Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

 

Embed or link this publication

Description

Terça-feira, 13 de janeiro de 2015 - Edição Número 3.899 - Ano XVII

Popular Pages


p. 1

TERÇA-FEIRA 13 DE JANEIRO DE 2015 | R$ 1,00 Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens. MÁXIMA: MÍNIMA: 30ºC 18ºC O Diário do Médio Piracicaba Edição: 3.899 - Ano XVII - Fechamento: 20:00 www.bomdiaonline.com Áudio de Ana Flávia e depoimento de ex-marido revelam drama de família Mãe que matou as duas filhas e suicidou deixa relato de desespero e acusações Átila Lemos Novos padres tomam posse em Monlevade Lúcio Flávio Perícia vistoria quarto de Motel onde aconteceu a tragédia. Resultado não tem data para ser apresentado. Páginas 6 e 7 Padres Guilherme Brandão e Francisco Ferrari tomaram posse Paróquia São Luis Maria Monfort

[close]

p. 2

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 BOM DIA 2. BOM DIA • Diretor Geral/Responsável: Geraldo Magela Gonçalves • Diretor Financeiro: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: 3851-1515 • Edição Geraldo Magela Gonçalves (Interino) • Diagramação: Sérgio Henrique Braga • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Mariana Castro (Tendências) Luciano Estivalet (Gastronomia) Tayana Duarte (Interiores com Estilo) Marcos Martino (Cenários) Luciano Estivalet (Que tal cozinhar?) Thobias Almeida Lusco Fusco • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Lucindo Caldeira, nº 159, Sl. 1, Alvorada, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. opinião EXPEDIENTE Contra o fanatismo e a intolerância Eu sou Charlie – I’am Charlie – Ich bin Charlie – Yo soy Charlie – Sono Charlie – Somos todos Charlie: contra a chantagem terrorista e a radicalização religiosa. A favor da convivência, tolerância e liberdade de expressão Há pouco mais de 100 anos, em 31 de julho de 1914, véspera do início da Grande Guerra, o jornalista e socialista Jean Jaurès, fundador do L’Humanité, foi assassinado por um exaltado nacionalista franco-alsaciano que pretendia calar o admirável tribuno pacifista. Àquela altura a guerra era inevitável: começou três dias depois, prolongou-se por quatro anos, gerou outra guerra vinte anos depois. Hoje a Alsácia é uma passagem livre entre a França e a Alemanha, ambas pilares da União Europeia. Jaurès caiu mas não se calou. Continua símbolo da luta contra o fanatismo, a xenofobia e a intolerância, patrono do partido da humanidade. O tunisino Georges WoNo momento em que na Alemanha intelectuais e estadistas convocam a sociedade para lembrar o passado e desativar o rancor anti-islâmico, o jihadismo vai na contramão: aposta na radicalização, força confrontos, estimula revanches e represálias das facções neofascistas contra as comunidades de origem árabe, africana ou muçulmana. Mesmo que as lideranças das comunidades islâmicas da Europa ocidental estejam mais interessadas no processo de integração, coabitação e convivência, os radicais sabem que alguns segmentos – sobretudo os mais jovens e mais vulneráveis à crise econômica – acabarão se desgarrando do mainstream e embarcando na insanidade do terror. Serão os jihadistas de amanhã. E eles precisam ser salvos da fascinação pelo martírio. Empunhando lápis, lápis de cor, lapiseiras e crayons – como se viu na