Boletim Municipal #04 | Município de Pampilhosa da Serra

 

Embed or link this publication

Description

Atividade Municipal de Julho de 2000 a Janeiro de 2001

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

Editorial .................................................................................................... 01 DIRECTOR Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida Presidente da Câmara Municipal EDIÇÃO E PROPRIEDADE Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra Rua Rangel de Lima, 3320 Pampilhosa da Serra E-mail: cmapps@mail.telepac.pt ( 235 590 320/331 235 590 329 TEXTO Gabinete de Imprensa FOTOGRAFIA Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra COMPOSIÇÃO GRÁFICA CALÇADA DUARTE Lousã Projectos e Obras .................................................................................... 02 Acessibilidades ........................................................................................ 04 Águas e Saneamento ..............................................................................06 Ambiente ..................................................................................................07 Cultura e Turismo .................................................................................... 08 IMPRESSÃO COMARCA DE ARGANIL DISTRIBUIÇÃO GRATUITA TIRAGEM 2000 exemplares PERIODICIDADE Semestral Desporto ..................................................................................................10 Acção Social ............................................................................................11 Apoios ......................................................................................................12

[close]

p. 3

Caros Munícipes Um dos objectivos do meu mandato consistia no estreitamento das relações entre a autarquia e os seus munícipes. Daí a criação deste Boletim Municipal, que pretende transmitir-vos a nossa acção ao longo de cada semestre. Em primeiro lugar desejo falar-vos das vias de comunicação, que tão necessárias são para este isolado concelho. A Estrada Nacional 112 (Portela do Vento /Pampilhosa da Serra) irá ser finalmente uma realidade .. O Senhor Secretário de Estado Adjunto e das obras Públicas determinou ao Sr. Presidente do I.C.E.R.R. a abertura imediata de concurso para esta empreitada. Infelizmente, devido ao valor da obra (2,56 milhões de contos), é obrigatório a abertura de um concurso internacional, o que significa que teremos que aguardar quase um ano, até podermos ver o início da obra. Contudo, é uma grande notícia, e vamos acompanhar este processo de perto. Mas neste domínio temos outras boas notícias. A Estrada Nacional n º 2 entre Pedrógão Grande e Mega Fundeira, bem como entre a Portela de Góis e Portela do Vento estão já a concurso, prevendo-se a sua adjudicação já no início do próximo ano. Também a Estrada 344 entre Cova Funda e Casal da Lapa está já a ser objecto de melhoria do seu pavimento, ficando a sinalização pronta no início do Verão. Em segundo lugar desejo informar-vos de que a Reserva Turística de Caça projectada para Fajão está criada, tendo a Serra Caça, empresa concessionária, dado já início aos trabalhos. Também começou já a construção do Parque E61ico de Malhadas, estando previsto o início da produção energética para o próximo mês de Maio. A este primeiro parque, seguir-se-�o mais sete, só que dado não haver linha disponível para transportar a energia por eles produzida, vai obrigar à construção de uma nova linha que ligará Fajão a Tábua, cujo custo rondará os 2,5 milhões de contos, pelo que se prevê a conclusão dos restantes parques só daqui a quatro anos. Quanto à nova Residência d� Estudantes, o processo de adjudicação seguiu já para Tribunal de Contas, o que significa que a obra deverá arrancar no início do próximo ano. O nosso concelho está a sofrer uma profunda revolução, tanto no campo das Infraestruturas como no campo social, cultural e desportivo. Nós acreditamos firmemente que valerá a pena viver na Pampilhosa da Serra. O Parque Industrial do Alto das Aldeias está a concurso, sendo abertas as propostas no dia 21 de Dezembro. Constatamos com alegria, que já se nos dirigiram 8 entidades a manifestar interesse em lá se instalarem. 1 Quanto aos 1O lotes Sociais disponibilizados pela autarquia e destinados a habitação da gente m-a is carenciada, tiveram í3 candidaturas. Está neste momento em fase terminal a sua selecção por um Júri que respeitará as regras do Regulamento Aprovado, esperando poder anunciar no final do mês a lista dos 1 O contemplados. Obras, estão a andar em grande ritmo pelo concelho inteiro, mas gostaria de realçar a Fonte da Praça e Zona Envolvente da Misericórdia da Pampilhosa que mereceu obras que julgamos que nos irão dignificar. Neste semestre tivemos algumas actividades desportivas, sendo de realçar o estágio na Pampilhosa da Seleção Nacional Feminina (sénior) de Hóquei em Patins que foi vice­ campeã Mundial, e da vinda de 150 jovens da Associação Académica de Coimbra que aqui disputaram o Pampilhosa-Aventura 2000 com enorme sucesso. Os nossos Bombeiros e o povo que servem merecem­ nos muito carinho. Dado que os ambulâncias desta corporação estavam em mau estado, a Câmara ofereceu uma viatura digna desse nome. Governar é decidir, e decidir é fazer. Esforçamo-nos dia a dia por cumprir o prometido e julgamos estar a consegui-lo. Para o ano 2001 iremos avançar com um Plano de Actividades da ordem de 1 milhão de contos de investimento. Estamos a trabalhar arduamente, com garra e determinação, rumando no sentido do progresso e bem estar de todos. Aproveito para desejar a todos vós, um Santo Natal e que o Novo Ano vos traga paz, saúde e o progresso que ambicionamos. Boleltm Municipal n º4 - C M de Pampilhosa da Serra · 1

