informe 45

 

Embed or link this publication

Description

informe 45

Popular Pages


p. 1

INFORME Órgão Informativo do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Espírito Santo ANO VII / N° 45 - FEVEREIRO DE 2015 Prepare-se para o I Seminário de Empresas de Serviços Contábeis do Espírito Santo O contador frente às mudanças fiscais e societárias 16ª Conescap Página 2 Visita do vicegovernador Página 4 Cursos e palestras no sindicato Página 5 Água: como economizar? Página 6

[close]

p. 2

Editorial Prepare-se para a 16ª Conescap Luiz Carlos de Amorim presidente do SESCON-ES U ma boa notícia para a categoria contábil e para o empreendedorismo: a extinção das multas da GFIP - Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social. A novidade faz parte da Medida Provisória 656/14, sancionada pela presidente Dilma Rousseff e agora convertida na Lei 13.097/15. A extinção das multas foi uma importante conquista do Sistema Fenacon Sescap/Sescon. A Fenacon batalhou desde o início de 2014 para evitar que milhões de empresas brasileiras fossem afetadas e trabalhou de forma intensa junto aos poderes executivo e legislativo para buscar uma solução quanto às multas recebidas pelo meio empresarial. O presidente da Fenacon, Mario Berti e Valdir Pietrobon, diretor político parlamentar, estiveram na Receita Federal para discutir a possibilidade de anistia das multas. O órgão negou o pedido e se justificou dizendo que, apesar de serem estabelecidas em lei, as multas só foram aplicadas agora em função da junção dos sistemas da Previdência Social e da Receita Federal, que acabou com a adequação dos bancos de dados da DATAPREV e Serpro. Com isso, 2009 foi o primeiro ano a ser examinado, devendo ocorrer o mesmo nos anos seguintes, até 2013. Incomodados e indignados com a situação, a Fenacon e os 37 sindicatos que compõe o Sistema Sescap/ Sescon criaram uma petição pública com o objetivo de sensibilizar o governo. Em menos de dois meses, conseguiram mais de 37.600 assinaturas que resultaram na extinção da multa em alguns casos. A extinção da multa é, sem dúvida, uma vitória da classe empresarial contábil, mas a extinção constante na Lei é somente para as GFIPs entregues em atraso sem fato gerador de contribuição previdenciária, ou seja, sem movimento e para as empresas que com fato gerador previdenciário tenham efetuado a entrega da GFIP até o ultimo dia útil do mês subsequente ao do vencimento da obrigação acessória. Para evitar problemas, aqueles que fizeram a primeira entrega da GFIP com fato gerador previdenciário dentro do prazo ou até o ultimo dia útil do mês subsequente ao do vencimento da obrigação acessória, mas não tiveram esta entrega reconhecida pelo sistema, deverão, munidos do comprovante da primeira entrega, entrar com recursos administrativo, suspendendo a exigibilidade da multa. Recife é a capital e é conhecida pela diversidade cultural A Pernambuco vai sediar o maior evento do setor de serviços em novembro. A 16ª Conescap (Convenção Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas) será realizada entre os dias 11 e 13 e promete reunir representantes de todo o Brasil no Centro de Convenções, em Olinda. Neste ano, o evento terá como tema “As empresas de serviços, o governo e a sociedade”. A programação vai contemplar uma série de palestras, oficinas e painéis com nomes expressivos da sociedade, a exemplo do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, que vai ministrar a palestra Magna “Ética na política e nos negócios”, no dia 12 de novembro. O objetivo da convenção é promover uma confraternização e integração nacional das empresas de serviços por meio da troca de experiências, debates, novos negócios e tecnologias, com a apresentação de temas atuais do cenário econômico. A 16ª Conescap é promovida pela Fenacon e tem como anfitrião o Sescap/PE. A expectativa é que mais de dois mil gestores de todo o País participem do evento, que acontece a cada dois anos. Inscrições Quem quiser participar já pode se inscrever no site www.conescap.com.br. O pagamento pode ser realizado por meio de cartão de crédito ou boleto bancário. Conheça Pernambuco O estado escolhido para sediar a 16ª Conescap é conhecido pela diversidade cultural e pela beleza das praias. Considerado um dos principais destinos do Nordeste, Pernambuco oferece atrações para todos os gostos, e tem como principais localidades o Recife, Olinda e Fernando de Noronha. No Recife, além dos casarios antigos, o destaque fica por conta da natureza, com a existência de mais de 10 parques e uma das praias urbanas mais famosas do Brasil, a praia de Boa Viagem. Olinda também ganhou popularidade com seu tradicional Carnaval e construções que atravessam séculos. O arquipélago de Fernando de Noronha, por sua vez, é um destino paradisíaco, localizado a 545 quilômetros da costa pernambucana. São 21 ilhas, sendo a principal também chamada de Fernando de Noronha. 2

