Boletim Municipal #06 | Município de Pampilhosa da Serra

 

Embed or link this publication

Description

Atividade Municipal de Julho de 2001 a Janeiro de 2002

Popular Pages


p. 1

Boletim Municipal N º .6 - Dezembro 2001

[close]

p. 2

indice Acessibilidades .................... 7 Cultura e turismo ............... l O Acção social ........................ 14 Projectos e obras ................. 4 Editorial ............................... 3 apoios Transferências e Subsídios atribuídos pela Câmara Municipal Maio a Outubro de 2001 Desporto ............................. 13 ficha técnica FICHA TÉCNICA DIRECTOR Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida Presidente da Câmara Municipal EDIÇÃO E PROPRIEDADE Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra Rua Rangel de Lima, 332 229 Pampilhosa da Serra E mail: cmapps@mail.telepac.pt � 235 590 320 + 235 590 329 COORDENAÇÃO Cristina Paula Ventura Antunes RECACÇÃO Cristina Ventura e Graça Pinto PESQUISA E IMAGEM Graça Pinto FOTOGRAFIAS Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra ARRANJO GRÁFICO José Lameiras IMPRESSÃO Letribérica, Ida DISTRIBUIÇÃO GRATUITA TIRAGEM 2000 exemplares PERIODICIDADE Semestral Boletim Municipal N.º 6. Dezembro 2001 BENEFICIÁRIO VALOR DATA DA DELIBERAÇÃO Associação Solidariedade Social de Dornelas do Zêzere 102.600 Esc. 22-11-2000 Comissão de Melhoramentos de Porto de Vacas 1.000.000 Esc. 02-05-2001 Assoe. Desportiva e Cultural Dornelense 1.500.000 Esc. 02-05-2001 Assoe. Bombeiros Voluntários Pampilhosa da Serra 1.000.000 Esc. 06-06-2001 Assoe. Bombeiros Voluntários Pampilhosa da Serra 2.250.000 Esc. 04-07-2001 PLCP - St.ª Casa da Misericórdia Pampilhosa da Serra 5.000.000 Esc. 20-06-2001 Junta de Agricultores de Vale Grande 300.000 Esc. 20-06-2001 Assoe. de Produtores Florestais Pampilhosa Serra 300.000 Esc. 04-07-2001 Grupo Desportivo Pampilhosense 3.000.000 Esc. 04-07-2001 Grupo Desportivo Pampilhosense 1.400.000 Esc. 20-09-2000 Grupo Desportivo Pampilhosense 800.000 Esc. 05-09-2001 Rancho Folclórico de Dornelas do Zêzere 230.000 Esc. 01-08-2001 Clube Automóvel da Marinha Grande 500.000 Esc. 01-08-2001 Fábrica da Igreja Paroquial de Unhais-o-Velho (Capela de Malhada do Rei) 468.000 Esc. 22-08-2001 ADESA-Assoc. de Desenvolvimento Serra do Açor 906.809 Esc. 05-09-2001 ADESA-Assoc. de Desenvolvimento Serra do Açor 2.910.000 Esc. 17-01-2001 Associação p/ o Desenvolvimento - Pinhais do Zêzere 1.680.000 Esc. 17-01-2001 Associação p/ o Desenvolvimento - Pinhais do Zêzere 411.669 Esc. 22-08-2001 Junta de Freguesia de Janeiro de Baixo 130.000 Esc. 01-08-2001 Junta de Freguesia de Janeiro de Baixo 670.000 Esc. 03-10-2001 Junta de Freguesia de Unhais-o-Velho 367.500 Esc. 20-06-2001 Junta de Freguesia de Unhais-o-Velho 425.000 Esc. 03-10-2001 Junta de Freguesia de Portela do Fojo 145.000 Esc. 03-10-2001 Junta de Freguesia de Fajão 200.000 Esc. 03-10-2001 Junta de Freguesia de Dornelas do Zêzere 270.000 Esc. 03-10-2001 Junta de Freguesia de Cabril 100.000 Esc. 03-10-2001 Comissão de Melhoramentos de Adurão 550.000 Esc. 03-10-2001 Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra (Livro "Património Pampilhosense") 300.000 Esc. 22-08-2001 Gabinete de Apoio Técnico 900.000 Esc.