[close]

p. 4

Praça da Antiga Escola Construção do Edifício do Centro Comercial o A empreitada do Arranjo Exterior da Praça da Antiga Escola foi adjudicada à empresa ARJUAN - Construção Civil e Projectos, Lda., pelo que, neste espaço já se iniciaram os trabalhos de remodelação e reabilitação desta zona central. Após o restauro das peças da fonte, estas voltaram ao seu lugar original, tendo-se também procedido à remodelação geral da fonte da Praça Barão de Louredo, balneários públicos e zona envolvente, bem como à pintura exterior da Capela da Misericórdia. O espaço foi ainda decorado com um painel em pedra de xisto, alusivo ao local, feito pela escola-oficina de xisto. O local está a ser ajardinado, nomeadamente com a plantação de duas magnólias, transformando-o num espaço digno, por onde passou uma parte da história desta vila. Fontenário da Praça Barão de Louredo e Já terminaram os trabalhos de construção civil, pavimentação, 1 espaços verdes, sistema automático de rega, parque infantil e outros equipamentos agora disponíveis no Casal da Lapa. . Casal da Lapa · Remodelação Urbanística Concluída e Foi assinado um protocolo entre a C�mara Mwnicipal de Pampilhosa da Serra e a Hidrocenel, no sentido desta última autorizar obras no "Barracão da Cal", no Casal da Lapa. Desta forma, a autarquia já elaborou um projecto para construção de balne$rjos e um bar, junto à Barragem de Santa Luzia, para apoio à Piscina Flutuante, estando também prevista a melhoria dos acessos à água. Barragem de Santà Luzia Balneários e Bar A empreitada de escavação e terraplanagem da Quinta de S. Martinho já foi adjudicada, pelo·que as obras estão a decorrer. Escavação e Terraplanagens da Quinta de S. Martinho - Pampilhosa da Serra ' o Decorrido o Concurso Público para a Execução da Empreitada de Construção do Parque de Campismo Rural de Janeiro de Baixo, a obra foi adjudicada à firma Mendes e Garcia, Lda., tendo-se já dado início à construção do referido Parque de Campismo. Parque de Campismo Rural de Janeiro de Baixo e bom ritmo, pelo que já é bem visível o avanço da obra e o ritmo Munlctpal nº4 • Serra foi iniciada em Maio, estando os trabalhos a decorrer a de crescimento do edifício. A construção do novo Quartel da G.N.R. de Pampilhosa da 0 Novo Quartel da G.N.R. e

