MBigucci News ed. 69 - março 2015

 

Embed or link this publication

Description

Revista trimestral da construtora MBigucci

Popular Pages


p. 1

MBIGUCCI NEWS 1

[close]

p. 2

2 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo www.goldenplanejados.com.br

[close]

p. 3

PALAVRA DO PRESIDENTE Injeção de ânimo Tantos obstáculos e crises me fizeram crescer. Adoro trabalhar e sempre que posso procuro transmitir aos jovens que os resultados só vêm com muita dedicação. Nada me assusta. Deve-se usar as crises para aprender. Meus pais eram muito pobres. Meu pai, Roberto, era um operário carpinteiro e minha mãe, Trindad, do lar. Meu primeiro emprego registrado foi em 12 de janeiro de 1953, há 62 anos, como auxiliar de balconista na Casa Freire, uma loja de ferragens, na Rua Lino Coutinho, no Sacomã-SP. Em 15 de maio de 1956 fui trabalhar como office-boy na Linhas Corrente, na Rua do Manifesto – Ipiranga (está lá até hoje). Por que fui trabalhar tão cedo? Porque queria estudar, precisava pagar a escola e não tinha dinheiro. Ingressei na Escola de Comércio Modelo na Via Anchieta, em 1955. De lá para cá nunca mais parei de trabalhar e estudar. Graças a Deus. É o que me mantém vivo, lúcido, otimista e ágil (mais ou menos), jogando o meu futebol, dando emprego a centenas de pessoas e produzindo milhares de habitações (hoje mais de 25 mil pessoas moram em um MBigucci – fundada em 7/10/1983 – e que já construiu mais de 1 milhão de m²). Em 19 de maio de 1961, com 19 anos de idade, ingressei no ramo da construção civil, como auxiliar de escritório na Ipê Engenharia Ltda (Grupo Itapuã), dos drs. Enio Monte e Szymon Goldfarb, na Rua Costa Aguiar, 1.761 – Ipiranga-SP. Sempre estudando. Formei-me como professor de Contabilidade em 1962, no Mackenzie, e em 1968 me formei na USP. Trabalho muito até hoje. Gosto, não me arrependo e espero continuar assim por muito tempo. A vida é uma luta constante. É uma corrida de obstáculos. Não desanime nunca. Arrisque-se e acredite. Não protele suas decisões. Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Seja transparente e fale a verdade sempre. Os resultados vêm, com certeza. Não seja um parasita da sociedade, correndo atrás de “bolsas”, busque ser útil e produza, não viva de esmolas, ensine os seus filhos o caminho da humildade, do bem, do estudo e do trabalho, o valor das coisas e o respeito ao próximo. Se puder, ajude-o. No mundo sempre haverá pessoas invejosas, que não produzem nada. São os incompetentes. Passe por cima de tudo isso. Em 2014, nossa querida MBigucci ganhou, da Revista IstoÉ Dinheiro, o prêmio de “Melhor Construtora de Capital Fechado do Brasil”. Orgulho e honra de todos nós, proprietários, colaboradores, clientes e parceiros. Fruto de muito trabalho, dedicação, ousadia e coragem. Dizem meus amigos que sou um vencedor. Na verdade, sou apenas um trabalhador. T enho sentido nos últimos dias um pessimismo generalizado dos empresários e preocupação dos empregados com relação aos seus empregos e o nosso País. Também com o nosso PIB beirando a zero neste 2014/2015 e tanta corrupção, não é para menos. Dizem alguns que vai piorar mais antes de melhorar. Porém não podemos desanimar. De jeito nenhum. É hora de pensar, criar, agir, estudar e trabalhar mais. Parar de criticar e produzir. Já passamos por inúmeras crises ao longo destas décadas com pacotes econômicos e crises políticas e sociais. Você que é mais velho, apenas para lembrar uma delas, recorda-se quando, em março de 1990, o presidente Collor (esse mesmo que hoje é senador) e a Zélia, ex-ministra da Economia, confiscaram o dinheiro de toda a população brasileira, tentando acabar com a inflação com uma canetada, deixando todos com apenas 50 mil cruzados novos na conta bancária, empresários e empregados? Foi um choque, com feriado bancário, ficamos perplexos e sem saber o que fazer. Quem passou por isso sabe como sobrevivemos. Um absurdo. Quanta irresponsabilidade. Muita gente quebrou. *MILTON BIGUCCI é presidente da construtora MBigucci e da Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC, membro do Conselho Consultivo Nato do Secovi-SP e seu diretor para a Região do ABC, membro do Conselho Industrial do CIESP, conselheiro vitalício da Associação Comercial de São Paulo, conselheiro nato do Clube Atlético Ypiranga (CAY). Autor dos livros “Caminhos para o Desenvolvimento”, “Somos Todos Responsáveis – Crônicas de um Brasil Carente”, “Construindo uma Sociedade mais Justa”, “Em Busca da Justiça Social”, “50 anos na Construção” e “7 Décadas de Futebol”, e membro da Academia de Letras da Grande São Paulo, cadeira nº 5, cujo patrono é Lima Barreto. MBIGUCCI NEWS 3

