Relatório de Gestão 2014

 

Embed or link this publication

Description

Relatório do SEBRAE/RS

Popular Pages


p. 1



[close]

p. 2



[close]

p. 3

O SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas é uma entidade privada sem fins lucrativos especialista em apoiar empresas de micro e pequeno portes e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional. Possui especialistas nos setores da indústria, agronegócio e comércio de bens e serviços que oferecem apoio na gestão empresarial, estratégias de inovação, acesso a mercados e orientação ao crédito. Por meio dos seus projetos de políticas públicas, o SEBRAE também estimula práticas para o desenvolvimento sustentável dos municípios.

[close]

p. 4

Instituições que compõem o Conselho Deliberativo do SEBRAE/RS Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A – BANRISUL Titular: Túlio Luiz Zamin Suplente: Guilherme Cassel Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul – FIERGS Titular: Heitor José Müller Suplente: Bolivar Baldisserotto Moura Caixa Econômica Federal Titular: Ruben Danilo de Albuquerque Pickrodt Suplente: Fábio Muller Centro das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul – CIERGS Titular: André Vanoni de Godoy Suplente: Alexandre De Carli Titular: Mauro Knijnik Suplente: César Acosta Rech Titular: Tarcísio Hübner Suplente: Elimar Drehmer Secretaria do Desenvolvimento e Promoção do Investimento – SDPI Banco do Brasil S/A Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul – FEDERASUL Titular: Gustavo Leipnitz Ene Suplente: Fabiano Zouvi Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul – FARSUL Titular: Carlos Rivaci Sperotto Suplente: Valmir Antônio Susin Titular: Zildo De Marchi Suplente: Ibrahim Mahmud Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul – FECOMÉRCIO Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE Titular: José Paulo Cairoli Suplente: André Silva Spínola Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI/RS Titular: César Rangel Codorniz Suplente: Marco Aurélio Paradeda Titular: Nádya Pesce da Silveira Suplente: Marco Antonio Baldo Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul – FAPERGS Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR/RS Titular: Gilmar Tietböhl Rodrigues Suplente: Carlos Alberto Schütz Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL Titular: Vitor Augusto Koch (Presidente do SEBRAE/RS) Suplente: Fernando Luis Palaoro Titular: Marcelo de Carvalho Lopes Suplente: Luis Felipe Maldaner BADESUL Desenvolvimento S/A – Agência de Fomento/RS Conselho Fiscal do SEBRAE/RS Titulares FARSUL: Sérvulo Luiz Zardin (Presidente) FEDERASUL: José Benedicto Ledur FECOMÉRCIO: Luiz Carlos Bohn Suplentes Banco do Brasil: Carlos Adriano Garcia Caixa Econômica Federal: Pedro Amar Ribeiro de Lacerda 2

[close]

p. 5

Presidente do SEBRAE/RS Vitor Augusto Koch 3

[close]

p. 6

2014 2013 2012 201 1 A o longo dos últimos quatro anos, estivemos à frente, com orgulho e felicidade, dos rumos desta grande instituição que é o SEBRAE/RS. Entre 2011 e 2014, conseguimos, com dedicação e comprometimento de todos, desempenhar uma jornada repleta de trabalho, conquistas e alegrias. Tudo isso com o objetivo de promover o crescimento das micro e pequenas empresas (MPEs) do Rio Grande do Sul, atuando como agente indutor do desenvolvimento econômico e social do nosso Estado. Tivemos o privilégio de representar os empresários que atuam no segmento das micro e pequenas empresas e, para eles, realizar ações que priorizaram o seu crescimento. Um dos grandes desafios no início desta jornada foi sensibilizar os empreendedores para que utilizassem ferramentas de gestão, procurando mostrar que, mesmo negócios de pequeno porte, com organização e trabalho planejado, podem se fortalecer e ter sustentabilidade e sucesso. Hoje, temos a convicção de que este desafio foi vencido, pois é possível observar milhares de pequenos negócios que foram beneficiados pelas ações do SEBRAE/RS nos últimos quatro anos, proporcionando aos empreendedores condições de acreditar no seu sucesso e nas possibilidades de crescimento. Isso é motivo de grande satisfação. Por meio da articulação com os mais diversos atores políticos e econômicos, procuramos, permanentemente, usar a via da negociação e da conciliação para resolver questões antigas que causavam transtornos para as micro e pequenas empresas. Assim, atuamos Uma gestão com muito trabalho, conquistas e alegrias fortemente no campo das políticas públicas, obtendo conquistas expressivas e que estão contribuindo, fundamentalmente, para o desenvolvimento dos pequenos negócios. Neste campo, podemos citar feitos como a “universalização” do Simples Nacional, a implementação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas em mais de 170 cidades do Rio Grande do Sul e o programa de regularização de débitos fiscais, iniciativa, aliás, que evitou o fechamento de milhares de empresas que não tinham como quitar compromissos vencidos com o governo estadual e encontram neste projeto um meio de saldá-los e continuar em atividade. É preciso tratamento diferenciado para os diferentes. Se 99% das empresas do País são de micro e pequeno portes, precisamos incentivá-las a se desenvolver. E, isso, o SEBRAE/RS realizou com maestria nos últimos quatro anos. A nossa gestão foi marcada, também, por um processo de imersão que nos permitiu olhar para dentro da instituição e implementar a utilização de ferramentas de qualidade gerencial. Esta iniciativa nos permitiu atender melhor, e de forma diferenciada, os empreendedores gaúchos. Além disso, trouxe conquistas memoráveis como o Troféu Bronze, em 2013, e o Troféu Prata, em 2014, no Prêmio Qualidade RS promovido pelo PGQP/RS. Levou o SEBRAE/RS, também, a ser apontado como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil. Aliás, a parceria que tivemos com os conselheiros, com a diretoria executiva e com os colaboradores da instituição foi um fator determinante nas atividades que desenvolvemos nestes quatro anos. 4

