Show da Fé Abril 2015

 

Embed or link this publication

Description

Show da fé

Popular Pages


p. 1

Jornal Show da Fé Palavra Amiga PÁGINA 22 SHOWda FÉ O JORNAL DAAC PALAVRA DE DEUS MARCOS Palavras de fé do Missionário PÁGINA 24 ANO 2 - Nº 15 - ABRIL DE 2015 “Jesus é a Saída para os problemas” Esse ensinamento, feito pelo Missionário R. R. Soares em uma de suas reuniões especiais, foi o impulso que faltava para que muitas pessoas que sofriam de diversas enfermidades pusessem a fé em ação e vissem a vida delas mudar. Messias Maria, Francisca Alves e Renata Cardoso, por exemplo, ficaram livres de dores insuportáveis após décadas de sofrimento. “Não siga a religião, mas, sim, o Senhor, e será recompensado”, completa o Missionário. Páginas B1, B5 e B8 MARCOS AC MARCOS AC MARCOS COUTO Messias Maria sofreu por 44 anos de dor nos ossos e queimação na sola dos pés. Além disso, suas pernas estavam endurecidas Com problemas na coluna, Francisca Alves estava entrevada, a ponto de não mexer nem o pescoço Dores nos ombros e nas costas impediam Renata Cardoso Veigas de pegar a filha, Rebeca, no colo Satanás a mandava matar crianças MARCOS AC Dos 13 aos 23 anos, Aline da Costa viveu com a mente dominada pelo diabo. Ela ouvia vozes, via vultos e demônios e tinha o desejo de matar crianças. “Para mim, a vida já não valia a pena”, declara a jovem, que encontrou a liberdade em Jesus. Página B11 O verdadeiro milagre da Páscoa Páginas 20 e 21 A minha graça te basta (2 Coríntios 12.9). Pg 01 - Capa - 15 - EUA - Português.indd 1 30/03/2015 16:05:08

[close]

p. 2

2 SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 Expediente Jornal Show da Fé Editorial Palavras de fé do Missionário PÁGINA 24 Palavra Amiga PÁGINA 22 SHOWda FÉ O JORNAL DAAC PALAVRA DE DEUS MARCOS ANO 2 - Nº 15 - ABRIL DE 2015 “Jesus é a Saída para os problemas” Esse ensinamento, feito pelo Missionário R. R. Soares em uma de suas reuniões especiais, foi o impulso que faltava para que muitas pessoas que sofriam de diversas enfermidades pusessem a fé em ação e vissem a vida delas mudar. Messias Maria, Francisca Alves e Renata Cardoso, por exemplo, ficaram livres de dores insuportáveis após décadas de sofrimento. “Não siga a religião, mas, sim, o Senhor, e será recompensado”, completa o Missionário. Páginas B1, B5 e B8 MARCOS AC MARCOS AC MARCOS COUTO Venha buscar a sua bênção Missionário R. R. Soares Saulo de Tarso, o ferrenho perseguidor da igreja cristã, no caminho de Damasco, para onde ia a fim de prender cristãos e destruir a igreja naquela região, teve um encontro com Jesus, passou a ser chamado de Paulo e se tornou missionário. Suas reuniões se pareciam com as que o Mestre realizava quando estava aqui na Terra, pois os enfermos eram curados, os oprimidos, libertos, e todos os tipos de milagres ocorriam. Ao ser indagado sobre a razão de fazer os sofredores serem libertos, ele dizia que não se envergonhava, pois o Evangelho era o poder de Deus (Rm 1.16). Hoje, precisamos fazer o mesmo, porque, em todas as partes, há pessoas afligidas por diversas doenças e demais males. Nós cremos que Deus ainda hoje opera milagres e, por isso, convidamos todos a buscar a bênção divina. Venha! Messias Maria sofreu por 44 anos de dor nos ossos e queimação na sola dos pés. Além disso, suas pernas estavam endurecidas Com problemas na coluna, Francisca Alves estava entrevada, a ponto de não mexer nem o pescoço Dores nos ombros e nas costas impediam Renata Cardoso Veigas de pegar a filha, Rebeca, no colo Satanás a mandava matar crianças MARCOS AC Dos 13 aos 23 anos, Aline da Costa viveu com a mente dominada pelo diabo. Ela ouvia vozes, via vultos e demônios e tinha o desejo de matar crianças. “Para mim, a vida já não valia a pena”, declara a jovem, que encontrou a liberdade em Jesus. Página B11 O verdadeiro milagre da Páscoa Páginas 20 e 21 A minha graça te basta (2 Coríntios 12.9). DIRETOR EXECUTIVO R. R. Soares CONSELHEIRO EDITORIAL Eber Cocareli EDITORA Elaine Monteiro R EPÓRTERES Amanda Pieranti Claudia Santos Mônica Ferreira R EPÓRTERES COLABORADORES Isabel Querino e Marcos Couto FOTOGRAFIA Marcos AC Luiz Fernando Marcelo Nejm R EVISÃO Célia Cândido (Direção), Joseane Cabral (Supervisão), Magdalena Soares (Prova), Jorge Guimarães e Marcella Peçanha (Originais) DIREÇÃO DE ARTE Kleber Ribeiro DIAGRAMAÇÃO E A RTE-FINAL Bruno Moraes, Leandro Alves, Rodrigo Magno e Tatyanne Rangel SITE www.ongrace.com/ jornalshowdafe E-MAIL jornalshowdafe@ongrace.com R EDAÇÃO Estrada dos Bandeirantes, 1.000 - Taquara - Rio de Janeiro RJ CEP 22.710-113 Telefone: (0xx21) 3077-5168 É expressamente proibida a reprodução total ou parcial de matérias, entrevistas, artigos, fotos e ilustrações sem prévia autorização dos titulares dos direitos autorais. O Jornal Show da Fé é uma publicação da Graça Artes Gráficas e Editora LTDA. PORQUE RESTAURAREI A TUA SAÚDE E SARAREI AS TUAS CHAGAS (Jeremias 30.17a). De joelhos, mãe alcança a cura do filho oração apertado, a ponto de explodir. Assim ficou a professora Alba Valéria de Carvalho ao perceber manchas roxas no corpo de seu filho, as quais começaram nos braços, mas, em menos de 24 horas, tomaram todo o corpo do garoto. Pensando se tratar de hematomas devido a supostas pancadas, Alba foi tirar satisfações na escola onde o pequeno Carlos Henrique, de sete anos, estuda. A diretora, no entanto, assegurou que não havia qualquer ocorrência no ambiente escolar nem no transporte dos alunos. Aconselhada a procurar um médico, a professora levou o menino a um pronto-atendimento. Após os resultados dos exames, a criança foi encaminhada para internação em um MARCELO NEJM C hospital. “Havia suspeita de púrpura [condição em que há extravasamento de sangue para a pele ou as mucosas, ocasionando manchas de tamanhos variáveis] ou leucemia”, lembra-se Alba. Exames mostraram que ele estava com duas mil plaquetas (fragmento presente no sangue que é formado na medula óssea), quando o normal é, aproximadamente, 140 mil”. A disfunção poderia levar Carlos a ter hemorragia cerebral, o que o deixaria com sequelas. Enquanto a mãe corria de um hospital para o outro, a Igreja da Graça clamava pela criança, que foi submetida a uma transfusão. “Foram utilizadas cinco bolsas de sangue, na expectativa de que o organismo absorvesse, pelo menos, dez mil plaquetas. Porém, o resultado foi de apenas nove mil. Sem contar que, em duas horas, a quantidade caiu para mil”. Alba começou a reconhecer que o problema era espiritual, e as orações em favor de Carlos foram intensificadas. “Ele passou por uma punção de medula [técnica que permite avaliar a produção e a deficiência das células] e recebeu sangue artificial. A situação se agravou tanto, que me chamaram para ir a um centro religioso a fim de fazer uma espécie de ‘trabalho’”. Dependente de Jesus O convite foi o estopim para que Alba se tornasse ainda mais dependente de Jesus. Ela colocou a vida do menino nas mãos de Deus, permaneceu em oração e, em contato com a Igreja, que também intercedia, procurou acalmar o coração. Ao fazer isso, a situação começou a mudar. “Ainda internado e recebendo a medicação necessária, as plaquetas voltaram ao nível normal, e ninguém entendeu absolutamente nada”, destacou, acrescentando que o menino foi de um quadro grave para um estável em questão de horas. Semanas depois, Carlos recebeu alta hospitalar, manteve parte da medicação em casa e retornou às aulas. “Ele não toma mais nada”, frisou a mãe, emocionada, convicta de mais um milagre em sua vida. O primeiro também foi relacionado a seu filho. “Tentei engravidar durante nove anos, mas não conseguia. Pela fé, Carlos Henrique foi gerado”, testemunha. Pg 02 - Editorial - 15 - EUA - Português.indd 2 30/03/2015 16:07:49

