimento populacional de Porto Alegre. Bairro essencialmente residencial, possui um posto de saúde para seus habitantes e um pequeno comércio de gêneros alimentícios. De acordo com dados do Censo do IBGE de 2000 conta com uma população de 17.019 habitantes distribuídos em uma área de 165 hectares. Na próxima edição continuamos a saga pelos bairros da Zona Norte de Porto Alegre! Créditos: Divulgação Web DMLU e Ceasa revitalizam área com foco de lixo 2014, cerca de 37 mil toneladas de resíduos foram retiradas deste local em aproximadamente 600 viagens até a Estação de Transbordo. Além das limpezas semanais para a desobstrução da via, com média de 49 toneladas de resíduos removidos em sete viagens, o DMLU realizou neste período seis operações de limpeza completa da área, incluindo a desta semana, que culminou na revitalização do espaço. Neste período, foram realizadas ainda 63 campanas diurnas e noturnas de fiscalização no local, com 18 flagrantes de descarte irregular de resíduos. Este tipo de ação é considerada infração gravíssima, com multa prevista de R$ 4.757,62. Localizado na zona norte da cidade, faz divisa com os bairros Humaitá e Navegantes. O bairro Farrapos foi oficializado pela lei nº 6218 de 17/11/1988, tendo os seguintes limites: “ao norte, desde o limite da faixa portuária seguindo pela avenida Padre Leopoldo Bretano em toda a sua extensão; ao leste, a partir do ponto de encontro das avenidas Padre Leopoldo Bretano e a A.J. Renner seguindo na extensão desta até a rua Dona Teodora; ao sul, pela rua Dona Teodora, desde a Avenida A. J. Renner até o ponto de encontro com a Dona Teodora com a rua Voluntários da Pátria, seguindo em linha perpendicular até e no sentido do Cais Marcílio Dias; a oeste, a partir do Cais Marcílio Dias, na altura da rua Dona Teodora, daí seguindo no sentido da rua João Moreira Maciel até o limite da faixa portuária.” Mais conhecido como Vila Farrapos, o bairro é uma das regiões mais carentes da cidade. Os habitantes são de origem humilde e muitos vivem em precárias condições de moradia. Os Considerado um dos piores focos de lixo da cidade, uma área de 150 metros localizada na saída Sul da Central de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa), na Rua Giusepe Mandeli, foi revitalizada pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) em parceria com a empresa. A entrega da área, que recebeu quatro placas de proibido colocar lixo e o plantio de 222 mudas, ocorreu na manhã do dia 26 de junho, uma sexta-feira. As plantas e a tinta utilizadas para pintar as pedras e os pneus que compõem o jardim foram viabilizadas pela Ceasa. O DMLU realizou a pintura dos componentes do jardim, preparou o solo para o plantio e exeReferências bibliográficas: cutou a limpeza completa SOUZA, Celia Ferraz; MUL- da área, de onde foram LER, Doris Maria. Porto Alegre retiradas 6.121 toneladas e sua evolução urbana. Porto de lixo em 85 viagens. Alegre: Editora da UniversidaDesde a implantação de/UFRGS, 1997. do Novo Código MuniDados do Censo/IBGE. In: cipal de Limpeza Urbahttp://www.portoalegre.rs.gov. na (Lei Complementar br/ 728/2014), em abril de Nova iluminação deixa o Parcão quatro vezes mais iluminado moradores se apoderarem do que é deles, dos espaços urbanos da nossa Capital”, afirmou Fortunati. Exatamente o que está acontecendo. Pelos bancos e também na grama, uma cena pouco comum depois que a noite cai começa a fazer parte da rotina na área. São famílias com cestas de piquenique, casais e grupos de amigos com uma garrafa de vinho ou com o chimarrão, que agora ocupam esse espaço depois que o sol já se foi, sem contar os atletas praticando seus exercícios bem mais tarde do que costumavam. “Era isso que buscávamos. Com a nova iluminação melhora a segurança e o local se torna muito mais aprazível a qualquer hora. Isso faz as pessoas voltarem a ocupar o parque”, disse o presidente do movimento Moinhos Vive, Raul Agostini. Para o analista judiciário Luciano D’Ávila, agora a meta de voltar a fazer exercícios ficou mais fácil. “No inverno a gente sai do trabalho e já está escuro. Com a iluminação assim fica mais fácil. Estimula os moradores a frequentarem o parque a qualquer hora”, ressaltou. Já a psicóloga Érica Lopes vai aproveitar para passear no Parcão com o cachorro a qualquer horário. “Aqui tem um espaço muito bom e agora que está bem iluminado vai fazer com que as pessoas frequentem mais e se encontrem mais aqui”, concluiu. O ato de entrega da nova iluminação aconteceu na praça central, e reuniu centenas de moradores. O evento começou com uma apresentação dos PMs adestradores e seus cães do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar. Logo depois a Orquestra Jovem do RS fez seu espetáculo. O secretário municipal de Obras, Mauro Zacher, lembrou que a requalificação da iluminação do Parcão faz parte do projeto Parque Iluminado: Eu Curto, Eu Cuido., que em 2014 instalou 1.941 novos pontos de luz em 107 praças da Capital. O investimento foi superior a R$ 4 milhões. “Estamos realizando todo esse grande projeto com recursos próprios da Prefeitura de Porto Alegre. Isso mostra que, mesmo num período de crise, podemos buscar maneiras de qualificar a cidade. Buscamos aqui aplicar esses valores de forma eficiente, investindo em lâmpadas mais econômicas e duráveis”, explicou. Além da substituição e implantação de novos pontos, foram colocadas lâmpadas mais eficientes, econômicas e com vida útil maior. A vida útil dobrou, de 25 mil para 50 mil horas, enquanto o consumo de energia é 40% menor. Créditos: Divulgação PMPA 4 Na tarde de sábado, 11 de julho, enquanto o sol ia se pondo, os 347 pontos de iluminação instalados no Parque Moinhos de Vento começavam a ligar automaticamente. Quem foi até o local para o espetáculo da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul demorou a perceber a transição do dia para a noite, isso porque o local está quatro vezes mais iluminado. As obras de iluminação do Parcão foram entregues aos moradores da cidade ao som de Vivaldi, Mozart, Beethoven e também Nico Fagundes (Canto Alegretense) e Ramón Sixto Rios (Mercedi- tas). O prefeito José Fortunati destacou a importância do projeto Parque Iluminado: Eu Curto, Eu Cuido., que tem como objetivo qualificar a iluminação dos parques e praças da cidade. “Onde as pessoas de bem estão presentes, quando essas pessoas ocupam os espaços públicos, temos mais segurança e mais qualidade de vida. Cabe ao poder público proporcionar as condições para que isso aconteça. É o que estamos fazendo. Com essa nova iluminação estamos dando maior sensação de segurança para os Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 Créditos: Divulgação PMPA Créditos: Divulgação PMPA

