Revista do Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul

 

Embed or link this publication

Description

Material informativo sobre o Setor de Defesa e Segurança do RS

Popular Pages


p. 1

RIO GRANDE DO SUL DEFENSE AND SECURITY SECTOR - BRAZIL

[close]

p. 2

Editorial | Editorial Realização | Realization Agência de Desenvolvimento de Santa Maria - ADESM, Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento – AGDI, Federação e Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul – FIERGS/CIERGS, Associação Parque Tecnológico de Santa Maria – TECNOPARQUE Textos | Texts Alexandro Oto Hanefeld, Christiano Ambros, Cristiano Silveira dos Santos, Diogo De Gregori e Marielle Flores Tradução | Translation Bruna Dutra Fotos | Photos Acervo | Collection Projeto Gráfico | Graphic Design Art/Meio Comunicação Tiragem | Circulation 2.000 unidades | 2,000 units Abril/2015 | April/2015 Impressão | Printing Multipress - Gráfica e Editora

[close]

p. 3

RIO GRANDE DO SUL DEFENSE AND SECURITY SECTOR - BRAZIL SUMÁRIO SUMMARY 4 8 10 11 11 12 12 13 13 14 APRESENTAÇÃO SETOR DE DEFESA E SEGURANÇA DO RIO GRANDE DO SUL Defense and Security Sector of Rio Grande do Sul Presentation Polo de Defesa de Santa Maria Santa Maria Defense Cluster VENHA FAZER PARTE DESTA INICIATIVA Come be part of this initiative Incentivos Incentives Depoimentos Testimonials COORDENAÇÃO Coordination Agência de Desenvolvimento de Santa Maria - ADESM Development Agency of Santa Maria - ADESM Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento - AGDI Development and Investment Promotion Agency of Rio Grande do Sul - AGDI Federação e Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul – FIERGS/CIERGS Associação Parque Tecnológico de Santa Maria - TECNOPARQUE Santa Maria Technology Park Rio Grande do Sul Federation and Center of Industries (FIERGS/CIERGS)

[close]

p. 4

APRESENTAÇÃO SETOR DE DEFESA E SEGURANÇA DO RIO GRANDE DO SUL DEFENSE AND SECURITY SECTOR OF RIO GRANDE DO SUL PRESENTATION Com recursos humanos qualificados e numerosa concentração de militares, o Estado do Rio Grande do Sul (RS) possui um dos maiores polos tecnológicos e industriais de produtos e serviços de Defesa e Segurança do Brasil. Altamente competitivo, inovador e diversificado, destaca-se pela robusta cadeia de fornecedores e tradição exportadora. O Estado também proporciona um ambiente favorável para o empreendedorismo e o desenvolvimento de novos empreendimentos. O Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul se diferencia pela ampla cooperação existente entre empresas, poder público, universidades e militares, o que aumenta a sinergia e cria um ambiente propício para inovações. A vocação militar e a proximidade com as Forças Armadas facilitam a compreensão das demandas do cliente e o desenvolvimento conjunto de soluções. Brasil Rio Grande do Sul Localização Privilegiada O Rio Grande do Sul possui uma localização privilegiada. Faz fronteira com Uruguai, Argentina e o Estado de Santa Catarina e está próximo a Paraguai e Chile. A integração logística entre as principais regiões do país e o MERCOSUL se dá através de portos marítimos e fluviais, aeroportos, ferrovias e rodovias. O porto de Rio Grande está entre os mais importantes do continente americano, tendo forte atuação no extremo sul do Brasil. With qualified human resources and a large concentration of military personnel, the State of Rio Grande do Sul (RS) has one of the largest technological and industrial centers of Brazil for products and services on Defense and Security. Highly competitive, innovative and diverse, it’s distinguished by a robust supply chain and a tradition on exportation. The State also provides a favorable environment for entrepreneurship and the development of new projects. The Defense and Security Sector of Rio Grande do Sul is recognized for wide cooperation amongst companies, public authorities, universities and the military forces, which enhances synergy and creates an innovation-friendly environment. The Military vocation and proximity to the Armed Forces favors the understanding of customer demands and the joint development of solutions. Prime Location Rio Grande do Sul is at a vantage location. It borders the countries of Uruguay, Argentina and Santa Catarina state and it is very close to Paraguay and Chile. The logistics integration between the main regions of Brazil and MERCOSUR is via its sea and river ports, airports, railways and highways. Highlighting the port of Rio Grande, which is among the most important in the Americas, with a strong presence in Southern Brazil. Strong Economy and Export With a population of over 10.5 million people, corresponding to 5.5% of the Brazilian population, Rio Grande do Sul covers an area of 3.39% of the country and accounts for 7% of its economy; moreover, it has the fourth largest Gross Domestic Product (GDP) of Brazil. Being one of the biggest grain producers and exporters in the country, the State is a leader in many industrial sectors of the Brazilian economy: it is the largest industrial complex for automation, biodiesel, road accessories, agricultural machinery and implements, leather and footwear, wine and sparkling wine; it also is the second largest complex for electronics, metal-mechanics, plastics and rubber, ships, machinery and equipment, furniture and beverages. The international insertion is a determining factor in the state’s competitiveness. Foreign trade, represented by the sum of imports and exports, accounts for about 30% of the state’s GDP. In 2013, Rio Grande do Sul was the third largest exporter and the fourth largest importer state of Brazil. Economia Forte e Exportação Com mais de 10,5 milhões de habitantes, correspondente a 5,5% da população brasileira, o Rio Grande do Sul ocupa uma área de 3,39% do território nacional e responde por 7% da economia brasileira, além de contar com o quarto maior Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Um dos maiores produtores e exportadores de grãos do país, o RS é líder em diversos setores industriais da economia brasileira: é o maior complexo industrial para automação, biodiesel, complementos rodoviários, maquinário e implementos agrícolas, couro e calçados, vinhos e espumantes; o segundo maior complexo de eletroeletrônicos, metal-mecânico, plásticos e borracha, naval, maquinaria e equipamentos, móveis e bebidas. A inserção internacional é um fator determinante na competitividade do Estado. O comércio exterior, representado pela soma de importações e exportações, é responsável por cerca de 30% do PIB do RS. Em 2013, o Rio Grande do Sul foi o terceiro maior estado exportador e o quarto maior importador do Brasil. 4 Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul

