65

 

Embed or link this publication

Description

soldatelli

Popular Pages


p. 1

Revista Hobby News Mario Antonio Soldatelli Para atender a mais um desafio, que depois de terminado o projeto nº37, Lavochkin LaaG-3, o qual foi quase totalmente construído com a embalagem de papelão de um aparador de grama, resolvi com as sobras da caixa, construir um biplano. O desenho do Curtiss P-6, sempre foi muito atrativo para o meu gosto. Costumo manter nos meus projetos a sequência numérica, e este P-6 levou o número 38. Ultimamente estou optando por aeromodelos de medidas menores, que estão dando oportunidade de levar para o campo, de três a quatro modelos. A Internet é a minha grande fonte de pesquisa. Neste caso do P-6, foi inspirado no desenho das três vistas do modelo e depois fui ampliando da maneira que mais me convinha. Uma delas é a própria tela plana do computador, que por etapas fui aumentando o avião. O começo da construção foi o recorte do papelão que forma a base da asa para o apoio das nervuras de perfil assimétrico e confeccionadas de embalagem de material semelhante ao depron. Tanto a asa superior e inferior, foram vazadas para aliviar peso. Estas bases de lâminas de papelão são inteiriças, sem emendas centrais. No meio de cada uma, traço um sulco para dobrar e colar a longarina formadora dos diedros. Neste modelo, usei longarinas de compensado (tampas da minha marmelada predileta, idem para o suporte da asa superior e parede de fogo). Os ailerons estão instalados na asa inferior e confeccionados com papelão vazado e reforçados com varetas de cortina de bambu. O conjunto da cauda é todo de depron e com reforços para a fixação das dobradiças. A construção da fuselagem segue o mesmo metodo dos materiais recicláveis. A entelagem tambem é a sobra do vinil dos outros modelos já construídos. O Curtiss Hawk P-6 é um ótimo voador e com-porta todas as manobras. 10

[close]

p. 2

Jun/Jul - 2009 A1-Nervuras da asa de bandeja (Depron). A2-Nervura central de compensado. A3-Bordo de ataque com três varetas. A4-Varetas de cortina de bambu. A5-A base para as duas asas é a sobra do papelão do modelo N°37. A6-Esquentar o bambu para os bordos arrendondados. A7-Papelão. A8-Comando do Aileron colado e com reforço. A9-Papelão. A10Reforço de bambu para fixação das dobradiças e ou plástico fino. A11-Reforço de lâmina de plástico fino. CARACTERÍSTICAS DO AEROMODELO O motor é um OS MAX-S.30, instalado com pequena inclinação para a direita e para baixo. Inclinação dada por arruelas apoiadas atrás do berço do motor(montante). O modelo tem belo vôo e com um atraente visual. A asa superior ficou com 102cm, a inferior com 87cm e usando um servo standart. A fuselagem com 70cm e usando três micro servos. Peso equipado de 1300 gramas. ESCALA CHEIA Fuselagem: 6,88m. Energadura: 9,60 m. Velocidade Máxima: 393 km. Motor: Curtiss V-1570, com 700hp. Armamento: duas metralhadoras calibre .30. 11

[close]

Comments

no comments yet