[close]

p. 5

Bairros www.geramigos.com.br 5 Ministro das Cidades afirma que obra de drenagem na zona norte de Porto Alegre será prioridade Maria Goretti. O estudo, feito a pedido da deputada, foi realizado pelo Departamento de Esgotos Pluviais da Prefeitura de Porto Alegre. “Ao longo dos anos, o sistema de drenagem sofreu com o desgaste e assoreamento. Não há mais condições de realizar reconstrução da rede, hoje insuficiente, que não suporta a vazão de água. Só com a construção de uma nova galeria vamos resolver esse problema caótico que temos a cada chuva” disse Any Ortiz. A nova rede de captação vai melhorar a vida dos moradores, comerciantes e de todo o trânsito daquela região, uma reivindicação que a deputada acompanha de perto desde 2012. A reunião foi marcada pelo deputado federal Danrlei (PSD) que também participou do encontro. Procon adverte para crédito facilitado por Medida Provisória Coluna de Economia A deputada estadual Any Ortiz (PPS) retorna ao Rio Grande do Sul com uma boa notícia para a capital. Durante audiência em Brasília, no dia 27 de abril, o Ministro das Cidades recebeu da deputada Any Ortiz o projeto de macrodrenagem pluvial da zona norte de Porto Alegre e se comprometeu em dar prioridade ao projeto. Gilberto Kassab afirmou que por se tratar de uma obra que beneficia um grande número de pessoas, e ter baixo custo, o projeto tem chances de ser viabilizado. A parlamentar está comprometida em buscar os recursos, na ordem de R$ 4 milhões, para as obras de combate aos alagamentos e enchentes dos bairros São João e Santa Any Ortiz apresenta Lei Geral de Defesa do Consumidor em reunião da Fecomércio-RS Créditos: Divulgação Any Ortiz A deputada estadual Any Ortiz (PPS) participou da reunião do Conselho de Assuntos Legislativos da Fecomércio-RS. No encontro, Any Ortiz detalhou a Lei Geral de Defesa do Consumidor, proposta por ela, e respondeu as dúvidas sobre o projeto de lei. “Nossa intenção é evitar uma relação frágil entre prestadores de serviços e consumidores pela falta de uma legislação específica”, defendeu Any Ortiz. O PL 224/2015, em análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), tem o objetivo de criar um regramento estadual, baseado no Código de Defesa do Consumidor Brasileiro, aperfeiçoando e atualizando as leis que garantam mais transparência e segurança na prestação de serviços. “O Código de Defesa do Consumidor tem 25 anos e desde a sua criação até hoje muitos pontos estão defasados ou não são atendidos. Estamos propondo regras claras para defender o consumidor, sem colocar em lados opostos quem compra e quem vende. Consumidor somos todos nós”, afirmou a parlamentar. A proposta da deputada Any Ortiz foi elogiada pelos integrantes do Conselho que também manifestaram apoio ao projeto de lei 22/2015, de autoria da deputada, que trata do fim do subsídio vitalício a ex-governadores do Rio Grande do Sul. Por ano o estado gasta R$ 4 milhões com o pagamento do benefício a 12 pessoas. A iniciativa também foi saudada pelo presidente da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul, Luiz Carlos Bohn. “Quase 100 Câmaras de Vereadores já protocolaram moções de apoio a proposta e essa luta ganha força com a adesão, ao nosso moviAbrigagem, remoção de famento, de uma entidade tão re- mílias, limpeza, drenagem e presentativa como a Fecomér- orientação do trânsito. O temcio-RS”, agradeceu a deputada. po seco retornou à Capital na última terça-feira, 21 de junho, Créditos: Divulgação PMPA Por meio da Medida Provisória 681 publicada no último dia 13, segunda-feira, no Diário Oficial da União, o governo federal amplia de 30% para 35% o valor da margem consignável destinada ao pagamento de empréstimos, financiamento, cartão de crédito ou arrendamento mercantil do chamado crédito consignado. A norma determina que 5% do crédito reservado para consignação seja destinado exclusivamente para a amortização de despesas contraídas por meio do cartão de crédito. A MP atinge os empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), servidores públicos e aposentados e pensionistas do INSS. Para o Procon Porto Alegre, a medida deve ser recebida com cautela pelo cidadão. Em um primeiro momento pode ser vantajoso ao consumidor trocar uma dívida de cartão de crédito, sabidamente com taxas de juros elevadas, por outra, através do crédito consignado, porém essa iniciativa requer cuidado do con- sumidor, na medida em que pode levar ao superendividamento. “Normalmente, quem procura o Procon municipal para solucionar um problema de pagamento de uma dívida, já está com sua situação financeira comprometida por múltiplos credores”, explica o diretor executivo do Procon Porto Alegre, Cauê Vieira. “Quitar um saldo devedor contraindo outro somente é vantajoso quando se estanca a causa do endividamento”, adverte Vieira. O Procon Porto Alegre recomenda, ainda, cuidado ao contrair dívidas, em especial para quitar outros débitos. “Do histórico de reclamações do Procon observamos que promover uma poupança forçada, evitar o consumo impulsivo, fazer um planejamento financeiro e segui-lo à risca é o melhor caminho para atravessar períodos de crise”, aconselha. O Procon Porto Alegre é um orgão vinculado à Secretaria Municipal da Produção. Indústria e Comércio (Smic). Créditos: Divulgação Any Ortiz Chuva: Prefeitura atende famílias e atua nas regiões impactadas após mais de uma semana de tempo extremamente úmido e chuvoso, mas o alto nível do Lago Guaíba e o volume acumulado de águas mobilizou os serviços municipais nas áreas impactadas. A Prefeitura de Porto Alegre atuou novamente com mais de 500 profissionais nas diversas frentes de trabalho, atendendo especialmente comunidades da região das Ilhas e zonas Norte, Sul e Extemo Sul. ALMIR SARMENTO & FILHOS A D V O C A C I A • Direito do Trabalho CONSULTA • Direito Previdenciário GRATUITA • Direito de Família • Revisionais LIGUE - MARQUE HORA • Dano Moral CONFEITARIA Doces, tortas e salgados artesanais por encomenda. facebook.com/cdedosdemel AGENDE R. dos Andradas, 1.444, Centro, POA - RS (51)3013-1928 / 3029-4095 / 9875-0370 almirsarmento@hotmail.com Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 3383.1639 * Consulte tele-entrega 5