[close]

p. 3

Seminário Prática contábil será destaque em seminário A Nos últimos meses a contabilidade fiscal e societária vem passando por grandes modificações. Essas alterações têm levado a área contábil a um processo inevitável de modernização, tanto no âmbito tecnológico quanto conceitual. Na esfera tecnológica, nota-se a necessidade de adaptações ao Sintegra, Certificação Digital, SPED Contábil, fiscal e Nota Fiscal Eletrônica, Convergência da Contabilidade, entre tantas outras tecnologias recémimplementadas. No universo conceitual, estamos em um momento de internacionalização, que abrange tanto as grandes corporações, quanto as pequenas e médias empresas, além das instituições do setor público. Diante destes fatores o SESCON/ES em conjunto com as Associações de Contabilistas de Vitória, Vila Velha, Aracruz, Colatina, Linhares, Guarapari, Cachoeiro de Itapemirim, Serra e Cariacica, realizará no primeiro semestre deste ano o I Seminário de Empresas de Serviços Contábeis do Espírito Santo, evento que promoverá o aprimoramento do conhecimento técnico de profissionais de contabilidade e empresários diante das atuais mudanças e exigências legislativas, nos dias 14 e 15 de maio, no Hotel Pasárgada, em Vila Velha. O evento contará com a presença do presidente da Fenacon, Mario Elmir Berti. “Estamos preparando um evento completamente prático, que trará aos participantes as técnicas necessárias para facilitar o nosso dia-a-dia nas rotinas da nossa área”, enfatiza Luiz Carlos de Amorim, presidente do SESCON. As inscrições serão até o dia 10 de maio, através do endereço eletrônico www. sescon-es.org.br. • Inscrições - até o dia 31 de março: associados a qualquer associação de contabilidade – R$200,00; estudante – R$125,00; micro-empresários – R$125,00; não-associados – R$250,00; acompanhantes R$125,00. • De 1º a 30 de abril: associados a qualquer associação de contabilidade – R$225,00 ; estudante – R$150,00; microempresário – R$155,00; não-associados – R$275,00; acompanhantes - R$150,00. • De 1º a 10 de abril: associados a qualquer associação de contabilidade – R$250,00; estudante – R$175,00; microempresários – R$175,00; não-associados – R$300,00; acompanhantes - R$175,00. Mais informações: 3434-4050. Sugestões P articipe do informativo do SESCON-ES enviando sugestões de pauta para o e-mail administracao@sescon-es.com.br. Se você tem algum artigo ou assunto de interesse da classe contábil, envie-nos, podemos publicálo. Também aceitamos sugestões de entrevistas para o informativo. A sua ajuda é essencial para tornar esse veículo cada vez mais interessante e atual. O ideal é que enviem as sugestões até o dia 10 de cada mês para que o assunto seja abordado na edição seguinte. Contamos com sua colaboração! Curta a nossa página no Facebook: sescon.espiritosanto 3

[close]

