Jornal Zona Oeste em Foco - Central Parque & Cia. 2015 - Ed. 56

 

Embed or link this publication

Description

Edição 56

Popular Pages


p. 1

ANO 12 Nº 56 MAR/ABRIL 15 Valorizando a região e agregando conhecimento www.jornalzonaoesteemfoco.com.br Central Parque, São Marcos, Itanguá I e II, Arco-Íris, Verde Vale, Piazza Di Roma e Jd. Tulipas ÁGUA DIA MUNDIAL DA ETA do Cerrado trata 90% da água consumida em Sorocaba Páginas 10, 11 e 12 Página 4 Página 6 Página 8 Ipem fiscaliza pesos e medidas em comércios de toda a região Projeto Vigilância Solidária contribui para diminuição da violência Sebrae dá dicas para comerciantes ganharem dinheiro com a Páscoa

[close]

p. 2



[close]

p. 3

NOSSO FOCO Ipem fiscaliza pesos e medidas de comércios e serviços na região Página 4 03 Zona Oeste em Foco completa 12 anos valorizando a região Página 5 Zona Oeste ganha distribuidora do suco de soja Mupy Página 8 Projeto Vigilância Solidária se expande e aumenta a segurança Página 6 Confira as dicas da advogada Maira Luise Silvestri Briculi pagina 9 Foco Empresarial valoriza empreendedores da Zona Oeste Página 7 Confira todo o processo que leva a água até a sua torneira Páginas 10, 11 e 12 O Crescendo com a região Artigo do Sebrae aborda formas de ganhar dinheiro com a Páscoa Página 8 Programe-se com as atividades divulgadas na Agenda em Foco Página 18 Tenham todos uma ótima leitura. EXPEDIENTE - Ano 12 - nº 56 - Março/Abril 2015 - Tiragem: 9.000 Exemplares Zona Oeste em Foco completou doze anos. Nesse período, nossa região cresceu muito e nós participamos desse desenvolvimento. Os anunciantes e leitores que desde o início nos acompanham, observam a nossa evolução na diagramação, impressão, editorialmente e comercialmente. Assim como novas avenidas foram abertas na região; o comércio se expandiu; e os equipamentos públicos aumentaram, nós também nos abrimos para a modernidade, caminhando junto nessa expansão. O Zona Oeste em Foco sempre primou por valorizar a nossa região. Consideramos que contribuímos para o crescimento da Zona Oeste, a partir do momento que valorizamos as pessoas e suas realizações. Nossa pretensão é continuarmos juntos por muito tempo, sempre valorizando nossa gente e contribuindo com o seu desenvolvimento. Agradecemos a todos, leitores e anunciantes, que sempre nos prestigiaram nestes doze anos. Muito obrigado. Equipe Zona Oeste em Foco. Fone: 3329-7596 Editor: Marcos Tadeu Stachewski | Comercial: Paula Pacheco - Fone: 3013-1331, Sérgio Augusto Grillo - Nextel: 7835-4523 ID 92*163128 Jornalista Responsável: Cida Muniz MTB: 42990/SP | Arte Final/ Diagramação: Jpgues Editora, Carlos Castro, Marcus Fidêncio e Matheus Stachewski | Distribuição gratuita porta a porta: Central Parque, São Marcos, Itanguá I e II, Arco-Íris, Verde Vale, Piazza Di Roma e Jardim Tulipas. Impressão: Gráfica Santa Edwiges - Fone: 99724-2449 Jornal Zona Oeste em Foco - R. Léo Migliorini, 88 Sala 1 - Wanel Ville IV - Fone: 3329-7596 | zonaoesteemfoco@terra.com.br | www.jornalzonaoesteemfoco.com.br www.facebook.com/jornalzoemfoco | Crédito fotos: Cida Muniz e Sérgio Augusto Grillo. As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal.