quarta-feira (7) nas praças do mundo livre – será possível desenhar um novo modo de vida onde a sátira e o humor deixem de ser profissões de risco. E o jornalismo volte a ser uma profissão romântica. Relativismo moral Como sempre acontece em eventos políticos extremos, já apareceram os relativistas, os experts em justificações. Lamentam a violência, repudiam o derramamento de sangue, solidarizam-se com as vítimas inocentes, mas... pedem compreensão para os motivos que geraram a barbárie. Na quarta-feira (7/1), na rádio CBN, em torno das 15 horas, uma especialista oriunda de uma das mais importantes universidades brasileiras explicou que os focos de radicalismo em algumas comunidades árabes da França originam-se na anexação da Argélia no século 19. E docemente acusou a direção da Charlie Hebdo – recém-assassinada, sequer sepultada – de explorar o ressentimento anti-islâmico para escapar da falência. Por Alberto Dines / Observatório da Imprensa linsky, seu chefe Stephane Charbonnier, o Charb (editor do semanário Charlie Hebdo), o vice, três outros cartunistas-estrela, um revisor de origem árabe, uma psicanalista e um crítico literário (colunistas), um funcionário de um prédio vizinho e dois policiais (um de origem árabe) morreram no local. O banho de sangue deixou ainda 11 feridos, sendo quatro em estado grave. Todos fuzilados por ofender o profeta Maomé. Em poucas horas o mundo se levantou movido por uma indignação contida, até certo ponto serena, incrivelmente criativa. Com hashtags lembrando Charlie (Charles Brown), a língua francesa até quarta-feira (7/1) mergulhada num imerecido os- tracismo foi subitamente revivida como expressão do Iluminismo, da Solidariedade, dos Direitos Universais do Homem e do trinômio humanista Liberté-Egalité-Fraternité. Lápis de cor Os sicários são supostamente fanáticos religiosos e, sob o ponto de vista técnico, terroristas clássicos – agentes da intimidação, da chantagem e da indigência política. Serviram-se da imprensa para que a imprensa servisse à estratégia da brutalidade. Tal como em 11 de Setembro de 2001, não têm uma pauta específica de reivindicações, estão a serviço de um projeto político tacanho, estúpido – a disseminação global da discórdia e do medo. COMUNICADO O SINEEACTH/JM- Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação Turismo e Hospitalidade de João Monlevade/MG comunica que dentre os dias 12 de janeiro a 05 de fevereiro de 2015, não estará realizando as homologações de TRCT. As mesmas deverão ser marcadas posterior a esta data. Pede-se às Empresas que efetuem o pagamento das verbas rescisórias do Empregado dentro do prazo legal e conforme a legislação.Contamos com sua compreensão.João Monlevade,09 de janeiro de 2015.Domingos Marinho de Andrade-Presidente e Ana Cristina Correia-Secretário Geral. VAGA DE EMPREGO PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS RCM CONTRATA Interessados enviar currículo para o e-mail pessoal1@rcmloc.com.br ou entregar diretamente na empresa. RCM Locação de Máquinas Ltda Av. Alberto Lima, 2554, Sion CEP: 35.931-186 - João Monlevade/MG Fone: (031) 3852-1234 FUNDADO EM JULHO DE 1998 Cidademais Comunicações Ltda. CNPJ.: 07.823..807/0001-73 Todos os Direitos Reservados bomdia@cidademais.com.br Av. Armando Fajardo, 1991 Loanda João Monlevade 3851-3295

