Boletim das Bibliotecas Escolares - 2.º período 2014-2015

 

Embed or link this publication

Description

Notícias das bibliotecas

Popular Pages


p. 1

Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira Boletim das Bibliotecas Escolares Editorial Ano letivo 2014/2015 Janeiro 2015 NESTA EDIÇÃO: Atividades das Bibliotecas Escolares do 1º Ciclo Atividades da Biblioteca Escolar da Escola Básica e Secundária Princesas Ditos e provérbios Concurso Nacional de Leitura - 1.ª fase Sugestões de leitura 2 2 3 4 5 6 Ler é importante para a aprendizagem do ser humano, pois é através da leitura que podemos enriquecer o nosso vocabulário, obter conhecimento e dinamizar o raciocínio. Além disso, a leitura de um livro permite-nos descobrir um mundo novo, cheio de magia. Mark Zuckerberg, um dos fundadores do Facebook, também se rendeu ao prazer de ler, dando a conhecer uma das suas intenções para 2015 - dedicar mais tempo à leitura. Para ano de livros. Espero que esta decisão de Zuckerberg consiga influenciar a comunidade virtual que o acompanha, especialmente os nossos jovens. Votos de um Bom Ano, recheado de boas leituras! tal, abriu nessa rede social um clube de leitura chamado - Um Carla Augusto Adjunta do diretor Fundo documental melhorado Uma pessoa inteligente aprende com os seus erros, uma pessoa sábia aprende com os erros dos outros. Augusto Cury Neste início do 2.º período, a Biblioteca Escolar, na tentativa de enriquecer o seu acervo, põe à disposição dos seus leitores mais alguns títulos e reforçou outros. Eis alguns títulos: Chocolate à chuva Alice Vieira As naus de verde pinho Manuel Alegre Os apanhadores de conchas - Rosamunde Pilcher Sem sangue - Alessandro Barocco O amante - Marguerite Duras Este país não é para velhos - Cormac McCarthy O estranho caso de Benjamin Button F.S. Fitzgerald Vodu nas Caraíbas Tim Powers Os nossos príncipes Judite Sousa Mar Morto - Jorge Amado Million Dollar Baby F.X. Toole Uma conspiração de estúpidos - John Kennedy Toole Foram-nos oferecidos pela Biblioteca Municipal mais alguns títulos e alguns filmes. Em breve, vamos receber uma nova encomenda de vários livros, filmes e jogos para tentar chegar ao maior número possível de leitores. Fernando Mota

[close]

p. 2

Atividades das Bibliotecas Escolares do 1º ciclo  Apresentação do conto “A princesa baixinha”;    Workshop de Carnaval; Comemoração do dia de S. Valentim; Leitura e exploração do conto “Uma estranha dor de barriCelebração da “Semana da Leitura” com diversas atividades: encontro com escritores, encontro com animadores, animação de contos, concursos, etc.;  ga”;  Workshop de Páscoa;  Exploração do conto “O coelho que não era de Páscoa”; Exposição contínua dos trabalhos executados a partir de sugestões da Biblioteca Escolar.  Atividades da Biblioteca Escolar da EBS Escola Básica e Secundária  Parlamento dos Jovens - Debate com os deputados à Assembleia da República, Dr.ª Sandra Pontedeira e Dr. Eduardo Teixeira;  1.ª fase do “Concurso Nacional de Leitura” eliminatória a nível da escola;  Lançamento do concurso de escrita criativa “O melhor conto”;  “Ilustração” - Atividade em articulação com a Biblioteca Municipal, promovida pelas “Comédias do Minho”; Workshop de Carnaval;  Comemoração do “Dia da Internet Segura” - Palestra com o Professor Romeu Silva;  “Semana da Leitura” - Diversas atividades, entre as quais um encontro com a escritora Ana Saldanha e Feira do Livro do autor;     Workshop da Páscoa; Exposição de trabalhos dos alunos; Fase distrital do “Concurso Nacional de Leitura”. Um livro é um brinquedo feito com letras. Ler é brincar. Rubem Alves Página 2 B O L E T I M DA S B I B L I O T E C A S E SC O L A R E S