[close]

p. 4

ÍNDICE 10 06 10 12 14 20 ACONTECE ENTREVISTA José Paulo de Andrade 14 22 24 26 28 32 SAÚDE E BEM-ESTAR Fitness no condomínio 20 CONHEÇA SEU VIZINHO Há 10 anos! MEMÓRIA Centenário de um grande homem GASTRONOMIA Barrinha fit especial MATÉRIA DE CAPA MBigucci lança Mundi na Pauliceia ESPAÇO DO CLIENTE My home: personalize seu apê DECORAÇÃO Adesivos para móveis e paredes TECNOLOGIA Drones em ação PROJETO GRÁFICO: In Time Comunicação EDITORA/JORNALISTA RESPONSÁVEL: Rita Santos - MTb 26.183. / Repórter Marília Zuzarte REVISÃO: Assessoria de Imprensa MBigucci FOTOS: Arquivo MBigucci SUPERVISÃO: Marketing I SIM - Soluções Integradas de Marketing CRÍTICAS E SUGESTÕES: imprensa@mbigucci.com.br IMPRESSÃO: Formag’s Gráfica e Editora MBIGUCCI: Av. Senador Vergueiro, 3.597, 9º andar Rudge Ramos, São Bernardo do Campo - SP, CEP: 09601-000 MBigucci News é uma publicação trimestral da Construtora MBigucci. Distribuição gratuita. Anuncie na MBigucci News. Entre em contato: marketing@mbigucci.com.br 4 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo

[close]

p. 5

44 36 38 40 42 44 TURISMO Dicas para o fim de semana 46 46 48 50 52 54 Um mix para seu investimento 52 MARCO ZERO SÃO BERNARDO SUSTENTABILIDADE Criatividade nas obras NA MÍDIA CAPITAL HUMANO Marcos Bigucci BOULEVARD OFFICE O melhor para seus negócios NOTÍCIAS MBigucci entrega First Class RESPONSABILIDADE SOCIAL Big Riso com novos voluntários INVESTIMENTO São Bernardo a melhor cidade para investir em imóveis DE OLHO NA OBRA MBIGUCCI NEWS 5

[close]

p. 6

06 ACONTECE Altos Temas Como diretor do Secovi-SP para a Região do ABC, o presidente da MBigucci, Milton Bigucci, participou de dois importantes encontros do Núcleo de Altos Temas, do Secovi-SP (Sindicato da Habitação). No primeiro, o ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos, palestrou sobre “Medidas para Simplificar o Cotidiano das Empresas”, dia 28/11/2014. No segundo, o presidente da Fundação Padre Anchieta – TV Cultura, Marcos Mendonça, falou sobre “Cultura e gestão de recursos”, dia 1/12/2014. Após o encontro, Bigucci aproveitou para um bate-papo informal com os dois amigos: Afif, da época da Associação Comercial de SP, e Mendonça, ex-colega da Faculdade de Direito no Largo São Francisco-USP. Cláudio Bernardes, Guilherme Afif Domingos e Milton Bigucci Milton Bigucci, Marcos Mendonça e Romeu Chap Chap Rumos da Economia O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, palestrou para empresários no dia 30/1/2015, no Hotel Unique, em São Paulo. Após o evento formal, promovido pelo Banco Bradesco, um bate-papo reuniu o ministro com os construtores Milton Bigucci (MBigucci), Rubens Menin (MRV), Meyer Nigri (Tecnisa), Ricardo Gontijo (Direcional) e Romeu Chap Chap (Secovi). As dificuldades do setor da construção em função da instabilidade com relação ao emprego estavam em pauta. Ministro Joaquim Levy fala sobre os rumos da economia brasileira O futuro do Poder Judiciário A desburocratização da Justiça foi o tema principal da palestra do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, Dr. José Renato Nalini, no Núcleo de Altos Temas, do Secovi-SP, dia 22/2/2015. Milton Bigucci aproveitou a ocasião para parabenizar Nalini pelas iniciativas implementadas para diminuir e agilizar o volume de processos no TJSP e outras esferas. Também prestigiaram o evento a prefeita do Guarujá, Maria Antonieta, o secretário estadual de Energia, João Carlos de Souza Meirelles, entre outros. Renato Nalini, Bigucci e Jaques Bushatsky Em conversa com o secretário estadual de Energia, João Carlos S. Meirelles 6 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo Fotos: Calão Jorge/Secovi - SP Divulgação Fotos: Calão Jorge/Secovi - SP