[close]

p. 5

Vocação Militar - Segundo Estado com Maior Concentração de Efetivos Militares No Rio Grande do Sul está concentrado um dos maiores efetivos das Forças Armadas do Brasil. Em Rio Grande, no Sul do Estado, está a sede do 5º Distrito Naval, da Marinha do Brasil, que tem entre suas missões principais executar operações navais nas áreas marítimas e fluviais sob seu comando, e operações terrestres de caráter naval na área terrestre sob sua jurisdição; e apoiar as Unidades e Forças Navais, Aeronavais e de Fuzileiros Navais, não subordinadas, em operações em sua área de jurisdição. Porto Alegre, capital do Estado, sedia o Comando Militar do Sul, do Exército Brasileiro, cuja missão é manter a soberania na região sul do Brasil e para tanto conta com cerca de 50.000 militares (25% do efetivo do Exército Brasileiro) e 75% dos meios mecanizados existentes na força terrestre. Em Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, está a sede do V COMAR. O Quinto Comando Aéreo Regional é a organização militar responsável por representar a FAB nos Estados da Região Sul do Brasil: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Desempenha funções administrativas de apoio às unidades operacionais e coordena as relações institucionais com a comunidade e órgãos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Os Estados da Região Sul sediam mais de 30 Unidades de Aeronáutica, entre Bases Aéreas, Esquadrões de Voo, Batalhões de Infantaria, Unidades responsáveis pelo controle do espaço aéreo e comunicações, além de Prefeituras de Aeronáutica. Military Vocation – Brazil’s Second Highest Concentration of Military Personnel In Rio Grande do Sul, it is concentrated one of the largest personnel of the Armed Forces in Brazil. In the city of Rio Grande, in the southern part of the state, it is located the headquarters of the 5th Naval District of the Brazilian Navy, which amongst its main missions has naval operations in sea and river areas under its command, and also ground operations of naval character in the land area under its jurisdiction; moreover, it supports Naval, Air-sea and the Marines Units and Forces, unsubordinated, in operations in their area of jurisdiction. Porto Alegre, the State Capital, hosts the Southern Military Command, from the Brazilian Army, whose mission is to maintain sovereignty in Southern Brazil and to this end it has about 50,000 military personnel (25% of the workforce of the Brazilian Army) and 75% of the existing armored and mechanized vehicles in ground force. In Canoas, in the metropolitan area of Porto Alegre, there’s the headquarters of the V COMAR. The Fifth Regional Air Command is the Military Organization responsible for representing the Brazilian Air Force – FAB, in the states of Southern Brazil: Paraná, Santa Catarina and Rio Grande do Sul. Its administrative function is to support the operational units and coordinate the institutional relations between the community and organs of the Executive, Legislative and Judicial powers. The states of the Brazilian South harbor over 30 Air Force units, among Air Bases, Flight Squadrons, Infantry Battalions, Units responsible for the control of air and space communications, as well as governments of Aeronautics. Qualified Human Resources and Innovative Environment Rio Grande do Sul has a wide network of professional education and high quality college institutions. Other than private institutions, there are six federal plus a state public institutions offering free college education, of high quality and with international recognition. In addition to this, there are over 100 technology and technical training institutions providing professional courses to enhance human resources. In 2014, the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) was considered the best Brazilian University by the General Index of Courses (IGC) of the Ministry of Education (MEC). In the same index, Rio Grande do Sul also has the second and the third best private Universities of Brazil: the University of Vale Rio dos Sinos (UNISINOS) and the Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul (PUC-RS). The Federal University of Santa Maria (UFSM) is a national reference in defenserelated matters. Besides being the only university in the state to have signed a Memorandum of Understanding with the Brazilian Army, in 2014 it initiated the first undergraduate course in Aerospace Engineering in Rio Grande do Sul and the sixth in the country. The state concentrates a Network of Science and Technology Parks, environments conducive to innovation, with the adequate infrastructure and working in synergy with the government, businesses and the academy. In 2014, Tecnosinos (Unisinos’ Technological Park) and Raiar (the Business Incubator of PUCRS) were voted the best in the country in the National Award for Innovative Entrepreneurship, sponsored by Anprotec, the National Association of Promoting Entities for Innovative Entrepreneurship, in partnership with SEBRAE (Brazilian Service of Support for Micro and Small Enterprises). It was the first time that a single state was recognized in both distinctions. Paraguai Recursos Humanos Qualificados e Ambiente Inovador O Estado conta com uma ampla rede de ensino profissionalizante e instituições de ensino superior de qualidade. Além das instituições particulares, são seis instituições públicas federais e uma estadual oferecendo formação superior gratuita, de qualidade, com reconhecimento internacional. Soma-se a isso mais de 100 instituições de formação tecnológica e técnica fornecendo cursos profissionalizantes para aprimorar os recursos humanos. Em 2014, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) foi considerada a melhor Universidade Brasileira pelo Índice Geral de Cursos (IGC) do Ministério da Educação (MEC). No mesmo índice, o Rio Grande do Sul conta com a segunda e a terceira melhor Universidade Privada do Brasil: a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) é uma referência nacional em assuntos relacionados à defesa. Além de ser a única universidade gaúcha a ter firmado um Memorando de Entendimento com o Exército Brasileiro, em 2014 iniciou o primeiro curso de graduação em Engenharia Aeroespacial do Rio Grande do Sul e o sexto do país. O Estado concentra uma Rede de Parques Científicos e Tecnológicos, ambientes propícios à inovação, dotados de infraestrutura adequada e que atuam em sinergia com o poder público, o meio empresarial e acadêmico. Em 2014, o Parque Tecnológico da Unisinos (Tecnosinos) e a Incubadora de Empresas da PUCRS (Raiar) foram eleitos os melhores do país no Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador, promovido pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), em parceria com o Sebrae. Foi a primeira vez que um mesmo Estado foi reconhecido nas duas distinções. Argentina São Borja Passo Fundo Caxias do Sul Uruguaiana Santa Maria Porto Alegre Santana do Livramento Pelotas Uruguai Rio Grande Ferrovias / Railways Rodovias / Highways Hidrovias / Waterways Aeroporto / Airport Porto / Port Porto de Rio Grande. | Rio Grande Port. Ferrovia de Santa Maria. | Santa Maria Railway. Rio Grande do Sul Defense and Security Sector 5

[close]

