Zona Oeste em Foco - Júlio de Mesquita & Cia. - Edição 56

 

Embed or link this publication

Description

Edição 56

Popular Pages


p. 1

ANO 11 Nº 56 NOV/DEZ-14 Valorizando a região e agregando conhecimento www.jornalzonaoesteemfoco.com.br Júlio de Mesquita, Jd. Santa Bárbara, Jd. Villagio Torino, Jd. Montreal, Jd. Tropical e Quintais do Imperador Crianças aprendem e se divertem com Horta Educativa Página 9 Páginas 4 e 5 Páginas 10 e 11 Página 8 Território Jovem do Ipiranga é ponto de encontro da região Dia da Consciência Negra é utilizado para reflexão Lojistas devem entrar no clima do Natal para aumentar as vendas

[close]

p. 2



[close]

p. 3

NOSSO FOCO O Território Jovem do Jardim Ipiranga oferece oficinas diversas nas áreas de esporte e cultura. Páginas 4 e 5 3 Lojistas podem aumentar o seu faturamento no final de ano investindo no clima natalino. Página 8 A conscientização em primeiro lugar esta edição o Zona Oeste em Foco traz reportagens diversificadas e, em sua maioria, abordando a questão da consciência. O Território Jovem do Jardim Ipiranga consegue agrupar pessoas de diversas idades e classes sociais, tendo como princípio a prática do esporte e de atividades culturais. O local é um celeiro de pessoas que buscam qualidade de vida. Já a Escola Municipal “Luiz Almeida Marins” implantou a Horta Educativa, cujo principal objetivo, como o nome diz, é educar, mas no sentido de conscientizar as crianças da importância da sustentabilidade, do meio ambiente e de ter uma alimentação saudável. Outra reportagem desta edição aborda o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro. O preconceito em relação à cor da pele, condições financeiras e sociais e opção sexual têm ficado ainda mais explicito com o avanço da internet. Em comum essas três matérias têm como pano de fundo a conscientização das pessoas sobre a importância de respeitar ao próximo e ao meio no qual vive. São questões simples nas palavras, mas complexos nos atos. Por isso, sempre devem ser lembrados. N A Dijos Doces está com inscrições abertas para diversos cursos que podem aumentar a sua renda. Página 6 Horta Educativa da Escola Municipal “Luiz Almeida Marins” conscientiza alunos sobre o meio no qual vivem. Página 9 O Foco Empresarial mostra os empresários, comerciantes e lojistas que fazem sucesso na cidade. Páginas 6 e 7 A data de 20 de novembro é dedicada a Consciência Negra. A discriminação diminuiu, mas ainda existe. Páginas 10 e 11 Associação Comercial de Sorocaba reedita a campanha Natal Dourado e premia consumidores. Página 8 Programe-se conferindo as atividades culturais da Agenda Cultural. Página 18 Tenham todos uma ótima leitura. EXPEDIENTE - Ano 11 - nº 56 - Novembro/Dezembro 2014 - Tiragem: 11.000 Exemplares Fone: 3329-7596 Editor: Marcos Tadeu Stachewski | Comercial: Paula Pacheco - Fone: 3013-1331, Sérgio Augusto Grillo - Nextel: 7835-4523 ID 92*163128 Jornalista Responsável: Cida Muniz MTB: 42990/SP | Arte Final/ Diagramação: Luciano Leal, Marcus Fidêncio, Carlos Castro e Matheus Stachewski | Distribuição gratuita porta a porta: Júlio de Mesquita, Jd. Sta. Bárbara, Jd. Villagio Torino, Jd. Montreal, Jd. Tropical, e Quintais do Imperador. Impressão: Gráfica Santa Edwiges - Fone: 99724-2449 Jornal Zona Oeste em Foco - R. Léo Migliorini, 88 Sala 1 - Wanel Ville IV - Fone: 3329-7596 | zonaoesteemfoco@terra.com.br | www.jornalzonaoesteemfoco.com.br www.facebook.com/jornalzoemfoco | Crédito fotos: Cida Muniz e Sérgio Augusto Grillo. As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal.