[close]

p. 6

6 www.geramigos.com.br Reportagem Especial Obras do Caís Mauá enfim sairão do papel? Créditos: Divulgação PMPA Andamento do projeto Confira alguns dos últimos passos da revitalização do cais: Julho O governo do Estado lança edital para escolher a empresa que irá reformular o cais. Vence o Porto Cais Mauá, de espanhóis e brasileiros. Dezembro A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) contesta na Justiça a licitação, alegando que a regulação é federal, e não estadual. Apesar do impasse com a Antaq, a então governadora Yeda Crusius (PSDB) assina contrato de 25 anos com o consórcio vencedor. Janeiro O novo governador, Tarso Genro (PT), decide dar continuidade ao projeto e negocia solução com a Antaq. Agosto Em acordo com a Antaq, o governo prevê retirada da ação judicial quando o Piratini assinar um aditivo ao contrato. 9 de novembro O governo e o consórcio assinam aditivo ao contrato firmado havia um ano. 23 de novembro A posse da área é entregue pelo Estado ao consórcio Porto Cais Mauá. Início das obras é previsto para março de 2012. Janeiro Começo das obras é adiado para agosto, o que também não se confirma. Abril Representantes do consórcio entregam a Fortunati o projeto de restauração. 17 de junho A revitalização é autorizada. 21 de outubro A autorização da Antaq é publicada no Diário Oficial da União, o que libera oficialmente o início das obras. 12 de novembro O início das obras é anunciado em uma cerimônia no local. Janeiro Estruturas não tombadas se encontram em processo de demolição. Fevereiro Andamento das obras aguarda liberação de licenças para fases seguintes. A versão final do Estudo de Impacto do Meio Ambiente (EIA-Rima) do projeto de revitalização do Cais Mauá foi entregue no dia 1º de julho. O prefeito José Fortunati recebeu a documentação do diretor-presidente da NSG, empresa responsável pelo projeto, Luiz Eduardo Abreu. Com o EIA- 2010 2013 2011 2014 O cais do porto da Capital, que entrou em trabalho de revitalização em 2013 após duas décadas de espera, está sem obras aparentes desde o final do ano passado. O trabalho de recuperação do espaço, destinado a se tornar um polo de lazer, cultura e gastronomia, perdeu fôlego após a demolição de construções não tombadas. Segundo a prefeitura, a reforma estaria no aguardo da aprovação do relatório de impacto ambiental para avançar às fases seguintes. Mas a empresa responsável pela obra, a Cais Mauá do Brasil, se negou a dar informações atualizadas sobre o andamento do projeto. O anúncio de início da obra foi feito em novembro de 2013. A expectativa era de que pelo menos 11 armazéns fossem reformados no prazo de um ano. A Cais Mauá do Brasil, por meio da assessoria de imprensa, comunicou que não daria informações sobre o estágio atual da revitalização sob o argumento de “não haver novidade” que justificasse uma manifestação. A Casa Civil do novo governo estadual informou que recebeu um relato da administração anterior, mas só teria condições de prestar esclarecimentos nos próximos dias. Integrante do governo passado, com passagens pela Casa Civil e pela Assessoria Superior do Piratini, Mari Perusso confirma que as obras paralisaram após os trabalhos de demolição de estruturas anexas aos armazéns originais, que não são tombadas e não faziam parte do desenho original do porto. — A obra ficou nesse estágio, entre outubro e novembro. Concomitantemente, foram apresentados os projetos para a parte mais pesada da reforma a fim de obter autorização para continuar com os trabalhos, e isso estava tramitando na prefeitura — afirma Mari. 2015 Quadro atual 2012 TELAS MOSQUETEIROS: Retráteis, fixas, removíveis, recolhíveis e deslizantes... Proteção e conforto para sua casa Não impede a passagem do ar e do sol. Montagem rápida e de fácil instalação. Resistente a todos os climas, lavável, anti-mofo, não desfia e não propaga fogo. Versátil, eficiente e elegante. Bloqueia a entrada de baratas, moscas, mosquitos, aranhas, morcegos, cupim, lagartixas, abelhas, formigas e vários 33711142 / 33746679 R. ADELINO MACHADO DE SOUZA 618 B. FARRAPOS - POA AGROSENNA REFRIGERAÇÃO ELDORADO Desde 1960 ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM: REFIRGERADOR - FREEZER - VISA COOLER BALCÃO REFRIGERADO CONDICIONADOR DE AR LAVA ROUPAS e SECADORAS Parcelamos em até 10x s/ juros Av. Assis Brasil, 1174 - Sta. Mª Goretti - Poa/RS Fone: (51) 3019.3075 - 9982.8983 - 9222.9725 Av. Ceará, 1877 37 7 9 - 6 9 7 7 6 Av. Ceará, 1386 - São Geraldo - POA/RS refrigeracaoeldorado@hotmail.com Fone: 3342.4003 Fax: 3342.1066 Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015

[close]