p. 6

Microssatélite MMM-1. Microssatellite MMM-1. Engenharia de nanossatélite. | Nanosatellite engineering. Parceiro Confiável das Forças Armadas do Brasil A Indústria de Defesa do Rio Grande do Sul é bastante diversificada e participa de diferentes projetos estratégicos das Forças Armadas, especialmente nos segmentos de: Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP/VANT), Armamentos Leves, Aviônica, Defesa Cibernética, Eletrônica Embarcada, Georreferenciamento, Microcontroladores, Microssatélites, Simulação, Softwares e Veículos Blindados, fortalecendo a Base Industrial de Defesa do Brasil. Desenvolvimento tecnológico (CEITEC). | Technological development (CEITEC). Reliable Partner of the Armed Forces of Brazil The Defense industry of Rio Grande do Sul is very diverse and participates in various strategic projects of the Armed Forces, especially in the segments of: Remotely Piloted Aircraft (RPA/UAV), Light Weapons, Avionics, Cyber Defense, OnBoard Electronics, Georeferencing, Microcontrollers, Microsatellites, Simulation, Softwares and Armored Vehicles, strengthening the Industrial Base Defense of Brazil. Segments, Products and Companies Remotely Piloted Aircraft (RPA/UAV) Companies which develop, manufacture, supply and provide services using unmanned flight platforms and remote access (RPA/UAV), such as SkyDrones, AEL Systems and Aurora Images. Light Weapons One of the three largest firearms manufacturers in the world (Taurus Group) is headquartered in the state. It is a historic supplier of small arms and rifles for the Army. Avionics One of the leading companies in avionics in Brazil is headquartered in the State (AEL Systems). It is dedicated to the design, development, manufacture, maintenance and logistical support of military and space electronic systems for applications in aerial, sea and land platforms. Cyber Defense With companies operating on several fronts and with recognized experience in shutting down and removing improper and fraudulent content (Axur company), Rio Grande do Sul is a reference in the development of systems that act in identifying and fighting against threats of cyberspace that somehow interfere with the interests of businesses, governments and individuals. On-Board Electronics Brazil’s second largest electronics industrial park, Rio Grande do Sul has a wide range of industries in the sector, from the production of light and heavy materials to the most sophisticated defense and security equipments. Georeferencing With specialists in Management Systems of Georeferenced Databases, we developed a GIS system for mobilization (GEOMOB) to the Brazilian Army Command. Microcontrollers A reference in high technology, Rio Grande do Sul has an excellent environment for developing the chain of semiconductors and microcontrollers, which permeates the development of nanotechnology in the microelectronics market (examples such as: Santa Maria Design House, CEITEC, HT Micron). Microssatellites The first Brazilian nanossatellite orbiting in space was designed in the state, more specifically in the CRS/INPE, which has experienced professionals for the developing of Microsatellites. The NanosatC-BR1 is in orbit and transmitting information. Besides that, the State is also focusing on the Rio Grande do Sul’s Space Cluster Iniciative, which from a triple helix organization seeks to develop the first microsatellite Brazilian Military. Segmentos, Produtos e Empresas Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP/VANT) Empresas que desenvolvem, fabricam, fornecem e prestam serviços utilizando plataformas de voo não tripulado e acesso remoto (ARP/VANT), como a SkyDrones, AEL Sistemas e Aurora Imagens. Armamentos Leves Um dos três maiores fabricantes de armas de fogo do mundo (Grupo Taurus) tem sede no Estado. É um fornecedor histórico de armas leves e fuzis para o Exército. Aviônica Uma das principais empresas de aviônicos do Brasil está sediada no Estado (AEL Sistemas), dedicando-se ao projeto, desenvolvimento, fabricação, manutenção e suporte logístico de sistemas eletrônicos militares e espaciais para aplicações em plataformas aéreas, marítimas e terrestres. Defesa Cibernética Com empresas que atuam em diversas frentes e com reconhecida experiência no desligamento e remoção de conteúdos indevidos e fraudulentos (empresa AXUR), o Rio Grande do Sul é referência em desenvolvimento de sistemas que agem na identificação e combate às ameaças do ciberespaço que, de alguma forma, interfiram nos interesses das empresas, governos e indivíduos. Eletrônica Embarcada Segundo maior parque industrial de eletroeletrônica do Brasil, o Rio Grande do Sul conta com uma grande diversidade de indústrias do setor, desde a produção de materiais leves e pesados, até o mais sofisticado equipamento de defesa e segurança. 6 Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul

[close]

p. 7

Georreferenciamento Com especialistas em Sistemas de Gestão com Bases de Dados Georreferenciados, foi desenvolvido um Sistema de Geoprocessamento para Mobilização (GEOMOB) para o Comando do Exército Brasileiro. Simulation Modern armies are increasingly turning to more sophisticated and effective simulation tools, using virtual modeling techniques and animation that can create extremely realistic scenarios. In tune with new technologies, especially in order to reduce costs with training and maintenance, as well as risks involved with real training, and to ensure environmental preservation, companies are investing in the development of systems and products of Live, Virtual and Constructive Simulation (such as Defii, Rota Simulation, i3 Technology). Softwares In association with technology parks, several companies are developing software focused on the defense and security sector, especially for management in the Armed Forces, such as the AVMB. Armored Vehicles One of the largest metal-mechanic centers in South America, the state is home to companies that produce a wide range of military utilities, such as Marruá (AGRALE), and the one responsible for armored vehicles Leopard and Gepard (KMW of Brazil). Microcontroladores Referência em alta tecnologia, o Rio Grande do Sul tem excelente ambiente para desenvolver a cadeia de semicondutores e microcontroladores, que permeia o desenvolvimento da nanotecnologia no mercado de microeletrônica (exemplos como: Santa Maria Design House, CEITEC, HT Micron). Microssatélites O primeiro nanossatélite brasileiro em órbita no espaço foi projetado no Estado, no CRS/INPE que possui profissionais experientes para desenvolver Microsatélites. O NanosatC -BR1 está em órbita e transmitindo informações. Além disso, o Estado também está se focando na iniciativa do Polo Espacial no Rio Grande do Sul, que a partir da organização em tríplice hélice busca desenvolver o primeiro Microssatélite Militar Brasileiro. Simulação Os exércitos modernos estão cada vez mais se voltando a sofisticadas ferramentas de simulação, usando técnicas de modelagem virtual e animação que geram cenários extremamente realísticos. Atentas às novas tecnologias, especialmente para reduzir custos com capacitação e manutenção, bem como riscos envolvidos com treinamento real e para garantir a preservação ambiental, empresas estão se dedicando ao desenvolvimento de sistemas e produtos de Simulação Viva, Virtual e Construtiva (exemplos da Defii, Rota Simuladores, i3 Tecnologia). Armamentos leves. Light weapons. Soldado com sistema de optrônico. Soldier with optronic system. Softwares Aliadas aos Parques Tecnológicos, diversas empresas estão desenvolvendo softwares focados no setor de defesa e segurança, especialmente para gestão das Forças Armadas, a exemplo da AVMB. Display panorâmico. | Wide angle display. Veículos Blindados Com um dos maiores polos metal-mecânico da América do Sul, o Estado sedia empresas que produzem ampla linha de utilitários militares, como o Marruá (AGRALE), e a responsável pelos veículos blindados Leopard e Gepard (KMW do Brasil). Simuladores militares. | Military simulators. Veículo blindado Guarani. | Guarani armored vehicle. Utilitário militar Marruá. | Marruá military utility. Rio Grande do Sul Defense and Security Sector 7