[close]

p. 4

4 Território Jovem do Jardim Ipiranga foi inaugurado em 2007, sendo o primeiro dos sete (Cajuru, Jardim Ipiranga, João Romão, Maria Eugênia, Aparecidinha, Iporanga e Nova Esperança) existentes na cidade e se destaca por ser o ponto de encontro quando o assunto é cultura e esporte, em razão das várias oficinas que oferece durante todo o ano. Atualmente, são oferecidas dez oficinas: Boxe, Circo, Dança do Ventre, Grafite, Kung Fu, Mangá, Parkour, Skate, Street Dance e Violão, para pessoas entre 12 e 29 anos (veja dias e horários na página 18). Mas, a faixa etária que mais frequenta o local é de 15 a 20 anos. De acordo com a coordenadora do local, Valquí�ria Mara Silva, que ocupa o cargo desde fevereiro deste ano, cada Território Jovem tem a sua peculiaridade. O do Ipiranga, por exemplo, atende pessoas de toda a cidade. Outro diferencial entre os territórios jovens, é que oficinas que são bem aceitas em um local, muitas vezes não funcionam em outro. No Território Jovem do Ipiranga, por exemplo, as oficinas de Capoeira e Futsal tive- O Território Jovem é ponto de encontro da região Skate Grafite JARDIM IPIRANGA ram pouca adesão. Conforme Valquí�ria, os professores que ministram aulas nos territórios jovens são contratados pela empresa Rariz Cultural, que ganhou a licitação para prestar esse tipo de serviço. Apesar de ter sido criado para atender uma parte da população mais carente, o Território Jovem tem um público variado, o que Valquí�ria considera muito bom, porque acontece uma interação entre os frequentadores. Parkour Karatê Valquíria Mara Silva Coordenadora do Território Jovem Mangá

[close]

p. 5

As oficinas, em média, têm até 40 pessoas. Entre as mais procuradas estão a de Street Dance e de Parkour, que é uma atividade que consiste em chegar a um local da forma mais eficiente, por isso as manobras são muito radicais. Esse esporte teria surgido na França em 1997 e atrai muitos jovens. Outra oficina muito procurada é o de Mangá, que são histórias em quadrinho japonesas. Já o grafite continua conquistando os jovens, que treinam em papel sulfite e também em madeirite, além de participarem de eventos. Já as oficinas de Karatê e Boxe têm ótima aceitação, principalmente porque os participantes gastam muita energia, o que acaba diminuindo a agressividade. No caso do boxe, além de equipamentos como o saco de areia, os participantes das oficinas recebem luvas e aparelhos de proteção. As mulheres também são praticantes deste esporte. A interação do Território Jovem do Ipiranga com a comunidade é um dos grandes diferenciais do local, tanto que o prédio nunca foi ví�tima de vandalismo, como pichações. As oficinas JARDIM IPIRANGA 5 Fazendo carreira Daniel Vicente Gonçalves Dança do Ventre Circo Violão Street Dance Daniel Vicente Gonçalves, 20 anos, morador do Wanel Ville IV, faz aula de Street Dance e Circo. Antes ele era sedentário e a atividade fí�sica o ajudou a melhorar o preparo fí�sico e até as dores na coluna diminuí�ram. O jovem agora recebeu a proposta de uma ONG (Organização Não Governamental) para ministrar aulas de Street Dance. Já Núbia Beatriz Abrão Silva, 15 anos, moradora do Nova Esperança, começou a frequentar o Território Jovem do seu bairro no iní�cio do ano, mas como gosta das aulas de dança e circo, também frequenta a unidade do Jardim Ipiranga. Os grandes incentivadores das Núbia Beatriz atividades fí�sicas de BeaAbrão Silva triz são os pais, que ficam tranquilos dela fazer aulas nos territórios jovens. O ambiente no Território Jovem é muito salutar. É� possí�vel observar que os alunos se identificam com os professores e funcionários do local. Com certeza um ótimo local para praticar atividades fí�sicas e fazer amigos.