[close]

p. 3

, chegada mais uma edição do Boletim Municipal, uma publicação que nasceu com o propósito de informar os munícipes sobre a actividade da autarquia. Volvidos que são praticamente quatro anos de mandato é fácil perceber que Pampilhosa da Serra mudou. Trabalhámos arduamente para marcar o ritmo do seu desenvolvimento, planeando e realizando com a consciência das intervenções prioritárias e dos recursos disponíveis. As carências registadas na rede viária externa conduziram a uma atenção especial dada às acessibilidades. Nesta matéria, v e r i f i c a r a m-s e g r a n d e s progressos. A rectificação da E.N. 112, entre Pampilhosa da Serra e Portela do Vento, constituiu umaforte batalha que a autarquia conseguiu vencer. A obra foi adjudicada à empresa Rosas Construtores por cerca de 2 milhões de contos, aguardando-se o início dos trabalhos para o final de 2001 /início de 2002. Pode dizer-se que valeu a pena acreditar no que, por vezes, poderia parecer quase impossível. A melhoria do pavimento da E.N. 112, no troço Pampilhosa da Serra Portela do Gavião, foi outra obra impulsionada pela autarquia, que conseguiu incluí­ la no Programa de Cheias. Os trabalhos já estão adjudicados à empresa Pavia, prevendo-se a colocação de uma camada betuminosa e a reparação de vários muros. • Á • • Á E interioridade, o nosso concelho tem conseguido alcançar posições de destaque. É com orgulho que anuncio que Pampilhosa da Serra, ao nível da taxa de execução do Ili Quadro Comunitário de Apoio, se encontra entre os 5 primeiros dos 73 municípios da Região Centro. O e sf o r ç o d e s e n v o l v i d o direcciona-se em várias frentes. A nossa acção tem-se pautado por uma intervenção objectiva na cultura, no turismo, no desporto, no emprego, na formação, nas crianças e jovens, na terceira idade, na habitação, nas escolas, nas novas tecnologias e noutras áreas que consideramos fundamentais. Numa visão retrospectiva, podemos orgulhar-nos da obra r e a l i z a d a e af i r m a r convictamente que tudo faremos para lhe dar continuidade. Um abraço amigo. Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida Para além da E.N. 112, a E.N. 344 constitui outro importante eixo da rede rodoviária do concelho que necessita de intervenção, aguardando-se para breve a beneficiação do troço Pampilhosa da Serra Amoreira. Ao longo destes últimos quatro anos foram elaborados muitos projectos, que temos vindo a dar conta em edições anteriores. No entanto, gostaria de destacar, pela importância estrutural de que se revestem, o Centro Comercial da vila e o Parque Industrial do Alto das A l d e i a s , c u j a s obras s e prevêem concluídas para final deste ano ou, mais tardar, para início do próximo. Estas e outras obras não surgem do nada, elas são fruto de um trabalho de planeamento e de execução, que a autarquia tem vindo a promover. O sentimento que nos move é fazer sempre mais e melhor. Por isso, estamos a preparar novos projectos, de entre os quais a substituição integral da Rede de Abastecimento de Água à vila da Pampilhosa. Contrariando todas as v icissitudes inerentes à Presidente da Câmara Municipal ••••••••=t•J .. ::::tl 11 •'A •1.•.,4 t•Jt..� ll-,1 :.,..:.-, .. :.,..:., t.'A I :.11 .. ii l•l-r.!.W•J'.:.� � :1 :r.:.WI____