[close]

p. 7

Podemos dizer que fizemos uma profícua parceria com a nossa equipe de trabalho. São profissionais de inquestionável valor, que promovem, diariamente, com competência, comprometimento e qualidade, mudanças importantes na vida de milhares de empresários gaúchos. Estamos certos de que as micro e pequenas empresas do Rio Grande do Sul, sejam do agronegócio, da indústria ou do comércio e serviços, estão mais fortalecidas e amparadas pelas ações do SEBRAE/RS. Este Relatório de Gestão nos permite mostrar para a sociedade gaúcha o que produzimos como resposta à grande credibilidade que ela deposita nesta instituição. Aqui, demonstramos diversas ações e projetos que geraram benefícios para milhares de empreendimentos ao longo dos últimos quatro anos. São iniciativas como a melhoria da estrutura de atendimento, ampliando nossa presença física em todo o Estado, a busca por novos mercados e de maior competitividade e lucratividade para as micro e pequenas empresas, a melhoria do ambiente legal, com ações voltadas para a desburocratização, a promoção de compras públicas governamentais para os pequenos negócios e o fortalecimento de processos de inovação nas MPEs. Alegra-nos saber que contribuímos para ajudar a concretizar os sonhos das pessoas que querem estabelecer seu próprio negócio, fazê-lo crescer e gerar mais emprego e renda. O SEBRAE/RS possui esta característica de atender a todos os segmentos econômicos. E eles são complementares entre si, pois agronegócio e indústria fortes representam boas vendas para o comércio e bons negócios para o setor de serviços. Então, apoiamos, sempre, projetos que alavanquem a economia do Rio Grande do Sul. Os avanços que conquistamos nos últimos anos nos permitem vislumbrar o resgate da força econômica do nosso Estado. Com micro e pequenas empresas fortes e sustentáveis, temos uma base sólida para viabilizar este processo. E saber que fazemos parte disso nos enche de alegria e nos incentiva a continuar batalhando pelos pequenos negócios gaúchos. Um forte abraço, Vitor Augusto Koch Presidente do SEBRAE/RS 5

[close]

p. 8

Diretoria Executiva Léo Hainzenreder Diretor-Superintendente Marco Antônio Kappel Ribeiro Diretor Técnico Alucir Biasi Diretor de Administração e Finanças 6

[close]