[close]

p. 3

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 BOM DIA 3. cidade Dois novos padres tomam posse na Paróquia São Luis Maria Monfort Fotos: Lúcio Flávio João Monlevade - Os Padres Francisco Ferrari e Guilherme Brandão tomaram posse nesse domingo, 11, na Paróquia São Luis Maria de Monfort, sendo o primeiro como pároco e o segundo com Vigário. Eles foram empossados pelo Bispo Dom Marco Aurélio em uma missa especial presidida pelo chefe maior da Diocese de Itabira/ Coronel Fabriciano, com presença de aproximadamente de 1500 fiéis. Padre Ferrari e Guilherme Brandão substituirão Fiéis lotaram as instalações da igreja do Loanda, prestigiando a posse dos padres Francisco Ferrari e Guilherme Brandão os Padres Martin e Jean Luide, que já assumiram as paróquias das cidades de Dionísio e Contagem. Padre Francisco Ferrari é Natural da cidade de Bérgamo na Itália, antes era pároco na Cidade de Bom Jesus do Amparo e o padre Guilherme, natural de Contagem, estava atuando na Paróquia de Contagem, seus familiares pelo lado da mãe são natural de São Domingos do Prata. Padre Guilherme Brandão foi ordenado há mais ou menos seis meses na igreja nossa Senhora de Perpetuo do Socorro no Bairro Loanda pelo mesmo Dom Marco Aurélio, já padre Francisco há 16 anos é sacerdote. Padres Martin, Francisco Ferrari e Guilherme Brandão Padres empossados junto ao Bispo Dom Marco Aurélio Padre Guilherme Brandão concede comunhão a fiel