[close]

p. 4

Projecto Turístico de Casal da Lapa uma excelente aposta! A Barragem de Santa Luzia possui novas intra-estruturas de apoio ao turismo. Este Verão os turistas e visitantes da albufeira nova piscina flutuante da albufeira da Barragem de Sta Luzia • Casal da Lapa projecto turístico de Casal da Lapa puderam usufruir de melhores condições, com a entrada em f u n c i o n a m e n t o d e novos e s p a ç o s pú b l i c o s: bar/esplanada, balneários, cais de atracação, parque de merendas e nova piscina flutuante. Parque de Campismo Rural de Janeiro de Baixo O Parque de Campismo Rural entrou em funcionamento no último Verão, tendo acolhido muitos campistas. Esta nova intra-estrutura veio possibilitar uma forma de turismo mais ligado à natureza, a p r o v e i t a n d o, a s s im, a s potencialidades existentes na região. Vilar da Amoreira: um polo de atracção turística do concelho O Vilar constitui, hoje, um importante ponto de atracção t u r í s t i c a, n ã o s ó c o m o tradicional zona de pesca mas também como espaço de lazer. Ao longo dos últimos anos a a u t a r q u i a t e m vi n d o a implementar algumas m e l h o r i a s n o t e r r e n o, reforçadas este Verão pela colocação de uma piscina flutuante nas águas do Zêzere Albufeira do Cabril. ----- ;;;1 •J Ili ==ti 11 �·� • �·� L • J Ir.' 1 L-,1 :.r.!., .. :.r.!., �·� 1 :.11 111 iiii L • J---Y.!.W • .T.!.� � :t :,·-------·

[close]

p. 5

Centro Comercial: Qualidade e Inovação Encontra-se e m fase de acabamento o Centro Comercial da vila da Pampilhosa, que pretende facilitar o acesso a novos e s p a ç o s c o m e r c i a is. Os a r r anjos u r b a n í s t i c o s envolventes estão concluídos, pelo que os munícipes já podem u s u f r u i r d o p a rq u e d e estacionamento, bem como desfrutar da beleza dos novos jardins e parque infantil, concebido especialmente para o divertimento dos mais pequenos. Residência de Estudantes cresce na Quinta de S. Martinho C o n t i n u a m as o b r a s Residência de Estudantes, novo empreendimento serviço da educação concelho. da um ao no Parque Industrial do Alto das Aldeias Obras em Curso As obras do Parque Industrial estão a decorrer no Alto das Aldeias, procedendo-se de momento à' instalação das Redes de, Esgotos e de D i s t r i b u i ç ã o d e Ág u a , drenagem das águas pluviais, instalação de Energia Eléctrica e construção de uma ETAR. --------i•J Ili =1111 �·J • �·J L•J � 1 L91 I :J.!., .. :J.!., �·J 1:.111111 iiii L•l-----Y.!.11111 •J'.!.-=i � :t :,.!.,..____

[close]

p. 6

... Outras Obras! - Finalização das obras de construção do novo Quartel da GNR - Lançamento do concurso para requalificação urbana na Rua de Santo Antó nio, em Pampilhosa da Serra - Início das terraplanagens para construção d e um polidesportivo em S ob r a l Valado - Reconstrução de um lavadouro no Carregal, em colaboração com a Junta de Freguesia - Início da construção de um jardim em Janeiro de Baixo - Construção de um Parque Infantil na povoação de Carvoeiro - Conclusão das terraplanagens na urbanização da Quinta de S. Martinho - Concluída a construção da Secção d os Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra, em Unhais-o-Velho Águas e Saneamento - Concluídos os trabalhos referentes à distribuição de água ao domicílio na povoação de Covões, remodelação da captação e construção de uma estação de tratamento - Remodelação geral da antiga captação de água e respectivo tanque em Ceiroquinho - Ampliação da rede de d i s t r i b u i ç ã o d e água ao domicílio em Vale Serrão - Adjudicadas as empreitadas referentes à substituição das condutas da rede de distribuição de água nas Meãs, bem como construção da Rede de Esgotos Domésticos e Estação de Tratamento nesta povoação - Saneamento de Malhada do Rei ( em fase de projecto) - Saneamento em Porto de Vacas ( em fase de projecto)

