Sicoob AgroAmbiental - Relatório da Administração 2014

 

Embed or link this publication

Description

Sicoob AgroAmbiental - Relatório da Administração 2014

Popular Pages


p. 1

Agroambiental

[close]

p. 2

“A base de toda família éa cooperação.” Sumário 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Mensagem dos Administradores ------------------------------ p. 3 Planejamento Estratégico --------------------------------------- p. 6 Governança Corporativa --------------------------------------- p. 10 Desempenho Operacional ------------------------------------- p. 22 Desempenho Financeiro --------------------------------------- p. 33 Demonstrações Contábeis ------------------------------------- p. 44 Notas Explicativas ------------------------------------------------ p. 56 Pareceres ----------------------------------------------------------- p. 82 Estrutura de Gerenciamento de Riscos --------------------- p. 89 Michelangelo Seguros ----------------------------------------- p. 98

[close]

p. 3

1. Mensagem dos Administradores

[close]

p. 4

4 4242 associados Mensagem dos Administradores Somos 4.242 associados, temos um Patrimônio Líquido de R$24,1 milhões de reais e emprestamos R$ 43,9 milhões aos nossos associados. Obtivemos R$ 1.168.987,81 de Sobras Líquidas e pagamos, em média, 9,3% de remuneração anual sobre o Capital Social de cada associado. Anualmente, apresentamos aos associados e à sociedade brasileira, a prestação de contas dos administradores do Sicoob AgroAmbiental. Queremos, com isso, mostrar, com toda transparência de dados e informações, os feitos e os resultados obtidos ao longo do exercício. O presente relatório cumpre esse objetivo. 2014 foi mais um ano de excelentes resultados para a Cooperativa. Foi nesse ano que concluímos um antigo sonho, incorporar o Sicoob Credibama. Acreditamos que essa incorporação foi o primeiro passo para consolidarmos nossa estratégia de expansão dos negócios. O próximo passo é a transformação da Cooperativa em Livre Admissão. Há anos que trabalhamos para isso e, atualmente, aguardamos apenas o parecer final do Banco Central do Brasil ao projeto de transformação que já se encontra naquela autarquia. O ano de 2014 foi de grandes desafios em termos econômicos. De um lado, inflação crescente fazendo com que o COPOM promovesse reajustes frequentes na taxa básica de juros da economia, conhecida como SELIC, que no

[close]

p. 5

Mensagem dos Administradores 5 início do exercício estava em 10% ao ano e terminou o ano em 11,75%. O aumento da SELIC causou um substancial aumento do custo do dinheiro. Apesar disso optou-se pelo não aumento das taxas de juros cobradas dos associados, enfrentando a forte concorrência com os grandes bancos, notadamente a promovida pelos bancos governamentais. Tivemos, também, um ano de baixíssimo crescimento econômico, o que causou uma queda na demanda por recursos financeiros, principalmente pelas Pessoas Jurídicas. Com rentabilidade menor da carteira e com a menor demanda por dinheiro, a estratégia foi expandir os negócios por meio do aumento do número de associados que ajudou, sobremaneira, no aumento do volume de operações de crédito. Essas cresceram 38% no último ano. Assim, avanços importantes foram obtidos pela Cooperativa na sua estratégia de crescimento acima apontada, alinhada ao compromisso com o desenvolvimento do cooperativismo de crédito no país. Em linha com sua estratégia de foco nos Associados, inovação, agregação de valor e sustentabilidade aos produtos e serviços ofertados, a Cooperativa obteve, mais uma vez, a certificação ISO 9001:2008 concedida pela empresa norueguesa Det Norske Veritas – DNV, organismo certificador de reputação internacional, com sede em São Paulo. Nosso quadro social cresceu 23,8%, passando de 3.438 no final de 2013 para 4.242 associados ao final de 2014, e continuamos trabalhando para obtermos taxas de crescimento mais expressivas no futuro. Conselho da Administração