[close]

p. 4

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 BOM DIA 4. carlosaugustorochavieira@yahoo.com.br lucioflavioesportes@ig.com.br esporte Ritmo acelerado A temporada deste ano já mexe com os jogadores atleticanos. Com previsão de muitos jogos e, consequentemente, desgaste físico, Levir Culpi começa a definir o plantel que vai disputar, além do Estadual, a Libertadores, o Brasileirão e a Copa do Brasil. Os recém contratados, Lucas Pratto e Danilo Pires, já treinam com o grupo, que conta também com retorno de alguns que estavam emprestados. Nomes, como Vitinho, ex-Botafogo RJ, continuam sendo especulados, mas a diretoria trabalha em silêncio para atender as necessidades do elenco. Com relação às saídas, também permanecem indefinidas. Casos de Rever e Guilherme, questionados por boa parte da torcida e que perderam espaço entre os titulares. A Massa aguarda, ansiosa, o início das competições, e, em especial, o da principal competição sul-americana, com o mais querido de Minas lutando pelo bicampeonato. Até semana que vem! Saudações Atleticanas Carlos Augusto - Gugu Rápidas • O abraço de hoje vai para os amigos Eduardo e Soraya, proprietários da Transprata, em São Domingos do Prata. O casal e demais familiares, com o intuito de oferecerem mais conforto aos pratianos e visitantes, inauguraram a filial da BR Mania, ao lado da garagem da empresa. Sucesso total, principalmente com o público jovem. Vale a pena conferir! Ricardo Goulart na mira dos Chineses O Cruzeiro poderá perder um dos seus principais jogadores para temporada de 2015, é que o vice-artilheiro do Cruzeiro e do brasileiro de 2015, Ricardo Goulart esta na mira dos Chineses. O Cruzeiro recebeu uma proposta do Shandong Luneng pelo Ricardo Goulart, um dos jogadores mais importante na campanha do tetra. A proposta do time comandado por Cuca, ex Cacarejante, veio depois que os chineses se cansaram da contratação do jogador Tardelli, a diretoria do Cruzeiro não revelou os valores oferecido. Na primeira tentativa a proposta não foi aceita, então a diretoria do time do Cuca, pediu que o Cruzeiro colocasse preço, o que foi feito pela diretoria Cruzeirense. Parece que os chineses aceitaram, mas na minha opinião acho que por menos de 15 milhões não deveria ser vendido, Vamos aguardar, o desfecho deverá acontecer até amanhã. Anselmo Ramon é outro que deverá ser negociado com uma equipe da China, ele foi o artilheiro do campeonato Chinês de 2014, marcando 16 gols em 28 jogos, vai com Deus e coloque mais bufunfa nos cofres do Cruzeiro e cause mais inveja nos Cacarejantes. A equipe Junior do Cruzeiro fazendo bonito na 46ª Copa São Paulo, com 100% de aproveitamento, venceu na última partida a equipe do Primavera por 1 x 0 com gol de Dener, equipe pega amanhã o Vasco. Noticias Sociais - Mandar um abraço para o meu primo Geraldo Elias, Cruzeirense morando hoje em Joinvile Santa Catarina. Desejar muitas felicidades para a Minha sobrinha e o Educador Físico Ramon, confirmaram Amor Eterno perante Deus, casório foi na sexta-feira Igreja São José Operário, recepção foi no Salão Nobre do Real E.C. Jaqueline é Bióloga e professora da Uemg, Ramon é Educador Físico, proprietário de Academia em Bela Vista e funcionário do Real. Parabenizar os Pais Diogo Aurélio Silva e Graça, pais de Jaqueline e os pais do Ramon, Sr, Raimundo Cardoso e Maria Cardoso, que sejam eternamente Felizes. Saudações Cruzeirenses - Lucio Flavio de Magalhães