p. 7

Reportagem Especial www.geramigos.com.br 7 -Rima é possível a obtenção das licenças necessárias ao efetivo começo das obras de revitalização do Cais, que devem se iniciar em 2016, conforme a empresa responsável pelo projeto. Seis grandes volumes de documentação, totalizando 2,5 mil páginas, contemplam a preocupação nas análises feitas nas secretarias e departamentos do município, que incluem desde a preservação do patrimônio histórico, os armazéns e galpões, o impacto na mobilidade e segurança para o projeto das ciclovias e possíveis alterações no trânsito, as contrapartidas para a cidade, a preservação e impacto na fauna local e o sistema de drenagem e proteção contra as cheias. Conforme Fortunati, o recebimento da documentação com o aceite do município é uma etapa fundamental para a revitalização do Cais, sendo uma Créditos: Divulgação Web garantia de que as intervenções a serem feitas seguem rigorasamente a legislação ambiental e cumprem todos os pré-requisitos técnicos apontados pelos órgãos municipais. “Temos a plena e absoluta convicção de que será feito o melhor para a cidade, permitindo o retorno da população a esse espaço fantástico. É um momento de muita alegria, porque sem essas garantias a obra não acontece. É graças a esses documentos que conseguiremos, a partir de agora, pensar na nova etapa”, destacou Fortunati. O prefeito salientou o esforço realizado para a obtenção do EIA-Rima diante da complexidade do projeto. “Estamos diante de um dos mais complexos projetos que a cidade viveu nos últimos tempos, estamos acompanhando com a tranquilidade de que mais importante do que a pressa é termos a certeza absoluta que a obra que será feita cumpre com todo rigor ambiental, de mobilidade urbana e, principalmente, da qualidade de ofertas de serviços para a população e os turistas”, sublinhou. Na ocasião, o diretor presidente da NSG reafirmou o compromisso com a execução das obras após a liberação das licenças. “O desejo é transformar Porto Alegre como destino e não como passagem. É um processo complexo, mas há um grande esforço de todos os envolvidos”. Também participam do ato o vice-prefeito Sebastião Melo, o secretário estadual de Transportes e Mobilidade, Pedro Westphalen, representantes da Cais Mauá, o arquiteto Jaime Lerner, secretários do Gabinete de Desenvolvimento e Assuntos Especiais (Gades), Edemar Tutikian e Glenio Bohrer, gestores e técnicos municipais envolvi- Créditos: Divulgação Web dos no processo. O processo foi protocolado na Prefeitura de Porto Alegre em outubro de 2013, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smam). A documentação também passou por análise nas secretarias municipais de Obras (Smov), Urbanismo (Smurb), Acessibilidade e Inclusão Social (Smacis), Cultura (SMC), Epahc, Saúde (SMC), Educação (Smed), Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), Departamento Municipal de Esgotos Pluviais (DEP), EPTC, Gades, além do Instituto do Patrímonio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no âmbito federal, e pelo Departamento de Recursos Hídricos do Estado (DRH/Sema). Trabalho criterioso deverá fazer a publicação do edital para o chamamento de audiência pública, aonde todos os setores da sociedade poderão se manifestar sobre as obras. A audiência deverá ocorrer 45 dias após a publicação do edital pela empresa. Após, será solicitada a Licença Ambiental Prévia, que precede a Licença de Instalação do empreendimento, que dependerá do parecer definitivo da Smam quanto ao EIA-Rima, após a audiência pública, e da aprovação final do Estudo de Viabilidade Urbanística. Dividido em três setores Gasômetro, Armazéns e Docas - o projeto de requalificação do Porto Cais Mauá (186 mil m2) visa a promover a reintegração da antiga zona portuária de Próxima etapa Porto Alegre ao Centro da cidaA documentação ficará dis- de, recuperando o contato com ponível a todos os cidadãos na o lago Guaíba. O projeto não biblioteca da Secretaria Munici- prevê o uso residencial em nepal do Meio Ambiente (Smam). nhum dos setores do cais. Nos próximos dias, a empresa Entendendo o projeto Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 7

[close]