[close]

p. 3

SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 3 Milagres pela TV O Show da Fé, programa de TV que alcança diariamente milhões de brasileiros, está levando os sofredores a receberem as mais fantásticas bênçãos em suas casas. Perseverou e alcançou o milagre U FOTOS: MARCELO NEJM ma infecção generalizada de causa desconhecida acometeu o filho de Maciel Soares Madeira, o que o levou à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por 13 dias, onde ficou entubado. Com o contágio e a baixa imunidade, seu estado só piorava. Sem diagnóstico preciso sobre a doença que afetara o menino, à época com três anos de idade, o pai dele começou a buscar a cura pela fé. Assistindo ao programa Show da Fé, do Missionário R. R. Soares, Maciel se fortaleceu. “Foi nesse período que aceitei Jesus e me tornei membro da Igreja da Graça. Já via o programa com frequência, e sem- pre clamava pela cura de meu filho”. De tanto perseverar, Maciel viu o Altíssimo realizar o milagre. “Ele foi melhorando gradativamente e saiu da UTI. Em pouco tempo, recebeu alta médica. Hoje, ele é a alegria da família. Esse programa é uma bênção!”. “Até com água eu me engasgava” Amanda Pieranti amanda.jornalshowdafe@gmail.com Problema na digestão e engasgos constantes se tornaram um martírio para Zenith Laurindo Veríssimo. “Quando eu engolia a saliva ou os alimentos, parecia que estava engolindo uma bola. Aquilo subia e descia. Até com água eu me engasgava”. Após ser examinada, Zenith descobriu um problema na aritenoide: duas pequenas cartilagens que se fixam na parte posterior da cricoide, às quais se prendem as pregas vocais e cujos movimentos possibilitam a abertura e o fechamento da glote. No entanto, após participar da oração feita por R. R. Soares no programa Show da Fé, ela foi curada. “Coloquei a mão no pescoço e orei com o pastor. Então, senti algo descer pela garganta, como se estivesse me limpando. No término do clamor, o Missionário mandou procurar o nódulo e, quando percebi, ele tinha sumido. Graças a Deus, nunca mais senti nada. Não me engasgo e como de tudo”. “Quando percebi, já estava curada” Após uma queda em casa, Conceição Alves machucou o braço direito e a perna esquerda. Desde então, passou a mancar e a sentir tanta dor, que analgésicos não davam resultado. “Quando caí, parecia que algo tinha se deslocado no meu joelho. Estava difícil me locomover e fazer os meus serviços de casa”, relata. Entretanto, assistindo à programação da RIT, Conceição passou a determinar a cura do problema. “Virou um hábito orar com o Missionário ou com o Pr. Jayme de Amorim, e foi assim que a enfermidade desapareceu. Quando percebi, já estava curada”. Pg 03 - Milagres pela TV - 15 - EUA - Português.indd 3 30/03/2015 16:30:38

[close]

p. 4

4 SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 Ela via vultos e pessoas mortas Silvana não consegue ficar sem bebida alcoólica nem cigarro. Ela fuma até dois maços por dia. Frequentando casas de feitiçaria desde a adolescência, fica bastante perturbada. Arruma o primeiro emprego, mas passa a ver vultos em seu local de trabalho. Silvana sempre chega à sua casa chorando, pois essas visões a deixam desesperada. Os familiares a orientam a acender velas a fim de reverter aquele quadro. Ela segue a orientação, mas a situação persiste. Agora, ela também vê gente morta transitando pela casa. Um dia, Silvana é atropelada, e sua mãe a leva para a Igreja. Desde então, Silvana torna-se frequentadora assídua dos cultos. PROTAGONISTA: PARTICIPAÇÃO: ASSISTENTE: ROTEIRO E PRODUÇÃO: FOTOS: ARTE: EDITORA: Na Igreja da Graça, ela se liberta dos vícios e da opressão maligna, e, hoje, só testemunha vitórias. Pg 04 - Fotonovela - 15 - EUA - Português.indd 4 30/03/2015 16:36:29

[close]