[close]

p. 5

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 BOM DIA 5. cidade Coletivos terão tarifas congelada por dois anos, mas agora é só com Cartão Divulgação O ato de abolir o dinheiro nos coletivos e adotar o uso integral de cartão é uma tendência no serviço público de transporte coletivo e já está sendo adotado em vários municípios brasileiros como Maringá, no Paraná, Campinas e Ribeirão Preto, em São Paulo, e Campo Grande, no Mato Grosso, onde o proce- dimento começou em 2012. Curitiba, capital do Paraná e exemplo de pioneirismo e avanços na mobilidade urbana, já adotaram o uso integral de cartão nos micro-ônibus e já planeja sua implantação nos ônibus convencionais. “Além de maior segurança e mobilidade, as inovações nos permi- tirão garantir tarifa de ônibus sem reajuste por mais dois anos, acreditando na melhoria da economia em 2016”, afirmou o prefeito Teófilo Torres, para quem, ao contrário de algumas especulações, a decisão atende unicamente aos usuários do transporte coletivo, ou seja, ao interesse público. Congelamento do preço é uma compensação pelo uso integral do cartão em todas as linhas João Monlevade - A tarifa do transporte coletivo em João Monlevade não sofrerá reajuste nos anos de 2015 e 2016. A decisão é do prefeito Teófilo Torres, que garantiu o congelamento do preço como compensação pelo uso integral do cartão em todas as linhas de ônibus do município.

[close]

p. 6

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 BOM DIA 6. polícia Mãe leva filhas para motel, assassina crianças e se mata em Itabira Menina de 4 anos e irmã de apenas 9 meses foram encontradas na cama da suíte; mulher estava desaparecida com as garotas desde dezembro, quando descobriu que tinha perdido a guarda de uma delas para o ex-marido Itabira - Um crime na noite desse domingo, 11, chocou moradores de Itabira e João Monlevade. Uma mulher de 34 anos matou as duas filhas e, em seguida, se matou. A tragédia aconteceu dentro de um motel da cidade de Itabira. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, os corpos de Ana Flávia Marques Teixeira e das crianças, Maria Fernanda Marques Teixeira Batista, de 4 anos, e Anna Sofia Marques Teixeira, de apenas 9 meses, foram encontrados em uma das suítes do estabelecimento, localizado Divulgação Facebook Causa das mortes de Fernanda e Anna Sofia é investigada na rua Humberto Campos, no bairro Ribeira de Cima. A corporação foi acionada por uma das funcionárias do motel. Segundo ela, Ana Flávia chegou ao local por volta das 03h51 desse domingo. A mulher pediu uma caipivodka, um espeto de frango, um suco e um banho de espuma. Após os pedidos, ela solicitou para ser chamada às 17h. No horário marcado, uma das funcionárias ligou para o quarto, mas não foi atendida. Ela chegou a bater na porta, mas também não teve nenhuma resposta. Ao abaixar no chão, a mulher percebeu por uma fresta um pé aparentemente imóvel e roxo. Diante da situação, militares foram acionados, tentaram contato e, como não conseguiram, pediram a chave reserva da suíte. Dentro do cômodo, as meninas Maria Fernanda e Anna Sofia foram encontradas sem vida em cima da cama. Uma delas estava em um bebê conforto. Já Ana Flávia foi encontrada enforcada e pendurada em um suporte para toalhas. A perícia esteve no local e constatou que as crianças não apresen- tavam nenhuma lesão aparente. No cesto de lixo foi localizada uma seringa que estava sem agulha. Os corpos foram removidos e encaminhados ao necrotério do Cemitério da Paz, na mesma cidade Ana Flávia trabalhava como motorista da Prefeitura de João Monlevade. De acordo com a assessoria de imprensa da administração do município, a mulher, que prestava serviços desde 2006, está de férias desde o dia 15 de dezembro de 2014. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Itabira. Mulher deixou bilhete e telefone do pai Ainda conforme o boletim de ocorrência, na mesa do quarto em que os corpos foram encontrados, a polícia localizou um bilhete que, provavelmente, foi escrito por Ana Flávia. Nele, a mulher escreveu: “Meu ex-marido acabou com a minha vida e com a vida das minhas filhas”. No papel também constava o número de telefone do pai dela e outros dois contatos. Ao chegar em Itabira, o pai da dona de casa contou aos policias que, em data anterior, por meio de uma amiga da filha, recebeu um áudio pelo WhatsApp onde a filha agradecia algumas pessoas, se desculpava e se despedia. Ana Flávia tentou negociar preço de Hotel Mãe e filhas estavam desaparecidas Durante o registro da ocorrência, policiais descobriram que mãe e filhas, que também moravam em João Monlevade, estavam desaparecidas desde dezembro de 2014. Ana Flávia fugiu com as meninas depois que descobriu, através de intimações, que havia perdido a guarda de uma das crianças para o ex-marido. Segundo o delegado que estava de plantão e foi ao motel, Paulo Henrique Moreira Campos, a principal linha de investigação é que Ana Flávia tenha matado as filhas e cometido suicídio. “A seringa encontrada no lixo foi recolhida. Apenas o laudo de necrópsia poderá apontar se as meninas foram envenenadas pela mãe”, explicou o policial. Ainda conforme Campos, já haviam ocorrências policiais registradas contra a mulher por ameaça, envolvendo o ex-marido e a ex-sogra, e desacato. “Também foi registrado um boletim por maus-tratos, mas ainda não sabemos se foi contra as duas filhas. Um inquérito foi instaurado nesta segunda-feira (12)”, disse o delegado. Após tentar negiciar preço em Hotel, Ana Flávia se hospedou em Motel (foto) Um dia antes de matar as filhas em um motel de Itabira, Ana Flávia tentou negociar uma estadia em um hotel no centro da cidade. A informação foi confirmada por um funcionário do estabelecimento na tarde desta segunda-feira (12). Segundo o jovem, que pediu anonimato, Ana Flávia Marques Teixeira chegou ao hotel ainda na tarde de sábado (10). “Ela contou que estava com as duas filhas, mas não vi as meninas, que ficaram no carro. Passei a nossa lista de preços e ela tentou negociar”, contou o funcionário.