[close]

p. 6

6 GERAÇÃO DE RENDA FOCO EMPRESARIAL Dijos Doces, de propriedade de Felipe Dijos está com mais uma série de cursos na área culinária que podem se tornar uma valiosa fonte de renda. A loja também tem mais de 27 mil itens nos setores de festas, confeitaria, cestas de presentes, bebidas, caixas de presentes, doces em geral, chocolates, formas, salgadinhos, além de uma ampla linha de produtos importados no setor de alimentação, como chocolates, que são ótimos presentes pensando no Natal que se aproxima. A Dijos Doces tem novos cursos paula_pacheco@terra.com.br A pequena Natália comemorou nove anos como se fosse um conto de fadas, no Salão de Festas e Eventos Contos de Crianças, em meio aos amiguinhos e aos pais Í�ris e Cézar. Parabéns Natália, muitos anos de vida. Aniversário de Natália foi um conto de fadas Mensalmente a Dijos Doces oferece por valores módicos, diversos cursos que proporcionam ao cliente utilizá-los como geração de renda. Confira os cursos oferecidos para o mês de novembro: Dia 17 - bolos especiais de festas módulo 2; dia 22 - especiais de tortas salgadas e quiches; dia 24 - festival de panetones; dia 25 - especial receitas de natal; e dia 29 - festival de cupcakes natalinos. Os cursos Íris, Cézar e Natália Dona Coruja - vestindo os bebês e crianças da região A empreendedora Claudinéia Pereira de Almeida, com vasta experiência em planos de saúde há mais de 18 anos, há quatro anos fundou a Unitem Saúde, Claudinéia Pereira de uma empresa que Almeida trabalha com representações, oferecendo os melhores convênios para pessoas fí�sicas e jurí�dicas. A Unitem Saúde e sua equipe estão aptas para entender a sua necessidade e apresentar a melhor proposta. A Unitem Saúde fica na rua Padre José de Anchieta, 147, esquina com a Juscelino Kubitschek de Oliveira. Telefones 3318-8682 e 3316-7325. No dia 29 de agosto foi inaugurada a loja Dona Coruja, especializada em moda para bebês e crianças. De propriedade de Suelen Paola Pereira Bergamo, a loja trabalha com roupas do número zero ao oito, calçados de 14 a 17, além de mamadeiras, chupetas e outros acessórios. Confira as promoções de Natal, na rua Eduardo Donizete Unruh, 369, Júlio de Mesquita. Jhuly e Elaine Unitem Saúde trabalha com convênios médicos e odontológicos SERVIÇO – Dijos Doces – Avenida General Carneiro, 1808, esquina com a Américo Figueiredo, Jardim Simus. Telefones 32225274 e 3217-9087. Estacionamento na Américo Figueiredo, 44. Mais informações sobre os cursos acesse www.facebook/dijosdoces.

[close]

p. 7

Jota Lubrificantes completa cinco anos FOCO EMPRESARIAL 7 Homenagem ao Zona Leste em Foco A Câmara de Sorocaba, através do seu presidente, Cláudio do Sorocaba I, homenageou o jornal Zona Leste em Foco, lançado em setembro. O editor do jornal, Marcos Tadeu Stachewski, acompanhado de sua esposa e agente comercial, Paula Pacheco, e da jornalista Cida Muniz receberam placas exaltando a importância desse novo veí�culo de comunicação. Paula Pacheco, Marcos Tadeu Stachewski, Cláudio do Sorocaba I e Cida Muniz Rafael de Goes Juren e João Rodrigues A Jota Lubrificantes e Escapamentos, localizada na alameda dos Heliotrópios, 345 - Jd. Simus, está em festa, completando cinco anos. No dia 29 de outubro a loja, de propriedade de João Adão Ribeiro Lúcio completou cinco anos. A empresa conquistou os clientes do Jardim Simus e adjacências em razão dos produtos e serviços com qualidade e ótimos preços. Parabéns por mais este aniversário. Dois anos de Odontocompany O dia 8 de outubro foi de festa para a unidade da Odontocompany localizada na avenida Dr. Américo Figueiredo, 2419, no Parque Manchester. Silvio Alexandre Kupper e seu sócio Gustavo Vieira Kupper, realizaram uma pesquisa para definir onde instalariam a Odontocompany e descobriram que os moradores da região queriam uma clí�nica odontológica completa, com todas as especialidades, qualidade e fácil acesso e o resultado resume-se em uma palavra: sucesso. Em dois anos foram mais de 3 mil pessoas atendidas. Parabéns para a famí�lia Odontocompany. Para comemorar o aniversário de um ano da loja, a LaBella Casa tem uma promoção especial para seus clientes: a cada R$ 100,00 em compras na loja até o dia 27 de novembro, você concorre com um cupom para participar do sorteio de um Cobre Leito com porta travesseiros em malha fio penteado. Além disso, no mês de aniversário, a loja está com promoções imperdí�veis. Aproveitem! Decore sua casa com estilo e produtos de qualidade! LaBella Casa completa um ano no Júlio de Mesquita Clayton Birocchi e Fernanda da Cruz Birocchi A equipe Odontocompany

