NaCasa em revista 3ª edição

 

Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

galeria arte nacasa abertura da programação 2011 p 22 arte arquitetura cultura ed 03 ano 02 março/2011

[close]

p. 2

02

[close]

p. 3

sumário design inteligente na arquitetura p por michelle luz exposição paisagem editada do artista francisco oiticica galeria arte nacasa abertura da programação 2011 07 11 22 28 34 42 11 07 p p exposição o contista da cidade p do artista fernando bismark cabanas sonoras em alagoas cooperação artística entre o brasil e a frança p por francisco oiticita fórum de artes visuais de alagoas crônica de uma canoa na contra-corrente por thello d barros p projeto cultural salão de arte da marinha p 64 42 28 34 64 22 03

[close]

p. 4

nacasa em revista é uma publicação 100 digital desenvolvida pela galeria arte nacasa com o objetivo de divulgar a arte alagoana e abordar assuntos sobre arte cultura e arquitetura edição renata marques logo da capa flávio daniel ­ estúdio criar projeto gráfico e diagramação renata marques conteúdo e redação renata marques colaboradores desta edição francisco oiticica tchello d´barros fotos guilherme paiva renata marques sandra aguiar e nímia braga mídia digital guilherme paiva revisão rolland meira cadastro para recebimento das edições da revista e sugestões de matérias e anúncios pelo email revista@artenacasa.com proibido a reprodução total ou parcial sem prévia autorização artigos e colunas não representam necessariamente a opinião da nacasa em revista 04

[close]

p. 5

editorial fazer essa edição foi muito estimulante pois tivemos alguns acontecimentos culturais significativos em maceió a exposição o contista da cidade do artista plástico fernando bismark a qual compreendeu os trabalhados realizados por ele nos últimos 10 dez anos outro destaque foi a surpreende exposição paisagem editada do artista francisco oiticica na faculdade mauricio de nassau também não podemos deixar de ressaltar o grande evento denominado salão de arte da marinha ocorrido em fevereiro deste ano pois mostrou novas linhas de trabalhos de consagrados artistas e revelou novos talentos além dessas matérias apresentadas o leitor também poderá conferir nessa edição o artigo de francisco oiticica sobre a cooperação artística entre o brasil e a frança assim como a matéria de tchello d´barros sobre o fórum de artes visuais de alagoas a galeria arte nacasa abriu no último dia 02 de abril a temporada de eventos de 2011 com a exposição quinze desenhos inéditos do artista francisco oiticica que também é curador da galeria inclusive com a exposição de desenhos do designer daniel melro e o lançamento do arteliê da arquiteta michelle luz um abraço renata marques 05

[close]

p. 6

opinião nacasa em revista recebe com prazer a opinião do leitor escreva sugestões críticas ou elogios para o email revista@artenacasa.com li a 2ª edição da revista fiquei encantado com o volume e qualidade de informações com a riqueza do zelo sua revista digital vai rodar o mundo coloque em seus planos futuros lá na frente nem tão longe uma versão em inglês e outra em espanhol farlley jorge derze brasília-df amei a revista está linda.obrigada por me prestigiar beta basto maceió-al parabéns pela revista não conhecia ainda e fiquei encantada com a qualidade da produção a diagramação e o conteúdo estão muito bem equilibrados.mais uma iniciativa comandada por você que estimula a arte alagoana sua revista está no mesmo patamar de qualidade das outras revistas de arte do país mais uma vez parabÉns morgana pitta duarte maceió-al estou em viagem no momento em sc teclando de uma lanhouse e feliz em receber essa nova edição da revista li e visualizei demoradamente tudo nem preciso dizer que amei a minha entrevista você deixou em evidência as obras com um bom tamanho de visualização e respiro na diagramação tchello d´barros maceió-al renata você sempre se superando hem a 2ª edição da revista está mais linda que a 1ª continue assim com essa garra e criatividade feliz 2011 e muito sucesso pra você e pra todos que fazem nacasa abraço gisela barros maceió-al renata que bacana estou tonto de tanto admirar o conteúdo e a qualidade da tua revista parabéns 1000 vezes você está trilhando pelo caminho certo mesmo que maceió tenha muitos lôbos-maus ao invés de apenas um mas mesmo assim você há de conseguir seu objetivo que eu particularmente torço com as duas mãos e o coração para que seu projeto seja um sucesso marcus plech maceió-al a revista está maravilhosa parabéns esther mafra maceió-al 06

[close]

p. 7

design inteligente na arquitetura texto michelle luz fotos guilherme paiva não herdamos a terra dos nossos pais só pedimo-la emprestada para os nossos filhos provérbio dos índios lahota sioux 07