[close]

p. 7

100 maiores do Brasil A MBigucci desponta mais uma vez entre as 100 maiores construtoras do Brasil, segundo o 11º Ranking ITC (Inteligência Empresarial da Construção), de 2015. A construtora subiu nove posições em relação ao ano passado e ocupa agora o 64º lugar em maior volume de metros quadrados construídos (ano base 2014). A premiação ocorreu dia 4 de março no Transamérica Expo Center. Nossa próxima revista trará mais detalhes e fotos do evento. Visita ao Mackenzie O diretor de Marketing e Locação da MBigucci, Marcelo Bigucci, visitou no mês de janeiro de 2015 o Instituto Presbiteriano Mackenzie, onde conversou com o presidente da instituição, Maurício Melo, o vice-reitor, Marcel Mendes, com o diretor de Novos Negócios, José Paulo Fernandes Junior, e com o gerente de projetos João Batista Torres. O assunto: uma grande parceria de negócios que vem pela frente entre MBigucci e Mackenzie. Marcel Mendes e José Paulo Fernandes Junior, do Mackenzie, com Marcelo Bigucci (ao centro) Roberta Bigucci e representantes de outros países em reunião nos Emirados Árabes Reunião em Dubai A diretora administrativa da MBigucci, Roberta Bigucci, que também é coordenadora de projetos especiais do Secovi-SP, representou o Brasil em uma importante reunião do Grupo Diretor Conjunto do Pacto Global/ONU e RICS (Royal Institution Chartered Surveyors), realizada em Dubai - Emirados Árabes, dia 27/1/2015. O encontro, com representantes de outros países, discutiu mais uma etapa da elaboração de um guia de práticas sustentáveis relacionadas ao desenvolvimento urbano e às atividades da construção civil e incorporação imobiliária de todo o mundo. MBIGUCCI NEWS 7

[close]