[close]

p. 5

Zona Industrial do Alto das Aldeias Após procedimentos iniciais e desanexação do terreno da Reserva Ecológica Nacional, foi lançado o conéurso referente à construção da Zona Industrial do Alto das Aldeias. Escolas do concelho Na continuidade do trabalho de reconstrução e melhoria que tem vindo a ser feito nas várias escolas do concelho, de referir: o Remodelação geral da escola de Dornelas do Zêzere, incluindo construção da casa de banho para deficientes. Reparação e pintura geral da escola do Cabril. Outras obras no concelho Um pouco por todo o concelho têm sido realizadas obras nas várias áreas de intervenção desta autarquia: e Construção de passeios e muros com pedra à vista, na zona envolvente do edifício da Junta de Freguesia de Unhais-o-Velho. Abertura de estrada no Açor. Acesso à Barragem. Construção de muros com pedra à vista na zona envolvente à Capela da Portela de Unhais. Alargamento do espaço junto ao tribunal para proporcionar lugares de estacion'amen"to. Boletim Municipal nº4 • C. M. de Pampilhosa da Serra - 3

[close]

p. 6

..'..i> *iJ' No sector das acessibilidades tem-se assistido a um crescimento assinalável da quantidade e qualidade das intervenções, que vão desde as pavimentações àté aos revestimento, rectificações e arruamentos. Os trabalhos referentes à construção da nova ponte da Foz do Ribeiro, que Arruamentos Fim dos. - �- :��."' trabalhos de pavimentação dos arruamentos na povoação do Signo Sarno possibilita uma melhor ligação à povoação do Porto D'Égua, já terminaram. Alargamento de parte da Rua do Calvário, com a construção de muro de suporte. Superficial a "Slurry Seal" da estrada -Unhais-o-Velho - Revestimento Portela de Unhais Revestimento Superficial a "Slurry-Seal" da estrada Unhais o-Velho - Cruzamento da Covanca Revestimento Superficial a "Slurry-Seal" da estrada Unhais o-Velho - Meãs . �-. ··�:·.:2: Continuação da • · ··: ·,· rectificação e alargamento da estrada Moradias - Soeirinho ·?�' Abertu ra I Limpeza de Estradas e Aceiros Florestais Abertura de estradas e aceiros florestais em Meãs, Aradas, . Limpeza de estradas e aceiros florestais nas freguesias de Fajão, Vidual e Unhais-o-Velho Malhada do Rei, Aldeia Cimeira, Covões e Póvoa da ( 4 - Boletim Municipal n °4 • C. M. de Pampilhosa da Serra Carvoeiro - Coelhal • Unhais-o-Velho - Meãs • Vidual de Baixo - Vidual de Cima• Aradas - Unhais-o-Velho• Unhais-o-Velho - Portela de Unhais · Portela de Unhais - Dornelas do Zêzere• Dornelas do Zêzere - Machial Sobral Valado - Praçais - Cabril - Vidual de Baixo • Selada Porta Adurão• Selada Porta - Póvoa da Raposeira•Portela de Unhais - Casal da Lapa• Casal da Lapa - Esteiro• Janeiro de Baixo - Limite de Admoço Janeiro de Baixo - Ponte que liga a Janeiro de Baixo Limpeza de bermas nas seguintes estradas

[close]

p. 7

Repavimentações Fim dos trabalhos de pavimentação da estrada Souto do Brejo - Casal da Lapa. Pavimentações Pavimentação de ruas em Padrões Pavimentação de algumas ruas em Machio de Cima e Machio de Baixo - e reposição das calçadas Pavimentação de ruas em Cabril Alargamento e pavimentação estradaAlto do Trinhão- Machio de Baixo- Machio de Cima-ValePereiras E.N. 344. ---,-�- do Zêzere Repavimentação geral das ruas do Carregal Inicio da pavimentação da estrada Esteiro - Janeiro de Baixo­ .._........,..._:.......___..,_�---t Brejo de Baixo Pavimentação do acesso à Barragem de Sant9 Luzia em Vidual de Baixo Pavimentação de várias ruas na povoação do de ruas em Folgares - ·- :· Boletim Municipal n°4 • C. M. de Pampilhosa da Serra - 5