p. 5

MILAGRES CLAMEI AO SENHOR; ELE OUVIU-ME DESDE O SEU SANTO MONTE (Salmo 3.4b). Editorial SHOWda FÉ ARBIL DE 2015 B1 “Sentia dor nos ossos e uma queimação na sola dos pés insuportáveis” Mulher, estás livre da tua enfermidade. E impôs as mãos sobre ela, e logo se endireitou e glori cava a Deus (Lucas 13.12b,13). Havia 18 anos que essa mulher estava possessa de um espírito de enfermidade, por isso, andava curvada. No entanto, ao avistá-la, Jesus, que estava na sinagoga ensinando a Palavra de Deus, chamou-a e a libertou daquele mal. MARCOS AC Missionário R. R. Soares Amanda Pieranti amanda.jornalshowdafe@gmail.com Deus opera ainda hoje Em uma de suas reuniões, o apóstolo Paulo, missionário que cria no poder do Nome de Jesus, ensinava a todos que as nossas doenças foram sofridas por Cristo na cruz do Calvário. Em Listra, entre a multidão, havia um cidadão que nascera aleijado dos pés e se arrastava pelo chão para se locomover. Enquanto pregava a Palavra de Deus, Paulo notou que aquele homem tinha fé para ser curado e, então, em alta voz, ordenou que ele se colocasse de pé, sobre os próprios pés – algo que era impossível para ele. Imediatamente, aquele cidadão saltou e andou. É isso que o Evangelho pode fazer por você, que está paralisado na vida e não consegue prosperar ou desfrutar das coisas boas criadas por Deus. Venha participar dos nossos encontros de fé e ser completamente liberto dos seus males em Nome de Jesus. A entrada é gratuita! Milagre semelhante o Senhor fez na vida de Messias Maria da Conceição. Desde que sofreu um acidente de trabalho, há 44 anos, ela não foi mais a mesma. Além das dores, adquiriu hérnia de disco e bico de papagaio. “Desci dois andares de escada rolando. Fiquei com muita dor na coluna e nas pernas, que endureceram. Não podia nem me abaixar”, relata Messias Maria, que ficou sem trabalhar por sete anos. “Também sentia dor nos ossos e uma queimação na sola dos pés insuportáveis”. Devido ao problema de saúde, Messias também tinha dificuldade para realizar faxinas pesadas na casa dela. Porém, quando soube da reunião do Missionário R. R. Soares na Igreja Internacional da Graça de Deus, resolveu participar e passou a clamar a fim de que o Senhor a libertasse. “Tinha certeza de que retornaria para casa curada, porque não podia continuar daquele jeito”. “Deus recolhe cada oração que o nosso coração faz a Ele” Chegar à Igreja foi um verdadeiro sacrifício. “Foi mais de meia hora arrastando a perna até aqui”. Mesmo com a coluna doendo muito, Messias Maria não perdeu a fé, fortalecida ainda mais durante a mensagem do Missionário. “Deus recolhe cada oração que o nosso coração faz a Ele. Deixe sua alma entrar diante do Senhor, como Davi deixava. Aquilo que você fizer na presença do Pai durará para sempre”, declarou o líder da Igreja da Graça. Logo depois, ele intercedeu pelos doentes, e Messias Maria clamou com fervor e, chorando, determinou a sua vitória. “Chorei porque senti fortemente a presença de Deus. Sabia que Ele estava me curando”. E foi o que aconteceu. “Após a oração, minha coluna e minhas pernas já não doíam mais, a queimação nos pés desapareceu e pude me agachar”. Hoje, ela é só felicidade, e, assim como aquela mulher que andava curvada, ela também glorifica Jesus por Ele ter restituído sua saúde. “Agora, vou fazer tudo o que tenho direito. Valeu a pena ir à reunião”. Pg 05 - 10 - Milagres - B1 - B6 - 15 - EUA - Português VALENDO.indd 1 30/03/2015 16:58:02

[close]

p. 6

B2 SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 Ficar em pé ou sentado era uma tortura para ele Amanda Pieranti MARCOS AC Dores roubavam-lhe o fôlego Os últimos 17 dias antecedentes à visita do Missionário a Brasília foram de sacrifício para Maria José da Silva Sobrinha Azevedo, que, durante três anos, sofreu de dor na coluna. “Eu ia ao hospital quase todos os dias tomar remédio, pois, além das costas, minhas pernas e meus braços queimavam e doíam tanto que eu ficava sem fôlego”. De acordo com ela, quando passava o efeito dos medicamentos, a dor voltava, e o sofrimento parecia não ter solução. Porém, seus últimos momentos de tormento foram os 45 minutos que a separavam da reunião no dia 5 de fevereiro. “Não consegui me sentar no ônibus, por isso vim com muita dificuldade. Qualquer movimento que fizesse doía. Até na hora em que subi no altar para orar, a coluna estava doendo muito, mas não desanimei. Clamei com fé, e Jesus me abençoou. Saí da Igreja sarada”. Hoje, para Maria José, não há mais limitações nem malabarismos. “Eu pegava o que caía no MARCOS AC amanda.jornalshowdafe@gmail.com evido à dor na região lombar, em virtude de má postura, José Valter Nascimento de Sousa estava afastado do trabalho de cobrador de ônibus desde novembro de 2014. Ficar muito tempo sentado ou em pé era uma tortura para ele. “Faz oito anos que estou com esse problema. Tinha vezes em que eu trabalhava em pé, pois não conseguia ficar sentado. Também não podia permanecer por muito tempo em filas”. Segundo José Valter, a dor era como se tivessem enfiado uma faca ou uma espada em sua coluna. “Doía e queimava demais. Quando a crise era muito forte, eu travava na cadeira e não conseguia me levantar”. No entanto, José Valter estava determinado a ser curado ao participar da reunião do Missionário R. R. Soares na Igreja Internacional da Graça de Deus. Nem a viagem cansativa de ônibus, com duração de cerca de uma hora da cidade-satélite de Planaltina até a capital, o desmotivou. “Como não tinha uma posição em que a dor melhorasse, eu me sentava e me levantava a viagem toda”. D chão com a ponta dos dedos dos pés, porque não podia me abaixar, mas, agora, faço isso normalmente. Estou ótima, graças a Deus”. Sentia pontadas no crânio MARCOS AC “Estou tão bem que pude esperar oito minutos na fila” Entretanto, no momento em que R. R. Soares ministrou a oração da cura, dizendo: “Senhor Deus, oro, agora, por todos aqueles que têm problema na coluna e peço ao Senhor, neste instante, que passe aqui com Seus anjos e cure esse povo”, o cobrador de ônibus tomou posse da bênção e voltou a ter saúde. “Após o clamor, a lombar parou de doer. Estou tão bem que pude esperar oito minutos na fila dos curados para relatar o milagre ao Missionário, algo impossível no passado”. José Valter informou que, no momento da intercessão, sentiu como se o local da dor estivesse queimando e, em seguida, percebeu o alívio. “Jesus restaurou a minha saúde. Não tenho mais problema algum”, afirmou ao líder da Igreja da Graça. A dor na coluna que o aposentado Antonio Ruotolo Filho sentia começou há cerca de 15 anos. Porém, recentemente, a situação piorou, a ponto de se tornar insuportável. “O problema refletia nas costas, no pescoço e até na cabeça, já que sentia pontadas no crânio”, descreve o aposentado. Foi dessa maneira que Antonio estava ao chegar a um dos cultos. No entanto, quando o Missionário orou pelos enfermos, o alívio foi imediato. “Recuperei minha saúde e disposição. É o fim do meu sofrimento”. MARCOS COUTO Pg 05 - 10 - Milagres - B1 - B6 - 15 - EUA - Português VALENDO.indd 2 30/03/2015 16:58:40

[close]