p. 8

PQE A MBigucci integra por mais um ano o seleto grupo de empresas certificadas pelo Programa de Qualificação Essencial (PQE) do Secovi-SP, para Locação, Compra e Venda. O PQE reconhece as companhias comprometidas com a qualidade de seus serviços. A diretora Roberta Bigucci, que também foi mestre de cerimônias do evento de entrega das certificações, comemorou com os gerentes da MBigucci, Marcos Alberto e Talita Brito, a premiação recebida pela construtora no dia 11/12/2014. Roberta Bigucci com os gerentes Marcos e Talita Delfim Netto Roberta Bigucci e o marido Luiz Henrique Abrantes Jorge participaram da palestra realizada pelo economista Delfim Netto sobre o cenário econômico atual e perspectivas. O evento foi promovido pelo Banco Santander no dia 5/12/2014, na cidade de São Paulo, e reuniu empresários de todo o país. Após o evento, os convidados aproveitaram para um descontraído bate-papo com o economista. Luiz Henrique, Roberta Bigucci, Delfim Netto e Gilberto Duarte, diretor do Santander Colaboradores em festa Muita alegria e confraternização marcaram a tradicional festa de fim de ano da MBigucci, em dezembro de 2014. O evento, realizado na Estância Alto da Serra - SBCampo, teve direito a brincadeiras, premiação por tempo de empresa, Papai Noel e música ao vivo. Graças aos fornecedores parceiros da MBigucci muitos colaboradores levaram para casa dezenas de prêmios como eletrodomésticos, móveis, viagens e muito mais. Agradecimento às empresas: Precil, Diademáquinas, Paradigma, Tecnopress, Rimo Elétrica, Soedral, Poliesportiva, Palmaplastic, Etenas, Trifel, Gerdau, Solotrat e Campineira. Ginganas e premiações marcaram a festa dos colaboradores Allianz Parque São-paulinos roxos, os diretores da MBigucci, Marcos, Marcelo, Milton Junior e Milton Bigucci participaram de um dos primeiros jogos realizados no novo estádio do Palmeiras, o Allianz Parque, em Perdizes/SP. O “bate-bola” amistoso entre empresários, advogados e magistrados ocorreu em novembro de 2014. Diretores da MBigucci na arena Palmeiras Futebol O ex-árbitro de futebol Rodrigo Braghetto, que atuou por 18 anos em importantes jogos no Brasil, visitou o escritório da MBigucci no final do ano passado. “Vim agradecer pessoalmente ao Milton Bigucci pelo livro 7 Décadas de Futebol, que recebi de presente”. Braghetto também foi mencionado no livro, no episódio que apitou o jogo “Líderes em Campo”, em 2012 na Vila Belmiro. Rodrigo Braghetto em bate-papo com Milton, Marcelo e Milton Junior 8 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo

[close]

p. 9

MBIGUCCI NEWS 9

[close]

p. 10

10 ENTREVISTA Foto: Divulgação/CBG Jornalista detém o recorde de estar há 42 à frente do programa O Pulo do Gato José Paulo de Andrade O pulo do gato, miaaaaaaaau! 5 h30 da madruga. Enquanto muitos dormem ou estão acordando, ele já iniciou mais um dia de trabalho. Com microfone à frente, voz firme, temperamento forte e raciocínio muito rápido, Zé Paulo de Andrade comanda, há 42 anos, “O Pulo do Gato” na Rádio Bandeirantes, que vai ao ar de segunda a sábado, das 5h30 às 7h. Prestes a completar 73 anos de idade (em 18 de maio), 55 anos de profissão, dos quais, 52 na Rádio Bandeirantes, ele detém o recorde de estar à frente do programa jornalístico mais antigo do rádio com as mesmas características, mesma emissora, mesmo horário e mesmo apresentador, desde que foi criado “O Pulo do Gato”, em 1973. Há quase quatro décadas, ele comanda também o “Jornal Gente”, das 8h às 10h, na Bandeirantes. Ícone do Rádio Brasileiro, sua marca é o jornalismo feito com opinião e caráter, mas sempre dosados com a alma e a emoção. Confira a entrevista à MBNews: 10 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo MBNews: Qual foi a inspiração para o nome do programa “O Pulo do Gato”, com a vinheta do miado? Zé Paulo: Durante muito tempo houve dúvida sobre a autoria, que foi do então assistente da direção artística, Jair Brito, sugestão acatada pelo diretor artístico, Hélio Ribeiro (ambos já falecidos). “Pulo do Gato” é uma expressão consagrada popularmente, derivada de uma fábula mineira. Siginifica “esperteza”, aquilo que não se ensina a outrem. Houve uma coincidência (?) também, com o primeiro anunciante “Pilhas Eveready”, cujo slogan era “a pilha do gato” (o deles tinha 9 vidas, mais do que as 7 que são atribuídas ao felino). MBNews: Desde 1973 o programa vai ao ar às 5h30 da manhã e, com certeza, você chega no estúdio bem antes. Acordar cedo nunca foi problema? Zé Paulo: Depois de 42 anos neste horário, fica cada vez mais fácil acordar cedo. Mas o fuso matutino sempre foi o meu preferido, desde os tempos escolares. O “Pulo” é Foto: Arquivo Pessoal