[close]

p. 6

2. Planejamento Estratégico

[close]

p. 7

Planejamento Estratégico 7 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Com a conclusão do primeiro exercício de planejamento estratégico da Cooperativa, realizado em 2011, para o triênio 2011/2013, realizamos em fevereiro de 2014 um novo exercício para o período 2014/2016. O trabalho que teve a participação de todos os empregados, conselheiros e dirigentes estabeleceu 8 objetivos estratégicos e dezenas de ações e atividades para serem trabalhadas durante o período. Para garantir uma boa execução do planejamento, cada atividade prevista na proposta, acrescida de outras atividades complementares fazem parte do plano de trabalho aprovado para 2015 e constará das metas negociadas com os empregados. Quer-se, com isso, garantir a máxima execução dos projetos estratégicos. As metas serão acompanhadas mensalmente pela Diretoria e Gerentes da Cooperativa. META CRUCIALMENTE IMPORTANTE Pelo segundo ano consecutivo o Sicoob AgroAmbiental estabeleceu sua MCI que foi obter o mesmo resultado, em termos de sobras, alcançado em 2012. O alcance dessa meta levaria, de forma indireta, a melhoria do índice de eficiência projetado pelo sistema. Para alcançar a MCI, foram estabelecidas dez submetas, a saber: (1) aumentar o quadro social em 11%; (2) e (3) colocar cartão de débito e crédito em mãos de 80% dos associados; (4) disponibilizar cheque especial para 30% dos associados; (5) obter uma receita média mensal de operações de crédito igual ou maior a R$684.387,22, perfazendo um total anual de R$8.212.646,64; (6) Reduzir o PLD (Provisão para Crédito de Liquidação Duvidosa) anual para os mesmo níveis de 2012, ou seja, R$ R$ 324.657,32; (7) Alcançar 1.230 associados recebendo

[close]

p. 8

8 Planejamento Estratégico pela cooperativa em 1º/01/2015; (8) Reduzir, até 1º/01/2015, para 250 DOCs ou TEDs salários enviados mensalmente para outras instituições financeiras; (9) alcançar, pelo menos, 300 associados segurados pela Michelangelo; (10) Alcançar R$100.000,00 em comissões de venda de consórcios. Das submetas estabelecidas quatro foram alcançadas e, em alguns casos, ultrapassadas: • Receitas de operações de crédito – a meta foi ultrapassada em 24%; • Número de associados – o quadro associativo cresceu 23,4%. Se desconsiderarmos o aumento do número de associados oriundo da incorporação do Sicoob Credibama, o crescimento anual foi de 11%, exatamente a meta de crescimento previamente estabelecida. • Cartão de crédito e débito – a meta de alcançarmos 80% das contas foi plenamente alcançada. Duas submetas foram parcialmente alcançadas: • Recebimento de proventos – Atingiu-se 97% da meta; e • Número de associados segurados – Alcançou-se 95% da meta; Quatro submetas não foram alcançadas: • Cheque especial – Foi alcançado 72% da meta; • Provisão para crédito de liquidação duvidosa (PLD) – Alcançou-se 68% da meta; • Envio de DOC e TED salário – Obteve-se 73% da meta; e • Comissões pela venda de consórcios – alcançou-se apenas 25% da meta.

[close]

p. 9

Planejamento Estratégico 9 A Meta Crucialmente Importante estabelecida no início do exercício, de alcançarmos o mesmo resultado em sobras de 2012, foi superada em 14,7%. Esse resultado indica que 2014 foi o melhor ano da história da Cooperativa, em termos de resultados alcançados, sobras brutas mais o pagamento de juros ao capital aos associados. Para 2015 não mais serão estabelecidas metas nesse formato, isto é, metas globais. Elas continuarão a existir mas serão negociadas individualmente com os empregados.

[close]

p. 10

3. Governança Corporativa

[close]

p. 11

Governança Corporativa 11 Visa estabelecer diretrizes aplicadas à representatividade e participação dos associados na gestão da cooperativa e à aplicação de princípios de segregação de funções, transparência, equidade, ética, educação cooperativista, responsabilidade corporativa e de prestação de contas da cooperativa.