[close]

p. 7

Beneficiações e Rectificações - Lançado concurso para b e n e f i c i a ç ã o da l ig a ç ã o intermunicipal Sobral de Cima­ Te l h ada - C ar rasqueira Coelhal - Coelhosa. Para a execução desta obra foi celebrado um Acordo de Municipal de Pampilhosa da Serra e Câmara Municipal de Góis. - Alargamento da Ponte das Aradas - Pavimentação da estrada Ponte de Fajão - Fajão - Início da rectificação e alargamento da estrada Póvoa Pampilhosa da Serra C o op e r ação Técnica e Financeira entre a Câmara - Concluída a rectificação/ alargam e n t o da e s t r a d a Moradias - Soeirinho - Alto de Belide Pavimentações - Concluída a pavimentação da estrada Lobatos - Lobatinhos Signo Sarno - Sobral Magro - Pavimentação da estrada Praçais - Pescanseco Cimeiro - Encontram-se em fase de arranque os trabalhos de recuperação do pavimento entre Pampilhosa da Serra Portela do Gavião e entre Pampilhosa da Serra - Alvares. E s t a s o b r a s .s ã o d a responsabilidade do ICERR. - Rectificação e alargamento da estrada Aldeia do Meio - Alto do Vale Serrão - Pavimentação da estrada Machialinho - Dornelas do Zêzere Pavimentação da estrada Ponte de Fajão Alto da Castanheira -------•=1•J Ili =1111 �·.4 • �·.4 L•J � 1 L-,1 :.r.!., .. :.r.!., �·.41 :J 11111 iiii L•l:--Y.!.• •.T.!.w.=1 � :t :f.!.____ _

[close]

p. 8

- Pavimentação da estrada Telhada - Catraia do Azevedo (o b r a l n t e r m u n i c i p a l Pampilhosa daSerra/Góis) - Revestimento superficial da E.N. 112 Sobral de Cima Sobral de Baixo - Revestimento superficial da E.N.112 Malhadas daSerra - Revestimento superficial da estrada Estreitinho Esteiro - Revestimento superficial na Aldeia do Meio - Concluída a pavimentação e revestimento superficial da estrada Esteiro - Janeiro de Baixo - Brejo de Baixo - Revestimento superficial da estrada Amoreira Padrões - Revestimento superficial da E.N. 344 Trinhão - Revestimento superficial da estrada Sobral Valado Cabril Vidual - Revestimento superficial do acesso a Maria Gomes - Revestimento superficial do acesso a ValeSerrão - Pavimentação do Parque de Merendas de Malhada do Rei - Revestimento superficial nas ruas de Moninho Arruamentos Revestimento superficial na Aldeia Fundeira Revestimentos Superficiais - Revestimento superficial da E.N . 1 1 2 - C a r v a l h o Cruzamento de Pessegueiro •

[close]

p. 9

- Pavimentação de três ruas em Brejo de Baixo - Pavimentação de arruamentos na povoação delobatinhos Novos Acessos Nova ponte de Foz do Ribeiro - Abertura de uma nova rua em Brejo de Cima - Pavimentação de alguns espaços na zona envolvente aos Paços do Concelho Abertura de estradas florestais; nas freguesias de Pessegueiro e Unhais-o-Velho - Revestimento de valetas na povoação do Esteiro - Alargamento de rua em Brejo de Cima Sinalização - Colocação de bandas sonoras e pintura de passadeiras em várias povoações do concelho. ) - Pavimentação de arruamentos na povoação de Lobatos - Reformulação das rotundas na Portela de Unhais -------· ;;;l•J 1111 =1111 �·... • �·... L•J � 1 L911 :.r.!., 11111 :.r.!., �·..i 1 :..11 1111 iiii L•.t--Y.!.W•J'.!.� =t :t :f.!.W____