[close]

p. 3

A N O L E T I VO 2 0 1 4 /2 0 1 5 Página 3 Princesas No âmbito da Educação Literária e da leitura do conto de Hans Christian Andersen, A princesa e a ervilha, os alunos do 4.ºB do Centro Escolar de Cerveira imaginaram assim as princesas… Lindas e delicadas; robustas, mas sem perder a elegância; de pele, cabelo e olhos geralmente claros; modernas e esbeltas; maravilhosas e vaidosas; encantadoras, sensíveis, meigas e apaixonadas! Existem três regras para escrever ficção. Infelizmente ninguém sabe quais são elas. William Somerset Maugham

[close]

p. 4

Ditos e Provérbios Os alunos do 4.º ano turma A do Centro Escolar de Cerveira fizeram uma recolha de ditos e provérbios e o resultado foi o seguinte: Em abril águas mil. Andas com quem, digo-te quem és. Sangue, sangue, sangue vermelho é. À noite todos os gatos são pardos. Abril molhado, sete vezes trovejado. As manhãs de abril são boas de dormir. Abril, ora chora ora ri. Em abril, cada pulga dá mil. O acaso é pai dos ignorantes. Não há Entrudo sem lua nova nem Páscoa sem lua cheia. Velho e namorado, cedo enterrado. A conselho amigo não feches o postigo. Em tempo de figos não há amigos. Quem te avisa teu amigo é. Há males que vêm por bem. Homem prevenido vale por dois. Do acaso te digo que tem seu perigo. São Martinho vai à adega e prova o vinho. Mais importante de que vigiar os outros é controlar os próprios passos. Não adianta chorar pelo leite derramado. Cabeça branca em janeiro, sinal de pouco dinheiro. Quem planta no outono leva um ano de abono. Ao luar de janeiro se conta dinheiro. Água de maio pão para todo o ano. Chuva junhal, fome geral. Em outubro por S. Simão, semear, sim, navegar, não. A cavalo dado não se olha o dente. O verão de São Martinho são três dias e um bocadinho. Com papas e bolos se enganam os tolos. Parar é morrer. Presunção e água benta, cada qual toma a que quer. De pequenino é que se torce o pepino. Dinheiro não traz felicidade. Quem rima sem saber é burro até morrer. Quem ri por último, ri melhor. Ao menino e ao borracho Deus põe-lhe a mão por baixo. A abelha procura a parelha. Uma boa abelha não pausa em flores murchas. Acreditar em tudo é tolice, mas acreditar em coisa alguma tolice é. O abuso das riquezas é pior que a falta delas. O abuso ensina o verdadeiro uso. De couro alheio, correias compridas. O acaso é uma palavra inventada pela ignorância. Página 4 B O L E T I M DA S B I B L I O T E C A S E SC O L A R E S

[close]

