50

 

Embed or link this publication

Description

soldatelli

Popular Pages


p. 1

Revista Hobby News Mario Antônio Soldatelli E m uma de nossas festas italianas e “dopo di tutto quello materiale mangiabile”, surgiu um pensamento: eu nunca tinha construído um aeromodelo italiano. A partir daí, o alvo era escolher qual das aeronaves italianas seria o novo projeto para um modelo elétrico, o nº 50. A minha preferência era pelos modelos militares da Primeira Guerra Mundial, outros do entre guerras e os da Segunda Guerra. transversais da fuselagem, e assim iniciei a confecção das cavernas em Depron® de fundo de embalagem para carne. Estas embalagens são mais espessas não necessitam de reforços. Um fator de grande importância é o vinagre que eu uso para desinfetar as embalagens, caso contrário a aeronave ficará com uma poderosa arma química, o odor insuportável. A metade inferior da fuselagem é de papelão corrugado simples e a superior com lâminas finas de embalagens de Depron®. Podemos fazer sulcos na parte interna do Depron® para melhorar a colagem nas curvaturas das cavernas. A parede de fogo é de compensado fino com abertura inferior para a passagem da fiação do motor e arrefecimento do equipamento elétrico. Além das varetas de bambu chatas (esteirinha para apoio de pratos e panelas), descobri outras de madeira de maior espessura e comprimento. Essas varetas foram utilizadas para o suporte da instalação da asa superior. Nas transversais usei bambus de espetinho. Ultimamente tenho usado dobradiças de pano que geralmente são fitas decora- tivas para pacotes de presente (fitas mimosas). O processo de instalação é o mesmo que era usado nos modelos a cabo. Como A dúvida ficou entre o biplano CR- 32 e o CR- 42. Sem muita cerimônia escolhi o CR- 32. O “C” e o “R” são as iniciais do projetista Celestino Rosatelli que desenhou os primeiros caças italianos em 1923. Na verdade, a Itália tinha o melhor caça do mundo na primeira metade de 1930, o Fiat CR- 32. O CR-32 foi o avião mais utilizado pelas forças da Espanha Nacionalista. Desde o início da guerra a Itália forneceu a Franco quantidades consideráveis dessa aeronave. A produção do CR-32 fora interrompida na primavera de 1939, quando cedeu lugar nas linhas de montagem ao seu descendente modificado, o CR-42 que ficaria na história da aviação. Encontrei na Internet o desenho de duas vistas do modelo com os cortes o avião é para duas asas, pensei na maneira de melhorar o peso usando o poliestireno de densidade P3 (mais leve) e com o corte no perfil Clark Y. Outro recurso de não aumentar o peso é evitar o revestimento com vinil ou coisa parecida. O papelão e o Depron® aceitam muito bem a tinta acrílica. Querendo melhorar o acabamento da pintura, podemos usar verniz acrílico que é solúvel em água e não afeta o Depron®. O Fiat CR-32 pintado e com o trem de pouso instalado pesou 250 gramas. Foram instalados dois servos de 9 gramas, motor brusheless 2409-18A, com hélice 9x4,7, bateria 3s de 1300 mAh, ESC 15A, receptor JR Sport e ficou pronto para voo com 550 gramas. O modelo demonstra ótimas qualidades de voo sem tendências é extremamente dócil e muito estável nas curvas e em baixa velocidade seu planeio é excelente. 16

[close]

p. 2

Abr-Mai/2010 ESCALA CHEIA O Fiat CR-32 era um caça biplano italiano usado na Guerra Civil Espanhola e na Segunda Guerra Mundial. O CR-32 lutou no norte e leste da África, Albânia e no teatro Mediterrâneo. O CR-32 serviu nas forças aéreas China, Áustria, Hungria, Paraguai e Venezuela. Amplamente utilizados na Guerra Civil Espanhola, ganhando a reputação como um dos excelentes biplanos de combate de todos os tempos. Mas, foi ultrapassado por monoplanos de desenhos mais avançados e era obsoleto em 1939. 17

[close]

p. 3

Revista Hobby News CARACTERÍSTICAS GERAIS Envergadura: 9,5 m Comprimento: 7,5 m Tripulação: 1 Peso Carregado: 1975 kg Motor: Fiat A30 RA-V12 bis, 447 kW (600HP) Velocidade: 360 km/h Autonomia 781 km Teto de Serviço: 8.800 m Armamento: duas metralhadoras 7,7 mm e até 100 kg de bombas. ESPECIFICAÇÕES DO MODELO Envergadura superior: 108 cm Envergadura inferior: 78 cm Fuselagem: 72 cm CG: 5,2 cm do bordo de ataque da asa superior Comandos: Aceleração, profundor e leme de direção Motor: Brushless 2409-18 Hélice: 9x4, 7 Peso equipado: 550 gramas Servos: dois micros de nove gramas Bateria: 3S, 11,1v de 1300 mAh A distância entre asas é de 16 cm e o avanço da asa superior com a inferior é de 2,5cm dos bordos de ataque. 18

[close]

Comments

no comments yet