[close]

p. 8

As obras de água e saneamento têm acontecido faseadamente, por forma a garantir o aumento da qualidade de vida de todos os munícipes. Reforço da conduta adutora à Central da Barragem , que abastece o Casal da Lapa, Vale Grande e Vidualde Baixo. Distribuição de água ao domicilio na povoação de Covões, bem como captação e construção de Estação de Tratamento remodelação da Substituição da conduta de distribuição de água no Esteiro -Abertura de furos hertzianos em Signo Sarno e Armadouro, para reforço do abastecimento de água. -Remodelação da segunda captação de água em Meãs. -Reforço do abastecimento de água em Janeiro de Baixo, com construção de poço e respectivo sistema elevatório. 6 - Bbletim Municipal nº4 • C. M. de Pampilhosa da Serra -Finalização dos trabalhos referentes à distribuição de água ao domicílio, na povoação de Sobral Magro -Terminados os trabalhos de construção da Rede de Saneamento Básico do Carregal, bem como substituição de toda a conduta de distr,ibuição de água. -Em fase final as obras referentes à construção da Rede de Saneamento Básico do Cabril

[close]

p. 9

li)� Prémios Vila d :�::� p:visto no � regul amento, a atribuição dos prémios do · '"' Concurso "Pampilhosa da Serra - Vila Florida" 1 !f � d e correu durante o mês de Julho. O júri foi constituído por: João P e d r o Gon çal v e s Simões da _Costa , Co­ o r d e nador da Ext e n s ã o Educativa de Pampilhosa d a Serra, Cristina Paula Ventura Antunes, Técnica Superior de História e Sandra Sofia Miguel Chora, Técnica Agro-Alimentar. De um total de 47 participantes, o júri deliberou atribuir os prémios (num total de 200 mil escudos, financiados pelo Projecto de Luta Contra a Pobreza) aos seguintes escudos, o 2 ° pré­ mio, no valor de 60 mil escudos, foi para a Santa Casa d a Mi- Joaquim, no valor de 40 mil escudos. Os restantes participantes receberam um diploma de participação no concurso. A entrega de prémios e de diplomas decorreu dia 12 de Agosto (Sábado}, durante as comemorações do 15 de Agosto. # de Macrófitas Construção de Estaçõe de Tratamento de Águas Residuais (Lagoas de Macrófitas) nas povoações de Carragal, Pisão e Cabril. Boletim Municipal n°4 • C. M. de Pampilhosa da Serra - 7

[close]

p. 10

Espectácu lo de Música A Delegação de Coimbra do INATEL organizou, em colaboração com a Câmara Municipal, um espectáculo de música na Vila de Pampilhosa da Serra. Esta noite de animação contou com a actuação do a 17 de Junho, no Átrio dos Paços do Concelho. "Grupo Etnográfico da Região de Coimbra" e do "Grupo de Fados Saudade Coimbra", cuja actuação teve lugar Esta exposição foi inaugurada dia 1 de Agosto e esteve patente ao público até 31 de Agosto, na Sala de Exposições Temporárias do Museu Municipal. Lucinda Branco apresentou-se pela segunda vez em Pampilhosa da Serra, sendo que a primeira foi em 1999, no âmbito das Comemorações do V Aniversário da Casa Exposição ''Os Pincéis de Lucinda Branco ... Novas Perspectivas" paz de paragens imbuídas de profundo bucolismo ou a minúcia e graciosidade de espaços construídos que alternam entre casario rural e as românticas construções urbanas. Museu da Liga de Melhoramentos de Carvalho. Nesta exposição; a artista apresentou-se com um conjunto de novos trabalhos, procurando transmitir a quietude e a Exposição de Pintura de Colaço da Silveira do Museu Municipal acolheu de 11 a 30 de Setembro de 2000. 8 - Boletim Municipal n°4 • C. M. de Pampilhosa da Serra Colaço da Silveira nasceu no seio de uma família de pintores e ceramistas oriundos do Brasil. É.natural de Angola e reside em Coimbra, cidade onde estudou. O artista imprime nas suas obras uma intensa policromia, Uma exposição que a Sala de Exposições Temporárias Encontra-se representaao em várias colecções nacionais e estrangeiras, tendo exposto em Espanha, Angola, Marrocos, Estados Unidos e México. reveladora do seu espírito modelador, irrequieto e expressivo.