p. 8

8 www.geramigos.com.br Religião As crianças da LBV sabem como combater a dengue; quer aprender? O número de casos de dengue no país este ano, até março, aumentou 240,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram registrados 460,5 mil casos, contra 135,3 mil registrados no primeiro trimestre de 2014, conforme balanço divulgado pelo Ministério da Saúde. O balanço informa que, neste período, 132 pessoas morreram em decorrência da doença, número 29% maior que o de 2014, quando foram 102 as mortes, no mesmo período. Os casos graves também aumentaram: 235 este ano, o que representa aumento 39,1% na comparação com 2014, quando foram registrados 169, também até 28 de março. Em oficina de fotografia na nossa unidade em Maringá, PR, crianças da LBV registram possíveis focos de dengue e dão uma lição de Cidadania. São João do Caiuá, no Paraná, com 16.760 casos de dengue por 100 mil habitantes, foi o município com maior número de doentes por habitante, no primeiro trimestre de 2015. Em seguida, vieram quatro cidades de São Paulo: Trabiju, com 14.303 por 100 mil habitantes; Paraguaçu Paulista, com 13.738 por 100 mil habitantes; Estrela D’Oeste, com 11.513 por 100 mil habitantes e Florínia, com 9.039 por 100 mil habitantes. Prevenir - o melhor remédio Na Legião da Boa Vontade, crianças, adolescentes, adultos e idosos atendidos aprendem que a prevenção é o melhor remédio. E uma ótima maneira de evitar o avanço da dengue é não deixar que o mosquito Aedes aegypti se prolifere. E mesmo que você tome cuidado, eliminando os focos da doença, esteja ciente dos sintomas da dengue. Caso tenha febre alta (39º a 40º), associada à dor de cabeça, vermelhidão no corpo, dores musculares e atrás do olho, procure logo um posto hospitalar! As crianças e os adolescentes que participam de nossas ações socioeducacionais já sabem disso. Quer uma prova? Confira este vídeo: https:// youtu.be/qpgWa6sAEcI Amigos Pr. Bruno T. Seitz E-mail: btseitz@terra.com.br A Bênção de ter amigos e de ser amigo Provérbios 18.24 Pr. Reinaldo M. Ludke E-mail: reinaldo@comcristo.com.br Você tem amigos? São muitos? O que é necessário serem para que sejam considerados seus amigos? No dia 20 de julho é celebrado o “Dia do Amigo” e o “Dia Internacional da Amizade”. É um dia em que podemos expressar nossa afeição aos bons e verdadeiros amigos e, certamente, não só nesse dia devemos fazê-lo. O escritor Elbert Green Hubbard (1856-1915) disse que “amigo é a pessoa que sabe tudo sobre você, e ainda assim gosta de você”. Amigos são seres especiais, em quem podemos confiar e a quem confiamos nossos segredos, sabendo que não serão divulgados. Benjamin Franklin afirmou: “Um irmão pode não ser um amigo, mas um amigo será sempre um irmão”. Na Bíblia Sagrada encontramos outra interessante afirmação: “O homem que tem muitos amigos pode ser arruinado por eles, mas há amigo mais chegado que um irmão” (Provérbios 18.24). Isso nos faz pensar. Podemos ter “amigos” que falharam. Pessoas são falhas e quebram promessas e compromissos. Boas amizades podem ser corroídas por invejas e ciúmes que levam à perda de confiança e à frustração. Traições rompem amizades profundas e a dor é muito grande. A Bíblia fala também de alguém que quer ser amigo de cada um de nós: “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a própria vida pelos seus amigos”, disse ele (João 15.13). Jesus deu a sua própria vida por nós, provando sua amizade e seu amor incondicional, pois “quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios no tempo adequado. Porque dificilmente haverá quem morra por um justo; pois talvez alguém até ouse morrer por quem faz o bem. Mas Deus prova o seu amor para conosco ao ter Cristo morrido por nós quando ainda éramos pecadores” (Romanos 5.6-8). A amizade e o amor de Jesus por nós custou o preço de sua vida. Nossos amigos humanos são importantes e devemos têlos, mas não podem resolver nosso problema mais importante, que é a vida eterna. Isso só o amigo verdadeiro, Jesus, pode fazer. Ele disse: “de modo algum rejeitarei quem vem a mim” (João 6.37). O amigo perfeito! O profeta Jeremias afirmou: “Bendito o homem que confia no Senhor, cuja esperança é o Senhor” (Jeremias 17.7). Convite * Venha participar de nossas reuniões, nos seguintes dias e horários: Domingos: Terças: Quartas: 10h00-11h30 – Escola Bíblica Dominical. 19h30-20h30 – Culto de adoração a Deus. 14h30-16h30 – Oficinas de Artes e Música. 19h30 - 20h30 – Reunião de Oração e Estudo Bíblico. * A participação nos cultos é livre, é para todos; por isso és nosso convidado especial! * Vamos reiniciar em agosto as nossas Oficinas de Artes (pintura em tecido, crochê, tricô e música), agora nas terças-feiras, das 14h30 às 16h30, sem taxa de inscrição e mensalidades. IGREJA BATISTA GAÚCHA Av. Amazonas, 620 (esquina Av. Maranhão) – São Geraldo 90240-541 – Porto Alegre, RS Tel.: (051): 9961-1083 (pr. Bruno Seitz) btseitz@terra.com.br “Amigo é pra se guardar, no lado esquerdo do peito, no coração”. Esta frase é parte de uma música popular muito conhecida e que nos leva a refletir sobre a bênção de ter amigos e de ser amigo. Aliás, existe algo mais valioso do que amigos sinceros? Mesmo assim, há os que acham perigoso comprometer-se com outras pessoas. Preferem viver sem compromisso com ninguém, sem precisar dar satisfações a ninguém. Contudo, o próprio Deus, através de Salomão, diz que “é melhor serem dois do que um” (Ec - Eclesiastes 4.9). Essa é uma reflexão importante para esse mês de julho, quando lembramos o “dia do amigo”. O rei Salomão estava meditando profundamente sobre a vida humana. Na sua reflexão ele diz: “Olhei de novo e vi toda a injustiça que existe neste mundo. Vi muitos sendo explorados e maltratados. Eles choravam, mas ninguém os ajudava” (Ec 4.1). Salomão também viu a competição existente entre as pessoas: “Descobri por que as pessoas se esforçam tanto para ter sucesso no seu trabalho: é porque elas querem ser mais do que os outros” (Ec 4.4). Ele experimentou isso bem de perto. Era rei em Israel e sabia o que significa ter amigos interesseiros, que só queriam se aproveitar e tirar vantagem. Então escreve: “Algumas amizades não duram nada” (Pv - Provérbios 18.24). “Todos procuram agradar as pessoas importantes. Todos querem ser amigos de quem dá presentes” (Pv 19.6). “Ninguém quer ser amigo do pobre: Não é de se admirar que seus amigos se afastem dele” (Pr 19.7). Infelizmente, chegamos ao ponto de as pessoas terem medo umas das outras. O nosso semelhante, frequentemente, é visto como rival, como problema, até como inimigo. O rela- cionamento humano está cheio de desconfiança, de insegurança e medo. São consequências do pecado. Nossa condição de pecadores afetou muito o relacionamento com o próximo. Mas, apesar disso Salomão diz: “É melhor serem dois do que um”. E justifica: “Porque se um deles cai, o outro o ajuda a se levantar” (Ec 4.10). Salomão está falando desses “amigos que são mais chegados que um irmão” (Pv 18.24). A palavra AMIGO tem a mesma raiz da palavra AMOR. Quando falamos de amigos precisamos falar de Jesus, o Filho de Deus, que se tornou o amigo dos pecadores (Mateus 11.19 e João 8.11); dos doentes (Marcos 1.34); dos enlutados (Lucas 7.13 e João 11.35); dos abandonados (João 5.5 e Lucas 17.12); amigo dos alegres (João 2.2); amigo dos inimigos (Lucas 23.34); amigo das crianças (Marcos 10.14); dos necessitados e famintos (Mateus 14.19); dos traidores (Mateus 26.50). Nós somos amigos de Jesus porque ele nos escolheu: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi...” (João 15.17). A iniciativa não foi nossa: Jesus tornou-se nosso amigo. Podemos ler no evangelho: “Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles” (João 15.13). E aqueles que foram amados por Jesus, aqueles que são amigos de Jesus, também são capacitados a amar os outros, assim como Jesus os amou. Estes também vão aproximar-se dos pobres, para ser amigos deles e apoiá-los; dos caídos, para ser amigos deles e levantá-los; dos fracos, para ser amigos deles e fortalecê-los. Aqueles que têm a Jesus como seu amigo serão para as outras pessoas aquilo que Salomão escreveu: “O amigo ama sempre e na desgraça ele se torna um irmão” (Pv 17.17). 8 Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 A Comunidade Cristo valoriza muito a convivência fraterna e amiga, bem como o apoio mútuo. Os cultos e demais encontros proporcionam essas oportunidades. Visite-nos! Cultos são celebrados aos domingos às 10hs; nas segundas-feiras às 20hs e no 1º domingo do mês às 19hs, na Av. Pres. Franklin D. Roosevelt, 730. Visite nosso site: www. comcristo.org.br Ou contate-nos pelo telefone 3342-1408.

[close]