p. 9

Um salto de qualidade em favor das micro e pequenas empresas gaúchas O s últimos anos marcam um salto de qualidade na atuação do SEBRAE/RS junto às micro e pequenas empresas do Rio Grande do Sul. Para que isso ocorresse, procuramos exatamente focar a busca pela excelência da nossa própria gestão, tornando nossos processos internos mais simples e qualificados. Nos intitulando “Especialistas em Pequenos Negócios”, temos o compromisso de ofertar para os empreendimentos deste porte o melhor atendimento possível, que lhes permita tornarem-se mais sustentáveis e competitivos. Gestão com qualidade é uma religião. Deve ser praticada diariamente por todos os colaboradores da instituição, seja ela pequena, média ou grande. A implantação da gestão, no SEBRAE/RS, por um período de quatro anos trouxe benefícios importantes no desenvolvimento do nosso trabalho. As iniciativas se focaram em quatro pilares: Ambiente Legal, Atendimento, Estrutura e Melhoria da Gestão. A partir desta estratégia de atuação, reunimos condições de estar mais próximos dos pequenos negócio gaúchos, ofertando atendimento cada vez mais qualificado e adequado às necessidades dos nossos clientes. Em 2013, por exemplo, o SEBRAE/RS bateu o seu recorde histórico em número de empreendimentos formais atendidos, levando seus produtos e serviços para 155.404 micro e pequenas empresas (MPEs) e microempreendedores individuais (MEIs). Em 2014, até o final de novembro, o total de MPEs e MEIs atendidos totalizava 164 mil. Os indicadores que reunimos no período de 2011 a 2014 nos deixam muito felizes e cientes que somos um grande agente indutor do progresso do Rio Grande do Sul, retribuindo a confiança que a sociedade gaúcha deposita na instituição. No campo das Políticas Públicas, por exemplo, o SEBRAE/RS contribui na articulação e mobilização de um ambiente legal favorável ao desenvolvimento das micro e pequenas empresas. Até 2013, trabalhamos fortemente na aprovação da Lei Geral das MPEs nos municípios gaúchos, chegando a 452 cidades com a legislação regulamentada. Em 2013 e 2014, intensificamos a implementação da Lei Geral, buscando colocar em prática, de maneira efetiva, os benefícios que ela oferta aos pequenos negócios, sobretudo na geração de emprego e renda e no seu fortalecimento. Este empenho possibilitou totalizar 175 municípios com a Lei Geral implementada, sendo 60 apenas em 2014. Em parceria com o Governo do Estado, trabalhamos fortemente na criação e desenvolvimento do Programa Fornecer, que entre 2011 e 2014 promoveu 1.265 pregões voltados para as micro e pequenas empresas, que viabilizaram a redução dos gastos com itens de alimentação da SUSEPE de quase R$ 175 milhões para R$ 131 milhões, representando uma economia superior a R$ 44 milhões (25,1%). Mais de R$ 69 milhões foram adquiridos diretamente das MPES (52,6%), e, hoje, são mais de 300 pequenos negócios fornecendo para o Governo Estadual. Para facilitar ainda mais a simplificação e a desburocratização do registro e a legalização de empresas, o SEBRAE/RS firmou, em 2014, parceria com a Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Sul (JUCERGS), para implantar a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM), em 16 municípios gaúchos, que totalizam 60% da população gaúcha. Assim, Bento Gonçalves, Canoas, Caxias do Sul, Esteio, Farroupilha, Gravataí, Guaíba, Lajeado, Novo Hamburgo, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, Santa Maria, Santa Cruz do Sul, São Leopoldo e Venâncio Aires, já estão realizando o trabalho de mapeamento do processo de registro de empresas, identificação de oportunidades de melhorias, desenvolvimento e acompanhamento de um plano de ação para simplificar e desburocratizar este serviço. É um sistema que possibilita, por meio eletrônico, a integração dos documentos entre municípios, governo do Estado e Receita Federal. Tudo fica em um único protocolo, favorecendo os empreendedores que desejam registrar seu negócio. Por meio da ampliação de nossa estrutura de atendimento, que contabiliza dez regionais, 16 unidades próprias de atendimento e 18 pontos de atendimentos que montamos em parceria com prefeituras municipais e entidades associativas, além das cinco unidades móveis que percorrem o Estado, temos condições de estar próximo de praticamente todo o contingente que se constitui em nosso público-alvo no Rio Grande do Sul, cerca de 1,2 milhão de empreendimentos, sejam microempresas, empresas de pequeno porte, microempreendedores individuais, produtores rurais e empreendimentos agropecuários. Isso nos permitiu promover milhares de atendimentos nos últimos quatro anos por meio de ações como consultorias, cursos, palestras, oficinas, rodadas de negócios e acesso a mercados, com participação em feiras e realização de missões empresariais nacionais e internacionais. São iniciativas efetivas, que deixam um legado importante para os pequenos negócios, de aprimoramento de gestão, de inovação em produtos e processos, de aproximação com grandes empreendimentos. Nós acreditamos no empreendedorismo e nos sonhos das pessoas que querem estabelecer seu próprio negócio, fazê-lo crescer e, desta forma, gerar mais emprego e renda. Um abraço, Léo Hainzenreder Diretor-Superintendente do SEBRAE/RS 7