[close]

p. 4

04 METROLOGIA O Ipem de Sorocaba fiscaliza pesos e medidas de 48 cidades da região A regional do Ipem em Sorocaba, não faz a avaliação da qualidade do produto. Neste caso, quando acionados, são chamados especialistas da capital. Mas, os profissionais, verificam se os produtos chamados de compulsórios que, normalmente, tem haver com segurança, e são obrigados a ter o selo do Inmetro, passaram pela avaliação do Instituto ou mesmo se estão com uma autorização falsificada. Entre os produtos compulsórios, que são obrigados a ter o selo do Inmetro, estão: brinquedos, capacetes, pneus, carteiras escolares, extintores, entre outros, todos ligados a segurança. Segundo Damas, não chegam a 500 os produtos considerados em conformidade. Ipem (Instituto de Pesos e Medidas), um órgão estadual delegado do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), em sua unidade de Sorocaba, é responsável por fiscalizar estabelecimentos comerciais de 48 cidades. Segundo o delegado regional, Gilson Damas, o órgão tem sete equipes de fiscais, compostas de um técnico e um especialista. Eles fazem um mapeamento e uma vez por ano, todo estabelecimento comercial é fiscalizado. Em padarias, açougues e pet shops, por exemplo, são pesados os produtos que são embalados fora da vista do consumidor, explica Damas. Neste caso, os especialistas ou fiscais escolhem determinado produto e os pesam na balança aferida que levam. Os profissionais pesam 26 amostras e tiram uma média. É aceito uma margem de erro. Damas detalha que o especialista não julga, ele faz o relatório e apresenta o fato ao Departamento Jurídico do Ipem, que fica em São Paulo, este sim é que vai julgar. Mas no caso de ser encontrada fraude, os profissionais podem acionar a polícia. O delegado cita o exemplo dos postos de combustíveis. Os profissionais retiram a gasolina, por exemplo, e colocam em um galão de 20 litros. Na bomba terá que apontar 20 litros. Caso exis- Postos de combustíveis são obrigados a ter galões para verificar se a bomba está correta Gilson Damas - Delegado regional do Ipem ta uma fraude, o especialista vai acionar Dantas aconselha aos comerciantes a polícia e a ANP (Agência Nacional do a sempre manterem sua balança aferiPetróleo, Gás Natural e Biocombustível) da, porque erros podem acontecer, mas que é o órgão que também avalia a quanão que sejam intencionais. Neste caso, Datas sazonais lidade do combustível. o delegado dá a dica: pese um produto Além da fiscalização anual, o Ipem Damas também informou que todo de metal, marque com uma etiqueta este faz a fiscalização de alguns produtos posto de combustível é obrigado a ter peso e, pelo menos uma vez por semana, com datas sazonais. No início do ano, é um galão específico, com 20 litros, que, pese-o novamente para ver se não houve realizada a fiscalização de material esse o consumidor desconfiar que está nenhuma alteração. Se tiver alguma difecolar. Já nesta época do ano o bacalhau e sendo lesado no volume, pode solicitar rença a balança está com problema. os ovos de Páscoa são fiscalizados com a que o galão seja cheio para confirmar Dependendo do caso, técnicos do verificação do peso. Até produtos como se a medida está correta. Ipem podem solicitar em uma fiscalizarefrigerantes podem conter falhas na Para se ter uma ideia do trabalho do ção a participação da polícia ou de algum medida. Os queijos e peixes têm uma leIpem, os especialista fiscalizam, inclusiórgão, como a ANP, e o inverso pode gislação específica no caso do peso. ve, os radares, isso porque eles fazem também acontecer. a medição da velocidade. Dantas Casos de denúncias podem detalha que a legislação prevê Denúncias podem ser feitas através ser realizados através do telefone também uma margem de erro do telefone 0800-0130522 0800-0130522. para que a pessoa seja autuada.

[close]