[close]

p. 8

Vista panorâmica de Santa Maria. | Santa Maria panoramic view. POLO DE DEFESA DE SANTA MARIA SANTA MARIA DEFENSE CLUSTER Situada no Centro do Estado, Santa Maria possui uma forte vocação militar, com o maior efetivo de combate do país e recursos humanos altamente qualificados. A partir da Estratégia Nacional de Defesa, vem aproveitando esta vocação em favor do desenvolvimento do Estado. Com cerca de 300 mil habitantes, é o 5º mais populoso Município do RS, sedia a 3ª Divisão de Exército, a maior e mais poderosa divisão do Exército Brasileiro; uma Base da Força Aérea Brasileira, com o único esquadrão de Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) do Brasil; e concentra a maior frota de veículos blindados do país, sendo reconhecido como a Capital Nacional dos Blindados. A cidade ainda abriga 20 organizações militares do Exército Brasileiro, dentre elas o CIBld e o CAA-Sul, uma Universidade Federal (UFSM), o CRS/INPE, a SMDH, três Incubadoras Tecnológicas, um Parque Tecnológico e dois APLs. Located right in the center of Rio Grande do Sul, Santa Maria has a very strong military vocation, with the largest military combat personnel in the country and highly qualified human resources. Since the National Defense Strategy, it has been taking advantage of this vocation for the state’s development. With a population of around 300,000 people, the city is the 5th most populous city of RS and home to the 3rd Army Division, the largest and most powerful division of the Brazilian Army; a Brazilian Air Force Base, with the only squadron of Remotely Piloted Aircraft (RPA) of Brazil; and has the largest fleet of armored vehicles in the country, being recognized as the National Capital of Military Armored Cars. The city also harbors 20 military organizations of the Brazilian Army, among them: CIBld and CAA-South, a Federal University (UFSM), CRS/INPE, the SMDH, three Technological Incubators, a technology park and two APLs – Local Production Arrangements (Industrial Clusters). BASM The Air Force Base of Santa Maria (BASM) was opened in 1971 and currently houses four air units, a squad of Communications and Control Group, and an airspace control detachment. The base is also home to the fighter aircraft A-1 and RA-1, H-60 Black Hawk helicopters and remotely piloted aircrafts. CIBld The General Walter Pires Armored Training Center (CIBId) is a Brazilian Army educational institution, whose mission is to specialize armed forces personnel and from Friendly Nations, in the operation of armored and mechanized vehicles and the tactical employment of related fractions to the subunit level, with a range of modern technological means of simulation. CAA-South The South Training and Evaluation Center (CAA-South) is a military organization that began in 2008, after the signing of the National Defense Strategy. The CAA-South has as its primary mission providing conditions for the training of troops, through imitation of combat, emphasizing on the use of integrated simulation means. The use of simulation is the basic premise of CAA, since the use of simulators for the training of troops brings benefits ran-ging from the economy and the optimization of available resources all the way to the significant and continuing improvement in the quality of operational training, through the better use of time invested in education and instruction. BASM A Base Aérea de Santa Maria (BASM) foi inaugurada em 1971 e atualmente abriga quatro unidades aéreas, um esquadrão do Grupo de Comunicações e Controle, além de um destacamento de controle do espaço aéreo. A base é sede, também, de aeronaves de caça A-1 e RA-1, helicópteros H-60 Black Hawk e aeronaves remotamente pilotadas. CIBld O Centro de Instrução de Blindados General Walter Pires (CIBId) é um estabelecimento de ensino do Exército Brasileiro que tem por missão especializar militares das Forças Armadas e de Nações Amigas na operação de meios blindados e mecanizados e no emprego tático de frações de mesma natureza até o nível subunidade, contando com uma variedade de meios tecnológicos modernos de simulação. CAA-Sul O Centro de Adestramento e Avaliação Sul (CAA-Sul) é uma organização militar que começou a ser concebida ainda em 2008, após a assinatura da Estratégia Nacional de Defesa. O CAASul tem a missão principal de proporcionar condições para o adestramento de tropas, através da imitação do combate, com ênfase na utilização de meios de simulação integradas. A utilização da simulação é premissa básica do CAA, uma vez que o uso de simuladores para treinamento de tropas traz benefícios Base Aérea de Santa Maria. | Santa Maria Air Base. 6ª Brigada de Infantaria Blindada. | 6ª Brigade of Armored Infantry. 8 Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul

[close]

p. 9

que vão desde a economia e a otimização dos recursos disponíveis até a melhoria contínua e acentuada da qualidade do adestramento operacional, passando pelo melhor aproveitamento do tempo investido na instrução. UFSM Através de Convênios com o Exército Brasileiro (EB), pesquisadores da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) estão trabalhando em Dispositivos de Simulação de Engajamento Tático (DSET) e no Simulador do Astros 2020 (Projeto Estratégico do EB). CRS/INPE O Centro Regional Sul de Pesquisas Espaciais (CRS) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) está localizado no Campus da UFSM. Com a missão de produzir ciência e tecnologia nas áreas espacial e do ambiente terrestre por meio de produtos e serviços em benefício da sociedade e da Região Sul do Brasil, Oceano Atlântico Sul e Antártica, o CRS/INPE conta ainda com o Observatório Espacial do Sul, que tem como objetivo dar suporte para os programas de desenvolvimento científico e tecnológico de interesse do CRS/INPE. Campus da UFSM. | UFSM campus. CRS/INPE. SMDH A Santa Maria Design House (SMDH) atua na concepção de circuitos integrados desde a especificação, prototipagem até a fabricação (foundry terceirizada) de chips e microcontroladores. A SMDH foi responsável pela criação do primeiro circuito integrado com proteção à radiação projetado no Brasil que integra o NanosatC-Br1, lançado em junho de 2014. O circuito é um dos experimentos do cubesat, projeto coordenado pelo INPE em cooperação com a UFSM para obter dados do campo magnético da Terra, fomentar a inovação tecnológica e formar pessoal especializado. ARP Esquadrão Hórus. | Hórus Squadron UAV. I SEMINDE. UFSM Through Agreements with the Brazilian Army (BA), researchers from the Federal University of Santa Maria (UFSM) are working on Tactical Engagement Simulation Devices (DSET) and Astros Simulator 2020 (BA Strategic Project). CRS/INPE The South Regional Center for Space Research (CRS) of the National Institute for Space Research (INPE) is located at the campus of UFSM and its mission is to produce science and technology for both space and terrestrial areas through products and services for the benefit of society and the South Region of Brazil, South Atlantic Ocean and Antarctica. CRS/INPE also has the Southern Space Observatory , which seeks to give support to the scientific and technological development programs of interest to CRS/INPE. SMDH Santa Maria Design House (SMDH) works with the design of integrated circuits, from the specification, prototyping till the manufacturing (outsourced foundry) of chips and microcontrollers. SMDH was responsible for creating the first integrated circuit with radiation protection designed in Brazil, which integrates the NanosatC-Br1, launched in June 2014. The circuit is one of Cubesat’s experiments, a project coordinated by INPE in cooperation with UFSM in order to obtain data from the Earth’s magnetic field, promote technological innovation and train specialized personnel. APL’s (Industrial Clusters) Since 2013, Santa Maria has two local clusters recognized by the State of Rio Grande do Sul - APL Metal Centro and APL CentroSoftware. Powered by the military vocation of the city, the member companies of these two clusters also stand out as major partners in the development of softwares and equipment for the defense and security sector. Goals of Santa Maria Defense Cluster With the main objective of articulating civilian and military leaderships for them to work in partnership in the defense and security sectors, the city consolidated its Cluster of Defense in 2014. The Cluster brings together representatives of the Navy, Army, Air Force, Education and Research Institutions, the Government, Strategic Entities and Sector Companies in order to: Spread out the importance of the Defense Sector as a regional competitiveness vector Increase the number of companies in Santa Maria of the Defense and Security Sector Increase the number of projects of Universities of Santa Maria in the Defense and Security Sector Encourage public policies aimed at the Defense and Security Industry Consolidate Santa Maria Technology Park as a Defense and Security solutions provider SEMINDE The International Defense Seminar (SEMINDE) is held annually in the city of Santa Maria and aims to bring together entrepreneurs, Navy, Army and Air Force military personnel, government representatives and researchers to discuss development opportunities in the defense sector (www.seminde.com). APL’s Desde 2013, Santa Maria conta com dois Arranjos Produtivos Locais reconhecidos pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul – APL Metal Centro e APL CentroSoftware. Alimentadas pela vocação militar do município, as empresas integrantes dos dois APLs destacam-se também como grandes parceiras no desenvolvimento de softwares e equipamentos para o setor de defesa e segurança. Objetivos do Polo de Defesa de Santa Maria Com o objetivo principal de articular lideranças civis e militares para atuarem em parceria nos setores de defesa e segurança, o Município consolidou seu Polo de Defesa em 2014. O Polo de Defesa reúne representantes da Marinha, do Exército, da Aeronáutica, de Instituições de Ensino e Pesquisa, do Poder Público, de Entidades Estratégicas e de Empresas do Setor para: Disseminar junto à sociedade a importância do Setor de Defesa como vetor de competitividade regional Ampliar o número de empresas de Santa Maria no Setor de Defesa e Segurança Ampliar o número de Projetos das Instituições de Ensino Superior de Santa Maria no Setor de Defesa e Segurança Estimular Políticas Públicas voltadas ao Setor de Defesa e Segurança Consolidar o Santa Maria Tecnoparque como provedor de soluções de defesa e segurança SEMINDE O Seminário Internacional de Defesa (SEMINDE) é realizado anualmente no Município de Santa Maria e tem como objetivo reunir empresários, militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, representantes do poder público e pesquisadores para discutir oportunidades de desenvolvimento no Setor de Defesa (www.seminde.com). Rio Grande do Sul Defense and Security Sector 9