[close]

p. 12

12 Governança Corporativa REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DOS ASSOCIADOS No Sicoob AgroAmbiental os associados são representados por 34 delegados eleitos em assembleia geral do grupo seccional a que se vinculam. Em 2014 foram convocadas eleições em 11 grupos seccionais. Foram eleitos 10 representantes efetivos e seus suplentes. Um dos grupos não teve candidatos. Os grupos seccionais com novas representações são: Embrapa Agrobiologia, Embrapa Agroindústria de Alimentos, Embrapa Agrossilvipastoril, Embrapa Arroz e Feijão, Embrapa Mandioca e Fruticultura, Embrapa Pantanal, Embrapa Soja e Embrapa Tabuleiros Costeiros. As eleições foram realizadas pela Internet, com total segurança, rapidez e transparência. DIREÇÃO ESTRATÉGICA Os Conselhos de Administração e Fiscal reúnem-se mensalmente com vistas ao cumprimento de suas atribuições e responsabilidades estatutárias. Essas reuniões favorecem o pleno exercício da direção estratégica da Cooperativa. O Sicoob AgroAmbiental mantém, desde 2009, total separação entre os poderes do Conselho de Administração e da Diretoria Executiva. Os Conselheiros de Administração que integram a Diretoria participam das reuniões do colegiado, mas sem direito a voto. O número de Diretores foi reduzido para apenas dois e a proposta é que esses Diretores, no futuro, sejam profissionais mediante processo seletivo definido pelo Conselho de Administração. Essa previsão consta no nosso Estatuto e foi aprovada pelo Banco Central.

[close]

p. 13

Governança Corporativa 13 GESTÃO EXECUTIVA A Diretoria Executiva trabalha sob a égide do código de ética do Sicoob buscando sempre o pleno atendimento das necessidades dos cooperados. Ela tem como foco de sua atuação as operações de crédito e de assistência financeira dos associados. Prima pela correta execução das políticas de qualidade, de prevenção à lavagem de dinheiro e combate ao terrorismo e de gestão de risco. Além disso, cuida da política de comunicação e marketing. Exerce, enfim, todas as atribuições delegadas pela Assembleia Geral e pelo Conselho de Administração. FISCALIZAÇÃO E CONTROLE O Sicoob AgroAmbiental é fiscalizado pelo Conselho Fiscal, pelos auditores e responsáveis pelo controle interno e risco do Sicoob Planalto Central e por uma auditoria externa independente.

[close]

p. 14

14 Governança Corporativa CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Luciano Fernandes - Presidente José Roberto Rodrigues Peres - Vice-Presidente Almir Felipe dos Santos – Conselheiro Efetivo Glocimar Pereira da Silva - Conselheiro Efetivo Jairo Vidal Vieira - Conselheiro Efetivo Maria do Rosário de Moraes - Conselheira Efetiva Quirino José de Azevedo Rodrigues - Conselheiro Efetivo Washington Luiz de Carvalho e Silva - Conselheiro Efetivo CONSELHO FISCAL Susy Darlen Barros da Penha – Presidente Carmen Dolores Faitarone Ribeiro Guedes - Conselheira Efetiva Luiz Antônio Teston – Conselheiro Efetivo Isaac Leandro de Almeida - Conselheiro Suplente Maria Viana de Almeida – Conselheira Suplente Waldir Marques Giusti - Conselheiro Suplente

[close]

p. 15

Governança Corporativa 15 DIRETORIA EXECUTIVA Carlos Henrique Simões Ayres – Diretor-Presidente Marcos Carlos – Diretor Administrativo Financeiro GERÊNCIA ADMINISTRATIVA Juscilene Gomes Tolentino – Gerente Ana Cecília de Oliveira Magalhães Silva – Subgerente Cleoson da Silva Trajano Eduardo Araújo da Silva Isabel dos Santos Costa Rogério Ribeiro de Paiva Kalliane Souza dos Anjos Kennedy da Silveira Carvalho - Estagiário Philipe de Souza Lemes - Estagiário Gabriela Oliveira de Oliveira – Menor aprendiz Edimar Alvins de Sales – Prestador de serviço Rita de Oliveira - Prestadora de serviço

[close]

Comments

no comments yet