p. 7

SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 B3 MARCOS COUTO Recuperou a saúde após 30 anos de muita dor urante o tempo em que trabalhou, Milton Queiroz Neto sempre realizou serviços pesados. Começou na roça e, depois, passou cerca de 20 anos dirigindo caminhão e ônibus. Devido a essas atividades, ele sofreu D de dores na coluna por quase 30 anos. “A dor era tanta, que mexia comigo da cabeça até a sola do pé. Dirigia bastante e, por causa da minha profissão, não só guiava o caminhão, como também tinha de pegar as cargas que transportava. Na roça, não era diferente: capinava, carregava sacarias pesadas nas costas e fazia cercas”. Para aliviar a dor, Milton tomava remédios. No entanto, ele queria a cura, e não paliativos. Telespectador assíduo do programa Show da Fé , o ex-caminhoneiro decidiu participar da reunião do Missionário R. R. Soares, para ver se aconteceria com ele o que via ocorrer na televisão com os outros, ou seja, ficar livre daquela enfermidade. Porém, durante o trajeto que demorou uma hora e meia de ônibus, pensamentos de desânimo o rondaram. “Cheguei à Igreja parecendo que estava aéreo e meio arrependido de ter ido. Não sabia se o culto corresponderia ao que eu procurava” – a restauração de sua saúde. O milagre e um novo ânimo Desgaste na coluna a impedia de trabalhar MARCOS AC Entretanto, quando R. R. Soares começou a pregar, Milton percebeu que aqueles pensamentos eram uma armadilha do diabo para tentar tirar a vitória dele. Em sua pregação, o líder da Igreja da Graça falou exatamente da importância do ânimo para quem deseja ser vitorioso. “Se você ouve a Palavra de Deus com incredulidade, dizendo que, na sua vida, não acontecerá nada, já está aceitando a sentença de derrota. Jesus não pode fazer muita coisa por uma pessoa sem ânimo. Agora, quando o espírito do homem está ligado a Deus, o fardo da enfermidade fica pequeno. O Senhor mostra que falta pouco para essa pessoa ser curada. Basta que ela creia e aja sobre a Palavra, e Deus operará o milagre”. Após ouvir essa ministração, Milton recuperou o ânimo, e Jesus o curou durante a oração da fé. “Minha coluna parou de doer na hora. Saí da Igreja me sentindo leve”. Segundo ele, a primeira noite de sono depois da cura já foi tranquila, diferente do passado. “Não passava duas horas com o pescoço no travesseiro sem sentir dor. Era terrível e me virava de um lado para o outro sem conseguir dormir. Hoje, durmo bem, graças a Deus”. MARCOS AC A aposentada Maria Querubina de Souza está há 40 anos no Evangelho, e sabe que existe um Deus de maravilhas que opera exatamente onde o homem não consegue atuar. Foi essa fé que a levou a uma reunião de R. R. Soares, na certeza de que ficaria livre da forte dor no corpo. “Soube da vinda dele e pedi à minha filha que me levasse, e ela me atendeu prontamente”, destacou, acrescentando que, devido a um desgaste na coluna, diagnosticado por especialistas, sentia bastante dor nessa região e nos joelhos. Foram três anos de tratamento sem resultados positivos. Maria, que mal dava conta dos afazeres do lar, também não conseguia se dedicar à sua loja de utensílios domésticos. A atividade lhe fazia bem não apenas por gerar renda, mas também por manter sua mente ocupada. “Queria que a dor parasse, e assim aconteceu”, declarou, em referência à reunião ministrada pelo líder da Igreja da Graça. Aos poucos, Maria está fazendo as atividades que, antes, não conseguia, e, por questão de responsabilidade, não comprometerá sua saúde com pesos extras. “Deus é bom, e eu vou fazer minha parte, tomando mais cuidado”. Pg 05 - 10 - Milagres - B1 - B6 - 15 - EUA - Português VALENDO.indd 3 30/03/2015 16:59:07

[close]

p. 8

B4 SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 FOTOS: MARCOS COUTO Deus promete acabar com seus problemas A promessa de paz que Deus fez a Jerusalém, descrita em Isaías, capítulo 66, versículos 10 a 12, foi o tema da pregação do Missionário R. R. Soares em um dos seus cultos no início do ano. “O texto fala sobre Jerusalém, mas essa promessa se estende a cada um de nós, pois aquela cidade representa o povo do Senhor, a Igreja de hoje. A paz de que trata esse trecho é a solução de seus problemas e suas angústias. E é o Todo-Poderoso quem proporciona essa tranquilidade, tal como faz correr as águas de um rio. Porém, perto disso, o rio Amazonas, por exemplo, não passa de um riacho. De início, essa ação divina pode começar como um ribeiro, mas logo transborda, levando nutrientes para tudo o que está às suas margens. E é dessa forma que Deus quer trazer vida e paz aos que O buscam”. Segundo o Missionário, o Altíssimo espera que as pessoas compreendam Sua revelação, entrem na presença dEle e busquem com vontade o que precisam para ter uma vida próspera, feliz e santa. “A Palavra compara essa busca com a criança faminta que suga com vontade o leite da mãe. Assim sendo, teremos alimento poderoso para nos prepararmos para uma nova vida de vitória, e seremos renovados e fortalecidos. A mão do Senhor será notória em nós”. Inchaço e dores que a faziam perder o sono desapareceram Após a mensagem, R. R. Soares ministrou a oração da fé, na qual muitos foram libertos de depressão, vícios, como o de bebida e drogas, e curados de várias enfermidades, inclusive as consideradas sem solução pela Medicina. Uma das abençoadas é Joana Rodrigues Souza Guimarães. “Quando o Missionário falou que havia alguém ali que não tinha dormido bem durante a noite por causa de um problema na perna, soube que era comigo”. começo do ano. “Vivia com a perna esquerda inchada. O médico dizia que era devido ao calor. No entanto, ela estava bem maior do que a outra, e, nesses últimos dias, não conseguia mexê-la nem dobrá-la”. Após a oração, a perna de Joana desinchou rapidamente. Logo, não sentia mais as dores que lhe tiraram o sono e ainda recuperou os movimentos. “Estou curada”. Vivia com a perna esquerda inchada A confissão dela mostra a dificuldade que enfrentava desde o Não conseguia mais andar Havia dois meses que a assistente social Benedita Aparecida Silveira Mantovani enfrentava severas dores nas costas. Ela estava tomando injeções e tratando um problema na coluna, na altura da região lombar. Porém, na semana anterior a um dos cultos do Missionário em São Paulo, a situação piorou. “Não podia mais andar nem sair de casa”. Mesmo em tal condição, Benedita decidiu ir à Igreja. “Sei que Deus é poderoso, e só Ele tinha solução para mim”, explica, recordando-se de que, no passado, já fora curada de sérios problemas renais, dando, inclusive, testemunho no Jornal Show da Fé . Assim, pediu ajuda à filha e foi ao encontro de fé. Chegando à Igreja, ela se sentou e passou o culto todo na mesma posição, pois não conseguia mexer a perna direita. Entretanto, no momento do clamor, Jesus ouviu a oração dela. “Fui sarada. As dores sumiram, e não tenho mais limitações. Atividades que não podia fazer antes, como andar sozinha e dobrar a perna direita, agora, faço como se fosse uma menina”. Pg 05 - 10 - Milagres - B1 - B6 - 15 - EUA - Português VALENDO.indd 4 30/03/2015 17:03:38