p. 4

Visita Sescon recebe visita do vice-governador Já a vice-presidente do sindicato, Dolores de Fátima M. Zamperlini, destacou a importância do sindicato ter uma representação na Junta Comercial, assim como o Conselho Regional de Contabilidade (CRC), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Femicro). O diretor-secretário Roberto Schulze pediu a revisão da Lei 7.000, que trata das multas aplicadas pelo Espírito Santo, por serem as mais pesadas do Brasil. O vice-governador César Colnago agradeceu o convite e que tem por objetivo atuar politicamente buscando soluções para os problemas do Estado. “A profissão contábil é muito importante e contribui muitíssimo para a melhoria dos processos e das legislações em geral. Me coloco à disposição para ajudar na solução de todos os problemas que surgirem ao longo dos próximos quatros anos”, ressaltou, frisando que o novo governo está em fase de ajustes e que só depois ações poderá ser desenvolvidas, inclusive com relação a Junta Comercial. Colnago também se dispôs a analisar as outras demandas da classe contábil repassadas pelo sindicato. O presidente do Sescon, Luiz Carlos de Amorim, recebeu a visita do vice-governador do Estado, César Colnago, durante a reunião mensal da diretoria, no dia 13 de janeiro, na sede do sindicato. Estiveram presentes os diretores: Dolores de Fátima M. Zamperlini, Élido Emmerich Firme, Dílson Evangelista Pereira, Roberto Schulze, Antônio Juliano da Silva, Antônio Celso de Almeida, Tânia Regina Gobbette Marques, Davi Bruske, Miguel dos Santos Costa, Túlio Venturim Silva, José Maria Hupp e Albert Anthony Sholl e os membros do Conselho Fiscal Raquel Cristina Nicolau Barbosa, Fábio Campagnoli e Marcos Antônio de Oliveira e o membro do Conselho Consultivo Rider Rodrigues Pontes. O objetivo da reunião foi apresentar ao vice-governador as conquistas que o sistema SESCON/SESCAP vem alcançando ao longo dos anos e expor os principais problemas enfrentados pela classe contábil. O presidente do SESCON-ES destacou os problemas enfrentados na JUCEES e que mesmo com os esforços do antigo presidente da Junta Comercial, Paulo Vieira Pinto, o andamento dos trabalhos continua lento e que seria necessário a realização de um concurso público o mais rápido possível. Nova presidente da Junta Comercial recebe presidente do SESCON-ES Visita a SEFAZ O A 4 nova presidente da Junta Comercial do Estado do Espírito Santo (JUCEES), Letícia Rangel Serrão Chieppe, recebeu o presidente do SESCON-ES, Luiz Carlos Amorim, no dia 2 de março, na sede da entidade. O presidente foi acompanhado de representantes de entidades contábeis do Estado e, além de apresentar os desafios dos contadores, ressaltou a importância da parceria entre as entidades para a melhoria dos serviços prestados pela Junta Comercial. presidente do SESCON-ES, Luiz Carlos de Amorim, e o vice-presidente região Sudeste Fenacon, Jacintho Soella Ferrighetto, foram até a Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo (SEFAZ) e foram recebidos pela secretária de Fazenda Ana Paula Vescovi. A visita aconteceu no dia 23 de janeiro. A reunião foi pautada pela apresentação das ações do SESCON-ES e o sindicato se colocou à disposição do órgão para parcerias.

[close]

p. 5

Eventos realizados / O que vai acontecer SPED Contábil O A A contadora Renata Santana dos Santos ministrou palestra no auditório do SESCON-ES sobre SPED ECD (SPED Contábil), no dia 9 de janeiro. O público-alvo foi contadores, controllers, analistas, assistentes e auxiliares dasáreas contábil, tributária e TI, bem como aos demais profissionais envolvidos com a matéria. IRPF 2015: Como evitar erros e penalidades Apresentar aos profissionais das áreas contábil e tributárias as regras gerais do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPS) 2015, destacando os recursos que podem evitar os erros e reduzir os riscos de penalidade para os contribuintes foi o objetivo do curso ministrado por Danilo Lollio, gerente de desenvolvimento tributário da Wolters Kluwer Prosoft, no dia 5 de março. Entre os assuntos abordados no conteúdo programático do curso: noções gerais sobre imposto de renda, regras básicas da declaração de ajuste anual (DIRF), planejamento tributário, possíveis cruzamentos realizados pela RFB e regularização das pendências decorrentes da DIRPF. Palestra com café arrecada material escolar para a Creche São Vicente de Paula Simples Nacional O analista tributário da Receita Federal Gleydson Roberth Cristo ministrou uma palestra sobre Simples Nacional, no dia 29 de janeiro, em que foram abordados a alteração do LC 141/14, o parcelamento de débitos apurados no Simples Nacional; Compensação Simples Nacional e Tributação Monofásica no Simples Nacional. DIRF 2015 O O SESCON-ES arrecadou durante o café com palestra realizado no dia 27 de janeiro (com o tema Resolução CFC nº 1445/13), 170 unidades de material escolar que foram entregues a Creche São Vicente de Paula pela diretora de ação social, Tania Gobbette Marques. A Creche São Vicente de Paula existe desde 1988 e atualmente atende 45 crianças carentes, entre 2 e 5 anos, moradoras do Ibes e bairros adjacentes. As crianças ficam no local de segunda a sexta-feira, das 7às 17hs. A instituição foi escolhida após a entrega de 250 quilos de alimento em outubro do ano passado. Agenda de curso e palestras 24/03/2015 - Curso “Práticas contábeis’ - Colatina e Aracruz; 25/03/2015 - Curso “Práticas contábeis” - Cachoeiro e Guarapari; 26/03/2015 - Curso “Práticas contábeis” - Vitória e Vila Velha; 01/04/2015 – Café com palestra – “IRPF 2015”; 08/04/2015 – Curso “Sped Fiscal na prática”; 16/04/2015 - Palestra “Como se preparar para o eSocial? Não caia na malha fiscal!”; 29 e 30/04/2015 - Curso Rotinas trabalhistas. O DIRF 2015 foi tema de um café com palestra realizado no auditório do SESCON-ES, ministrado pelo auditor fiscal da Receita Federal Juliano Rezende Gama, no dia 23 de fevereiro. O objetivo foi atualizar os profissionais nos procedimentos relacionados a entrega do DIRF. 5