[close]

p. 11

o programa jornalístico com essas características (mesma emissora, horário e apresentador), há mais tempo no ar. Há um programa de variedades, na Rádio Nacional do Rio, que está há 44 anos no ar (desde 1971), é o “Alô Daisy”, com a atriz e apresentadora Daisy Lúcidi. Mas tem outro perfil, embora seja também uma marca importante. MBNews: E o segredo para se manter por tantos anos no mesmo programa e líder de audiência? Zé Paulo: Não há segredo, é muito trabalho, seriedade, atualização e observação de tudo que está à volta, inclusive saber o que as concorrentes estão fazendo, para não ser surpreendido, já que bons profissionais estão em todas. MBNews: Qual a reportagem mais difícil da sua carreira? Zé Paulo: Eu não apontaria uma reportagem, mas sim um período, que foi exatamente o do início do programa, a fase mais repressiva do regime militar, a “era Medici”. Passamos incólumes, embora delimitando o espaço que o programa almejava, de ser “a voz dos que não têm voz”... MBNews: Antes do jornalismo, você foi rádio-escuta e locutor esportivo, e sempre comentou sua paixão pelo futebol. Qual time você torce? Você era bom jogador também? Zé Paulo: Como jogador, fui um zagueiro “perna-depau”, no Infantil Tricolor Bancário FC, do Conjunto dos Bancários na, Vila Mariana. Como narrador esportivo, fui razoável. Não fui adiante porque o jornalismo já me chamava com apelo maior. MBNews: É verdade que você é sócio do São Paulo F.C e até já foi conselheiro do clube? Zé Paulo: Sou sócio remido do São Paulo, homenageado depois de 50 anos (minha filiação se deu em 1958, 57 anos de associado em 2015). Fui conselheiro entre 1990 e 1998, período das grandes conquistas, especialmente até 1994. Fui assessor de comunicação, cargo não remunerado, entre 1994 e 1996, e como legado, deixei o projeto de criação da Diretoria de Comunicação, aprovado pelo Conselho Deliberativo, na gestão Fernando Casal de Rey. Há muito me afastei do clube, por várias razões, entre elas, problemas de saúde... MBNews: Você também trabalhou na TV e até interpretou o Don Diego/Zorro em uma série da Bandeirantes, nunca pensou seguir a carreira de ator? Teve alguma outra profissão? Zé Paulo: Minha experiência na “dramartugia” se deu em 1969, ano em que casei e vivia com orçamento apertadíssimo. Só por isso aceitei o convite do diretor Antonino Seabra. Um verdadeiro canastrão. Para mim não serviria a frase atribuída ao Imperador romano Nero: “que grande artista o mundo perdeu”! Sobre outra profissão, sou bacharel em Direito, formado em 1973, cheguei a trabalhar na profissão durante três anos, mas não era exatamente a minha “praia”, faltavam tempo e inspiração... MBNews: Como você avalia o radiojornalismo de hoje, frente às mudanças da mídia com a internet e as redes sociais? Zé Paulo: O radiojornalismo hoje está melhor do que no passado. Se faltam grandes talentos em redação, há de sobra mais fontes de informação e pesquisa. É só saber garimpar, e vem aí uma moçada muito boa. A Internet foi uma bênção para o rádio, leva suas ondas até onde não chegavam as ondas curtas... As redes sociais nos dão o “recall” do que fazemos. MBNews: Você pensa em se aposentar? Zé Paulo: Não dá para pensar em aposentadoria. Enquanto tiver um mínimo de saúde, principalmente mental, só se a empresa apontar o “olho da rua”. Caso contrário, como Zagallo, “vão ter de me engolir”... Foto: Divulgação/CBG Leia mais em: www.mbigucci.com.br/blog MBIGUCCI NEWS 11

[close]