p. 5

A N O L E T I VO 2 0 1 4 /2 0 1 5 Página 5 Ditos e Provérbios Criança bolçada, criança criada. A criança e o gatinho vão a quem lhes faz um miminho. Menino que come e canta, não tem amor á garganta. Meninos e passarinhos, em casa dos vizinhos. Á noite todos os gatos são pardos. (continuação) Em abril, vai onde deves ir, mas volta ao teu covil. Em janeiro, cada ovelha com o seu cordeiro. Em outubro, pega tudo. Em setembro, ardem os montes, secam-se as fontes. Devagar se vai ao longe. Quem tudo quer, tudo perde. Em maio come-se as cerejas ao borralho. Amigos, amigos negócios á parte. Quem vai ao mar, perde o lugar. Alunos do 4.º ano Turma A Centro Escolar de Cerveira de. Macaco velho não trepa galho seco. Da flor de janeiro, ninguém enche o celeiro. Pai rico, filho nobre, neto pobre. Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Para bom entendedor meia palavra basta. Grão a grão enche a galinha o papo. Depressa e bem, há pouco quem. A ambição cerra o coração. Besta grande, cavalo de pau. Em casa do Gonçalo, pode Nunca foi bom amigo quem por pouco quebrou a amiza- mais a galinha que o galo. Concurso Nacional de Leitura Realizaram-se no dia 13 de janeiro as provas eliminatórias correspondentes à 1.ª fase do Concurso Nacional de Leitura quer para o 3.º ciclo quer para o ensino secundário e o resultado foi o seguinte: 3.º Ciclo: 1.º Catarina Martins Diz Lobo Ribeiro - 8.º ano Turma B 2.º Beatriz Gonçalves Fernandes - 8.º ano Turma B 3.º Rafaela Carvalho Rodrigues - 8.º ano Turma C Ensino Secundário: 1.º Sara Rodrigues Fernandes - 10.º ano Turma A 2.º Mafalda Campos Conde 10.º ano Turma A 3.º Bruna Luísa Pintor Alves - 12.º Turma C A todos os concorrentes os nossos parabéns, em especial aos seis vencedores que irão representar a nossa escola na 2.ª fase - provas distritais que terão lugar nalguma biblioteca municipal do distrito que será oportunamente divulgada.

[close]

p. 6

Sugestões de leitura Boletim das Bibliotecas Escolares Chocolate à chuva Sinopse Estamos na web: Becerveira.blogspot.com AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA NOVA DE CERVEIRA Rua das Cortes 4920-211 Vila Nova de Cerveira Telefone 251 795 324 Mail: becerveira@gmail.com. Em "C h oc ola te à C huva" (terceiro volume da trilogia que começa com "Rosa, Minha Irmã Rosa" e prossegue com "Lote 12, 2.º Frente"), Mariana é confrontada, entre outros problemas, com um bem difícil: o divórcio. Os pais da Rita, sua amiga de sempre, tomam essa decisão. É a rutura. É o fim da ""casa da Rita"", é o ""tremer"" das coisas sólidas. Mariana vai entrar no emaranhado dos ""quês"" e ""porquês"" e vai sentir -se impotente para ajudar a Rita. Mas "Chocolate à Chuva" é também uma maneira fascinante de acompanhar o crescimento de uma adolescente atenta não só ao que se passa em redor dela mas também à sua própria evolução. Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 6º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada - Grau de Dificuldade I. O Estranho Caso de Benjamin Button S i n o p s e Uma Conspiração de Estúpidos Sinopse As Naus de Verde Pinho Sinopse Na génese deste conto publicado pela primeira vez em 1922 terá estado, segundo F. Scott Fitzgerald, uma observação de Mark Twain em que o escritor lamentava que a melhor parte da vida fosse ao início e a pior no fim. Assim nasceu Benjamin Button, mas, como o leitor poderá começar a adivinhar, para grande desgosto e estupefação de todos os envolvidos, o «pequeno» Benjamin vem ao mundo com a aparência, o tamanho e as peculiaridades de um homem de 70 anos… O Estranho Caso de Benjamin Button inspirou uma adaptação ao grande ecrã. A história começa de forma lenta e detalhada; ao fim de um terço do romance somos apresentados a todo o universo de Ignatius e a sua "Fortuna" que o leva a procurar trabalho para poder pagar os prejuízos provocados por um acidente de carro: a sua mãe alcoolizada embateu contra um prédio, provocando danos consideráveis que se vêm obrigados a pagar. Assistimos a sua experiência laboral da «Levy Pants» e às suas primeiras divagações na procura de uma forma dar uma lição à Myrna, a sua opositora intelectual, ex-colega da universidade, e que foi para Nova Iorque. Um belo poema sobre os Descobrimentos, no prim e i r o livro para a infância de Manuel Alegre, que mereceu o Prémio António Botto 1998. Ilustração de Afonso Alegre Duarte. Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 6º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada - Grau de Dificuldade I.

[close]

Comments

no comments yet