[close]

p. 8

8 Acso (Associação Comercial de Sorocaba) realiza há três anos consecutivos, a Campanha Natal Premiado. Este ano, comenta o presidente da entidade, Nilton da Silva Cesar, o Treze, serão sorteados um carro zero quilômetro Nissan New March; dois televisores de 32 polegadas; um notebook; uma bicicleta e R$ 50 mil em prêmios instantâneos - serão mil raspadinhas com prêmios de R$ 50,00 para consumir em qualquer um dos estabelecimentos participantes da campanha. Para participar da promoção, o cliente deverá procurar um dos estabelecimentos participantes e fazer uma compra acima de R$ 30,00. Os consumidores terão duas formas de participar da promoção. A primeira será por intermédio da raspadinha, onde ele terá a chance de ganhar R$ 50,00, valor que poderá ser utilizado em qualquer empresa que esteja participando da Campanha. Outra chance de ser contemplado será no preenchimento do cupom, no verso da raspadinha, desta forma, o consumidor irá concorrer ao carro e muitos outros prêmios. Cada associado está recebendo 100 raspadinhas. O sorteio da Campanha Natal Premiado é autorizado pela Caixa Econômica Federal e será realizado no dia 10 de janeiro de 2015, às 11 horas, na Praça Cel. Fernando Prestes. Nilton da Silva Cesar - presidente da Acso Campanha sorteia um carro e vários prêmios NATAL PREMIADO COMÉRCIO A O Natal já chegou e com ele os lojistas devem entrar no clima da data visando aumentar as suas vendas. O analista de negócios do Sebrae-SP (Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas), Eduardo Tadeu Mantovani, afirma que os comerciantes devem entrar na mí�stica e espí�rito natalino, transmitindo alegria, amor, paz, união, religiosidade e espiritualidade, em primeiro lugar e, na sequência, trabalhar bem a vitrine. Para Mantovani, a loja será lembrada por ter de alguma forma se destacado na decoração, com cores da época, atrelados ao que se quer vender, tendo o cuidado de não descaracterizar o conceito da loja. Na opinião do consultor, isso deveria começar no dia 15 de novembro. Os funcionários também devem estar no clima, utilizando uniforme ou acessórios que lembrem o Natal, mas de forma leve. Se forem utilizar peças de natais passados, elas devem estar bem conservadas, caso contrário, o conselho é não usar nada. O Natal, além de ser uma data importante para vendas é uma oportunidade de aumentar a carteira de clientes, oxigenar a lista de consu- Lojistas devem entrar no clima de Natal para aumentar as vendas Ações estratégicas midores e promover o negócio durante o próximo ano. “Saber aumentar a base de dados nessa época é estratégico”, destaca Mantovani. O analista afirma que o lojista deve fazer a decoração, mas destacando os produtos, muitas vezes utilizando a iluminação e montar ilhas promocionais, com preço em destaque. O vermelho e bronze devem predominar, mas mantendo o equilí�brio. Outra dica é adiantar a decoração para a virada do ano, utilizando branco, amarelo dourado e cores suaves. Os comerciantes, na medida do possí�vel, devem se unir para fazer a decoração da rua. “Não podem esperar que entidades e prefeitura façam por eles. Devem ser parceiros. A união é estratégica, pois atrai mais pessoas. Mas é algo que deve ser feito com antecedência e, infelizmente, para várias ações não há tempo hábil. Mas a experiência e o aprendizado com essa informação deve ser levado para o próximo ano”, conclui. Eduardo Tadeu Mantovani é Analista de Negócios do Sebrae-SP