p. 5

ANIVERSÁRIO 05 H Zona Oeste em Foco completa 12 anos Valorizar a região O jornal se profissionalizou nesses doze anos. Hoje, nossa diagramação é melhor trabalhada. As matérias são mais aprofundadas, seguindo o padrão do nosso leitor, que a cada dia é mais exigente. Para Marcos Tadeu Stachewski, editor responsável do Zona Oeste em Foco, o objetivo do jornal foi sempre valorizar a região. Stachewski recorda que ao procurar um terreno para comprar no Wanel Ville, onde pretendia começar um novo negócio, mas não havia decidido à área, conheceu uma senhora que disse que na região não havia nada. “Eu comecei a caminhar pelos bairros e vi muitos comércios e percebi que aquela senhora estava errada. Ela não conhecia a região na qual morava. Foi quando tive a ideia de montar o jornal”, se emociona ao recordar. A região da Zona Oeste é uma das mais antigas de Sorocaba. Seu crescimento e desenvolvimento nas duas últimas décadas foram enormes. O comércio e o setor de serviço cresceram muito e a região precisava de um veículo de comunicação a sua altura. De porta em porta A garantia da entrega de porta em porta sempre foi um diferencial do Zona Oeste em Foco, que passou a ser rodado totalmente em papel couchê em setembro do ano passado, garantindo mais retorno aos anunciantes, pois a impressão ficou com a qualidade de uma revista, e, claro, atrai mais os leitores para ler as matérias e procurar oportunidades de negócios. O crescimento do jornal fez aumentar a equipe profissional. A executiva de vendas, Paula Pacheco, agregou a equipe seu conhecimento e aumentou o potencial comercial do periódico. “A Zona Oeste cresceu muito e ficamos felizes ao ver aquele cliente que tinha uma empresa muito pequena, hoje estar crescendo continuamente. Sabemos que contribuímos para isso”, comemora Paula. Já o setor de design busca unir criatividade e funcionalidade para atingir o público alvo e trazer retorno ao anunciante. A propaganda continua a ser a melhor forma de chegar até o cliente, por isso, o velho jargão: a propaganda é a alma do negócio, continua valendo. Hoje o Zona Oeste em Foco tem mais quatro jornais, além do Central Parque & Cia (Júlio de Mesquita & Cia, Jardim São Paulo & Cia, Wanel Ville & Cia e Jardim Simus & Cia) e, também, o Zona Leste em Foco, lançado no ano passado. No total, são 68 mil exemplares. Temos muito a aprender e a crescer e vamos continuar nossa trajetória apostando na Zona Oeste de Sorocaba. á doze anos nascia o Jornal Bairro em Foco, que em 2013 passou a se chamar Zona Oeste em Foco. Acompanhamos o crescimento da região. A primeira edição do jornal foi distribuída no Wanel Ville e, posteriormente, o Central Parque, São Marcos, Itanguá I e II, Arco-Íris, Verde Vale e Piazza Di Roma passaram a receber o Guia de Classificados. Assim como é feito ainda hoje, o Guia de Classificados era distribuído de porta em porta e o intuito da publicação era oferecer para os leitores uma forma prática de encontrar lojas e serviços em locais próximos, sem a necessidade de se deslocar para o centro da cidade. Já para os anunciantes, o Guia foi uma forma de oferecer a divulgação do estabelecimento, por um preço acessível e com a garantia de uma distribuição qualificada, além de uma tiragem de 5 mil exemplares, o que sempre garantiu o retorno do investimento. Já em 2006, o Guia foi transformado em um jornal e passou a contar com reportagens que sempre valorizaram os bairros abrangidos pela edição. A tiragem aumentou para 5.500 exemplares e a edição passou a se chamar Central Parque & Cia. Hoje a tiragem saltou para 9 mil exemplares.

[close]

p. 6

06 SEGURANÇA Polícia Militar faz prisões em razão de denúncias do projeto Vigilância Solidária I mplantado no Jardim Tulipas há cerca de seis meses, o projeto Vigilância Solidária pode ser considerado um sucesso, pois atingiu o seu objetivo, fazendo cair o número de ocorrências na região e, mais que isso, prisões estão sendo realizada em virtude das denúncias realizadas pelos moradores que aderiram à iniciativa. A ideia original da Polícia Militar, lembra o presidente da Associação de Moradores e Proprietários, Manoel Borges, era implantar o projeto entre os comerciantes, mas como uma minoria se interessou, foram os moradores, após um assalto, que resolveram abraçar o projeto. O responsável da Polícia Militar pelo Vigilância Solidária é o sargento Ribeiro. Somente no Jardim Tulipas, 120 residências aderiram ao projeto e nelas foram colocadas as placas de identificação. Cada rua do bairro tem cinco representantes que se reportam ao coordenador. Redes sociais como Facebook e Whats App são utilizadas pelos participantes para a comunicação e há um canal direto com a PM. Associação e PM homenageiam policiais e líderes comunitários pelo sucesso do projeto sultou em quinze prisões recentemente, todas em razão das denúncias da população e do empenho dos policiais militares envolvidos no projeto. Borges elogia a participação em particular da Força Tática, do sargento Ribeiro e do capitão Oliveira, comandante da 1ª Companhia da Polícia Militar. Para marcar o sucesso do projeto, foi realizado no dia 11, na Creche Maria Dorelli de Magalhães, uma solenidade na qual foi feita uma avaliação do Vizinhança Solidária e foram homenageados policias e líderes comunitários. Manoel Borges quer ampliar o projeto para o Central Parque Sargento Ribeiro é o responsável pelo projeto Vigilância Solidária Diante do sucesso do projeto no Jardim Tulipas, moradores do Piazza Di Roma I e II procuraram a Associação para ver o Vigilância Solidária também implantado nestes bairros e, novamente, a adesão foi um sucesso. Em apenas dois meses, 350 residências receberam as placas do projeto e a adesão continua. No Tulipas são 14 ruas, 29 no Piazza Di Roma I e 19 no Piazza Di Roma II. Essa união da comunidade re- Prisão O projeto será ampliado ainda mais. A ideia é começar a implantá-lo no mês de abril no Central Parque. “Nosso sonho é ter mil pessoas envolvidas até junho”, destaca Borges, que também cobra uma participação maior do governo no sentido destinar homens Central Parque e equipamentos para que o projeto seja expandido com qualidade para outros pontos da Zona Oeste. Borges considera fundamental a Polícia Militar ter mais estrutura visando à ampliação do projeto e pretende pedir uma audiência para o segundo semestre com o governador Geraldo Alckmin, mostrando os números da segurança na região e solicitar apoio, pois “o projeto Vigilância Solidária pode se tornar um cartão de visitas da PM”, finaliza