[close]

p. 10

Mostr'arte Na continuidade das acções de dinamização dos espaços culturais da autarquia, decorreu de 11 a 30 de Junho, na Sala de Exposições Temporárias do Museu Municipal, a exposição Mostr'arte. Tratou-se de uma mostra de trabalhos dos alunos da Escola Básica Integrada, realizados no âmbito da disciplina de Educação Visual e Tecnológica, numa organização conjunta dos professores da d i s c i plina e d a C â m a r a Municipal. José Dias Antão expôs "Sonhos e Realidades" "Sonhos e Realidades" foi o título dado à exposição de pintura do conterrâneo José Dias Antão, natural do Esteiro, que esteve patente na Sala de Exposições Temporárias do Museu Municipal, de 1 O de Julho a 1 O de Agosto. Mais uma iniciativa cultural de acesso gratuito, promovida pela autarquia, no sentido de divulgar os valores do concelho. A Sala de Exposições Temporárias do Museu Municipal recebeu entre 14 de Agosto e 15 de Setembro uma exposição de Mário Silva. O pintor figueirense, presente na i n a u g u r a ç ã o, t r o u x e a o concelho um total de 18 obras, onde se destacou a tela i n t i t u l a d a Grão Mári o, pseudónimo adquirido recentemente pelo artista. Esta mostra inseriu-se no âmbito da inauguração da nova Casa Museu de Carvalho. Exposição de Pintura de Mário Silva Pampilhosa da Serra em Lisboa - 2001 A Câmara Municipal levou, pelo quarto ano c o n s e c u t i v o , Pampilhosa d a Serra a Lisboa, num certame que visa divulgar o concelho e promover as suas potencialidades. O evento decorreu de 1 a 3de Junho, no Pavilhão de Exposições da Estufa Fria, junto ao Parque Eduardo V II. Neste certame, enquadrado em idílico cenário, estiveram representadas as riquezas paisagísticas locais, o artesanato, a gastronomia, os produtos endógenos, a música, o folclore, os projectos e as obras que têm contribuído para o desenvolvimento do concelho. PAMPILHOSA DA SERRA A NOSSA TERRA •

[close]

p. 11

Inserida no programa desta mostra, esteve a cerimónia de lançamento do livro regiona­ lismo Serrano, do conterrâneo Aníbal Pacheco. IV Feira de Artesanato e Gastronomia de Pampilhosa da Serra Um certame revestido de grande sucesso ! Decorreu de 13 a 16 de Agosto, mais uma edição da Feira de Artesanato e Gastronomia de Pampilhosa da Serra que, este ano, contou 9.om um total de 50 expositores,· oriundos de diversos pontos do país. I n s e r i d o n a s F e s t a s do Concelho, o certame contou com uma forte aposta na diversificação do artesanato. A m o s t r a ga s t r o n ó m i c a f o i constituída por pitorescas tasquinhas que, em torno da arte da boa cozinha regional, concentraram muitas centenas de pessoas. Noites de Fado A Praça Barão de Louredo foi palco de duas grandes noites, dedicadas ao fado, no passado mês de Julho. O grupo "O Som do Fado" actuou no dia 8 e o grupo "Capas Negras" no dia 27. O fontanário foi o cenário escolhido para a realização destes dois espectáculos, que vieram animar as noites da vila da Pampilhosa.