[close]

p. 9

Horta Educativa empolga alunos da escola Luiz Almeida Marins SUSTENTABILIDADE 9 Escola Municipal “Luiz Almeida Marins”, que atende cerca de 750 alunos do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental I, aderiu ao projeto Horta Educativa, uma parceria do governo do estado com o Fundo Municipal de Solidariedade. Conforme a diretora Vanessa Baccelli Michelacci de Almeida, a escola aderiu ao projeto no iní�cio do ano, mas em razão da estiagem, somente em agosto ele foi implantado. O Estado cedeu A Horta foi feita com garrafas pet Mudas estão germinando o material didático, como apostilas para trabalhar em sala de aula, além de material para a jardinagem e sementes. Já a APM (Associação de Pais e Mestres) da escola comprou a terra e depois mudas de alface e rúcula, já que as sementes acabaram não vingando. Dois agrônomos, um do estado e outro do municí�pio, passaram orientações para professores e alunos. Para fazer o canteiro, conta a professora, de iní�cio se pensou em utilizar pneus, mas diante da dificuldade, o professor Maurí�cio Gomes sugeriu a utilização de garrafas pet, que receberam uma dose de tinta, à base de água, e foram tingidas. Para o educador, a iniciativa é muito válida e mostra que a sustentabilidade pode existir em pequenas iniciativas. Quem toma conta da horta são os alunos do perí�odo integral, cerca de 400, de 7 a 10 anos, que se revezam participando de todo o processo, desde tingir as garrafas pet, até fazer o buraco na Garrafa pet terra para formarem o canteiro, que é em forma de borboleta, e agora, regando as mudas duas vezes ao dia. A quantidade de verduras que será produzido não é o suficiente nem para um dia da alimentação das crianças, mas o importante, destaca Vanessa, é a participação dos alunos que passaram a entender o significado da preservação do meio ambiente, sustentabilidade, a alimentação saudável e podem acompanhar o desenvolvimento da planta. Até mesmo a crise hí�drica pela qual passa grande parte do paí�s foi discutida. Além da horta, os alunos também participaram de projetos plantando flores e plantas para fazer chás. Os pais aprovaram o projeto e, comenta a diretora, são cobrados pelos filhos para terem uma postura mais sustentável. João Lucas Magalhães, 7 anos, e Kayllane Victória Oliveira de Lima, 8 anos, entenderam a importância da sustentabilidade e da alimentação saudável e passaram a consumir verduras por saberem da sua importância. A iniciativa realmente atingiu seu objetivo. As mudas ainda são pequenas, mas o carinho com que as crianças as regam mostra que a semente realmente foi plantada e os frutos já são colhidos. Diretora Vanessa Baccelli Michelacci de Almeida Professor Maurício Gomes

[close]

p. 10

10 Racismo tem que ser combatido com educação a importância desta lei, Marilda lembra que o sistema é novo, mas que os Estados Unidos têm um presidente negro, Barack Obama, e que neste paí�s os negros têm oportunidade de estudos. Para a presidente, “cotas nos estudos é um reparo pelo trabalho escravo do povo negro, que chegou ao nosso paí�s e foi tratado como indigente, sem oportunidade de ir para um banco escolar, mesmo após a Lei Á� urea (lei que libertou os escravos)”. Marilda analisa a questão do estudo como se fosse uma pizza e os negros brasileiros estavam na “rebarba”. Ela lembra que pesquisa do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) mostrava que crianças negras 0 a 10 anos estavam nas escolas com uma boa porcentagem, já na faixa etária dos 11 aos 16 anos havia uma diminuição muito grande e na universidade era praticamente 1%. Outra questão levantada pela presidente, é que o movimento negro sempre se perguntava: onde estariam esses jovens negros? E as respostas ficavam em torno de que deixavam a escola por ter que ajudar a famí�lia; pagar uma CONSCIÊNCIA NEGRA Em 20 de novembro é comemorado o Dia da Consciência Negra, em razão da lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Essa data foi escolhida em razão de Zumbi dos Palmares ter falecido no dia 20 de novembro de 1695. Desde 20 de fevereiro deste ano Marilda Aparecida Corrêa é a presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Participação da Comunidade Negra de Sorocaba. Para Marilda, é muito importante se comemorar o Dia da Consciência Negra, porque “um paí�s sem memória e sem história é um paí�s morto”. A presidente destaca que Zumbi dos Palmares, na história do Brasil, teve uma importância relevante, pois foram muitos anos de Quilombo e “quando se pensava em organização de espaço e união entre povos, naquela época de escravidão, se falava da Serra da Barriga, onde estava localizado o Quilombo dos Palmares e o lí�der era Zumbi”. As universidades públicas adotaram o sistema de cotas para os negros. Questionada sobre Sistema de cotas