[close]

p. 11

No âmbito das Comemorações do Dia Mundial da Música Dia 1 de Outúbro, a Câmara Municipal inaugurnu, na Sala de Exposições Temporárias do Museu Municipal, a exposição "Engenhos Sonoros", que se manteve patente ào publico durante todo o mês de Outubro. Uma exposição sobre instrumentos musicais, constituída por um conjunto de 19 painéis, da autoria de Gerhard Doderer. O funcionamento, construção e execução dos instrumentos musicais constituem os éonteúdos desta exposição que, de uma forma simples e graficamente apelativa, apresenta as quatro principais famílias de instrumentos (madeira, metais, cordas e percussão) e a sua utilização nas diversas tradições musicais. Sendo propósito desta exposição atingir um público alargado e não familiarizado com a música, apresentando-se também como um suporte de referência ao público escolar, foram distribuídos, pela Câmara Municipal, alguns exemplares desta exposição temática por agentes culturais do concelho, nomeadamente Santa Casa da Misericórdia de Pampilhosa da Serra, Associação de Solidariedade Social de Dornelas do Zêzere, Escola Básica Integrada de Pampilhosa da Serra, Museu Monsenhor Nunes Pereira e Ludoteca/Bibliotaca "Pampilho". Exposição "Engenhos Sonoros" "' -....- Ili Feira de Artesanato e Gastronomia de Pamp_ilhosa da Serra A 3 ª edição da Feira de Artesanato e Gastronomia de Pampilhosa da Serra decorreu de 12 a 15 de Agosto de 2000, integrando as "Festas do 15 de Agosto", realizadas na sede de concelho. A Feira teve lugar no Largo José Henriques da Cunha e contou com a participação de cerca de 40 expositores. Esta mostra é organizada pela Câmara Municipal e visa estimular e mostrar o artesanato que se faz no concelho, trazer ao concelho outras formas de artesanato da r�gião e do país. Esta é uma forma de incentivar o desenvolvimento do artesanato e gastronomia tra_dicional como produto turístico, cada vez mais procurado, assumindo assim uma crescente importância económica. N e s t a edição estiveram representados vários tipos de artesanato - rendas e bordados, loiça pintada à mão, trabalhos em ponto de cruz e meio ponto, brinquectos tradicionais em · madeira, artesanato indígena, malhas tradicionais de Vila do Conde, linhos, empalhamentos em cadeiras, artesanato regional alentejano - e vários petiscos tradicionais - doçaria, produtos apícolas, queijo de cabrã, mel e outros produtos endógenos. 'As instituições locais também estiveram presentes com os seus trabalhos e produtos em mais uma oportunidade de divulgação, dada através da realização deste evento. Boletim Municipal nº4 • C. M. de Sarnpilhosa da Serra - 9 ·