[close]

p. 7

FOCO EMPRESARIAL 07 paula_pacheco@terra.com.br O A Vet Spa está em festa velinhas. A Vet Spa existe há seis anos e se tornou referência em qualidade de produtos e em atendimento, confira na rua Dr. Osmar Maciel, 524, Central Parque, telefone 3013-2120. Parabéns Viviane e Leone. DKash Consultoria oferece aulas de inglês vip Deborah Kash, proprietária da DKash Consultoria de Idiomas voltou da Irlanda há dois meses e abriu uma consultoria oferecendo seus serviços à empresas, além de aulas de inglês vip individuais ou em grupo para no máximo cinco pessoas. O grande diferencial da DKash Consultoria, conta Deborah, é a didática, além da empresa organizar quinzenalmente eventos de intercâmbio em Sorocaba. A professora também oferece serviço de intérprete em eventos, reuniões, conference calls, acompanhamento de executivos, turistas e técnicos em visitas a empresas, fábricas e feiras. Confira o perfil profissional de Deborah Kash no Linkedin ou conheça o escritório na rua Délcio Ferreira de Azevedo 453 , Jardim Piazza Di Roma. Telefone 98152-2366. mês de março é de muita comemoração na Vet Spa. Neste sábado (21), a Dra Viviane R. D. Almeida comemora mais um aniversário. E para completar a festa, no dia 23 de março, Leone Pereira de Paula, também apaga Hasta La Vista – Paletas Mexicanas – Deliciosas e refrescantes Thamyres Gomes, Kelvin Augusto, Maisa Campos e Natassia Santos O sucesso deste Verão são as paletas mexicanas, deliciosas e refrescantes. Desde nov embro o Jardim São Paulo conta com a Hasta La Vist a, de propriedade de Natassia e Almir Roberto dos Santos, que está fazendo o maior sucesso. Aberta diar iamente das 12 às 22 horas, o local já virou o point da região. Confira na avenida Dr. Getúlio Vargas, 42, loja 5. Instituto Sorriso O Instituto Sorriso é referência e excelência em odontologia. Com profissionais qualificados, a clínica é especializada em implantes, endodontia, próteses, clareamento, reabilitação oral e ortodontia. Agende sua visita. São dois endereços: avenida Dr. Luiz Mendes de Almeida, 613 B, Largo do Divino e rua Capitão Pedro Tavares, 189, ao lado da Capela do Divino, telefone 3222-4241. Há 15 anos é excelência em odontologia Doutores César Augusto de Souza, Alex Canales e Denilson Ravagnani Despachante Micron Mais em novo endereço O Despachante Micron Mais, de Alexandre Bergamo de Oliveira, agora está localizado na avenida Américo Figueiredo, 933, no Jardim Simus. Bergamo atua na área desde 1988 e, para melhor atender os clientes, tem o sistema de disk, retirando e entregando documentos na residência ou empresa do cliente, além de fazer parcelamento no cartão de crédito de multas e até do IPVA. Faça uma consulta através dos telefones 3217-7790 e 3231-3155.