[close]

p. 11

CONSCIÊNCIA NEGRA fruta, Marilda destaca que o racismo existe de várias formas, seja pela não aceitação da pele, do cabelo ou pelo trabalho exercido. Para a professora, é preciso trabalhar a ideia que o povo brasileiro é miscigenado. Que em suas veias corre sangue negro ou cultura negra. “Se trabalhar nos bancos escolares toda essa questões, talvez, poderemos evitar esses gestos de desrespeito para com o outro”. O racismo existe e se a pessoa é mulher, vai ser maior ainda. “Tratar de gênero em um paí�s onde há pouco tempo foi dado o direito das mulheres votarem, exercerem seus Zumbi dos Palmares nasceu no estado de Alagoas no ano de 1655. Foi o principal representante da resistência negra à escravidão na época do Brasil Colonial. Foi lí�der do Quilombo dos Palmares, comunidade livre formada por escravos fugitivos dos engenhos, í�ndios e brancos pobres expulsos das fazendas. O Quilombo dos Palmares estava localizado na região da Serra da Barriga, que, atualmente, faz parte do municí�pio de União dos Palmares (Alagoas). Na época em que Zumbi era lí�der, o Quilombo dos Palmares alcançou uma população de aproximadamente trinta mil habitantes. Nos quilom- 11 direitos enquanto cidadãs, não é fácil. A mulher nunca quis ocupar o lugar de um homem, apenas ser respeitada. Para Marilda o racismo contra a mulher é grande. Seja no ambiente de trabalho, sendo alvo de risos e piadinhas. A discriminação começa nas divisões de tarefas e na escolha daqueles que coloco em minha empresa para exercer uma determinada função”. Segundo Marilda, a maneira de diminuir a discriminação é através de politicas públicas, muito bem elaboradas por gestores e gerenciadas visando traçar objetivos e metas através de indicadores para sanar os problemas. bos, os negros viviam livres, de acordo com sua cultura, produzindo tudo o que precisavam para viver. Zumbi morreu aos 40 anos de idade. Foi degolado em 20 de novembro de 1695, após a destruição do quilombo. Marilda Aparecida Corrêa - Presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Participação da Comunidade Negra de Sorocaba. faculdade era muito difí�cil; por se empregarem cedo, trabalhavam como domésticos ou serviços gerais. “Lembrando que todo trabalho é trabalho, mas as chances de concorrer com alguém que tem formação educacional completa era muito difí�cil”. Marilda, particularmente, é contra a questão de cotas. “Fiz meus cursos superiores todos sem cotas, porque tive a chance de passar em um concurso público e garantir outros cursos. Quando paramos e analisamos, em todos os cursos universitários, ter mais de dois negros na sala de aula é raro. Essa minoria representa quase 50% da população. É� preciso dar oportunidades a todos os jovens que temos no paí�s. Por isso, a questão de cotas é um meio pelo qual daqui a 150 anos poderemos ver o resultado”. Questionada sobre as manifestações de racismo registradas recentemente, inclusive de torcedores que jogaram uma banana em campo e o jogador Daniel Alves acabou comendo a Quem foi Zumbi dos Palmares? Racismo e preconceito

[close]

p. 12

12 Negócios • Produtos • Serviços Água e Gás - Distribuidores Assistência Técnica Adega/ Locação de Chácara, Mesas e Acadeiras Água e Gás - Distribuidores Assistência Técnica Aterlier de Costura Aulas e Cursos

[close]

p. 13

Negócios • Produtos • Serviços Auto Center e Borracharia Automóveis - Som e Acessórios Calçados 13 Auto Elétrico Bicicletaria e Miudezas em Geral Calhas, Rufos e Pingadeiras Auto Mecânica Bolos, Doces e Salgados Cestas e Decoração para Festas Cestas e Presentes Auto Peças Chaveiros

[close]

p. 14

14 Negócios • Produtos • Serviços Chaveiros Informática Institutos de Beleza Disk Entulhos Fantasias Games Institutos de Beleza Manicure, Pedicure e Depilação Gráfica Máquinas de Cartões

[close]

p. 15

Negócios • Produtos • Serviços Materiais Elétricos Milks Shake Pilates e Fisioterapia 15 Móveis Planejados Pizzaria e Disk Pizza Odontologia Prestação de Serviços Materiais para Construção Mercado Ótica

[close]

Comments

no comments yet