p. 9

Bairros www.geramigos.com.br 9 Hexacentenário de Jan Hus: Entrevista com Thiago Borges de Aguiar dade de fazer uma pesquisa sobre Hus no Brasil. A quantidade de materiais disponíveis em língua portuguesa é ínfima e, algumas, de qualidade duvidosa. Trabalhei, prioritariamente, com pesquisas em inglês, pois há boas produções espalhadas pelo mundo. Eu comecei minha investigação pensando que existia apenas um único exemplar da coletânea de cartas. Logo, deparei-me com três versões em língua inglesa, originadas de três versões em latim/tcheco diferentes. E isso não estava na minha mão desde o começo: eu fui descobrindo os textos ano a ano. Não bastou o garimpo, foi necessária a lapidação. No meio do processo, decidi que deveria estudar a língua tcheca. Estudei tcheco por cinco anos, o que foi fundamental para que, em primeiro lugar, eu pudesse me aproximar de uma cultura que eu desconhecia por meio de uma língua que era totalmente nova. E mesmo com cinco anos de estudo do tcheco e dez anos de estudo da história tcheca eu me sinto no início, no começo de tudo. Meu maior aprendizado nesse processo é saber que nosso saber ainda é muito inicial, que temos muito a descobrir e desbravar. 3. MW. O tema da palestra dia 6 de julho em Porto Alegre, no prédio da Igreja da Reconciliação, será A CONTRIBUIÇÃO DE JAN HUS PARA A IDENTIDADE TCHECA. Nesse sentido poderia nos adiantar algum aspecto importante? Thiago: A memória coletiva é um grande desafio para um historiador. E trabalhar com a história tcheca, para mim, é um grande aprendizado. Na palestra, vou abordar como diferentes períodos da história tcheca construíram uma memória singular a respeito de Hus. Ele foi lido de modos diversos ao longo dos séculos. Como todo ato de memória é um ato criativo, Hus foi transformado em herói nacional, mártir e mestre, mas com nuances específicas. É diferente o modo como os primeiros hussitas rememoraram Jan Hus do modo como ele foi rememorado em meados do século XIX, que foi diferente do período da independência, que também foi diferente no início do Comunismo. Mas o que mais me chama a atenção é que a figura dele sempre esteve lá presente. O que ele fez ou disse de tão forte que criou um legado que parece que não se esvai nunca, um “legado imortal”? 4. MW. Sabe-se que o Imperador Carlos IV enfrentou dificuldades imensas em seu reino, como a peste, as inundações, a quebra de colheitas, fome, e praga de gafanhotos. Mas instalado em Praga, capital do Sacro Império Romano na sua época, foi bem acolhido. Pois Hus nasceu ao final de seu reinado, após esse clima de dificuldades, cheio de superstições e paranoias do fim do mundo, além da polêmica cisma católica. A seu ver, esse ambiente teve influências em Hus, se é que teve influência? Thiago: Apesar de levar em consideração os aspectos que você levantou a respeito do século XIV, eu prefiro olhar o reinado de Carlos IV a partir de outro enfoque. Ele passou sua infância em terras francesas e quando retorna para Praga, quis transformá-la em uma nova Paris. Para isso, fez diversas intervenções urbanísticas e culturais que culminaram no fortalecimento de uma identidade tcheca, diria até mesmo “nacionalista”, guardadas as características do que pode ser chamando de “nacionalismo” naquele período. Nesse sentido, Hus nasce em um período de efervescência cultural e política tcheca que foi fundamental para o desenvolvimento do hussitismo como fenômeno religioso no século XV. Esse assunto é muito longo para desenvolver aqui, e tenho diversos escritos a respeito, mas, de forma sintética, Hus foi o “catalisador” de um movimento nacionalista e religioso tcheco que cresceu fortemente entre o século XV e XVI e que culminou na obra didática de outro grande nome tcheco, Jan Amos Komenský, no século XVII. 5. MW. HUS se inspirou em Wiclif e Lutero se inspirou em Hus. É verdadeira essa assertiva? Quem foi o mais original? Thiago: Essa é uma boa pergunta, especialmente porque pode ajudar a esclarecer pontos que geram debates por vezes acalorados, até mesmo entre alguns pesquisadores. Vou tentar explicar isso de forma simples: nossa visão de originalidade é bem diferente da visão que eles tinham nos séculos XIV a XVI, período dos três nomes que você citou. Nenhum dos três buscou ser “original”. O que eles queriam era estarem mais próximos da verdade. Nesse sentido, era comum um literalmente copiar as ideias do outro. Cada um atuou em seu período, com suas características pessoais e com sua formação para modificar o que consideravam equivocado nas práticas da Igreja. E os três elaboraram reflexões teológicas, políticas e, por que não, educacionais, originais (no sentido que pensamos hoje) em relação ao anterior. Se for para comparar os três, Hus era o mais moderado no que diz respeito à sua relação com a Igreja. No que diz respeito às influências, Wyclif foi uma das importantes leituras que Hus fez, mas ele não foi necessariamente um wyclifista. Lutero também teve contato com as obras de Hus, mas a influência deste na vida daquele foi mais pelo exemplo do que pelas ideias. Entendo que a fala de Lutero “somos todos hussitas” é mais de caráter afetivo (além de ser um ato político) do que de influência direta do pensamento de um no outro. 6. MW. HUS é o educador, professor e reitor de universidade, pregador da Capela de Belém. O que o aproximou tanto da população? A oposição aos maus líderes ou a pregação em tcheco baseada na Bíblia? Thiago: Minha tese é que Hus foi um educador por sua atuação na Universidade de Praga e na Capela de Belém, por sua relação com a língua tcheca, pela vontade de querer continuar a educar, mesmo no exílio, com a escrita de cartas e pelo legado que foi rememorado por outros nos séculos seguintes. Entendo um educador a partir de suas intenções educativas e pela repercussão de seus atos educativos naqueles que foram por eles educados. A Capela de Belém, sem dúvida, foi o espaço que serviu para aproximar Hus das pessoas de diferentes posições na sociedade. Essa capela foi construída para que o sermão fosse proferido em tcheco. Hus foi o primeiro sacerdote que efetivamente fez suas pregações na língua do povo, além de ter composto hinos para serem cantados na capela e de ter escrito textos para que as pessoas pudessem compreender o cristianismo na língua vernacular. É digno de destaque que Hus compôs uma cartilha para o ensino das primeiras letras em tcheco. 7. MW. A tradução da Bíblia para uma língua moderna, ao inglês por Wiclif em 1384, ao tcheco pelos seguidores de Hus em 1579, e para o alemão por Lutero em 1534. Com esse acesso popular à Bíblia sagrada, ampliado pela imprensa de Guttemberg, que modificações ocorreram no comportamento tanto tcheco como europeu em geral? Thiago: Este é outro assunto que caberia uma palestra inteira somente para ele. Mas é um daqueles que foi bem desenvolvido nas pesquisas acadêmicas. Há uma importante relação entre a leitura da bíblia e o desenvolvimento da educação escolar. Embora não seja o único fator, houve um crescimento no número de escolas e um investimento nas reflexões a respeito sobre como educar as crianças a partir da possibilidade de se ler a bíblia na língua vernacular. No que diz respeito aos tchecos, a Bíblia de Králice foi um trabalho dos humanistas morávios, em especial de Jan Blahoslav, que também foi autor de uma gramática da língua tcheca. Era um período de desenvolvimento do protestantismo e de fortalecimento do ideal nacionalista tcheco que estavam presentes no trabalho de tradução da bíblia. Essa é uma tradução ainda utilizada nos dias de hoje na República Tcheca e que teve repercussões significativas na reconstrução da língua tcheca erudita no século XIX, depois de um longo período de exílio do idioma, se assim posso me referir ao período dos séculos XVII a XIX nas terras tchecas. 8. MW. O reconhecimento da integridade de HUS pelos papas atuais traz que consequências? Thiago: Por articulação do Arcebispo de Praga e do então presidente Václav Havel, houve em 1999, um seminário a respeito de Jan Hus que teve como ponto importante um discurso do então papa João Paulo II. Nesse discurso, o papa afirma que é necessário buscar a “verdade histórica” a respeito de Hus. Foi um importante passo para, dentro da Igreja Católica, buscar uma modificação da posição oficial de Hus como um heresiarca. No entanto, não é algo simples para a Igreja modificar essa posição, visto que Hus foi acusado de seguir as ideias de Wyclif, que tam- Créditos: Divulgação Web Thiago Borges de Aguiar é doutor em Educação pela Universidade de São Paulo, professor da Universidade Metodista de Piracicaba e pesquisador na área de história da educação, investigando, em especial, a história tcheca no período entre os séculos XV e XVII. É autor de Jan Hus: cartas de um educador e seu legado imortal, publicado pela Editora Annablume, com apoio da FAPESP e do Consulado Geral da República Tcheca. 1. MW. Como você conheceu a história de JAN HUS? O que o levou a interessar-se a ponto de fazer a tese que gerou o livro JAN HUS – CARTAS DE UM EDUCADOR E SEU LEGADO IMORTAL? Thiago: Eu não conhecia Jan Hus até o ano de 2004 quando um amigo me deu de presente um livro das cartas de Hus traduzidas para o inglês. Comecei a ler aquelas cartas e me encantei com o modo como o autor as escrevia. Lembro-me, em especial, de uma carta ao arcebispo no qual, como serenidade e um toque de ironia, Hus responde às acusações que sofria utilizando de argumentos lógicos e firmes. Quando pensei em ingressar na pós-graduação, fiz um levantamento bibliográfico e descobri que Hus era um nome praticamente não pesquisado no Brasil e decidi montar minha pesquisa para aprofundar em sua história, práticas, ideias e memória. 2. MW. Certamente houve muita dificuldade, como por exemplo a busca das cartas de Hus e a língua tcheca. Esse “garimpo” foi vencido, mas trouxe, além da tese, alguma contribuição à sua própria formação? Thiago: Imagine a dificul- Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 9

