Catalogo - Linha Stilo Grad

 

Embed or link this publication

Description

Catalogo - Linha Stilo Grad

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2

Este catálogo tem por objetivo apresentar o conteúdo completo do sistema Stilo Grad. Para conhecer os itens que fazem parte do estoque da filial Curitiba, consulte o catálogo de portfólio deste sistema.

[close]

p. 3

APRESENTAÇÃO SG - V02 - 04/13 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada.

[close]

p. 4

ÍNDICE GERAL 1 TIPOLOGIAS 2 NORMAS 3 ENSAIOS 4 PERFIS 5 COMPONENTES 6 DETALHES CONSTRUTIVOS 7 PROJETOS ORIENTATIVOS PÁG. TI-01 a TI-03 As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada. PÁG. NR-01 a NR-08 PÁG. EN-01 a EN-03 PÁG. PE-01 a PE-15 PÁG. CO-01 a CO-23 PÁG. DC-01 a DC-17 PÁG. PR-01 a PR-04 SG - V02 - 04/13 Belmetal SP - GDP

[close]

p. 5

SG - V02 - 04/13 1 TIPOLOGIAS TI-01 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada.

[close]

p. 6

TIPOLOGIAS SG - V02 - 04/13 GUARDA-CORPOS COM VIDRO CEM = STG-GRV010 GUARDA-CORPOS COM BARROTE GUARDA-CORPOS COM BARROTE CEM = STG-BRT010 CEM = STG-BRT010 TI-02 L L H H L H Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada.

[close]

p. 7

TIPOLOGIAS SG - V02 - 04/13 detalhe GUARDA CORPOS COM BARROTE GUARDA CORPOS COM VIDRO detalhe TI-03 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada.

[close]

p. 8



[close]

p. 9

SG - V02 - 04/13 2 NORMAS NR-01 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada.

[close]

p. 10

NORMAS GUARDA-CORPOS PARA EDIFICAÇÕES Escopo A norma NBR-14718:2008, especifica as condições mínimas de resistência e segurança exigíveis para guarda-corpos de edificações para uso privativo ou coletivo. • são consideradas áreas de uso privativo: Varandas, mezaninos e escadas de unidades de edificações residenciais ou comerciais. • são consideradas áreas de uso coletivo: Áreas comuns de edificações residenciais ou comerciais. Observações: As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada. • A norma NBR-14718:2008 não se aplica às áreas de uso coletivo, tais como shopping centers, museus, hospitais, cinemas, teatros, centro ecumênicos, industrias, aeroportos, rodoviárias e estações de transporte, mirantes, ginásios de esportes, estádios de futebol, passarelas sobre vias de transportes, viadutos e pontes em geral. • Para os conceitos de acessibilidade e para as condições de saídas de emergência, devem ser seguidas as ABNT NBR 9050 e ABNT NBR 9077. Materiais Qualquer material utilizado na composição de guarda-corpos deve manter suas características iniciais quanto à resistência e durabilidade, seguindo orientações das condições de manutenção previstas em Normas e as pertinentes a cada material. Ancoragens e pontaletes • Alumínio (ABNT NBR 6835) • Aço inox ABNT 304 (ABNT NBR 5601) • Aço inox austenítico ABNT 316 (ABNT NBR 5601) • Quando em ligas aço-cobre ou aço-carbono, devem ser galvanizados apresentando espessura mínima da camada de zinco, confome ABNT NBR 6323 ou tratamento que apresente desempenho igual ou superior à galvanização a quente. Guarda-corpos de alumínio • As partes aparentes devem ser protegidas por anodização ou pintura, conforme especificado nas ABNT NBR 12609 e ABNT NBR 12613 para anodização e na ABNT NBR 14125 para pintura. Os fixadores (parafusos, porcas, arruelas, etc) • Devem ser de aço inoxidável ABNT 304, aço inox austenítico ABNT 316. Contatos bimetálicos • Os contatos bimetálicos devem ser evitados. Caso eles existam, deve-se prever isolamento ou utilização de materiais cuja diferença de potencial elétrico não ocasione corrosão galvânica. Como exemplo pode-se utilizar o alumínio em contato com aço inox austenítico passivado (não magnético). Elementos de fechamento • O elemento de fechamento, qualquer que seja seu material quando submetidos ao ensaio devem atender aos critérios indicados no teste de resistência a impactos. • Na utilização de elemento de fechamento em vidro, o seu uso e a sua instalação devem estar conforme a ABNT NBR 7199. SG - V02 - 04/13 NR-02 Belmetal SP - GDP

[close]

p. 11

NORMAS PROJETOS Condições gerais A altura mínima dos guarda-corpos deve ser definida de acordo com as seguintes situações: ZR ZEN = NC < 0,03 ZR • A altura mínima de guarda-corpos, onde a Zona de Recepção (ZR) tenha Zona de Estacionamento Precário (ZEP); < 0,03 <0,30 ZEP APR. ≥0,90 H ≥1,00 ≥0,10 ZEN ≥ 1,00 ZEP ou ZEN ZEP ou ZEN • A altura mínima de guarda-corpos, onde a Zona de Recepção (ZR) tenha desnível ≤ 1,00m para cima, com ZEP ou ZEN com largura máxima de 1,00m. Neste caso a ZEP ou ZEN tem no máximo 1,00m. < 0,03 ≤ 1,00 ≤ 1,00 SG - V02 - 04/13 NR-03 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada. • A altura mínima de guarda-corpos, onde a Zona de Recepção (ZR) tenha somente Zona de Estacionamento Normal (ZEN); H ≥1,00 ≥0,30

[close]

p. 12

NORMAS • Acima da medida vertical de 0,45m, para a mureta, a altura mínima do guarda corpos deve ser de 1,00m em relação ao nível de circulação (NC) não sendo consideradas as superfícies ZEP ou ZEN. < 0,03 H ≥1,00 > 0,45 • Em situações onde a Zona de Recepção (ZR) tenha desníveis maiores do que 0,10 m, deve existir um prolongamento do guarda-corpos de no mínimo 0,30 m após o término do nível superior. Obs.: Esta regra não se aplica a escadas e rampas ≥ 0,30 H H ZR nível superior > 0,10 ZR nível inferior SG - V02 - 04/13 NR-04 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada.

