Embed or link this publication

Popular Pages


p. 1

Revista Hobby News Quero informar aos amantes do aeromodelismo o quanto é importante ter a coleção completa da revista Hobby News. Estou seguidamente consultando artigos que voltam a me interessar no decorrer do tempo, e sei que estarão lá naquela edição do passado. Quero com isso afirmar que já usei este artifício, e solicitar aos leitores que procurem em edições anteriores, explicações que já foram citadas e que agora serão aplicadas em novos modelos. Na Hobby News Nº 55 foi citado o artigo do Messerschmitt 109, o Nº 14, copiado de uma revista francesa. Esta edição demonstra a maneira que foi construído este aeromodelo, o qual foi fundamentado no projeto do Nº 11, que é em escala maior. Consegui na Internet uma pequena planta italiana para aeromodelo de combate escala 1/12, onde sofreu a interferência dos materiais recicláveis e aumento da planta. Procurem na edição N° 55, páginas 10 e 11 e saberão que a construção do Nº 11 é a mesma do Messerschmitt Nº 14. A fuselagem ficou com 120cm. A envergadura com 155cm. O motor utilizado é o OS 52 de quatro tempos, instalado com pequena inclinação para a direita e para baixo. O peso total do equipamento é de 2350 gramas. O revestimento da fuselagem é totalmente com papelão da embalagem de um televisor e o entelamento com vinil. A asa construída da maneira tradicional, com nervuras e o trem de pouso fixado na asa. O vôo do Messerschmitt é extremamente dócil, parecido com um treinador. Mario Antonio Soldatelli 12

[close]

p. 2

Fev / Mar - 2009 Leonardo da Vinci foi um dos primeiros em desenhar projetos de aeronaves. Entre 1488 e 1514, da Vinci desenhou planos bastante elaborados e detalhados de um helicóptero e várias outras máquinas voadoras, entretanto, se passaram vários séculos até que a tecnologia realizou avanços suficientes para fazer possível a visão do artista e cientista italiano. As Primeiras máquinas voadoras, basicamente planadores, foram fabricados com bambu ou madeiras leves e recobertas com tela. Fiquei pensando no que foi feito no passado e assim foi a minha inspiração para a criação dos meus “Recicloplanos”. Com a evolução das aeronaves, temos hoje uma verdadeira revolução na tecnologia de sua construção que permite a operação de aeronaves mais eficientes e econômicas, mais cômodas e prazerosas de voar. O metal substitui o bambu e a madeira, o plástico substituiu o metal em muitas aplicações, brindando rigidez, longa duração e baixa ou mínima manutenção. Novos materiais chamados “compostos” estão revolucionando o mercado de modelos e combinados com outros permitem a construção de componentes aerodinâmicos, com superfícies mais resistentes e lisas e, para englobar estas maravilhas, surgiu o computador que mudou para sempre a história da aviação. Na minha opinião a arte e o romantismo na aviação ficou relegado ao passado. Os artífices foram substituídos pelas máquinas computadorizadas, tudo esta pronto, tudo é fácil, tudo é “fast food”. “Aprender é descobrir aquilo que você já sabe. Fazer é demonstrar que você o sabe. Ensinar é lembrar aos outros que eles sabem tanto quanto você. Vocês são aprendizes, fazedores, professores” (Richard Bach). 13

[close]

Comments

no comments yet