[close]

p. 12

A C â mara Municipal de Pampilhosa da Serra organizou, pelo 3° ano consecutivo, um Fim de Semana em Aventura, nos paradisíacos locais da zona da Barragem de Santa Luzia. A iniciativa decorreu nos dias 19 e 20 de Agosto, tendo contado com a participação de jovens, não só do concelho, como também de outros pontos do país, orientados por uma equipe técnica do INATEL - Delegação de Coimbra. Um vasto leque de actividades de aventura, desde a Canoagem, Marcha, Orientação, Rappel, Paralela, Slide, até ao BTT, preencheram estes dois dias de desporto e emoção. # Durante quatro dias (de 26 a 30 de Setembro) esteve a estagiar em Pampilhosa da Serra a · Selecção Nacional Sénior Feminina de Hóquei em Patins, actual Ca m p eã Estágio da Selecção Sénior Feminina de Hóq uei em Patins ( se no ano passado foi um estágio de observação, este ano, foi já um estágio de preparação, que contou Europeia. O estágio destinou-se à suà preparação para a participação �ãiii:PJ� no V Campeonato do Mundo, que decorreu de 08 a 14 de Outubro na Alemanha. Foi o segundo ano que a Pampilhosa da Serra acolheu no seu concelho o estágio final desta Selecção Nacional. E, . com a ·realização de um jogo treino com a Equipa �r--- -- de Hóquei em Patins de Oliveira do Hospital. Este jogo serviu para dar a conhecer as capacidades técnicas das jovens seleccionadas; bem como a valentia demonstrada pelos jovens de Oliveira do Hospital, frente à experiência das campeãs Europeias e Vice-Cam peãs do Mundo. # A Associação Académica de Coimbra num Campo de Montanha na Pampilhosa da Serra O concelho de Pampilhosa da Serra foi palco de ·um fim-de-semana de aventuras, durante os dias 13, 14 e 15 de Outubro passado, que a Associação Académica de Coimbra organizou nos magníficos cenários deste concelho, nomeadamente na zona envolvente à Barragem de Santa Luzia e Rio Zêzere. Este Campo de Montanha "Pampilhosa da Serra 2000" teve o patrocínio da C â marâ Municipal e envolveu 1 0 - Boletim Municipal n °4 • C. M. de Pampilhosa da Serra - mais de 150 jovens em provas de BTI, Canoagem, Paintball, Orientação Nocturna, Provas de Tiro com Arco, Zarabatana, Pressão de Ar, Rappel, Slide, Escalada, Jogos de Montanha e ainda Jogos Tradicionais.#

[close]

p. 13

projecto desenvolvido no concelho de Pampilhosa da Serra, "Julho em Acção, um mês de Diversão" foi o mote de um dirigido a crianças dos 6 aos 1 4 anos, que decorreu na Centro Lúdico da Associação Social de Dornelas do Zêzere. crianças do concelho, não só as que residem na vila, mas em lo­ Esta iniciativa teve como principal objectivo proporcionar às Ludoteca/Biblioteca "Pampilho" da Câmara Municipal e no U m mês de d iversão em Pampilhosa da Serra "Ser Criança" projecto "Sol Risonho", Programa Projecto PROIJRAMA "SER CRIANÇA " Foi aprovada a candidatura ao "Sol Risonho" 2000, no âmbito do Programa como principal objectivo elaborada em Fevereiro de também as que calidades mais vivem "Ser Criança". Este projecto tem estimular e promover as estima, em especial nas PROJECTO " $0l RISONHO" E.ntidode prornotol"4� isola d a s , acti­ sificadas, vidades d iver­ no­ competências sociais e de auto­ crianças e jovens do concelho.# Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra 2000 1,1[ ) rcursos pedestres, caça ao tesouro, recuperação/reutilização para os respectivos ecopontos. # meadamente pe­ de materiais, câmbio de Euros e ainda a separação de lixo Na continuidade do trabalho desenvolvido o ano passado Ludoteca Itinerante e uma vez verificado o seu sucesso, a Ludoteca Itinerante irá, novamente este ano, visitar uma vez por mês todas as escolas do concelho. Esta iniciativa visa fazer chegar à s crianças, que vivem em zonas mais A Câmara Municipal, em colaboração com alguns projectos sob o tema "Higiene Oral", dirigida à s crianças do 1 °. Ciclo. escolas do concelho. Higiene Oral nas Escolas do 1 ° . Ciclo isoladas, livros, brinquedos e jogos, combinando as vertentes l údico-pedagógicas. # de âmbito social, organizou uma Acção de Sensibilização Esta iniciativa decorreu de 9 a 1 3 de Outubro em todas as As sessões de esclarecimento foram seguidas de uma As. Acções de Alfabetização que têm decorrido no concelho têm como público-alvo a população adulta, analfabeta ou enorme vontade de aprender, nem. que seja só para "aprender Do Analfabetismo à Vontade de Aprender ...· Nunca é Tarde ! . triagem a cada criança, no sentido de detectar os problemas existentes e aconselhar a sua ida a um especialista. Foram dentífrico e um tratamento com flúor. # também distribuídos a cada aluno, Kit's de escova com com baixa escolaridade, que tem vindo a manifestar uma a fazer o m e u n o m e " , c o m o m u i t o s referem. # significativa. Após análise efectuada ao elevado número de indeferir ou arquivar muitos dos processos e definir nos restantes o tipo de apoio a prestar, nomeadamente colocação de água , luz e/ou apoio na reconstrução habitacional,. Esta intervenção privilegiou o envolvimento das famílias processos existentes, foi realizada uma triagem, que permitiu Contra a Pobreza (PLCP), tem-se vindo a intervir de forma pela Câmara Municipal, no âmbito do Projecto de Luta No que diz respeito à recuperação habitacional, co-firianciada Recuperação Habitacional contempladas, uma vez que foi negociado, entre outros factores, a responsabilização nos custos das obras a efectuar, através de empréstimo bancário ou a terceiros, . empréstimo pelo programa SOLARH *, realização da mão­ de-obra, etc. # * SOLARH - Programa de Solidariedade e Apoio à Recuperação de Habitação do Instituto Nacional de Habitação