[close]

p. 9

SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 B5 “Estava toda entrevada” companhada dos dois netinhos, um de 12 e outro de 4 anos, que mal conseguia carregar no colo, Francisca Alves da Silva chegou a um dos cultos do Missionário R. R. Soares disposta a ser curada. Afinal, foram 25 anos sofrendo de dor na coluna, causada por desvio, bico de papagaio e artrose, o que a tornava dependente de fisioterapia e injeções para remediar o problema. “A dor refletia nos quadris e nas pernas, que ficavam pesadas. Não podia mexer o pescoço direito, pois era duro, nem aguentava ficar em pé para lavar a louça, varrer a casa ou caminhar. Estava toda entrevada”. MARCOS AC A No entanto, durante a oração da cura, Francisca usou toda a sua fé, determinou a bênção e recuperou a saúde. “Enquanto clamava, senti um estalo nos ossos e, depois, um alívio”, lembra-se ela, que se abaixou e pulou assim que o milagre aconteceu. “Foi o poder de Deus que me livrou daquele mal”. Hoje, sentindo-se muito bem, Francisca está feliz por poder retomar suas atividades. “Voltei da Igreja com minha netinha no colo, e minha coluna não doeu. Também já varri o quintal todinho e não senti nada. Estou sarada, para honra e glória do Senhor”. MARCOS AC Pode andar sem dor e sem muleta As calçadas das cidades brasileiras são, em sua maioria, desniveladas e esburacadas, tornando-se armadilhas para idosos e pessoas com alguma deficiência. A viúva Maria Belmira Pereira Fonseca descobriu isso da pior maneira, quando foi acometida por artrite e artrose há quatro anos. Os ossos enfraqueceram tanto que a dor era insuportável. Por causa da doença, Maria estava perdendo as forças e não conseguia andar direito. “Cheguei a cair quatro vezes e me machuquei bastante”. Devido a isso, passou a se locomover com a ajuda de muleta. “Comprei duas diferentes para ver qual se adequava melhor às ruas”, relata ela, que também não podia limpar a casa nem subir escadas. Cansada de sofrer, Maria decidiu participar da campanha de fé com o líder da Igreja da Graça. “Estava convicta de que alcançaria a tão sonhada cura em Deus”, afirma a viúva, abençoada durante a oração em favor dos enfermos. Depois do clamor, ela deixou a muleta para trás. “A dor sumiu e, aos poucos, estou voltando a fazer as atividades no meu lar, o que, antes, era impossível”. Livre do tremor nos músculos “Tem alguém aqui que está com os músculos tremendo. Saiba que Deus quer operar na sua vida”. Quando o Missionário foi usado por Deus para revelar a situação de Ana dos Santos Ferreira em um de seus cultos, ninguém na Igreja sabia da gravidade da situação dela. Na verdade, Ana havia tido, naquela mesma semana, um livramento de morte. “Estava no banheiro de casa quando comecei a passar mal. Senti uma cólica horrível e o meu peito se fechando”. Com forte dor, Ana caiu no chão, vomitou e evacuou. Quase sem sentidos, foi socorrida pela neta. “Creio que sofri um infarto, mas consegui me recuperar”. A partir de então, passou a ter sensações ruins e tremores nos músculos, que começavam na perna e se espalhavam pelo corpo. “Parecia que uma nuvem negra pairava sobre a minha cabeça”. Na oração, a vitória chegou. A sensação ruim sumiu, e as dores cessaram imediatamente. “Fui curada pelo Senhor. Estou ótima”. MARCOS COUTO Não conseguia andar nem se abaixar Durante anos, Angelina Aparecida Evangelista sofreu de dor na altura do quadril, a qual os médicos diagnosticaram como osteoporose. Apesar de ser submetida a diversos tratamentos, a situação de Angelina só se agravava. “Havia dias em que eu não aguentava andar. Abaixar-me, então, era impossível. Até meus movimentos ficaram limitados”. No momento da oração em um dos cultos de R. R. Soares, Angelina sentiu a ação do poder de Deus. “As dores sumiram na hora, e pude me movimentar, andar e me abaixar perfeitamente. Estou ‘novinha em folha’, graças a Deus”. MARCOS COUTO Pg 05 - 10 - Milagres - B1 - B6 - 15 - EUA - Português VALENDO.indd 5 30/03/2015 17:08:13

[close]

p. 10

B6 SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 FOTOS: MARCOS COUTO Quase não podia andar devido à dor Eduvirgem Batista dos Anjos conhece o poder divino desde que se batizou nas águas. Já foi curada de diabetes, problemas no fígado e nos rins, hemorroidas e forte dor nas costas, que ela pensava se tratar de câncer. Mesmo com tantas experiências espirituais, ela não conseguiu segurar a emoção durante a reunião no dia 1º de março. Segundo Eduvirgem, o lado esquerdo do seu quadril estava doendo tanto que ela quase não podia andar. Porém, no momento em que o Missionário começou a orar, a dor desapareceu. “Chorei como uma criança e glorifiquei a Deus com todas as minhas forças. Bênçãos pelo poder da Palavra S eja na criação do Universo ou no cuidado das enfermidades e dos problemas de cada ser humano, as Escrituras Sagradas deixam claro que Deus sempre age por meio de Sua Palavra. Ela é a fonte das bênçãos, consolações, vitórias e, claro, dos milagres. Foi isso que o Missionário R. R. Soares ensinou em várias reuniões em março. “Agimos sobre a Palavra do Senhor e, quando somos curados, recebemos um dom dEle. Isso deve ser multiplicado. No tempo dos apóstolos, não havia carro nem bicicleta. Por isso, só era possível viajar no lombo de animais, a pé, em navios ou em pequenos barcos, os quais corriam sérios riscos de naufrágio. Mesmo assim, Paulo escreveu aos crentes de Roma e disse que queria muito vê-los. Não para passear, mas para levar esses dons a eles. Temos de resgatar esse propósito”, disse o líder da Igreja da Graça à multidão que participou das reuniões. “Não precisamos de encontros sociais, mas, sim, de cultos de fé, na presença de Deus, que possam combater a operação do diabo. Satanás está conseguindo paralisar muita gente, que deixou de crer nessa missão. O dom não é o fim, mas o caminho para a felicidade, libertação e a salvação eterna”, ressaltou, citando Romanos 1.11. Nem sei se atrapalhei o culto. Não sinto mais dificuldade para fazer qualquer movimento ou andar. Jesus me curou”. Encontrou o remédio contra a dor e o desânimo De manhã, quando se levantou para ir ao culto de R. R. Soares, a cozinheira Maria Augusta Cunha da Silva não sabia qual dor era pior: a da alma ou a do corpo. As varizes em sua perna direita a torturavam, a dor, que ia do lado direito do rosto até o pescoço, deixava Maria com medo de sofrer um derrame, e o desânimo, devido a problemas no seu casamento, corroía seu íntimo. “Tive uma briga séria com meu marido. Ele estava bêbado, falou o que não devia e me deixou muito aborrecida”. Por isso, ela chegou ao culto triste. Porém, ao ouvir a mensagem, recuperou a confiança em Deus. “O Senhor falou profundamente comigo. Eu me arrependi na hora por estar tão entregue aos problemas e sem forças para lutar”. Na ora- Levou uma grande vitória para casa Após a mensagem, o Missionário ministrou a oração da fé, durante a qual pessoas com diversas enfermidades foram curadas. Maria Nunes Costa é uma delas. Há muito tempo, ela descobriu que permanecer na Palavra é a chave para as bênçãos, pois já havia recebido várias, inclusive a cura de uma forte diarreia, cujos remédios não resolviam o problema. Dessa vez, Maria estava sofrendo, havia três meses, de dor na perna direita. Diante disso, ela decidiu ir à Igreja buscar, orar e louvar o Senhor até alcançar a vitória. Na terceira reunião do dia, quando R. R. Soares fazia a oração, Maria sentiu a perna queimar. “Depois, não senti mais dor. Levo uma grande vitória para casa”, relata ela, confirmando que não há nada melhor do que esperar na Palavra do Senhor. ção, a bênção foi completada. “As dores em meu rosto, pescoço e nas pernas sumiram. Também fui liberta da tristeza que atormentava minha alma. Agora, estou com as baterias recarregadas para enfrentar as dificuldades e vencê-las, em Nome de Jesus”. Venha receber a sua bênção IIGD POMPANO BEACH – 1261 East Sample Road Pompano Beach, FL 33064 – Igreja: (954) 785-3699 Pr. Willian Sodré – pompano@iigdusa.com ENTRADA GRÁTIS Missionário R. R. Soares Reuniões: segundas, quartas e sextas-feiras – 7:30pm Domingos –10am e 7pm Pg 05 - 10 - Milagres - B1 - B6 - 15 - EUA - Português VALENDO.indd 6 30/03/2015 17:09:11