[close]

p. 10

10 www.geramigos.com.br Bairros bém foram consideradas heréticas no Concílio de Constança, e inocentar Hus é, de certa forma, inocentar o teólogo inglês. As ideias de Wyclif são fortemente antipapistas, o que certamente causaria embaraço se fossem aceitas pela Igreja. O papa Bento XVI esteve na república tcheca dez anos depois de João Paulo II e volta a falar de Hus nos termos de haver relevantes debates a respeito das “iniciativas ecumênicas” que envolvem as discussões a respeito de Hus. São passos muito lentos para que o Vaticano possa avançar na discussão a respeito do que aconteceu no Concílio de Constança. 9. MW. Em sua opinião, que benefícios, imediatos ou não, a pessoa de Hus favoreceu a humanidade? Thiago: Hus morreu defendendo a verdade. Para ele, a verdade era mais importante do que a tradição. Eu digo que suas ideias só fazem sentido porque ele as defendeu até o fim. Lutar pela verdade é para poucos. Hus defendeu a verdade sem intransigência. Ele sabia escutar e sempre se mostrou aberto a ouvir aos outros. Dizia que se alguém lhe mostrasse, com argumentos, que ele estava errado, imediatamente mudaria de ideia. Nesse sentido, Hus era um grande defensor da tolerância e contra a imposição de falsas verdades por figuras em lugar de poder. A verdade não se impõe, ela se conquista. É uma conquista livre e com muito esforço. Assim como outros grandes nomes que defenderam a liberdade, a tolerância e a verdade ao longo da história, ele foi perseguido. Mas o exemplo desses grandes nomes fica, porque a “verdade tem a propriedade de brilhar mais forte sempre que se tenta apagá-la e de subir mais alto sempre que se tenta rebaixá-la, mesmo que às vezes caia”. NOTA: Iniciais MW são de Merton Wondracek, vice presidente da Associação Cultural Tcheco-Brasileira do RS, organizadora da palestra de Thiago Borges de Aguiar, que ocorreu no dia 6 de julho, uma segunda-feira, gratuito, na Igreja da Reconciliação, às 20h, na Rua Senhor dos Passos, 202, em Porto Alegre. Avança obra da nova ponte sobre o Guaíba O trabalho ocorre atualmente em duas frentes. A primeira no leito do Guaíba, onde estão sendo fixados os pilares da futura ponte. No mês que vem deve começar a construção de blocos e, posteriormente, serão iniciados os pilares. A outra frente é junto à Voluntários, onde estão sendo cavadas estacas para as fundações do viaduto que dará acesso da ponte à freeway e vias locais do bairro Vila Farrapos. à Voluntários da Pátria. O Dnit, que só se manifesta A nova travessia, que fica a cerca de um quilômetro de via nota oficial sobre o andadistância da atual, tem previ- mento das obras, informou que são de ser entregue até setem- não há um prazo definido para bro de 2017, caso não ocorram cada etapa. O departamento atrasos no cronograma do Dnit só se refere ao prazo final das (Departamento Nacional de obras, em 2017. O trabalho é Infraestrutura de Transportes). executado por cerca de 250 trabalhadores. O investimento do governo federal é de R$ 649,6 milhões, sob responsabilidade do consórcio formado pela Queiroz Galvão e EGT Engenharia. Reassentamentos O Dnit, a Prefeitura de Porto Alegre e o consórcio aceleram os projetos para o reassentamento das famílias que vivem no traçado da ponte. O cadastro socioeconômico com o perfil das comunidades impactadas foi finalizado, totalizando 1.031 imóveis. As áreas prospectadas para o reassentamento estão sendo avaliadas pela Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental) para o processo de licenciamento ambiental. Créditos: Divulgação Web Com a inauguração da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, os gaúchos passaram a se perguntar como está a construção da segunda ponte do Guaíba. A obra, que começou em outubro passado, está no início da fase de fixação de estacas e execução das fundações junto Guarda Municipal utiliza whatsapp como ferramenta de prevenção saúde, centros regionais administrativos e centro de informática. Segundo o chefe de área, Jeferson Pinto, essa ferramenta diminui significativamente o tempo de atendimento e a eficácia nas demandas. “Quando optamos por utilizar esse aplicativo, apostamos no dinamismo e na parceria com os demais departamentos. Além de ter diminuído a incidência nas ocorrências, gera custo zero de ligação para a prefeitura”, finaliza. A iniciativa está sendo qualificada para que venha a abranger as demais regiões atendidas pela Guarda Municipal. Créditos: Divulgação Web A Guarda Municipal está utilizando o aplicativo de celular whatsapp para otimizar as demandas de ocorrências na Capital. Atualmente, a iniciativa está sendo realizada pela guarnição Eixo Baltazar, na zona Norte da cidade. A GM tem no aplicativo contato com todos os setores públicos municipais dessa região, como escolas, postos de Criação e desenvolvimento de Websites na plataforma Wordpress Tenha um site auto-gerenciável em uma das plataformas mais conhecidas e práticas do mercado. Consulte condições: (51)3026-8445 / (51)9613-6986 Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 10