[close]

p. 10

VENHA FAZER PARTE DESSA INICIATIVA COME BE PART OF THIS INITIATIVE O Rio Grande do Sul dispõe de um excelente sistema de incentivos para que negócios de diferente natureza e tamanho prosperem e sejam referência. Além de contar com um sistema de financiamento público bem desenvolvido, com dois bancos públicos de fomento e um banco comercial, o Estado busca criar em parceria com os empresários uma arquitetura fiscal que os permita atingir elevados graus de competitividade e inovação. A Sala do Investidor É um canal eficiente e ágil para que o empreendedor receba informações pertinentes, se relacione com os órgãos governamentais e decida por investir no Rio Grande do Sul. Como parte da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT), tem como objetivo coordenar as ações de investimento e integrar os agentes do Sistema de Desenvolvimento Econômico do RS (SDECT, AGDI, Badesul e BRDE) com as demais Secretarias, o Banrisul, as Prefeituras Municipais, os agentes do Governo Federal e demais atores. Visa apresentar a empresários e entidades empresariais uma proposta com as vantagens oferecidas pelo Estado para implantação ou ampliação de empreendimentos. Sala do Investidor. | Investor’s Room. O Fundo Operação Empresa (FUNDOPEM) é um instrumento de parceria, do Governo do Estado com a iniciativa privada, visando à promoção do desenvolvimento socioeconômico, integrado e sustentável do RS. O FUNDOPEM realiza o financiamento parcial do ICMS incremental mensal gerado a partir da sua operação até um limite de 100% dos investimentos fixos do empreendimento. FUNDOPEM Rio Grande do Sul has an excellent system of incentives for businesses with different nature and sizes so they can prosper and be references in their areas. Other than having a well developed public financing system, with two public development banks and a commercial bank, the State seeks to create, in partnership with entrepreneurs, a tax composition that will allow them to achieve high levels of competitiveness and innovation. Investor’s Room It is an efficient and agile channel for the entrepreneur to receive relevant information, build a relation with governmental agencies and decide to invest in Rio Grande do Sul. As a part of the Economic, Science and Technology Development Department (SDECT), its main objective is to coordinate investments and integrate the agents of the state’s Economic Development System (SDECT, AGDI, Badesul and BRDE) with other Departments, Banrisul bank, the municipal authorities, the agents of the Federal Government and other actors. It aims to present a proposal to entrepreneurs and business entities with the advantages offered by the State for the implementation or expansion of enterprises. FUNDOPEM The Company Operation Fund (FUNDOPEM) is a tool of the State’s Government in partnership with the private sector in order to promote the social economic development, integrated and sustainable of RS. FUNDOPEM provides the partial financing of the incremental ICMS tax, monthly generated from its operation up to a limit of 100% of the fixed investments of the project. INTEGRAR/RS The Industrial Development Adjustment Program of Rio Grande do Sul (INTEGRAR/RS) is an additional incentive to FUNDOPEM, as a reduction in the form of percentage incident on each portion to be amortized from the loan, including the main value and related fees. This percentage varies between 10% and 90%. The reduction percentage is determined by project, considering: (i) the city of location of the enterprise; (ii) the generation of jobs and increased wages; (iii) environmental impact. Innovation Law The purpose of the law is to establish incentives to innovation and scientific and technological research in a productive environment, defining management mechanisms applicable to scientific and technological institutions seeking to stimulate the formation of strategic partnerships dedicated to the search of autonomy technology, capacitation and competitiveness in the process of industrial and social development in the State. Unlike FUNDOPEM, the Innovation Law subsidizes the ICMS tax. Municipal Incentives Municipalities provide conditions and incentives for the installation of facilities which seek quality, sustainability, visibility and innovation in its processes and products. In partnership with actions and benefits of the State Government, they provide fees and waivers, offer areas in industrial districts and support in the basic infrastructure and even transfer values for the rental payment of facilities destined for the installation of the project, namely Santa Maria. O Programa de Harmonização do Desenvolvimento Industrial do Rio Grande do Sul (INTEGRAR/RS) é um incentivo adicional ao FUNDOPEM, como abatimento na forma de percentual incidente sobre cada parcela a ser amortizada do financiamento, incluindo o valor principal e os respectivos encargos. Este percentual varia entre 10% e 90%. O percentual de abatimento é determinado por empreendimento, considerando: (i) o município de localização do empreendimento; (ii) a geração de emprego e incremento da massa salarial; (iii) o impacto ambiental. INTEGRAR/RS O objetivo da lei é o de estabelecer medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica em ambiente produtivo, definindo mecanismos de gestão aplicáveis às instituições científicas e tecnológicas, visando estimular a formação de parcerias estratégicas voltadas à busca de autonomia tecnológica, capacitação e competitividade no processo de desenvolvimento industrial e social no Estado. Diferentemente do FUNDOPEM, a Lei de Inovação subvenciona o ICMS. Lei da Inovação Os Municípios oferecem condições e incentivos para a instalação de unidades produtivas que buscam qualidade, sustentabilidade, visibilidade e inovação em seus processos e produtos. Em parceria com ações e benefícios do Governo do Estado, disponibilizam isenção de taxas, impostos, oferecem áreas em distritos industriais, apoio na infraestrutura básica e repasse de valores para o pagamento de locação de área física destinada à instalação do empreendimento, a exemplo de Santa Maria. 10 Incentivos Municipais Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul

[close]

p. 11

Depoimentos “O Polo de Defesa de Santa Maria está completando um ano de sua formação. Iniciativa inovadora que congrega diversos atores da sociedade, tais como a Agência de Desenvolvimento de Santa Maria, a Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção de Investimento, o Comitê da Indústria de Defesa da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul e o Santa Maria Tecnoparque, além de instituições públicas e privadas de Pesquisa & Desenvolvimento; todos com o objetivo de promover a indústria de defesa gaúcha, fomentando o desenvolvimento regional e ofertando novas soluções autóctones para a defesa, setor estratégico no qual se busca o máximo de nacionalização. Ao ver esta iniciativa prosperando, não há como afastar o sentimento de orgulho por haver participado da sua concepção. E, mais do que isto, a satisfação em perceber que as forças vivas da sociedade, quando mobilizadas, são capazes de realizar grandes feitos e de processar transformações na vida das pessoas, nas suas regiões e no seu país. Dessa forma, aproveito para parabenizar aqueles que, com grande esforço, vem conduzindo o Polo e desejar que a iniciativa prospere ainda mais, produzindo muitos e duradouros frutos.” Campus da UFSM. | UFSM campus. Testimonials “Santa Maria Defense Cluster is completing one year of formation. Innovative initiative that brings together diverse actors of society, such as Development Agency of Santa Maria, Development and Investment Promotion Agency of Rio Grande do Sul, Defense and Security Industry Committee of Rio Grande do Sul Federation and Center of Industries and Santa Maria Technology Park, as well as public and private institutions of research and development; all with the aim of promoting the state’s defense industry, promoting regional development and offering new autochthonous solutions for defense, strategic sector in which the search for the maximum of nationalization. Seeing this thriving initiative, there is no way to shake the feeling of being proud to be part of it’s design. And more than that, the satisfaction to see that the living forces of society, when deployed, are able to do great things and to process changes in people’s lives, in their regions and in their country. Therefore, I take this opportunity to congratulate those who, with great effort, have been conducting the Cluster and want the initiative to thrive further, producing many and lasting fruits.” Army General Sergio W. Etchegoyen Chief of the Brazilian Army Staff “KMW of Brazil has been playing a part in a wonderful development process that’s been happening in the Defense and Security Sector in Rio Grande do Sul, focusing on our region and as a counterpart, creating a vantage point for its closeness to the military. We are identifying the necessary technologies in each sector and also providing employment opportunities, skilled labor and contributing for the promotion of Rio Grande do Sul, with an incentive to attract new investments to the region. This consolidation tends to bring considerable benefits not only for our company, but also for the State’s Defense and Security Sector.” Christian Böge CEO – KMW of Brazil Defense Systems Ltd “The Bruning Tecnometal Ltd is a 68-year-old company in the mechanical metal branch located in the northwest of Rio Grande do Sul State and is also placed within the context of the Brazilian Defence and Security sector by participating in the project with the Guarani IVECO Defense. Our participation in the IVECO project started even before the inauguration of the plant IVECO Defense in Sete Lagoas - MG. The Bruning provides, among other products, fuel tanks in aluminum (AL) for Brazilian trucks automakers since 1997, these accredited us to participate in Guarani vehicle design. Today we contribute to the local industry for the defense sector by providing 12 aluminum different tanks (Guarani Vehicle Standard and Amphibian Guarani). Through quality products and global production equipment are contributing to the strengthening of this important Brazilian sector.” Bruning Technometal Ltd General de Exército Sergio W. Etchegoyen “A KMW do Brasil tem participado de um desenvolvimento admi- Chefe do Estado-Maior do Exército Brasileiro rável que vem acontecendo no Setor de Defesa e Segurança no Rio Grande do Sul, privilegiando a nossa região e em contrapartida, sendo privilegiada pela aproximação maior com as Forças Armadas. Estamos identificando as tecnologias demandadas de cada setor, proporcionando também oportunidades de emprego, mão de obra especializada e ajudando na promoção da indústria gaúcha, sendo um incentivo para atrair novos investimentos para esta região. Esta consolidação tende a trazer consideráveis benefícios tanto para a nossa empresa, assim como para o Setor de Defesa e Segurança do Estado.” CEO – KMW do Brasil Sistemas de Defesa Ltda Christian Böge “A Bruning Tecnometal Ltda é uma empresa de 68 anos do ramo metal mecânico localizada no noroeste do Estado do Rio Grande do Sul e que também está inserida no contexto do setor de Defesa e Segurança Brasileiro através da participação no projeto Guarani junto à IVECO Defense. Nossa participação no projeto da IVECO teve início antes mesmo da inauguração da fábrica da IVECO Defense em Sete Lagoas – MG. A Bruning fornece, entre outros produtos, tanques de combustível em alumínio (AL) para as montadoras de caminhões brasileiras desde 1997, produtos estes que nos credenciaram a participar no projeto do veículo Guarani. Hoje contribuímos como indústria local para o Setor de Defesa com o fornecimento de 12 tipos diferentes de tanques em alumínio (Veículo Guarani Standard e Guarani Anfíbio). Através de produtos de qualidade e equipamentos de produção globais estamos contribuindo para o fortalecimento deste importante setor brasileiro.” Bruning Tecnometal Ltda “A Administração Central da UFSM reitera seu apoio à coope- ração técnico-científica em parceria com as Forças Armadas na área de defesa, que vem proporcionando novas oportunidades de pesquisa e formação, com a perspectiva de desenvolvimento de tecnologia para soberania nacional e para a paz. A UFSM busca ampliar os acordo multilaterais, integrando-se à sociedade e suas instituições de pesquisa, para que o conhecimento produzido pela instituição e suas parcerias seja utilizado em prol do desenvolvimento socio-econômico regional, nacional e internacional.” Linha de montagem da Agrale. | Assembly line at Agrale. Paulo Afonso Burmann “The Central Administration of UFSM reiterates its support to technical and scientific cooperation in partnership with the Armed Forces in defense sector that has provided new opportunities for research and training, with technology development perspective to national sovereignty and peace. UFSM seeks to expand the multilateral agreements, integrating into the society and their research institutions, so that the knowledge produced by the institution and its partnerships be used in support of regional, national and international social and economic development.” Paulo Afonso Burmann Rector of UFSM Reitor da UFSM Rio Grande do Sul Defense and Security Sector 11