[close]

p. 11

SHOWda FÉ ABRIL DE 2015 B7 CAMPANHAS DE FÉ SENHOR, MEU DEUS, CLAMEI A TI, E TU ME SARASTE (Salmo 30.2). Editorial O segredo da cura e da prosperidade Claudia Santos claudia.jornalshowdafe@gmail.com MARCOS AC Missionário R. R. Soares problemas familiares que a afligem nem ter saúde. Faça o que Jesus fazia Como missionário enviado aos que nunca tinham ouvido falar de Jesus de Nazaré, Paulo aprendeu, com o Mestre, que a única maneira de mostrar a Verdade era por meio de milagres, prodígios e sinais realizados por Deus em resposta à pregação do Evangelho. Então, ele ia aonde as pessoas não conheciam o Filho de Deus. Ele convidava os doentes, perturbados, viciados e oprimidos, e, antes de orar, ensinava-lhes que Cristo iria mudar a vida deles. Com isso, a fé nascia naqueles corações. Em seguida, ele orava, e todos eram curados. Não estamos pregando contra nem a favor de religião alguma; estamos fazendo o mesmo que Cristo fazia. Portanto, venha e traga os que sofrem, e nós os ajudaremos. É lindo ver o que Deus faz por todos aqueles que aprendem a usar a fé em Jesus. uitos se perdem porque não buscam a Deus. Não adianta ir a Igreja e entregar o dízimo se a comunhão com o Altíssimo não for mantida. Você tem de entender a Palavra, porque só assim conhecerá o Senhor”. A declaração do Missionário R. R. Soares fez parte da mensagem que ele ministrou no culto realizado na sede estadual da Igreja da Graça em Curitiba, Paraná (Rua Nilo Cairo, 350), no dia 23 de fevereiro. Ele disse ainda que, se a pessoa não deixar o pecado e conhecer as Escrituras Sagradas, não poderá prosperar, resolver os “M O segredo para ser vitorioso em tudo é andar com Deus “O segredo para ser vitorioso em tudo é andar com Deus, pois, dessa forma, as portas se abrem. Portanto, não siga a religião, mas, sim, o Senhor, e será recompensado. Jesus é a Saída para o seu problema. Além disso, não permita que o pecado corroa você. Peça misericórdia a Deus, pois, hoje, Ele confirmará o Seu poder”. “Trabalhava sentindo muita dor” Após essa pregação, Valdomira Pereira Cistolki ( foto acima ) viu sua vida mudar. Havia oito anos que ela sentia dor na alt ura dos rins, a qual se intensificou recentemente. “O médico recomendou que eu bebesse bastante água e receitou dois medicamentos fortes para serem tomados diariamente, mas eu não melhorei”. Auxiliar de limpeza em um hospital, ela sofria para realizar o serviço. “Não podia me movimentar direito. Trabalhava sentindo muita dor e sempre precisava de atendimento médico. Nas crises, andava bem devagar e encurvada”. A enfermidade a impedia de participar da vida escolar dos filhos adolescentes. “Não podia ir à reunião de professores por causa do problema que estava atravessando”. Visitar a família e dar banho no cachorro era impossível. “Também não podia limpar minha casa”. No entanto, ao saber da reunião com o Missionário, ela decidiu participar do evento, acreditando que sairia da Igreja curada. “Aproveitei a minha folga no trabalho para buscar a minha bênção. Foram 40 minutos de muito sofrimento da minha casa até a Igreja. Inclusive, cheguei me escorando nas paredes de tanta dor. Porém, no momento da oração, pedi a Deus com fé que restituísse a minha saúde e fui atendida. A dor desapareceu”. Dias após o milagre, Valdomira já colocou a faxina da casa em dia e se prepara para visitar a família. “Estou dando banho no meu cãozinho, trabalhando sem dor e voltei a participar das reuniões de professores na escola dos meus filhos. Estou muito bem, graças a Deus”. Pg 11 - 14 - Campanhas de Fé - B7 - B10 - 15 - EUA - Português.indd 7 30/03/2015 17:14:25

[close]

p. 12

B8 SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 É preciso perseverança para conquistar a vitória m um dos cultos que realizou pelo Brasil, o Missionário R. R. Soares falou sobre a importância da perseverança para se conquistar a vitória, citando personagens bíblicos como Isaque, Jacó e Manoá, pai de Sansão. O fato de terem confiado e se comprometido com Deus E foi decisivo para receberem a bênção. “Quando Isaque descobriu que a esposa, a qual fora preparada para ele pelo Senhor, era estéril, não aceitou aquela situação, pois sabia da promessa divina. No entanto, apesar desse conhecimento, teve de batalhar, buscar a vitória”. Foram 20 anos orando sem cessar. As pessoas diziam que não tinha jeito, mas Deus havia dito a Abraão que sua descendência seria tão numerosa quanto a areia do mar, e Isaque acreditava nessa promessa. Por isso, persistiu na fé e venceu (Gênesis 25.19-26). Ele teve dois filhos, Esaú e Jacó, o qual teve o nome mudado por Deus para Israel (Gêneses 32.28) e se tornou uma grande nação. “Vale a pena respeitar a Deus e confiar nEle”, aconselhou o líder da Igreja da Graça. Com base no texto de Isaías, capítulo 64, versículo 7, R. R. Soares afir- mou que muitas pessoas não alcançam as bênçãos do Senhor porque esfriaram na fé. “O profeta disse que havia um esfriamento espiritual em seus dias, e isso acontece com muita gente hoje também. A pessoa já não invoca mais o poder do Senhor, por isso ele não entra em ação”. Deus cumpre o que diz De acordo com o Missionário, muitos somente serão curados e libertos se despertarem e invocarem o Nome do Todo-Poderoso. “Sem buscá-Lo, não há operação divina. Só será salvo quem perseverar até o fim. Das dez virgens, metade não entrou nas bodas. Só entraram as que estavam firmes e precavidas (Mateus 25.1-13). Chega de dormir e ficar sonhando em ser rico ou viver um grande amor, sem nada alcançar. Quando Deus mostra Sua vontade a você, pela Palavra, agarre-se a essa revelação tal como Jacó, que segurou o anjo até que este o abençoasse (Gêneses 32.26). Não esmoreça! Continue lutando por seu marido, sua esposa, seus pais, filhos, enfim, por toda a sua família. Creia que a vitória virá, pois Deus sempre cumpre o que diz”. Segundo o pregador, a iniquidade deve ser retirada de nossa vida, pois nos faz desaparecer diante de Deus. “Manoá e sua mulher não tinham filhos, e Israel estava debaixo da servidão dos filisteus havia 40 anos. Entretanto, isso não impediu o casal de buscar a Deus. Então, os dois se tornaram pais de Sansão, que libertaria o povo futuramente (Juízes 13). O Senhor dá virtude para você prosperar, construir, realizar sonhos e ser bem-sucedido, bem como perseverança e disposição para lutar”. Dor e formigamento na cabeça desaparecem MARCOS COUTO Agora, pode carregar a filha no colo MARCOS COUTO Nos cultos que realiza, o Missionário sempre ministra a oração da fé, na qual muitas pessoas ficam livres de problemas familiares e financeiros, vícios e enfermidades. Em uma de suas reuniões, após o clamor, R. R. Soares fez uma revelação que alegrou Eliciene Maria da Silva. “O Senhor está repreendendo o mal de alguém que está com muita dor no lado esquerdo da cabeça. Essa pessoa pensa que se trata de um derrame, mas Deus está entrando em ação”, enfatizou o pregador. Eliciene relata que logo percebeu que a palavra era para ela. “Acordei com muita dor e com todo o lado esquerdo da cabeça formigando e adormecido. Fiquei temerosa, pois nunca senti nada igual. Achei mesmo que estava tendo um derrame”. Quando o Missionário convidou quem estava com dor para ficar em pé, Eliciene se levantou, colocou as mãos sobre a cabeça, repreendeu o mal e tomou posse da bênção. “Fui liberta na hora. Não sinto mais nada”. A dor que Renata Cardoso Veigas sentia começava no pescoço e descia para os ombros e as costas, e refletia principalmente no lado direito. “Acho que foi algum mau jeito por carregar peso e forçar muito esse lado”. Devido a isso, ela não podia levantar ou carregar nada pesado. Essa situação era uma tortu- ra para uma pessoa ativa e cheia de responsabilidades. Porém, Renata foi curada em uma das reuniões do líder da Igreja da Graça. “Estou muito bem. Já posso fazer qualquer coisa, até mesmo levantar e carregar peso”, revela, sorrindo e com a filha Rebeca, de quatro anos, no colo. Saiba onde os cultos de fé com o Missionário serão realizados por meio do site www.ongrace.com ou d Pg 11 - 14 - Campanhas de Fé - B7 - B10 - 15 - EUA - Português.indd 8 30/03/2015 17:15:32

