ipanema

 

Embed or link this publication

Description

ricardo

Popular Pages


p. 1

Revista Hobby News EMB-202 Ipanema – Elaga –1/48 - Parte 2 Ricardo Gasparini Mattua Continuando com a montagem deste kit que iniciamos na edição passada (Hobby News nº 71), adicionei o trem de pouso do avião e aumentei um pouco a profundidade do encaixe para uma melhor fixação de suas peças ao corpo do kit, após montado o trem de pouso fica forte o suficiente para aguentar o peso do kit, não sendo necessário nenhum reforço em sua estrutura (foto 2). Substitui as alças de plástico do kit por outras feitas de fio de latão, pois estavam mal injetadas, com muitas rebarbas e de tamanhos diferentes e daria muito trabalho para acertá-las (foto 5). Furei no kit a posição de todas as alças e com a ajuda de um pequeno alicate dobrei o fio de latão no tamanho certo. Mascarei as janelas com fita Tamiya para protegêlas durante a pintura (foto 7). Escolhi substituir uma parte das peças da distribuição do líquido a ser pulverizado por um tubo de plástico da Evergreen, a parte escura do kit, pois o encaixe do original era muito grosseiro (foto4). Para iniciar a etapa da pintura, primeiro lavei o kit para retirar sujeira e gordura de sua superfície, pois poderiam atrapalhar a perfeita aderência da tinta. Depois do kit seco apliquei primer acrílico branco da Ae- 70

[close]

p. 2

Ago/Set - 2010 rotech (fotos 9 e 10). Em seguida, também usando tinta Aerotech Nitricelulose (duco), fiz uma mistura de vermelho com amarelo para acertar o tom de laranja. (fotos 11, 13 e 16) e pintei todo o modelo usando um aerógrafo Gatti AG-3. Depois de seco fiz wash no kit para acentuar seus detalhes usando tinta a óleo na cor sépia diluída em aguarrás. Deixei secar por 24 horas e limpei o excesso no kit com o auxilio de um Cotonete® ligeiramente umedecido em aguarrás. Agora, a parte que tive maior dificuldade foi quanto à aderência do decal ao kit, acho que o filme usado tem muita pouca cola e como o kit tem muitos detalhes em sua superfície, como reforços e rebites, o filme do decal aparece muito depois de seco, prejudicando a aparência final do modelo. Depois que percebi o problema, retirei os decais que já tinha colocado, e usando outra folha de decal comecei de novo o serviço. Desta vez coloquei bastante cola branca solúvel em água no pote que usei para umedecer o decal, com o uso de uma pinça mergulhei cada pedaço na água e deixei encharcar bastante o papel, depois de todos decais aplicados deixei secar por 24 horas, e após a secagem limpei as marcas da cola seca sobre a superfície do avião com Cotonete® umedecido em água, o excesso de cola sai facilmente assim. Para deixar a superfície do avião e decais com a mesma aparência apliquei sobre todo o modelo verniz bi-componente de poliuretano, o verniz brilhante esconde bastante as marcas de filme do decal. 71

[close]

p. 3

Revista Hobby News Pintei os detalhes do avião como pneus, as tubulação de pulverização, usando pincel e tinta esmalte (fotos 21 e 22), e em seguida retirei as máscaras da transparência. Pelas informações que consegui do avião, o reservatório de líquido é feito de fibra de vidro e não é pintado na mesma cor do avião, para simular este efeito pintei separada esta peça com uma tinta bege, dando alguns efeitos na pintura com o aerógrafo e apliquei verniz fosco para ficar diferente do resto do modelo. Depois de pronto o kit fica bem vistoso e diferente do que estamos acostumados a ver em uma coleção 1/48, é um avião compacto e mostra bem a característica de resistência para a qual foi projetado, voos de baixa altitude e fácil manobra para o serviço de pulverização. Gostei da montagem deste kit. Para mais informações sobre plastimodelismo visite meu blog: http://ricardomattua. wordpress.com/. 72

[close]

Comments

no comments yet