[close]

p. 12

Chorai Poliphonico de Coimbra Na continuidade da promoção de iniciativas culturais no concelho, decorreu, no passado dia 28 de Outubro, no Auditório de da Junta de Freguesia Pampilhosa da Serra, um concerto com a actuação do Chorai Poliphonico de Coimbra. Com interpretações diversificadas, desde a música medieval até aos autores contemporâneos, passando pela polifonia renascentista, o Chorai Poliphonico brindou o público pampilhosense com um espectáculo de grande qualidade, organizado pela Câmara Municipal. Ciclo de Homenagens ao Autor Português Está a decorrer, na Biblioteca Municipal Dr. José Fernando Nunes Barata, o Ciclo de Ho m e n a g e n s a o A u t o r Português. O mês de Novembro foi dedicado a dois autores contemporâneos: António Gedeão (N. 24/ 11/ 1 906)e Sofia de Mello Brayner Anderson (N. 0 6 / 1 1 / 1919). E s t a s homenagens inserem-se no âmbito das comemorações do nascimento dos dois autores. Novas Tecnologias Chegam às Escolas do Concelho A Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra e o Ministério da Ciência e da Tecnologia uniram-se para proporcionar aos alunos do 1.° Ciclo do Ensino Básico do concelho, um maior contacto com a Internet. Assim, foram instalados em todas as escolas do concelho computadores multimédia com acesso à Internet. A partir de agora, cada estabelecimento de ensino pode ser contactado através de endereço electrónico: Escola Básica do 1. ° Ciclo de Amoreira Escola Básica do 1.° Ciclo de Brejo de Baixo Escola Básica do 1.° Ciclo de Cabril Escola Básica do 1.° Ciclo de Carregal Escola Básica do 1. ° Ciclo de Dornelas do Zêzere Escola Básica do 1.° Ciclo de Esteiro Escola Básica do 1.° Ciclo de Fajão Escola Básica do 1.° Ciclo de Janeiro de Baixo Escola Básica do 1.° Ciclo de Machialinho Escola Básica do 1.° Ciclo de Meãs Escola Básica do 1.° Ciclo de Pampilhosa da Serra Escola Básica do 1.° Ciclo de Porto de Vacas Escola Básica do 1.° Ciclo de Seladinhas Escola Básica do 1.° Ciclo de Unhais-o-Velho Info@eb 1-amoreira-portela-fojo.rcts. pt lnfo@eb 1-brejo-baixo.rcts.pt lnfo@eb 1-cabril-pampilhosa-serra.rcts.pt Info@eb 1-carregal-pampilhosa-serra.rcts.pt Info@eb 1-dornelas-pampilhosa-serra.rcts.pt lnfo@eb 1-esteiro.pt lnfo@eb 1-fajao.rcts.pt lnfo@eb 1-janeiro-baixo.rcts.pt lnfo@eb 1-machialinho.rcts.pt lnfo@eb 1-meas.rcts.pt lnfo@eb 1-pampilhosa.rcts.pt lnfo@eb 1-porto-vacas.rcts.pt lnfo@eb 1-seladinhas.rcts.pt lnfo@eb 1-unhais-velho.rcts.pt -----i•J 1111 =ti• 1 �·A • �·A L•J li,.� 1 L-, I :.,,!..-, •:.,,!..-, �·A 1 ::.t 11111 iiii L•J--Y.!.,m •t.!.� =t :t :f'· ..------

[close]