[close]

p. 13

SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 B9 Barriga volta ao normal “Q MARCOS AC uero fazer uma oração por todas as pessoas que têm nódulo pelo corpo e desejam ficar livre desse mal. Deus está aqui para curar. Se esse é o seu caso, venha para a frente do altar”. O Missionário R. R. Soares nem precisou chegar ao fim desse apelo para que Isabel Flora Menezes de Carvalho desse um passo à frente. “Deixei minha Bíblia na cadeira e fui levada por Deus. Estava chorando muito, mas parei assim que o Missionário falou que quem está prestes a receber uma bênção não deve ficar triste. Fico relembrando esse momento, porque sou tímida. Fujo de câmeras, mas, nesse dia, senti que o Senhor faria algo tremendo na minha vida”. E o Altíssimo realizou o milagre. Isabel estava com uma rigidez no lado esquerdo da barriga, que ficava volumosa. “Eu sentia um incômodo havia anos, mas não sabia precisar o que era. Minha mãe me perguntava: ‘Que barriga é essa?’, porque sempre fui muito magrela e reta. Então, qualquer inchaço Curada de várias enfermidades Quando chegou à Igreja da Graça para participar de um dos encontros de fé com R. R. Soares, Rosimari de Brito Barbosa não estava aguentando as fortes dores. Por causa de uma tendinite, levantar o braço direito tornou-se uma tarefa impossível. Além disso, uma inflamação no nervo ciático a impedia de andar direito e ainda havia suspeita de esporão, devido à dor que ela sentia no calcanhar. “Tenho problemas desde a infância, mas essa última semana foi insuportável”. No momento do clamor, cada dor foi sumindo. “Agora, levanto o braço, ando, abaixo-me e me levanto sem limitação. Jesus me curou”. MARCOS COUTO sobressaía”. Um gastroenterologista achou o local da enfermidade tão rígido, que encaminhou Isabel a um cirurgião, pois talvez ela precisasse se submeter a uma operação. “Porém, a mão de Deus me livrou e paralisou aquele mal. Depois da oração, minha barriga voltou ao normal. Hoje, estou bem e muito feliz”. Lágrimas e cura MARCOS COUTO O enorme nódulo no pescoço sumiu Havia 16 anos que a cabeça e o pescoço de Magali Agostini doíam intensamente. Tudo por causa de uma hérnia, que formava um enorme nódulo em seu pescoço. “Não conseguia virar ou abaixar a cabeça nem carregar bolsa ou sacola. Essa situação me atrapalhava bastante”, declara ela, curada durante a oração da fé. Em razão desse problema, na véspera do culto, Magali não conseguiu dormir. Quando pensou em ir à Igreja, esperava receber a bênção, ou seja, que o pescoço parasse de doer; porém, Deus fez ainda mais. “No clamor, senti um calor muito forte. Quando percebi, não tinha mais problema algum. Foi aí que notei que o nódulo também havia sumido”, relata. MARCOS COUTO Antonia Fátima Nastari sofria, havia tempos, de uma sinusite crônica. Quando participou de um culto com o Missionário, estava com bastante dor, e não era somente na testa, mas em toda a face. Durante a pregação, ela começou a chorar, pois sentiu Deus abençoando sua vida. “Não consegui segurar as lágrimas. E, enquanto chorava, aquela dor horrível foi diminuindo”. No momento em que R. R. Soares convidou a Igreja para orar, Antonia ficou de pé já sem dor alguma. “Todo aquele mal sumiu. Chorei diante do Senhor e recebi minha vitória. Agora, é só alegria”. m ou do programa Show da Fé, de segunda-feira à sábado, 9pm, na RIT TV – Canal 9815 DishNetwork. Pg 11 - 14 - Campanhas de Fé - B7 - B10 - 15 - EUA - Português.indd 9 30/03/2015 17:16:12

[close]