[close]

p. 6

Água: um bem de todos uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros/minuto. Pingando, 46 litros/dia. No final do mês são 1380 litros. O mesmo cuidado deve ser tomado ao lavar a louça do cafezinho ou lanche. Deixando a torneira aberta o tempo todo, há um desperdício de 105 litros. O ideal é ensaboar as peças e abrir a torneira somente na hora de lavá-las. Vazamentos também merecem atenção. Um buraco de 2 milímetros no encanamento gera a perda de 3 caixas d’água de mil litros. Além das medidas adotadas no dia a dia, é importante realizar reuniões curtas com os funcionários para colocar o assunto sempre em pauta, já que o uso consciente da água deve ser contínuo, e não apenas por conta da crise. Dicas para evitar o desperdício na empresa 1. Elimine vazamentos. 2. Faça a captação e o aproveitamento da água da chuva e use para manutenção dos ambientes e, quando houver, dos jardins. 3. Dê preferência a equipamentos que reduzam o consumo de água. 4. Diminua o uso de bebedouros, passando a adotar garrafas de 2 a 5 litros. 5. Instale torneiras de baixo consumo de água ou com fechamento automático. 6. Troque as antigas descargas com válvulas por descargas acopladas com caixa, que consomem menos água. 7. Sinalize áreas comuns de sua empresa sobre o uso e consumo de água. Órgão Informativo do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Espírito Santo (SESCONES). Endereços: Vitória: Rua Neves Armond, Edifício Dakar, 535, sala 201 - Bento Ferreira, Cep 29050-705 - Tel.: (27) 3434-4050 • Vila Velha (sede da ASCOVV) - Rua Dom Pedro II, 775, Glória • Aracruz - Rua Padre Luiz Parenzi, nº 116, bairro Vila Rica. www.sescon-es.org.br A A falta de chuva aliada ao desperdício de água no dia a dia é um sinal amarelo para uma crise hídrica que já afeta estados como São Paulo e atinge alguns municípios do Espírito Santo. Por isso, se cada um faz a sua parte, seja em casa ou no trabalho, reduz-se a chance de um racionamento compulsório e da falta de um dos bens naturais mais preciosos. Já pensou de que forma você pode contribuir para a economia de água na sua empresa? Como geralmente é no ambiente de trabalho que as pessoas passam a maior parte do dia, as dicas para reduzir o consumo e evitar o desperdício vão ajudar nessa tarefa! De gota em gota a água se esvai pelo ralo. Portanto, quando lavar as mãos na pia, lembrese de fechar bem a torneira. Pode parecer que os pingos não fazem a diferença, mas eles são vilões do consumo. Basta observar os números: Presidente Luiz Carlos de Amorim Vice-presidente Institucional Dolores de Fátima Moraes Zamperlini Vice-presidente Administrativo Élido Emmerich Firme Vice-presidente Financeiro Dilson Evangelista Pereira Diretor Tesoureiro Antônio Juliano da Silva Diretor secretário Roberto Schulze Diretor de Pesquisa e Informação Miguel dos Santos Costa Diretor Técnico Científico Antônio Celso de Almeida Diretor Recreativo Cultural Tullio Venturim Silva Diretor de Ética Profissional Davi Bruske Diretor de Ação Social Tânia Regina Gobbette Marques Diretoria Suplente Benedito dos Santos Silva Laudenete Trezena José Maria Hupp Claudio Monteiro Rodrigues Antônio Nicolau Nacif Fabio Telles Thereza Nader Evaldo Bortolini Albert Anthony Sholl Carla Cristina Tasso Moacyr Edson de Angelo Conselho Fiscal Efetivo Raquel Cristina Nicolau Barbosa Marcos Antônio de Oliveira Fabio Campagnoli Conselho Fiscal Suplente Sebastião Coelho do Prado José Alvair Coradini Walterleno Maifrede Noronha Conselho Consultivo Jacintho Soella Ferrighetto Rider Rodrigues Pontes Haroldo Santos Filho Diretoria Executiva Jornalista Responsável Rose Frizzera - ES 00470JP Textos Marília Marques Assessoria de Comunicação: RF Assessoria de Comunicação (27) 3207-3351 Diagramação: Alex Fleming Impressão: Gráfica Liderset Tiragem: 2.000 exemplares Produção 6 Proibido jogar em via pública - Lei nº 4783 de 10 de maio de 1.978

[close]

Comments

no comments yet