[close]

p. 8

08 Negócios • Produtos • Serviços O melhor suco à base de soja agora na Zona Oeste Mupy O Mupy é o primeiro suco nacional feito de soja, no mercado desde 1977. Com distribuição em Sorocaba e Votorantim desde 1981, atualmente Luís Augusto da Silva é o distribuidor para atacado e varejo do suco. Em embalagens tetra pak e saquinho, os sucos Mupy têm os sabores abacaxi, limão, maracujá, morango, maça, pêssego e uva. Por ser à base de soja, os sucos Mupy fazem bem à saúde, reduzindo problemas do coração e a incidência dos cânceres de mama e próstata, diminui os efeitos da menopausa e TPM, previne a osteoporose, reduz o colesterol ruim (LDL) e aumenta o bom (HDL). Com suco de fruta natural, os sucos Mupy não têm colesterol e nem lactose, é de baixa caloria e fácil digestão, pois não possui gorduras saturadas, sendo altamente nutritivo e o melhor: é uma delícia. E agora o Distribuidor Mupy está na Zona Oeste aceitando também pedidos por Delivery, conforme a quantidade. ais uma data de forte apelo comercial se aproxima: a Páscoa, no dia 5 de abril. Mesmo o comerciante que ainda não se planejou pode tomar algumas providências para aproveitar a oportunidade e dar impulso às vendas. Se a concorrência saiu na frente, fique atento ao que os outros estão fazendo e procure ter um diferencial. A micro e pequena empresa (MPE) tem a vantagem de ser flexível, o que permite mudanças de rumo com rapidez. Pense no que levará o cliente a optar por você e não pelo vizinho. O carro-chefe da Páscoa é o ovo de chocolate, mas não se limite a ele. Ofereça alternativas como cestas ou kits alusivos ao tema, incluindo itens não alimentícios (flores e perfumes, por exemplo). Dê ao consumidor uma opção que vai além do básico. Variações do doce Quem faz ovos de Páscoa tem a possibilidade de experimentar variações do doce. É a hora de mostrar algo exclusivo, personalizado, com uma embalagem especial. A criatividade é importante nessa hora. Quanto à gestão, tome cuidado com o estoque. Calcule bem para não faltar. Dizer ao consumidor que o que ele procura acabou é frustrante. Sobrar mercadoria é pior ainda: passada a data, o que não teve saída vira encalhe. Como nessas ocasiões o movimento aumenta, reorganize o espaço físico da sua loja para comportar o público e, principalmente, atenção com o atendimento, ponto crucial para a imagem do negócio. Ele deve primar pela qualidade sempre, porém, quando há mais gente na loja, a possibilidade de ocorrerem situ- M Hora de lucrar com a Páscoa ações de estresse aumenta. Oriente a equipe e certifique-se de que todos estão a par das novidades. Decoração O estabelecimento que não trabalha com ovos de Páscoa não deve ignorar a data. O primeiro passo é fazer uma decoração com motivos ligados ao tema. Presentear o cliente com brindes como um chocolate ou bombom é um agrado que marca e fará com que ele volte. Por fim, fica a recomendação: nas próximas datas – Dia das Mães, dos Namorados, etc. – trace um plano de ação e coloque-o em prática com, no mínimo, 60 dias de antecedência. Lembre-se que vender, muitas vezes, é como um jogo de sedução e a conquista só ocorre se você tiver a atitude certa no momento certo. Procure ter um diferencial para se destacar nas vendas SERVIÇO – Mupy – suco de soja – Rua Maria Mateis Gregori, 233, Parque Manchester. Telefones 3232-3131 e 98821-3231. E-mail: mupysorocaba@hotmail.com. Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 8 às 18h30. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

[close]

p. 9

A Plano Verão! Fiquem atentos! - Caixa Econômica Federal - Banco Itaú - Banco De Crédito Nacional - Banco Econômico - Banco Safra artigo 09 ODONTOLOGIA s pessoas que possuíam saldo em Conta Poupança na época de janeiro e fevereiro de 1989 deverão ingressar com Ação de Cumprimento de Sentença para reaver as diferenças referentes aos expurgos do Plano Verão. Ocorre que o IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) promoveu uma Ação Civil Pública em face de diversos Bancos da época, e muitas ações já possuem trânsito em julgado, podendo assim ser utilizada em favor de todos os brasileiros que ainda não entraram com a Ação devida. Seguem abaixo os bancos que possuem trânsito em julgado, portanto, a possibilidade de entrar com a Ação competente, com abrangência nacional: - Nossa Caixa Nosso Banco (Atual Banco Do Brasil) - Banco Mercantil (atual Bradesco) - Banco do Estado do Paraná - Banco do Estado de Pernambuco Os Bancos acima mencionados re- ferem-se a Execuções definitivas. Há ainda algumas ações que ainda não transitaram em julgado e, portanto, são provisórias: Gustavo e Silvio Kupper, recepcionistas e o vereador Cláudio do Sorocaba 1 Odontocompany Parque Manchester é homenageada pela Câmara A Odontocompany, através de seus proprietários e funcionários, foi homenageada pela Câmara de Sorocaba, em razão de requerimento de autoria do presidente da Casa, Cláudio do Sorocaba 1, pelo relevante trabalho de cunho social e comunitário desenvolvido a favor da população carente da região, tornando-se um exemplo de cidadania empresarial. A placa com a homenagem “Voto de Congratulação” foi entregue na própria Odontocompany, localizada na avenida Dr. Américo Figueiredo, 2417, no Parque Manchester. Rua Paulo Emanuel de Almeida, 357, sala 6, Wanel Ville II, site www.silvestri.adv.br - E-mail: contato@silvestri.adv.br. Telefones 3329-1229 e 99847-5689 Advogada Maira Luise Silvestri Briculi OAB/SP nº 293.591