[close]

p. 11

Tecnologia www.geramigos.com.br 11 Educação e robótica são destaques no Fórum de Software Livre da Educação (Smed), Cristina Pereira Lima Santos, explica que a resistência ao software foi grande no início do Linux Compartilhado. Aos poucos os preconceitos foram caindo e hoje o projeto já chega a 28 escolas, com outras no aguardo pelas soluções desenvolvidas. Superados os problemas iniciais com as questões técnicas para instalação, hoje a atenção da comunidade escolar está voltada ao aspecto pedagógico. “Compartilhar conhecimento é a questão mais importante e assim estamos ensinando a compartilhar. Temos saberes diferentes e compartilhando aprendemos e criamos soluções. Esse é o nosso objetivo”, explica Cristina. Robótica – Em uma parceira da Prefeitura com a Associação Software Livre (ASL), organizadora do FISL, o GT Robótica Livre promoveu um desafio para desenvolvedores com a placa Arduíno, usada como plataforma de prototipagem eletrônica que torna a robótica mais acessível. No Hackathon de Robótica Livre, os interessados tinham o dia para desenvolver algum projeto com o uso da placa que seguisse conceitos como sustentabilidade, criatividade e uso social. A maratona reuniu jovens programadores no espaço de robótica. Para o coordenador do GT Robótica na ASL, Eloir Rokemback, o incentivo à troca de informações é um dos maiores ganhos com a atividade. “Aqui, colocamos iniciantes na área em contato com pessoas mais experientes para essa troca. Em espaços como esse surgem projetos que podem fazer um grande diferencial na sociedade e a sociedade está carente de boas ideias com temática social”, comenta Rokemback. FISL - O 16ª FISL começou dia 8 de julho, uma quarta-feira, no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre, e contou até sábado, 11, com mais de 400 horas de programação, entre oficinas, painéis e workshops. A Prefeitura da Capital esteve presente em dois espaços no maior encontro de comunidades de software livre da América Latina: além do estande institucional, com 50 metros quadrados, ofereceu a Sala Paulo Freire, com 70 metros quadrados, onde foi desenvolvida programação especial sobre educação. Créditos: Divulgação PMPA Uma programação especial dedicada à educação chamou a atenção na quinta-feira, 9 de julho, no 16° Fórum Internacional do Software Livre (16° FISL). A Sala Paulo Freire, um dos espaços da prefeitura no evento, foi o palco para o início do seminário Vamos Hackear a Educação, que teve um total de 20 horas de debates e discussões sobre a relação entre o software livre e a sala de aula. A programação no espaço seguiu até sexta-feira, 10, com temas como identidade virtual, educação universitária, novas tecnologias, movimentos colaborativos, desescolarização, entre outros assuntos. O objetivo das discussões, de acordo com a coordenadora do Grupo de Trabalho de Educação e Robótica da Prefeitura, Clarisse Abraão, é fazer com que os presentes se apropriem do conceito de conhecimento livre. “O seminário é fundamental pelas pautas e pela complexidade dos temas trabalhados. São temas ‘malditos’, que precisam ser desvendados e discutidos sob pena de a educação não avançar”, comenta Clarisse Abraão. Linux Compartilhado - A experiência no uso do sistema operacional Linux em equipamentos de algumas escolas do município foi apresentada no estande da prefeitura também nesta quinta-feira. O começo do uso do software livre nas instituições, em 2012, proporcionou uma agilização no processo de inclusão digital dos alunos. A assessora de inclusão digital da Secretaria Municipal Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 11

[close]

p. 12

12 www.geramigos.com.br Educação Fórum do Software Livre contou com programações educacionais Paulo Freire, coordenada pelo Gabinete de Inovação e Tecnologia de Porto Alegre (Inovapoa), pela Procempa e pelo Coletivo Texto Livre, que teve 36 horas de programação gratuita, outros espaços debateram o tema. Um deles foi o Laboratório de Tecnologias Livres, onde aconteceu, na quinta-feira, 9, das 16 às 18 horas, por exemplo, uma oficina de conceitos básicos de programação e prática para meninas programadoras. Desafios, seminários e mesas redondas também aconteceram no estande institucional da Prefeitura Municipal de Porto Alegre (PMPA). O primeiro evento da Sala Paulo Freire ocorreu na quarta-feira, 8, às 9 horas da manhã, quando aconteceu o Créditos: Divulgação PMPA O Fórum Internacional de Software Livre (16ª FISL), que ocorreu entre os dias 8 e 11 de julho no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre, teve uma programação especial voltada à educação. Além da Sala curso Educomunicação e Cidadania. “A proposta busca promover um novo entendimento das práticas em educação e comunicação”, explica a secretária do Inovapoa, Maria Fernanda Bermudez. Inovação - Na solenidade de abertura do estande institucional da prefeitura, na quarta-feira, 8, às 17h30, a Associação de Software Livre (ASL) entregou ao prefeito José Fortunati um equipamento que poderá ser utilizado experimentalmente em veículos para a redução de emissão de gases poluentes. A ação da ASL está no contexto de sustentabilidade e mobilidade urbana defendido pela gestão e pelo programa Porto Alegre Resiliente. Também participaram do evento as secretarias municipais de Educação, Cultura, Turismo, Segurança, Direitos Humanos, Governança, Acessibilidade e Inclusão Social, Defesa Civil, EPTC, Carris, Comunicação Social e Fasc. Escola de futebol Info.:(51) • Av. A. J. Renner, 1580 - Segundas, Quartas e Sextas • Av. Manoel Elias, 1840 (em frente à Fapa) - Terças e Quintas Treinos: Manhã e Tarde 8473.1380 - 8306.2121 Seu Carro como Novo! Artesanal Estética Automotiva • Lavagem de Carros e Motos • Enceramento • Polimento e Espelhamento • Limpeza de Bancos • Martelinho de Ouro e Chapeação • Micro Pintura e Pintura (51) 3062.8405 / 9808.7642 auto-arte@hotmail.com Rua Matias José Bins, 1125 Chácara das Pedras - POA - RS Paralela à Av. Protásio Alves (Entre Tumelero e Gecepel), Esq. Dr. Eresto Ludwig Melhores serviços, melhores preços Anuncie na Revista ProcureAche e ganhe uma página no nosso Portal Online! www.procureache.geramigos.com.br Tiragem de 20.000 exemplares ZN + = 40.000 exemplares todos meses! 20.000 exemplares Extremo-Sul e Itapuã “ Pertence ao grupo: O que dizem os anunciantes? Anuncie: 12 (51) 3026-8445 (51) 9100-0440 (51) 9613-6986 (51) 8564-6451 (51) 9814-2056 (51) 8105-4796 Jornal Geramigos Zona Norte - Ano 12 - Edição nº 95 - Julho de 2015 ”

[close]

Comments

no comments yet