p. 13

Concurso de Pesca Embarcada ao Achigã Numa organização conjunta da Câmara Municipal de Pampilhosa daSerra e do Clube Recreativo do Calhabé realizou-se, nos dias 1 9 e 2 0 de Maio, um Concurso de Pesca Embarcada ao Achigã, que decorreu em Vilar da Amoreira Barragem do Cabril. serie de actividades radicais, que decorreram nos meses de Julho e Setembro, na Barragem de Santa Luzia. Estas, inseridas n o â m b i t o do P r o g r a m a PRIORIDADE, incluíram provas de BT T, Canoagem, Rappel, Orientação e Caminhada. prova, organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande, teve passagem pelo concelho, num troço considerado dos mais selectivos do evento. Actividades Desportivas Natação , hidro g i n ástica , g in ástica , manutenção em aparelhos, aeróbica, desportos colectivos e actividades rítmicas, são algumas das modalidades desportivas que decorrem na Piscina e Pavilhão Municipais. Final da Taça António Livramento A Final da Taça A n tónio Livramento, em Hóquei em Patins, realizou-se no passado dia 1 O de Junho, no Pavilhão Gimnodesportivo Mun icipal. Esta iniciativa contou com a o r g a n i z a ç ã o c o n j u n ta d a Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra e da Associação de Patinagem de Coimbra. Desporto na IV Feira de Artesanato e Gastronomia de Pampilhosa da Serra No decorrer da Feira de Artesanato e Gastronomia, e com o intuito de promover o desporto, a autarquia organizou um v a s t o p r o g r a m a d e actividades , composto por provas de natação, tiro aos pratos, peddy papper, parede de escalada, torneio de malha e torneio de sueca. Pampilhosa da Serra recebe Selecção Nacional Feminina de Hóquei em Patins Pampilhosa da Serra recebeu, pelo terceiro ano consecutivo, mais um Estágio da Selecção Nacional Feminina de Hóquei em Patins, que decorreu de 29 de Outubro a 2 de Novembro. O n o sso c o n celho a c o l h e u , durante cinco dias, os treinos de p r e p a r a ç ã o d a S e l e c ção Nacional Feminina para o VI J ovens aderem aos Desportos de Aventura A P r ov a d e O rie n t ação realizada no passado dia 30 de Junho marcou o in ício de uma Rallye Rota do Vidro O Rallye Rota do Vidro realizou­ se no passado dia 22 de Setembro e contou com o apoio da C â mara M u n icipal de Pampilhosa da Serra. Esta C a m peo nato E u ropeu de Hóquei em Patins. O programa de estágio contou com a realização de treinos diários, no Pavilhão Gimnodesportivo e na Piscina Municipal.

[close]

p. 14

"O Desafio à Educação no Interior" Encontro de Reflexão Realizou-se no dia 23 de Maio, n o A g r upa m e n t o Ve r t ica l Escalada, um encontro de r e f l ex ã o p a r a ag e n t e s educativos, com a intervenção do IAC Instituto de Apoio à Criança. Foram alvo de reflexão e debate temas tão importantes como as " Necess idades Educativas Especiais" e as "Estratégias para o Sucesso e Gestão da Indisciplina no Espaço Escolar". Dia Mundial da Criança O Dia Mundial da Criança 1 de Junho foi assinalado no concelho com a exibição da peça "O Mercador de Carícias", levada à cena pela Associa ção Camale ão. O espectáculo, apresentado no auditório da J u nta d e F re g u e s i a de Pam pilhosa da Ser ra, foi dirigido às crianças do pré­ escolar, 1 . 0 e 2. 0 ciclos do concelho, numa iniciativa da Câmara Municipal. I Semana de Orientação Escolar e Profissional Decorreu entre 4 e 8 de Junho, na Escola-Sede do Ag r u p am e n t o V e r t i cal "Escalada", a I Semana de O r i e n t ação E sc o l a r e Profissional. Do prog rama fizeram parte sessões de sensibilização, dirigidas aos alunos do 9 ° ano de escolaridade ou maiores de 1 5 anos, por forma a esclarecê-los das diversas alternativas de e d u c aç ã o e fo r m aç ã o profissional, pelas quais podem mais isoladas, o acesso a actividades diversificadas, nomeadamente nas áreas da exp ressão, da leitura, da informática, das actividades ao ar livre e do des porto. O programa contemplou também visitas a diversos serviços e instituições, como forma de prevenção do analfabetismo funcional. Ainda no decorrer do "Julho em Acção", as crianças viajaram até à Lousã, onde assistiram a uma sessão de cinema, seguida de um passeio de automotora até Miranda do Corvo. Aí visitaram a Associa ção para o optar na continuação dos seus estudos. "Julho em Acção, um Mês de Diversão!" O programa do "Julho em Acção um Mês de Diversão!" envolveu cerca de 80 crianças, dos 6 aos 1 4 anos, e decorreu, pela segunda vez consecutiva, na Ludoteca / Biblioteca " P am p i l h o " d a C â m a r a M u n i c i p a l, s o b o m o t e "Desporto e Vida Saudável". A iniciativa, desenvolvida em paralelo no Centro Lúdico de Dornelas do Zêzere, teve por objectivo proporcionar a todas as crianças do concelho, nomeadamente às que vivem oportunidade de andar a cavalo, no Centro Hípico daquela instituição. Um dos pontos altos deste mês, dedicado à juventude, foi o intercâmbio realizado no concelho com jovens da Pampilhosa, do Seixal e de Paranhos (Porto), que resultou em três dias de muita animação e salutar convívio. Desenvolvimento e Forma ção Profi s s ion a l e tive ram a