[close]

p. 10

10 DIA MUNDIAL DA ÁGUA Fique sabendo como esse líquido cada ... A água é a cada dia mais preciosa. No ano passado, o estado de São Paulo, principalmente a capital, sofreu com a estiagem. Vinte e dois de março é o Dia Mundial da Água e para marcar a data o Zona Oeste em Foco foi até a ETA (Estação de Tratamento de Água) “Armando Pannunzio”, que foi inaugurada no dia 4 de janeiro de 1970, para descobrir os detalhes da H²O que chega até as nossas torneiras. O biólogo Reginaldo Schiave, diretor de Produção do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) explica que quatro adutoras retiram água da represa de Itupararanga que chega a ETA por gravidade. De Itupararanga até a ETA são 12 quilômetros, sendo 7 quilômetros cortando a Serra de São Francisco. Diariamente dois homens percorrem a pé esses 12 quilômetros verificando se existe algum vaza- água. São 25 Centros de Distribuição de Água (51 reservatórios) – 86,4 milhões de litros de água. De acordo com os técnicos, a água que chega à torneira nas casas dos sorocabanos pode ser consumida sem nenhum tratamento, o problema é que, muitas vezes, a caixa d’água está destampada e pode conter até animais mortos. Os usuários reclamam da grande quantidade de cloro na água, porque abrem a torneira e o líquido está esbranquiçado. Conforme Shiave, essa cor não é do cloro e sim da grande pressão da água, sendo o ar dissolvido que causa essa colocação. Neste sentido, o biólogo admite que em razão da pressão o consumidor pode até realmente pagar um pouco mais pelo Qualidade da água Novas bombas aumentaram a capacidade da ETA na distribuição para os reservatórios Antonio Carlos Canabarro e Reginaldo Schiave mento nas adutoras. São 2 mil litros de água por segundo. Já da represa de Ipaneminha são retirados 300 litros de água por segundo. Segundo Antonio Carlos Andrade Canabarro, chefe do Departamento de Tratamento de Água do Saae, a ETA do Cerrado trata atualmente 2.200 litros de água por segundo e é responsável pelo abastecimento de 90% da cidade, mas, em breve, ela ampliará sua capacidade de tratamento para 2.500 litros de água por segundo, com as obras de reforma e amplia- ção que estão sendo desenvolvidas, que permitirão a sua completa modernização e automatização. A ETA Cerrado está também ganhando uma estação de tratamento do lodo gerado em seu processo, que a tornará ambientalmente adequada. A ETA também é um centro de distribuição, possuindo seis reservatórios de água: um com capacidade de 10 milhões de litros de água; e cinco com capacidade para 1 milhão de litros de água cada um. Sorocaba tem 1.800 quilômetros de tubulação de Motociclista chega com as amostras de água JRFantasias Aluguel e Vendas de Fantasias Adulto e Infantil Vendas de Acessórios para Festas JR FANTASIAS 2104-6649 / 99115-3591 R. Prof. Edemir A. Digiampietri, 306 - Júlio de Mesquita (Antiga Rua 11) Segunda a Sexta das 13h30 às 20h - Sábados das 9h às 14h