[close]

p. 12

COORDENAÇÃO COORDINATION A Coordenação do Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul está sob os cuidados da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria - ADESM, da Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento – AGDI, da Federação e Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul – FIERGS/CIERGS, através do Comitê da Indústria de Defesa e Segurança (COMDEFESA) e da Associação Parque Tecnológico de Santa Maria – TECNOPARQUE, que buscam em conjunto: Articular lideranças civis e militares para atuarem em parceria nos setores de defesa e segurança Trabalhar numa Política Pública de incentivo ao setor de defesa e segurança Aumentar a interação das empresas do setor de defesa e segurança sediadas no Estado: interação entre empresas, com as forças armadas e com Universidades/Institutos de Pesquisa Ampliar o número de empresas do Estado no setor de defesa e segurança, incentivando a dualidade de produtos e serviços, e atraindo novos investimentos Ampliar o número de Projetos das Instituições de Ensino Superior, Científicas e Tecnológicas (IES/ICTs) do Estado no setor de defesa e segurança Consolidar o Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul e o Polo de Defesa de Santa Maria Centro Administrativo do Rio Grande do Sul. | Rio Grande do Sul Administrative Center. The Coordination of Rio Grande do Sul’s Defense and Security Sector is under the care of Development Agency of Santa Maria - ADESM, Development and Investment Promotion Agency of Rio Grande do Sul- AGDI, Rio Grande do Sul Federation and Center of Industries (FIERGS/CIERGS), through the Defense and Security Industry Committee (COMDEFESA) and the Technology Park Association of Santa Maria – Tecnoparque, all of which together seek to: Articulate civilian and military leaderships to work in partnership in the defense and security sectors Work on a Public Policy to encourage the defense and security sector Increase the interaction of the defense and security sector companies based in the state: interaction between companies, the military and Universities/Research Institutes Increase the number of state enterprises in the defense and security sector, encouraging the duality of products and services, and attracting new investments Increase the number of projects of Higher Education, Scientific and Technological Institutions (IES / ICT) in the state for the defense and security sector Consolidate the Rio Grande do Sul Defense and Security Sector and Santa Maria Defense Cluster Agência de Desenvolvimento de Santa Maria ADESM O Município de Santa Maria conta com mais de 35 mil estudantes universitários, 400 cursos de graduação e pós-graduação, 700 laboratórios, 370 grupos de pesquisa e 82% do seu PIB vem do setor terciário. Desde 2011, dispõe de uma Agência de Desenvolvimento, a ADESM, uma associação de direito privado, sem fins lucrativos e aberta à participação da sociedade, que coordena o Polo de Defesa de Santa Maria e busca transformar este conhecimento em PIB. Município de Santa Maria. | City of Santa Maria. Principais Objetivos Articular o desenvolvimento sustentável de Santa Maria e Região, pela ação integrada entre o Poder Público, Instituições de Ensino, Setor Empresarial, Associações Afins e Voluntários da Sociedade Fomentar e divulgar oportunidades de investimento no Município e potencializar as empresas já instaladas em Santa Maria Coordenar o Movimento “A Santa Maria que Queremos”, viabilizando encontros de pessoas interessadas em debater ideias, estudos e projetos relacionados ao desenvolvimento sustentável de Santa Maria e Região Development Agency of Santa Maria - ADESM The city of Santa Maria has more than 35,000 undergraduate students, 400 undergraduate and graduate courses, 700 laboratories, 370 research groups and 82% of its GDP comes from the service sector. Since 2011, the city has a Development Agency, ADESM, an private association, non-profitable and open to the participation of society, which coordinates the Santa Maria Defense Cluster and seeks to transform this knowledge into GDP. Main Objectives Articulate the sustainable development of Santa Maria and the surrounding Region, through the integrated action among government, educational institutions, corporate sector, associations and volunteers from the society Encourage and promote investment opportunities in the city and enhance the existing companies established in Santa Maria Coordinate the Movement “The Santa Maria We Want”, enabling meetings of people interested in discussing ideas, studies and projects related to the sustainable development of Santa Maria and the Region 12 Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul

[close]

p. 13

Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento - AGDI Agência operacional da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) do Estado do Rio Grande do Sul, a AGDI realiza um trabalho ativo na prospecção de novas oportunidades econômicas para o Estado e coordena a recepção a empresários interessados em investir no Rio Grande do Sul. A aproximação entre o Estado e o empresariado também é uma das missões da agência. Como forma de atrair investimentos, a AGDI promove atividades e a participação do Estado em eventos nacionais e internacionais. São atribuições da AGDI a inserção do Rio Grande do Sul na nova economia, bem como o incremento de setores econômicos tradicionais. Desde 2014 vem estimulando o crescimento do Setor de Defesa e Segurança no Estado. Development and Investment Promotion Agency of Rio Grande do Sul - AGDI Operating branch of the Economic, Science and Technology Development Department (SDECT) of Rio Grande do Sul State, AGDI plays an active role in the prospection of new economic opportunities for the state and coordinates the reception of businesspeople interested in investing in the state. The rapprochement between the state and the business community is also one of the agency’s missions. In order to attract investments, AGDI promotes activities and the participation of the State in National and International events. The duties of AGDI include the insertion of Rio Grande do Sul in the new economy and the increase of traditional economic sectors. Since 2014, it has stimulated the growth of the defense and security sector in the state.. Federação e Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul – FIERGS/CIERGS A Federação e o Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS/CIERGS) trabalham para o fortalecimento e o crescimento do setor industrial no Estado. A atuação é focada na promoção dos interesses da indústria gaúcha, no estímulo à cooperação entre empresas, na ampliação da oferta de produtos e serviços, no desenvolvimento de novos mercados e na internacionalização. Para realizar essas atividades, as entidades formam – junto com SESI, SENAI e IEL – o Sistema FIERGS, que tem o importante papel institucional de liderar, representar, desenvolver e inovar o setor, oferecendo soluções que contribuam para o aumento da competitividade da indústria gaúcha e para um futuro melhor para o Rio Grande do Sul. Com 115 sindicatos filiados, que congregam 47 mil fábricas, responsáveis pela geração de mais de 680 mil empregos diretos, a FIERGS e o CIERGS atuam por políticas que fortaleçam o setor nos cenários estadual, nacional e internacional, objetivando um ambiente que favoreça a competitividade, a inovação tecnológica e o desenvolvimento. Em 2009, com a criação do Comitê da Indústria de Defesa e Segurança – COMDEFESA, a FIERGS vem protagonizando uma série de ações que visam a mobilização das competências industriais do Estado no sentido do atendimento às demandas de obtenção, nacionalização e fornecimento das Forças Armadas. Com foco especialmente na Estratégia Nacional de Defesa, na Política Nacional da Indústria da Defesa e Segurança, e no Livro Branco de Defesa, o Comitê trabalha na diretriz empresarial, objetivando identificar oportunidades crescentes no ambiente dos negócios para indústrias gaúchas que possam atender, tanto com serviços industriais ou produtos finais e intermediários, demandas das Forças Armadas e do Parque Industrial Brasileiro e internacional. Com base no marco legal vigente na área de Defesa, no reaparelhamento das Forças Armadas e nos investimentos em projetos estratégicos estimula, de forma recorrente, a política de conteúdo local com base em preceitos de qualidade e competitividade. Foto aérea do sistema FIERGS. | FIERGS system aerial photo. Rio Grande do Sul Federation and Center of Industries - FIERGS/CIERGS The Federation and the Center of Industries of Rio Grande do Sul (FIERGS/ CIERGS) both work for the strengthening and growth of the industrial sector in the State. Their activities are focused on promoting the interests of Rio Grande do Sul, encouraging cooperation between companies, the expansion of supply of goods and services, the development of new markets and internationalization. In order to perform these activities, the entities form – along with SESI, SENAI and IEL – the FIERGS system, which has the important institutional role to lead, represent, develop and innovate the industry, providing solutions which contribute to the improvement of competitiveness of the state’s industry and for a better future for the Rio Grande do Sul. With 115 affiliated unions, connecting 47,000 factories, responsible for generating more than 680,000 direct jobs, FIERGS and CIERGS work for policies that strengthen the sector in state, national and international scenarios, aiming at an environment conducive to competitiveness, technological innovation and development. In 2009, with the creation of the Defense and Security Industry Committee COMDEFESA, FIERGS has carried out a series of actions aimed at mobilizing the state’s industrial powers towards meeting the demands of obtaining, nationalizing and supplying the armed forces. Focusing especially on the National Defense Strategy, the National Industrial Policy of Defense and Security, and Defense White papers, the Committee works under entrepreneurship guidelines, in order to identify growth opportunities in the business environment for industries that can meet demands on both industrial services or final and intermediate goods, of the Armed Forces and the Brazilian and international Industrial Park. Based on the current legal framework in the defense area, the modernization of the Armed Forces and investments in strategic projects, it stimulates, on a recurring basis, the local content policy based on quality and competitiveness precepts. Rio Grande do Sul Defense and Security Sector 13