[close]

p. 10



[close]

p. 11

ÍNDICE ATENDIMENTO Individual Setorial Agronegócio Comércio e Serviços Indústria Acesso a mercados Inovação Sustentabilidade 12 16 16 21 30 36 40 45 01 02 AMBIENTE LEGAL Compras Públicas / Programa Fornecer Desburocratização / Redesim Lei Geral Simples / Tributação 52 54 55 57 1 62 67 2 03 ESTRUTURA Melhoria das regionais e unidades de atendimento Linha da Pequena Empresa Unidades móveis Gestão de Pessoas 70 74 75 76 3 4 04 MELHORIA DA GESTÃO Ações implementadas Premiações

[close]

p. 12

10

[close]

p. 13

ATENDIMENTO 12 Individual 1 16 Setorial 16 21 30 Agronegócio Comércio e Serviços Indústria 36 Acesso a mercados 40 Inovação 45 Sustentabilidade 11

[close]

p. 14

1 INDIVIDUAL Prêmio MPE Brasil ATENDIMENTO INDIVIDUAL O Prêmio MPE Brasil tem o objetivo de promover o aumento de qualidade, produtividade e competitividade em diversos setores, por meio da disseminação de conceitos e práticas de gestão junto às micro e pequenas empresas. Nos últimos quatro anos, mais de 22,6 mil empresas se inscreveram no Rio Grande do Sul e 18,4 mil preencheram os questionários de autoavaliação. A excelência em gestão rendeu ao Estado, nos últimos quatro anos, seis premiações nacionais. Em 2011, a Clínica Dr. Schuch Diagnóstico por Imagem, de Cachoeira do Sul, venceu na categoria Serviço/ Saúde. Em 2012, foram laureadas a Escola Caminho do Saber e a Tecnoambi Consultoria, ambas de Caxias do Sul, nas categorias Serviço/Educação e Serviços, respectivamente; e a Termobrás, de Carazinho, na categoria Indústria. Em 2013, venceram a Biotecno Indústria e Comércio, de Santa Rosa, na categoria Indústria e, também, em Destaque de Inovação; e a Pousada Dom Ramon, de Canela, na categoria Turismo. Prêmio SEBRAE Mulher de Negócios 2014 Prêmio SEBRAE Mulher de Negócios É o reconhecimento estadual e nacional às mulheres que transformaram seus sonhos em realidade, cuja vida é exemplo para tantas outras que sonham ser empreendedoras. Nos últimos quatro anos, o prêmio contou com a participação de mais de 2,4 mil inscritas, sendo que 1,9 mil empreendedoras gaúchas compartilharam sua trajetória profissional de sucesso. Em nível nacional, empresárias gaúchas foram vencedoras por dois ciclos consecutivos. Em 2011, na categoria Negócios Coletivos, venceu a Associação dos Produtores de Doces de Pelotas. Já em 2012, na mesma categoria, sagrou-se vencedora a Cooperativa de Produção de Sistemas Hidráulicos. Prêmio MPE Brasil 2014 12

[close]

p. 15

SEBRAE Pocket Em 2013, o SEBRAE/RS colocou à disposição mais uma solução para as micro e pequenas empresas gaúchas buscarem o aperfeiçoamento de sua gestão. A Coleção SEBRAE Pocket, uma série de vídeos curtos denominada Como Fazer, oferece dicas e informações sobre temas como finanças, marketing, gestão e inovação. Dos dez vídeos, cinco são destinados a microempresas (empreendimentos com faturamento bruto anual de até R$ 360 mil) e os outros cinco para pequenas empresas (com faturamento bruto anual maior que R$ 360 mil e menor que R$ 3,6 milhões). De outubro a dezembro de 2013, o SEBRAE Pocket atendeu 13,2 mil empreendedores. SEBRAE Pocket para MEI Em 2014, o SEBRAE/RS lançou e distribuiu 20 mil DVDs da Coleção SEBRAE Pocket específicos para o Microempreendedor Individual (MEI), com dicas e informações sobre empreendedorismo, vendas, compras, controle do dinheiro e planejamento. Ferramentas visuais para estrategistas Em 2014, dando continuidade ao processo de gestão e de relacionamento junto às micro e pequenas empresas e empreendedores gaúchos, foi firmada parceria com uma equipe de especialistas, que possibilitou a reprodução, na íntegra, do livro Ferramentas Visuais para Estrategistas. A obra foi disponibilizada nas regionais do SEBRAE/RS. Ao todo, foram distribuídos 16 mil exemplares aos clientes do instituição. 13

[close]

Comments

no comments yet