[close]

p. 8

consciência ambiental sustentabilidade ecologicamente correto ou desenvolvimento sustentável não importa por qual desses termos você vem sendo bombardeado ultimamente a pretensão é transformar tendência em hábito conceito em estilo de vida um dos assuntos mais recorrentes da atualidade está se instalando em variados setores do mercado e da indústria o aparecimento de inventos e soluções técnicas desenvolvidas para tornar as casas prédios e espaços urbanos mais eficientes no uso dos recursos energéticos hídricos a adoção de sistemas de coleta seletiva entre outras práticas estão se incorporando a vida do homem do século xxi recriar é criar algo novo através do que já existe dar outra chance permitir que a coisa seja vista por outra perspectiva as coisas foram feitas para serem mudadas nada é imutável É esse o grande combustível de se trabalhar com o construir e o criar o potencial e a acessibilidade desse novo olhar para o mundo chegam com força expressiva na arquitetura e no design de produtos materiais reciclados e produtos fabricados em larga escala tem sido visto com mais freqüência nos últimos 10 anos a capacidade de criar recriar adaptar incluir e reaproveitar faz parte da essência desses temas e que quando caminham de mãos dadas não chegam a nenhum outro lugar que não seja o sucesso e não para por ai móveis revestimentos objetos de decoração também se rederam ao jeito de ser amigo do meio ambiente bem vindo ecodesign ser criativo e marcante na simplicidade faz parte do conceito desse design original versátil e muito funcional entrando de maneira informal no mercado através de blogs e sites de decoração através de fotos e vídeos postados por artesões designers arquitetos ou por apaixonados por decoração 08

[close]

p. 9

o gosto desde a infância pelo desenho e pela arte um carinho profundo pela sucata a paixão por móveis antigos o respeito à natureza e a habilidade manual me levaram a formação em arquitetura e urbanismo sempre buscando um a originalidade e a fuga do padrão do fazer arquitetura que o mercado e os profissionais absorvem fui buscar o que realmente tem haver comigo que me identifica e foi assim começou com pesquisas na internet leitura artigos observação de materiais e principalmente acreditando que trabalhar com amor é possível só depende do quanto você acreditar que surgiu o artelier começando timidamente com bonecos de feltro quadros com tecido e porta-treco de latas de nescau que a brincadeira de fazer o eco-design começou e deu seus primeiros passos 09

[close]

p. 10

e foi com grande receptividade de clientes e da galeria arte nacasa que o trabalho foi acolhido e desenvolveu as primeiras peças uma visita despretensiosa ao projeto toda arte na rua promovido pela galeria através da arqtª renata marques grande parceira e incentivadora que o artelier mostrou a sua cara no dia 02 de abril de 2011 no evento de abertura que foi um grande sucesso agradeço a todos os parceiros aos meus colaboradores nado cristiana célio cláudia tânia e fellipe aos meus queridos amigos renata fanny lana millena palmeira maria helena e vitor meus carinhosos e sinceros agradecimentos renata marques e michelle luz foto guilherme paiva muito mais do que falar aqui sobre esse trabalho é poder expor e dividir com todos o sonho de realizar um trabalho bacana que não se limita a um simples objeto de decoração ou utilidade para casa todos nós temos um papel na sociedade e este me faz sentir que estou fazendo uma pequena parte do meu convido a todos para visitar a galeria para conferir e conhecer o nosso trabalho 10

[close]

p. 11

exposição a faculdade maurício de nassau apresenta a exposição paisagem editada do artista francisco oiticica horário de visitação 08:00 Às 22:00h de segunda à sexta duração até 29 de abril 11

[close]

p. 12

francisco oiticica é carioca vive e trabalha em maceió escolheu para morar o bairro de garça torta antiga colônia de pescadores longe do centro urbano e perto do mar a praia de garça torta é o local onde faz suas caminhadas diárias e também é um dos cenários de suas experiências fotográficas fotógrafo artista plástico pesquisador e professor doutor em literatura cultura e sociedade ppgll ­ ugal mestre em história e crítica da arte eba ­ ufrj e bacharel em pintura eba ­ ufrj realizou exposições no brasil e no exterior lecionou em universidades no brasil e no exterior publicou enfim primitivos estudo cultural sobre o modernismo brasileiro edufal maceió 1999 e vincent monteiro poeta cordial marcas textuais de cordialidade literária edufal maceió 2004 arquivo francisco oiticica

[close]

p. 13

através de experimentações derivadas das instigantes possibilidades da arte digital as fotografias de francisco oiticica nos propõem uma imersão nos enigmas das paisagens à beira-mar re-tecendo o lugar comum de uma das faces identitárias mais inequívocas da visualidade paisagística de maceió paisagem editada fragmentária que nos reabilita a beleza existente em minúcias É esta paisagem-pensamento que o olhar de francisco oiticica retém na sua atual produção suas fotografias surgem historicamente como determinadas totalidades do visto que a partir de formulações representacionais ­ os recortes as molduras as formas ­ acionam processos ampliados por valores subjetivos transformando a própria objetividade dos elementos compositivos daquele dado recorteenquadramento ­ naturantes ou não ­ em evidências culturais a paisagem fotografada surge da exploração criativa do visto e do reforço das suas potencialidades cenográficas e pictóricas através de artifícios expressivos entre os quais a saturação das cores e das texturas a sobreposição e a repetição das formas e de associações simbólicas entre imagens o artista confere à paisagem uma nova possibilidade discursiva e uma lógica própria que estimula o arrebatamento emocional da representação caroline gusmão professora crítica de arte e arquiteta alagoana arquivo francisco oiticica 13

[close]

p. 14

exposição paisagem editada fotos guilherme paiva 14

[close]

p. 15

artista francisco oiticica técnica fotografia valor sob consulta paisagem editada 15

[close]

Comments

no comments yet