[close]

p. 11

DIA MUNDIAL DA ÁGUA 11 ... dia mais precioso chega à sua torneira ar que passa pelo hidrômetro. Outra questão que as pessoas reclamam é da demora para se restabelecer a distribuição da água quando ocorre o rompimento de uma tubulação. Canabarro comenta que a partir do momento que o vazamento é consertado, a água volta a ser distribuída, porém, a parte baixa da cidade recebe o líquido antes e, normalmente, as caixas d’água começaram a ser cheias, refletindo na demora do recebimento do líquido pelos moradores das partes mais altas da cidade. Para os técnicos, o centro de distribuição tem sido suficiente para a cidade e o Saae faz um trabalho para equalizar a demanda. No dia que a reportagem esteve na ETA, por exemplo, a água que vem pela adutora que vem do reservatório de Ipaneminha não estava sendo bombeada, porque não havia a necessidade. Para se certificar que a qualidade da água que o sorocabano recebe é boa, o Saae faz por mês 15 mil análises. Diariamente dois motociclistas vão em pontos pré-determinados e coletam amostras. Quando existe reclamação um técnico vai até a casa do usuário para fazer a coleta. O Saae tem um laboratório muito bem equipado para fazer a análise. Um empreendimento imobiliário grande, antes de ser aprovado, precisa ter o aval do Saae, isso para se evitado o desabastecimento. O Residencial Carandá, por exemplo, que terá cerca de 12 mil habitantes, possui uma enorme caixa d’água para distribuição entre os moradores. Tudo foi dimensionada e para isso o Saae teve que ampliar a sua rede, sendo que uma parte do investimento coube ao construtor. O Carandá ainda terá uma estação e tratamento de esgoto que está sendo feita pela construtora. Quando ela estiver pronta será transferida para o Saae administrá-la. Sorocaba terá uma outra estação de tratamento de água no Vitória Régia que no primeiro módulo terá capacidade para tratar 700 litros de água por segundo. Com o segundo módulo essa capacidade subirá para 1.500 litros por segundo. A captação será direta do rio Sorocaba. Dividindo o ônus Dosagens dos produtos químidos são feitos eletronicamente Nova ETA O projeto executivo está sendo finalizado e o investimento federal é de R$ 53 milhões e o primeiro módulo deve estar pronto em 2017. Segundo orientação do prefeito Antonio Carlos Pannunzio, será priorizada a estação produtora, deixando a parte administrativa para a próxima etapa. A estação de tratamento de água do Éden, que capta água do Córrego do Ferraz, também está sofrendo uma adequação. Hoje ela trata 200 litros de água por segundo e com as mudanças passará a tratar 300 litros de água por segundo. Atualmente são utilizados três produtos para tratar a água (veja como é o tratamento no box): cloro, flúor e o policloreto de alumínio, que substituiu vários produtos que eram colocados para tratar a água. Esses produtos são adicionados à água, com exceção do cloro, através de uma bomba e a dosagem é feita eletronicamente. Em breve o cloro também será adicionado através de bomba. Após receber esses produtos a água já está pronta para o consumo, mesmo assim ela ainda passa por filtros que são limpos periodicamente. Essa água da limpeza é descartada, mas, em breve, pelo novo sistema que está sendo implantado ela será reaproveitada. Além das águas captadas nas represas, Sorocaba ainda é abastecida por 20 poços artesianos, sendo essa água clorada e fluoretada. Para fazer toda essa engrenagem funcionar, o Saae tem 1.200 funcionários. Nível dos reservatórios são vistos on line

[close]

p. 12

12 Esgoto tratado DIA MUNDIAL DA ÁGUA Reservatório na ETA tros compostos por 7 camadas de material. A 1ª de antracito, que retira gosto e odor da água. 3 camadas de areia de diferentes tamanhos, filtram eventuais impurezas e flocos e por fim, 3 camadas de pedra evitam que a areia saia dos filtros. Construir uma ETA no Vitória Régia captando água do rio Sorocaba somente é possível porque ele está parcialmente despoluído. Hoje 90% do esgoto de Sorocaba está sendo tratado. O projeto executivo para concluir a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) de Aparecidinha, obra que foi abandonada pela empreiteira, foi licitado. Agora a empresa vencedora fará um levantamento do que falta para essa estação entrar em operação e também fará uma avaliação se houve degradação da parte que já estava pronta. Hoje Sorocaba conta com 1.500 quilômetros de tubulação de esgoto. Já a ETE S1, a maior da cidade, será ampliada com verba federal de R$ 38 milhões a fundo perdido (que não precisa ser pago). Ela terá um aumento de volume de 10 a 15% e com esse investimento os técnicos acreditam que diminuirá o mau cheiro que muitas vezes incomoda os moradores das imediações. Além da S1, Sorocaba tem mais cinco ETEs: S2 (Vitória Régia), Pitico (Itavuvu), Itanguá (Parque São Bento), Quintais do Imperador e o Valo de Oxidação, que atende as indústrias. São dezessete estações elevatórias e 28 quilômetros de coletores tronco. O tratamento na ETA Cerrado acontece em quatro etapas Primeira etapa: adição de produtos químicos, que acontece na calha logo na chegada das adutoras. A água recebe policloreto de alumínio para a floculação, cloro para eliminar matérias orgânicas e outros metais, e flúor para ajudar a combater as cáries. Por litro é uma pequena quantidade de cada elemento, mas como é muita água, a ETA Cerrado utiliza por mês 200 toneladas de produtos químicos. Segunda etapa: a água vai através de canais até os floculadores, onde acontece a chamada mistura lenta. O policloreto de alumínio reage com a alcalinidade da água e forma pequenas partículas gelatinosas que vão atrair as impurezas. Terceira etapa: os flocos já formados perdem a velocidade nos tanques de decantação e com o peso das impurezas afundam e deixam limpas as camadas superficiais dos decantadores. Pelas calhas, a água da superfície chega até os filtros. Quarta etapa: São 16 fil- Laboratório do Saae analisa 15 mil amostras por mês Água chegando da represa de Itupararanga