[close]

p. 14

Subsídios atribuídos pela Câmara Municipal e outras transferências De Abril a Setembro de 2000 BENEFICIÁRIO Grupo Desportivo Pampilhosense Liga de Melhoramentos de Carvalho "Ecomuseu" VALOR 1.500.000.00 2.000.000.00 DELIBERAÇÃO 2000.04.05 2000.04.19 2000.05.03 2000.05.17 2000.05.17 2000.05.17 2000.05.17 2000.06.07 2000.06.07 2000.06.21 2000.06.21 2000.07.05 2000.07.05 2000.07.19 2000.07.19 2000.08.02 2000.09.20 2000.10.04 2000.10.04 2000.10.04 2000.10.04 2000.10.04 Núcleo da Associação Portuguesa de Investigação Arqueológica 75.000.00 Programa "Ser Criança" - Projecto "Pampilho" Projecto de Luta Contra a Pobreza Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra Rancho Folclórico de Dornelas do Zêzere Junta de Freguesia de Pessegueiro Junta de Freguesia de Fajão Casa do concelho de Pampilhosa da Serra (Rancho Folclórico) ADESA Associação dos Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra Santa Casa da Misericórdia de Pampilhosa da Serra Associação "Pinhais do Zêzere" ADESA Associação dos Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra Grupo Desportivo Pampilhosense ADESA ADESA Associação "Pinhais do Zêzere" Comissão de Melhoramentos de Ceiroquinho Núcleo de Arquitectos da Região de Coimbra 985.818.00 6.000.000.00 600.000.00 500.000.00 8.750.00 200.000.00 500.000.00 232.344.00 2.000.000.00 3.000.000.00 103.581.00 804.825.00 250.000.00 350.000.00 135.304.00 500.000.00 46.800.00. 35.000.00 50.000.00 1 2 - Boletim Municipal nº4 • C. M. de Pampilhosa da Serra

[close]

p. 15

b Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra Oferta de Ambulância Tendo em conta os objectivos prosseguidos pela Associação de Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra e as dificuldades financeiras com que se debatem, a Câmara · Municipal fez oferta aos Bombeiros de uma r---=:::l-.;c ambulância nova, no valor de 6.000 contos.

[close]

Comments

no comments yet