[close]

p. 14

Santa Maria Tecnoparque. | Santa Maria Technology Park. Associação Parque Tecnológico de Santa Maria TECNOPARQUE O conhecimento gerado nas oito Instituições de Ensino Superior da cidade com seus diversos cursos nas áreas tecnológicas, mestrados e doutorados é compartilhado com os empreendedores através do Santa Maria Tecnoparque. Inaugurado em 2013, o Santa Maria Tecnoparque é agente promotor do desenvolvimento regional sustentável, atuando como interface entre as Empresas, as Instituições e o Poder Público, fomentando o empreendedorismo e a retenção do capital humano na região, promovendo o desenvolvimento científico, tecnológico e a inovação. Baseado no conceito de Tríplice Hélice, o Parque Tecnológico tem como fundadores representantes de Instituições de Ensino (UFSM - Universidade Federal de Santa Maria, Centro Universitário Franciscano e ULBRA – Universidade Luterana do Brasil), do Setor Empresarial (CACISM - Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Santa Maria, SEPRORGS - Sindicato das Empresas de Tecnologia de Informação do Rio Grande do Sul; AJESM - Associação de Jovens Empreendedores de Santa Maria) e do Poder Público (Prefeitura Municipal de Santa Maria). O Santa Maria Tecnoparque foi destacado pela Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE), como um dos três Parques Tecnológicos brasileiros voltados para a área de Defesa. Laboratório de Prototipagem. | Prototype Lab. Apresentação do EPEx no auditório. EPEx presentation in the auditorium. CETESIM - Centro Tecnológico de Pesquisa e Desenvolvimento de Simuladores Através do PGTec – Programa Gaúcho de Parques Científicos e Tecnológicos, o Santa Maria Tecnoparque está implantando o CETESIM e possui laboratórios e parceria com pesquisadores e militares para o desenvolvimento de simuladores, especialmente para as forças armadas, mas também com emprego dual para defesa, segurança e setor privado. Santa Maria Technology Park Knowledge originated in the eight higher education institutions, with several courses in technological areas, masters and doctorates, is shared with entrepreneurs through Santa Maria’s Technology Park. Opened in 2013, Santa Maria’s Technology Park is the promoter of sustainable regional development, acting as an interface between the companies, the Scientific and Technological Institutions and the Government, fostering entrepreneurship and retention of human capital in the region, promoting scientific, technological development and innovation. Based on the concept of Triple Helix, the Technology Park has as founding members representatives of Education Institutions (UFSM - Federal University of Santa Maria, Franciscan University Center and ULBRA - Lutheran University of Brazil), the Business Sector (CACISM - Chamber of Commerce, Industry and Service of Santa Maria, SEPRORGS – Union Association of Business Technology of Rio Grande do Sul; AJESM - Young Entrepreneurs Association of Santa Maria) and the Public Power (the Government of Santa Maria). Santa Maria’s Technology Park was appointed by the Brazilian Association of Defense and Security Material Industries (ABIMDE), as one of the three Brazilian Technology Parks focused on the defense area. Strategic Areas Defence and Security Information and Communication Technology Metal Mechanico Creative Economy Aerospace Agrotechnology Adequate infrastructure for innovation Training, simulation and prototyping Laboratory Data Center Power Generator Auditorium Meeting and videoconference rooms Confraternization areas Coworking Space Benefits and Incentives ISSQN reduction to the legal minimum for companies based in Santa Maria Coexistence with other companies, promoting synergy and integration of the sectors involved Relationship with the Military Forces Differentiated ratings in fundraising notices CETESIM - Technological Center of Research and Development of Simulators Through PGTec - State Program of Science and Technology Parks, Santa Maria’s Tecnoparque is implementing CETESIM and has labs and partnership with researchers and military for the development of simulators, especially for the military, but also with dual employment for defense, security and private sector. Áreas estratégicas Defesa e Segurança Tecnologia da Informação e Comunicação Metal Mecânico Economia Criativa Aeroespacial Agrotecnologia Infraestrutura adequada para inovar Laboratório de capacitação, simulação e prototipagem Data Center Gerador de Energia Auditório Salas de reunião e videoconferência Áreas de convivência Espaço de Coworking Vantagens e Incentivos Redução do ISSQN para o mínimo legal para empresas sediadas em Santa Maria Convívio com outras empresas, promovendo a sinergia e a integração dos setores envolvidos Articulação com as Forças Armadas Pontuação diferenciada em editais de captação de recursos 14 Setor de Defesa e Segurança do Rio Grande do Sul

[close]

p. 15

Aumente sua competitividade e visibilidade, venha fazer parte do Setor de Defesa e Segurança do Estado do Rio Grande do Sul. Enhance your competitiveness and visibility, come to be a part of Rio Grande do Sul Defense and Security Sector.

[close]

Comments

no comments yet