p. 14

B10 SHOWda FÉ ANO 2 - Nº 15 - USA - Abril de 2015 Como receber o milagre durante a oração da fé FOTOS: MARCOS AC Missionário R. R. Soares completará 40 anos de ordenação pastoral em abril deste ano. Durante sua trajetória ministerial, ele gerou milhares de filhos espirituais em todas as regiões do Brasil e no exterior, além de outros milhares de simpatizantes. É o caso do aposentado Antônio Mariano, que foi a um culto de milagres realizado pelo líder da Igreja Internacional da Graça O de Deus. Católico, ele se disse maravilhado com a mensagem pregada e com os inúmeros testemunhos. “Saí da Igreja com muita paz”, afirmou. A reunião teve um impacto tão positivo na vida de Antônio, que ele pretende participar de outros cultos com R. R. Soares. Pr. Guilherme relatou que, por onde o Missionário passa, deixa um rastro de milagres, o que confir- ma a unção de Deus sobre a vida dele. Em sua mensagem, R. R. Soares falou sobre o livro de Gênesis, capítulo 25, versículos 19 a 34, trecho que trata dos descendentes de Isaque, como também da venda do direito de primogenitura por parte de Esaú. “Muitas pessoas trocam as bênçãos de Deus por benefícios passageiros. Barganham o que é eterno por aquilo que a traça corrói. Não adianta ser precipitado, pois as coisas de Deus acontecem no tempo dEle”, declarou, acrescentando que a oração também faz parte do processo, a exemplo do verso 21, no qual Isaque clamou ao Senhor por Rebeca, sua mulher, que era estéril. Deus não só ouviu a oração, como também o abençoou de tal maneira que ela teve dois filhos. Para o líder da Igreja da Graça, essa é a fé que agrada ao Altíssimo, ou seja, aquela que quem pede tem convicção de que Ele pode tudo. “Percebo que muitos católicos e evangélicos vêm aos meus cultos e, durante a oração da fé, alguns rezam o Pai-Nosso, outros ficam dizendo ‘aleluia’. No entanto, nesse momento, é preciso orar com fé, abrir o coração, externar o que se quer de Deus e crer para alcançar a vitória”. Livre do mal que a acompanhou por 20 anos Logo após a mensagem, o pregador chamou o povo à frente do altar e clamou pela intervenção divina. Muitos foram curados na hora, como Lindaura Silva de Souza. Ela chegou à reunião com forte dor no pescoço e uma hérnia de disco que a acompanhava havia mais de 20 anos. Essas enfermidades a impossibilitavam de limpar a casa e realizar outras tarefas. “Tudo era muito custoso e demandava força extra”. Porém, depois da oração, Lindaura ficou curada. “Não sinto mais nada”, Curada de mau hálito e dor na perna Ana Maria Ferreira Lorençani é outra que foi abençoada em um dos cultos de R. R. Soares. Ela não sentia dor alguma, porém vivia um dilema terrível. “Estava com mau hálito, e isso fazia com que eu me sentisse envergonhada”. Quem ficava perto dela dizia que sentia um cheiro de podre, e, tanto seu filho como o médico que a atendia, afastavam-se de Ana quando conversavam com ela. No entanto, o pior era não saber a causa desse distúbio. “Exames mostraram que o problema não vinha da boca nem do estômago, o que aumentou a minha preocupação”. No momento do clamor, Ana Maria estava também com forte dor na perna esquerda. Então, repreendeu aquele mal e determinou que ele saísse de sua vida. Como não sentiu mais a perna doer após a intercessão, resolveu testemunhar mesmo com medo de que alguém sentisse o mau cheiro de sua boca. “Naquele instante, percebi que também estava curada do mau hálito. Agora, converso normalmente, e ninguém fica longe de mim, graças a Deus”. disse ao Jornal Show da Fé no dia seguinte. Proprietária de uma loja de conserto de roupas, a vida da empresária aos poucos vai voltando ao normal. “Já estou fazendo atividades que antes não fazia”, declarou, agradecida. Venha receber a sua bênção IIGD BOSTON - 85 Washington Street Somerville, MA 02143 Igreja: (617) 996 9194 Pr. Glauber Morare - somerville@iigdusa.com Segundas, quartas, quintas e sextas-feiras – 8pm Domingos – 10am e 7pm MISSIONÁRIO R. R. SOARES ENTRADA GRÁTIS Pg 11 - 14 - Campanhas de Fé - B7 - B10 - 15 - EUA - Português.indd 10 30/03/2015 17:18:24

[close]

p. 15

SHOWde la FE Periódico ABRIL DE 2015 B11 LIBERTAÇÃO E ME TIROU-ME PARA O LARGO E ARREBATOU-ME DALI, PORQUE TINHA PRAZER EM MIM (2 Samuel 22.20). Missionário R. R. Soares Editorial Missionário R. R. Soares Você pode ser liberto Paulo estava em Filipos para pregar a mensagem do Evangelho e libertar as pessoas. Todos os dias, eles e seus amigos de ministério costumavam ir em direção a um rio fora da cidade, a fim de orar. Lá, havia uma jovem que adivinhava e dava grandes lucros aos seus senhores. Diariamente, quando passavam, ela os seguia, dizendo que eles eram servos do Deus Altíssimo e anunciavam o caminho da salvação. Em uma dessas ocasiões, Paulo agitou-se em seu espírito e, voltando-se, ordenou ao demônio que saísse dela. A moça, então, foi liberta. Atualmente, embora a ciência esteja evoluída, há muita gente que vê vultos, ouve vozes, sofre de doenças, encontra-se na miséria e nos vícios, bem como é afligida por outros males. Uma das nossas missões é libertar os oprimidos. Por isso, venha e traga todos os sofredores. Nossas reuniões são gratuitas! O diabo a mandava matar crianças amanda.jornalshowdafe@gmail.com MARCOS AC Amanda Pieranti os 13 anos, Aline da Costa Germano Alves não era uma criança normal, pois tinha o desejo demoníaco de matar. Essa perturbação a acompanhou até os 23 anos, fazendo-a conhecer as drogas. “Ouvia vozes, via vultos e, quando ficava sozinha com alguma criança, tinha vontade de matá-la. Às vezes, estava só em casa com minha sobrinha e, de repente, olhava para a faca e sentia aquele desejo. Satanás falava a minha mente: ‘Mate a menina, corte a cabeça dela e coloque-a na geladeira, para que a mãe dela possa ver o estrago quando chegar’. Era uma coisa louca”. Com os colegas da escola, Aline conheceu a maconha e os compri- A midos que a deixavam tonta e fora de si. “Falava a meus pais que ia para a escola, mas faltava à aula. Em um mês, acho que fui estudar somente duas vezes. Andava pelas ruas, conhecia pessoas e usava drogas. Era assim que procurava a felicidade. Enquanto fazia isso, ficava alegre, mas, no momento em que chegava à minha casa, começava a perturbação”. No início, os ataques à mente eram noturnos. “Quando começava a escurecer, eu já imaginava que ia ser mais uma noite sombria, pois era nesse período que ouvia vozes e via demônios”. Porém, depois de um tempo, nem pela manhã Aline tinha paz. “Fui piorando a cada dia, porque o medo foi aumentando. Para ir de um cômodo para o outro, alguém tinha de ir comigo, porque ficava apavo- rada. Ouvia aquela voz, e era como se alguém estivesse atrás de mim, perseguindo-me. Tinha vontade de sumir e de morrer. Para mim, viver não valia a pena, não tinha sentido”. O passo que a salvou Aline caçoava e ria quando as pessoas falavam que Deus podia mudar a vida dela. Entretanto, um dia, seu pai a convidou para ir à Igreja da Graça, onde moravam. “Fui mais para agradar a ele. Porém, a pastora citou um versículo que me marcou muito e, com aquela Palavra, despertei. Falei: ‘Deus, a partir de hoje, não quero sentir falta de nada, a não ser de Jesus. Estou vazia e quero que o Senhor me encha’. Depois daquele momento, comecei a ter sede de buscar a Deus”. Desde então, tudo começou a mudar. “Não ouvi mais vozes, não vi mais vultos nem senti aquele vazio, aquela vontade de matar. Deus transformou o meu interior e a minha história por meio da Palavra dEle. Àquela jovem perturbada, apavorada e que perguntava por que tinha nascido, o Senhor mostrou que há sentido na vida. Ele me fez enxergar o que realizara na cruz do Calvário em meu favor e me libertou por completo”, testemunha ela, que hoje é obreira da Igreja da Graça. Pg 15 - 18 - Libertação - B11 - B14 - 15 - Português.indd 11 30/03/2015 17:20:43

[close]

Comments

no comments yet