[close]

p. 15

"Ciência Divertida A Ludoteca/Biblioteca Pampilho esteve presente, com um stand, na IV Feira de Artesanato e Gastronomia, onde as crianças tiveram a oportunidade de d e s e n v o l v e r a c ti v i d a d e s diferentes. A Ciência D ivertida foi exemplo disso mesmo, pois conseguiu captar a atenção dos mais pequenos para o ensaio de experiências, feitas de uma forma divertida. profissio nal, assim como fortalecer a articulação entre a e s c o l a, a f a m í l i a e a comunidade envolvente. O atendimento é feito na Sala 15, às segundas e quintas­ feiras, das 16H30 às 17H30. O primeiro atendimento é feito por uma psicólo ga e por uma e n f e r m e i r a q u e, p o s t e ­ riormente, acompanharão os a animação coube às crianças dos Jardins de Infância e ao conjunto "Sons do Zêzere". No final destas Olimpíadas, foram entreg ues medalhas e diplomas a todos os participantes e os vencedores foram galardoados com uma faixa. Na organização desta iniciativa estiveram envolvidos diversos p r o j e c t o s e e n t i d a d e s, nomeadamente a Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, Centro Distrital de casos, conciliando-os com os horários dos adolescentes, encarregados de educação e professores. Este Gabinete conta com uma extensão no Centro Lúdico da Associação de Solidariedade Social de Dornelas do Zêzere, com atendimento às quartas­ feiras, das 1 O H30 às 12H30. G IAJ Gabinete Integrado de Apoio Juvenil Está a funcionar, desde o início do ano lectivo, na Escola Sede d o A g ru pame n t o V ertical Escalada, um Gabinete de Apoio Juvenil, que tem por objectivo auxiliar os jovens na correcta o p ção escolar e Ili Olimpíadas do Idoso A terceira e d i ç ã o das Olimpíadas do Idoso constituiu mais uma · demonstração de carinho e valorização, que a autarquia tem demonstrado pelos seus idosos. O evento teve lugar no passado dia 24 de Outubro, no Pavilhão Gimnodesportivo de Pampilhosa da Serra e contou com a presença de cerca de 200 idosos, vindos dos 15 Lares e Centros de Dia do concelho. Após um almoço convívio no Centro Comunitário, os idosos viveram uma tarde de grande entusiasmo e animação, com as provas que decorreram no Pavilhão M u n i c i p a l . To d o s participaram de uma forma acti va e até com petitiva, p r o vando assim que "a juventude não tem tempo nem idade, ela está no nosso coração". Num convívio inter-geracional, Solidariedade e Seg urança S o cial, Santa Casa da Misericórdia de Pampilhosa da S e r r a, A s s o c i a ç ã o d e S o l i d a r i e dade S o c i a l d e Dornelas do Zêzere e Cáritas Diocesana de Coimbra.

[close]

Comments

no comments yet