[close]

p. 13

NORMAS Tipo de guarda-corpos Vidro • No caso de guarda-corpos com elemento de fechamento em vidro, somente podem ser utilizados vidros em conformidade com a ABNT NBR 7199. Os vidros empregados devem atender às Normas Brasileiras pertinentes como, por exemplo, o vidro laminado deve atender à ABNT NBR 14697. Gradil • No caso de guarda-corpos do tipo gradil, o espaçamento entre perfis verticais (vão-luz) não deve ser superior a 0,11 m. • A configuração do guarda-corpos deve prever componentes de fechamento posicionado no lado interno, na medida em que houver apoios que permitam a escalada até a altura de 0,45 m. • O espaçamento entre perfis horizontais acima desta cota não deve exceder 0,11 m. ≤ 0,11 ≤ 0,11 ≤ 0,11 Elementos de Fechamento ≤ 0,11 ≤ 0,11 ≤ 0,45 ≤ 0,11 ≤ 0,11 Instalação do guarda-corpos • Nas situações em que o guarda-corpos seja instalado num plano avançado em relação ao limite exterior do pavimento, a folga medida na horizontal em relação ao limite exterior não deve exceder 0,05m e o espaçamento entre o elemento horizontal inferior do guarda-corpos e a borda exterior do pavimento não deve exceder 0,11m. • Para impedir a queda acidental de objetos soltos no piso de uma área protegida por um guarda-corpos, deverá existir uma barreira que impeça a passagem livre de uma esfera de diâmetro 0,05m rolando pelo piso, em toda a extensão do guarda-corpos. Para isso, caso a edificação não contemple uma mureta ou rodapé o guarda-corpos deverá ter um elemento que evite a passagem dessa esfera. SG 2.0 - V01 - 10/12 NR-05 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada.

[close]

p. 14

NORMAS Ancoragem e pontaletes do guarda-corpos • Deve ser especificado em projeto os tipos, espaçamento e demais detalhes da ancoragem do guarda-corpos, dimensionadas de forma a garantir o desempenho nos ensaios previstos (Esforço estático horizontal e Resistência a impactos). • Somente serão admitidas ancoragens em partes estruturais ou em paredes dimensionadas aos esforços resultantes das cargas previstas na norma ABNT NBR 14718:2008. • No caso de guarda-corpos com sistema de fixação por colagem com adesivo, a ancoragem deve ter profundidade mínima de 70mm no concreto, independentemente da espessura de eventuais revestimentos. Ensaios Sequência de ensaios Para a realização dos ensaios de desempenho, deve ser utilizado um único protótipo, instalado nas condições previstas em projeto conforme sequência: 1. Esforço estático horizontal 2. Esforço estático vertical 3. Resistência a impactos Esforço estático horizontal Pré-carga, carga de uso e carga de segurança Não deve apresentar ruptura de qualquer de seus componentes; Não deve ocorrer afrouxamento ou destacamento de componentes e dos elementos de fixação; A deformação horizontal, quando o guarda-corpos for submetido à pré-carga (200 N/m) não deve superar 7mm; A deformação horizontal sob carga (deslocamento do peitoril) com aplicação de carga de uso (400 N/m ou 1000 N/m, conforme o uso privativo ou coletivo respectivamente) não deve superar 20 mm; • A deformação horizontal residual deve ser limitada a 3 mm, após retirada da carga de uso. • Após a aplicação da pré-carga e da carga de uso, aplicar carga de segurança equivalente a 1,7 vezes a carga de uso (680 N/m ou 1700 N/m, conforme o uso privativo ou coletivo respectivamente) • A deformação horizontal sob carga de segurança deve ser limitada a 150 mm garantindo a função do guarda-corpos. Não é necessário a avaliação da deformação residual • • • • As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada. SG - V02 - 04/13 NR-06 Belmetal SP - GDP

[close]

p. 15

NORMAS Demonstração da aplicação de esforços em protótipos constituídos de dois módulos 0,5 L medidores 0,4 L 0,4 L L Esforço estático vertical Qualquer tipo ou modelo de guarda-corpos, quando submetido ao ensaio de esforço estático vertical, deve atender aos requisitos indicados a seguir : • Não deve apresentar ruptura; • Não deve ocorrer afrouxamento ou destacamento de componentes e dos elementos de fixação; • A deformação sob carga (deslocamento do peitoril) com aplicação de carga de segurança (680 N/m ou 1700 N/m , conforme o uso privativo ou coletivo respectivamente) não deve superar 20mm; • A deformação residual deve ser limitada a 8mm, após retirada da carga de segurança. = 0,15 m F/2 = 0,15 m F/2 SG - V02 - 04/13 NR-07 Belmetal SP - GDP As informações contidas neste catálogo são de propriedade da BELMETAL e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Verifique o site www.belmetal.com.br para obter a versão mais atualizada. F/4 F/2 F/4

[close]

Comments

no comments yet