[close]

p. 13

Negócios • Produtos • Serviços Academia de Ginástica R$ 75,0 por mês0 c/ aulas novas 13 Assistência Técnica Aulas e Cursos MARQUES •Musculação •Ritmos •Zumba/Axé •Along. •Step •Pilates •Aero Dance NOVOS APARELHOS CROSSOVER e outros LEITORES DO JORNAL GANHAM R$ 10,00 DE DESCONTO NA AVALIAÇÃO academia ELETRÔNICA área sob consulta Tempo indeterminado Consertos em TV e TV LCD, Som e Vídeo Nacionais e Importados SEVEN Rua Com. Vicente do Amaral, 1.820 - Central Parque De Seg. a Sex. das 6h às 12h e das 16h às 22h Sábados das 8h às 12h Academia & Personal Trainer 3202.1161 3012-0560 Compra · Venda · Troca Rua Carmem Miranda,136 Antiga Rua H - Júlio de Mesquita Água e Gás - Distribuidores Auto Center Bazar e Aviamentos Aluguel de Mesas e Cadeiras Bicicletaria

[close]

p. 14

14 Negócios • Produtos • Serviços Brindes Personalizados Disk Entulhos Escola de Música CAÇAMBAS e TERRAPLENAGEM ALUGUEL DE CAÇAMBAS PERMANÊNCIA DE 7 DIAS COMERCIAIS, INDUSTRIAIS, CONSTRUTORAS E RESIDENCIAIS Caçambas de 4,5m³, 5,5m³ e 6,5m³ www.meneguelcacambas.com.br / contato@meneguelcacambas.com.br Av. Dr. Américo Figueiredo, 3892 - Júlio de Mesquita Atendemos Sábados até as 16h e Feriados até as 12h 3018.7302 / 99711.1720 3019.4580 / 85*249977 Calhas, Rufos e Pingadeiras Disk Marmitex Extintores Consultório Odontológico Informática Dra. Fernanda Repke de Lázari CRO 89.433 Clínica Geral / Prótese / Implante Aparelhos / Tratamento de Canal Tratamento de Gengiva / Piercing Dental Aplicação de Flúor / Clareamento Dental Av. Dr. Américo Figueiredo, 3656 - Júlio de Mesquita (Galeria Mega Mix) 3202.5223 / Adultos e Crianças Segunda a Sexta das 9 às 19h Sábado das 7 às 11h 98112.3612 Institutos de Beleza Cosméticos Disk Entulhos Disk Pizzas

[close]

p. 15

Negócios • Produtos • Serviços Institutos de Beleza Manicure, Pedicure e Depilação Pet Shop - Banho e Tosa 15 Lanchonetes e Disk Lanches Máquinas de Cartões Pilates Materiais para Construção Planos de Saúde Lava Rápido Óticas Prestação de Serviços Manicure e Pedicure Pensando nas necessidades específicas de cada cliente, oferecemos: Soldas Tig Mig Mag Serralheria MANUTENÇÕES Prestação de Serviços 99830.3341 Elétrica (Residencial e Predial) 97401.2097 Estrutura Metálica Vidros ∙ Esquadrias Calhas ∙ Pinturas matos.engenhariaraujo@gmail.com MATOS ID 35*17*12023 Rua Vicente Leonetti, 198 - Jd. São Marcos

[close]

Comments

no comments yet