[close]

p. 7

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 BOM DIA 7. polícia Fotos: Átila Lemos Em áudio, Ana Flávia fala que foi ameaçada Após matar as filhas e antes de acabar com a própria vida, a Ana Flávia Marques Teixeira gravou um áudio onde fala dos motivos que fizeram com que ela tomasse essa atitude. “Gente, não tenha dúvida de que eu amo minhas filhas. Meu ex-marido acabou com a minha vida. A família dele acabou com a minha vida”, explicou. Além disso, ela afirmou que estava sob ameaças. “Eu recebia ameaças o tempo inteiro, que eles iriam colocar as minhas filhas contra mim. Ele (ex-marido) não me ajudou em nada na gravidez, negou a paternidade até o último momento. O juiz é amigo da família da minha mãe, e minha mãe me odeia, meus irmãos me odeiam, minha famí“Aos últimos 15 dias de dezembro, o juiz deu para **** (pai), além de ter dado a guarda para ***** (pai) de uma filha que ele negou o tempo inteiro, o juiz providenciou imediatamente o registro da menina, o plano de saúde e passou a guarda para ele. O que eu não consegui em um ano, o ***** (pai) conseguiu em 15 dias, tirar a única motivação que eu tinha para viver que são minhas filhas e ainda entra com o pedido de guarda delas, só pra me ver sofrer, só para ter o prazer de me ver sofrer”, contou. No fim do áudio, ela desabafa sobre a sua delicada relação familiar. “A minha família me odeia, as pessoas me odeiam, eu não sou nada, sempre me disseram que eu sou um lixo, que eu não presto. Me perdoem todo mundo. Infelizmente hoje acabou, acabou tudo”. Afirmando ter sido injustiçada, Ana Flávia disse que aguentou enquanto pode. “Só tenho pra falar para vocês que não existe justiça na terra. Não existe justiça, fui acusada de um monte de coisas que eu não fiz. As pessoas, as assistentes sociais do fórum, me acusaram de coisas que eu não fiz, elas foram imparciais o tempo todo para favorecer ***** (pai) e a família dele. Eu odeio a minha mãe com todas as forças. Eu tô indo, mas eu quero que vocês saibam, eu odeio a minha mãe, eu odeio a minha irmã, odeio a minha família, que me largou nos momentos em que eu mais precisei”. Ana Flávia, 34 anos lia me odeia, o juiz... eu tenho certeza que o juiz ajudou ele a mando de alguém, principalmente, minha tia *****, que é advogada, tem muita influência com esse juiz, eu tenho certeza que tem ajuda dela nessa história” Ana Flávia falou ainda que tentou registrar a filha mais nova para que ela pudesse ter um plano de saúde e que a Justiça não havia dado isso à menina. Perita registra veículo de Ana Flávia na garagem de Motel Seringa foi encontrada no quarto, local do crime Pai de meninas mortas fala sobre caso O pai das crianças assassinadas contou que há um ano e meio tentava na Justiça o direito de ver a filha mais velha. A mais nova, ele não chegou a conhecer. Segundo ele, a ex-mulher tinha um comportamento agressivo quando era contrariada. Há quanto tempo você estava separado da Ana Flávia? Depois de idas e vindas durante quase cinco anos, nos separamos há um ano e meio. Depois que saí de casa, não consegui mais manter contato. Por isso, entrei na Justiça e fiz tudo certo. Nesse tempo de separação, a Justiça não deu nenhum parecer favorável para você? Não. Às vezes, algumas pessoas pensam que é só briguinha de casal. Porém, não percebem que os filhos sofrem. Sempre quis participar ativamente da vida das meninas, mas a mãe delas não me deu esse direito e a Justiça não ajudou. A sua ex-mulher tinha o comportamento agressivo? A Ana Flávia não gostava de ser contrariada. Todo mundo sofreu com essa decisão dela não deixar eu ver minhas filhas. A família dela não concordava com isso, mas ela não escutava ninguém. Minha família fez alguns boletins contra ela. Inclusive, minha mãe conseguiu uma medida protetiva contra ela. Você tentou se aproximar das crianças? Mesmo estando separados há mais de um ano, nós nos envolvemos e, dessa relação, nasceu a Anna Sofia, que estava com 9 meses. Porém, não cheguei a conhecê-la. Já a Maria Fernanda, quando era possível, ia até a escola que ela estudava. Lá, eles me deixavam ter um contato rápido com a menina. Não tive oportunidade de conviver com as minhas filhas. Agora, elas estão mortas. Acabou. Com Informações do Tempo

[close]

p. 8

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 Casamento de Rodrigo e Juliana Ainda em tempo de registrar o enlace matrimonial do casal Rodrigo Junio de Freitas Valadares e Juliana Aparecida de Souza. A benção religiosa aconteceu na Igreja Nossa Senhora da Conceição e sem seguida, os convidados e familiares se direcionaram para o Ideal Clube onde cumprimentaram os noivos. A animação completa ficou a cargo do DJ Neném, além da excelência e profissionalismo do Buffet da Tânia e ornamentação de Tânia Braga. O noivo é filho de José Rosa Valadares e Aparecida do Rosário e a noiva é filha de Márcio Henrique de Souza e Rosane Maria dos Santos Souza. Felicidades para o casal! 15 anos de Natália Muito glamour na chegada dos 15 anos de Natália Tomaz Martins Morais. A aniversariante recebeu com muita alegria e simpatia todos familiares e amigos no espaço de festas do Sindicato dos Metalúrgicos. Momentos de emoção marcaram esta data tão especial e foi preparada com muito carinho pelos pais Orlando Dias Morais e Silvânia Imaculada Martins. O Buffet da noite foi preparado com muito capricho pelas profissionais Sônia e Silvana e a ornamentação impecável ficou sob responsabilidade de Nete. A coluna deseja muitas felicidades para a aniversariante e família.

[close]

Comments

no comments yet