p. 12

12 NOTÍCIAS O centenário de um grande homem Roberto Scarpelli Amedeo Bigucci de fevereiro de 2015 marcou o centenário de nascimento do sr. Roberto Scarpelli Amedeo Bigucci, que faria 100 anos se estivesse vivo. Ele faleceu em 17/11/1995. Carpinteiro de origem humilde, mas de grande sabedoria e honradez, ele é pai de Milton Bigucci, presidente da construtora MBigucci. Nascido em Mariana-MG (3/2/1915), o sr. Roberto casou-se com Trindad Marin Bigucci no dia 28 de setembro de 1940, na igreja Nossa Senhora Aparecida, no Bairro do Ipiranga. O casal fixou residência na Rua das Municipalidades, 449 - VI. Carioca - SP. Foi neste endereço, no dia 19 de dezembro de 1941, que Trindad deu à luz Milton Bigucci. Pouco tempo depois, a família mudou-se para a Rua Tabajaras, na Mooca-SP, onde nasceu sua filha Célia 3 Bigucci, em 10 de dezembro de 1943. Posteriormente mudaram-se para a Rua Guaperoba, no Alto do Ipiranga-SP, em uma casa semiconstruída. O sr. Roberto cursou apenas o ensino primário, no entanto, esforçou-se para que os filhos pudessem estudar. A família Bigucci levava uma vida bem humilde. Em 1949, Roberto Bigucci e seu filho, Milton, na época com 8 anos, presenciaram a queda de um caminhão de caixas de madeira de pinho branco, que foram úteis para a família, pois a casa onde moravam não tinha forro e fazia muito frio internamente. O material foi utilizado para forrar o quarto. Morador dos bairros de Rudge Ramos, Jd. do Mar e Baeta Neves, em São Bernardo do Campo, e trabalhador na cidade desde 1956, Roberto Scarpelli Amedeo Bigucci foi um dos grandes incentivadores do seu filho, Milton, na criação do Lar Escola Pequeno Leão, entidade assistencial fundada em 1981 e que hoje possui uma administração própria e abriga cerca de 60 crianças. O sr. Roberto era um fanático pelo futebol do E.C São Bernardo. Homem de alma boa participou de várias campanhas beneficentes para ajudar o próximo. Roberto Scarpelli Amedeo Bigucci virou nome de Rua no Bairro dos Casa, em São Bernardo do Campo, por iniciativa do ex-vereador, Ramos de Oliveira. Também foi homenageado pela família, como nome de dois imponentes prédios construídos pela MBigucci: Centro Empresarial Roberto Bigucci I (atual sede da Justiça Federal - Subseção SBCampo) e Centro Empresarial Roberto Bigucci II (Edifício Sede da MBigucci). Os dois prédios estão localizados na Av. Senador Vergueiro-SBC, um ao lado do outro (nº: 3.575 e 3.597) 12 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo

[close]

p. 13

MBIGUCCI NEWS 13

[close]

p. 14

14 MATÉRIA DE CAPA • • • • • • 4 Torres 384 unidades 2 e 3 dorms – 44m² a 53m² 1 vaga de garagem Terreno: 7.601 m² Rua Camargo, 790 – Pauliceia – SBC/SP www.mbigucci.com.br/mundi *Tabela vigente março/2015 Perspectiva artística da quadra poliesportiva Perspectiva artística do salão de jogos 14 MBIGUCCI NEWS – Construindo o melhor conteúdo

[close]

p. 15

Sugestão de decoração Pauliceia ganha o primeiro condomínio clube completo Charmoso, diferente e exclusivo, o Mundi chega para valorizar ainda mais este bairro de São Bernardo, com amplo lazer e projeto inovador É pensando na segurança e no conforto da sua família que a MBigucci lança um projeto totalmente novo no Bairro Pauliceia, em São Bernardo do Campo-SP: o Mundi, localizado na Rua Camargo, 790. O apartamento modelo decorado e o plantão de vendas estão abertos para visitação. O empreendimento será construído em um grande terreno de 7.601m², totalizando 4 torres, com 384 apartamentos. Com uma bela fachada contemporânea, cada torre do Mundi levará o nome de netos do presidente da construtora, Milton Bigucci: Thiago, Marcela, Vitor e Lucca. Com esse lançamento, todos os 11 netos do presidente agora estão homenageados em empreedimentos de sucesso da MBigucci. O edifício Thiago, com 96 unidades, será o primeiro a ser construído. Sucesso - Antes mesmo do lançamento oficial, o apartamento modelo decorado do Mundi recebeu mais de 1.000 visitas. “O decorado está realmente lindo, moderno e diferente! Os valores e as condições de pagamento também estão muito atrativos. Acredito que o Mundi será o grande lançamento de sucesso da MBigucci neste 2015”, afirma o diretor de Vendas da construtora, Robson Toneto. Veja mais - Detalhes do projeto e todas as fotos do decorado em: www.mbigucci.com.br/mundi. MBIGUCCI NEWS 15

[close]

Comments

no comments yet